Quantcast
PplWare Mobile

Apple Music paga melhor que o Spotify aos artistas

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. SG says:

    Boas, Vitor.
    A Apple paga mais por stream, mas no final não é bem assim. Há dois aspetos a ponderar: o valor por stream e a percentagem de cada assinatura. Ou seja, enquanto que a Apple, efetivamente, paga mais por stream (0,01 dólares, se bem que isso foi um arredondamento, pois se pesquisares não net vais ver em inúmeros sites dedicados que o valor correcto é de 0,00783 dólares ), em termos de percentagem, tal como menciona na carta enviada ao WSJ, paga “apenas” 52% do valor referente à mensalidade do serviço (ou seja 52 cêntimos por cada dólar) às editoras. O dinheiro não é entregue diretamente pela Apple ou Spotify a cada artista (a logística disso seria um pesadelo), pagam, sim, às editoras detentoras dos direitos editoriais das músicas em questão, sendo que são essas que depois disso pagam aos artistas, mediante o contrato celebrado com cada um deles.
    O Spotify entrega cerca de 75% desse valor (mensalidades + publicidade na modalidade gratuita).
    Do valor restante, são então pagos os tais 0,01 (no caso da Apple). Conseguimos, por isso, entender o porquê de o valor por stream do Spotify ser mais baixo, porque em contrapartida entregam muito mais do bolo total, e se pagassem mais, arriscar-se-iam a uma margem perigosamente reduzida. Até porque, se fôssemos a falar em valor por stream, temos serviços que pagam muito melhor do que a Apple (Napster e Tidal são apenas dois exemplos). Na minha opinião, este é um daqueles infelizes casos em que a Apple utiliza um pouco de marketing para enviar uma mensagem algo errada ao público em geral. E atenção, que sou fã da marca e escrevo esta mensagem do meu iPhone, mas tal como se elogia, também há que criticar quando a marca faz algo errado.
    E já vai longo o texto, era mesmo só para “debater” um pouco!

    • Vítor M. says:

      No fundo, o que importa saber é por cada stream, quanto recebe o artista e se a Apple paga melhor ou pior que o Spotify. A Apple veio dizer que paga melhor. Nisto tudo, claramente muito marketing me volta, mas de todos, até porque o Spotify lançou uma página para mostrar estes e outros resultados. nenhuma fica a perder, como é óbvio.

      • João says:

        Errado, no fundo o que importa saber é quanto recebes por cada stream + quantos ouvintes tens em cada serviço que vão gerar essas streams 😉
        E claramente o spotify tem mais ouvintes, por isso se eu fosse produtor de conteúdo, não queria saber se a Apple me pagava mais por stream se ia ter o dobro ou o triplo das streams no spotify, totalizando num valor superior de receita por parte do spotify.

        • Vítor M. says:

          Não, no ponto do artigo, em que ambas as empresas lançaram números, o que está em causa é o que cada serviço paga. 😉

          Quando ao resto, sim o Spotify é substancialmente maior, mas muito à custa da modalidade gratuita. Apesar disso, a Apple tem mais vantagens do que o Spotify, porque o Spotify no iOS não pode vender, mas vai rechear a oferta da Apple no seu sistema operativo. Além disso, o Apple Music gera receita à Apple e serve de suporte para nos seus dispositivos ter oferta independente de empresas terceiras, ecossistema.

          Repara que o YouTube Music não tem esse impacto no Android. A Apple se quisesse uma plataforma maior abria a uma versão gratuita e teria milhões de utilizadores, aliás, quando adicionou a versão estudante, que custa 3,49 €/mês, notou-se que ganhou mais mercado. Pessoalmente tenho conta em 3 plataformas, contas premium, e cada uma delas tem as suas vantagens.

        • Castro says:

          Se fosses produtor quererias receber de todos os serviços.

        • Castro says:

          Mas tens razão que o que importa é saber o total que se recebe do serviço!

        • Tuaregue says:

          eu enquanto utilizador de todas as plataformas, bem na realidade ja n sou da Apple Music, o que noto é que no spotify é frequente haver musicas que ficam suspensas por causa dos acordo com as editoras e no Apple Music/Tidal isso nunca me aconteceu. Como cliente tb gosto mais da Apple Music pq permite comprar a musica ou o álbum através do Itunes Music.
          Como o Tidal e o Apple Music pagam mais aos “artista” prefiro usar estas plataformas.

      • Raposão do Ártico says:

        É porque ainda não detém o mopólio no stream.

      • scp says:

        No fundo no fundo queres que a apple seja melhor em tudo.

    • Castro says:

      SG, os valores por stream oscilam entre contratos com diferentes entidades, por isso não há propriamente um valor correcto.
      A Spotify entrega cerca de 50-53% da mensalidade dos subscritores, é essa a comparação mais fidedigna com os 52% indicados para a Apple. A modalidade com publicidade usa outros valores por stream!

  2. Blox says:

    Bom era se os serviços de streaming pagassem no mínimo 2 cêntimos por cada vez que alguém ouvir uma faixa. É que no meu caso, sou obrigado a pagar no mínimo 1,35€ por cada faixa digital ou comprar em vinyl entre os 14 e 35€. Felizmente não tenho de pagar nada à SPA ou á completamente ilegal passmusica (Audiogeste e GDA) visto estar protegido pela GEMA a nível Mundial.

    • Tuaregue says:

      Ainda n percebi pq é que os autores em Portugal não se revoltaram com a SPA e companhia, da forma com estas companhia cobram as taxas delas e pelo que me contaram, por isso posso estar a incorrer numa inverdade, nem agora na pandemia deixaram de cobrar a taxa aos autores. Para quem não sabe a SPA e congéneres não entrega todo o dinheiro aos autores cobra taxas e taxinhas, uma percentagem para prestar o serviço, outra percentagem para o fundo x, outra percentagem para o fundo y, no final os autores recebem um pequena parte. Se houver por aqui autores que queiram explicar isto e corrigir-me estejam à vontade. Como disse apenas estou a vender o peixe como me foi vendido,

  3. Trapoi says:

    Tudo que tem maça mordida é melhor. Independentemente de tudo

  4. N1ldo says:

    Na modalidade “grátis” eles é quem deviam me pagar pra eu ouvir suas músicas e propagandas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.