PplWare Mobile

Identificada a molécula que torna o vírus HIV tão perigoso


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

7 Respostas

  1. Carlos1 says:

    Fantástico

  2. Vítor M. says:

    Nada disso, cada assunto no seu galho. Uma coisa é ciência outra coisa é o mercado da tecnologia. Tal como foi mostrado, no artigo referido das preferências dos jogadores, a Apple tem uma influência grande e os métodos usados foram-se adaptando às regras. É uma questão de saber perceber os assuntos, cada um tem a sua relevância. Um fala de ciência e desenvolvimento de novos caminhos para chegar a um fim, o outro fala de como usar as regras do mercado, como as moldar e servir de forma discreta, de forma “gratuita” e mesmo assim ter um enorme sucesso na maior montra do mundo do futebol. Mas é tudo interpretação. 😉

    • Vítor M. says:

      Não, a minha paixão é a tecnologia, logo, é redutor pensares que é só pela Apple, alias, o assunto aqui é outro, repara bem, aqui o assunto é outro e tu trouxeste a Apple ao assunto, eu diria com segurança que quem nutre uma espécie de paixão secreta, encapotada é o caro Str. Isso está claramente visível.

      Depois outra questão utópica que algumas pessoas têm é que quem avalia, quem analisa tem opiniões distantes e desapaixonadas, isso é uma farsa e quem te disser isso está a enganar-te (pior é que que podes acreditar). Quem avalia tem de ter a paixão de usar, para conseguir perceber o valor, tem de conhecer e ninguém se dedica ao conhecimento de não tiver paixão, se não tiver um interesse profundo em saber mais. OS que assim não o fazem, os desapaixonados são uns frustrados. Aqui terás sempre qualidade de análise, demonstrações claras de paixão pelo mundo tecnológico, pelo conhecimento, seja de que marca for. Só assim se conhece e se consegue transmitir a realidade dos factos.

    • Str says:

      Ok Senhor Vitor M.

    • Paulo says:

      Portanto… primeiro diz que é paixão pela tecnologia (negando ser parcial)… Mas depois já diz que é impossível ser-se imparcial, que é utópico. Muito bem…

      De qualquer das formas, o Str acabou por trazer inevitavelmente a Apple para lhe fazer cair na realidade e dizer-lhe “isto sim é um bom artigo” em contrário ao que sempre apresenta com idolatração dos produtos Apple (algo que é bastante visível por diversos leitores, ao que parece).

      A questão do “tendencioso”, o Str referiu-se ao tendencioso nas análises que faz, não nos artigos que apresenta. Ele disse claramente que as suas análises e artigos são tendenciosos, nada tem a ver com o interesse ou relevância do artigo. Está-se a falar do conteúdo. Tente perceber

  3. Jorge Rodrigues says:

    Fenomenal, são estes pequenos mas muito importantes avanços que mantêm a chama acesa.

  4. fjoao012 says:

    A frase seguinte:
    “… mas com a identificação do potencial papel do IP6 – que o vírus poderia estar a ser “recrutado” pelas células do hospedeiro para reforçar o seu cápside … ”
    está incongruente com o resto artigo.
    Pela ideia da notícia, o IP6 é utilizado pelo vírus para estabilizar o seu cápside. O que a frase de cima indica é que o vírus estava a ser recrutado pelas células do seu hospedeiro (células estas que não têm cápside) para reforçar o seu cápside, o que fundamentalmente não está de acordo com a informação que se quer passar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia