Quantcast
PplWare Mobile

Histórico! Pela primeira vez, foi injetado num humano um vírus que mata o cancro

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. Estefêneo Empregos says:

    Viva a medicina!
    Será que este estudo vai poder ser feito nos nossos hospitais? Era excelente podermos obter esta “experiência” no nosso país.

  2. Ze Nandoooo says:

    Um grande passo em frente! Sucesso é o que se espera deste ensaio

  3. lumia says:

    Parabéns aos investigadores! Isto sim é evolução na medicina!

  4. Vrael says:

    Ja se falava disto no filme I am a Legend

  5. Memória says:

    Mais um passo para nos controlar. Em 10 anos não existiremos mais.

  6. JS says:

    Tem tudo para correr mal lol

  7. Grunho says:

    Isto é simplesmente prodigioso, se funcionar, e estes vão ser os maiores investigadores de todos os tempos.

  8. HL says:

    Espero muito bem que funcione. Até me emociono ao ler esta notícia. Só quem passou por isto, seja porque já teve ou tem ou porque teve ou tem um familiar com esta maldita doença, é que sabe qual é o sofrimento que é ter esta doença. Que tudo corra pelo melhor e que a cura venha rapidamente.

  9. Carlos Braga says:

    Boa sorte, falta este tipo de soluções na medicina, ou seja soluções que erradiquem o problema.

  10. José Nunes says:

    O cepticismo, neste domínio não é só estupidez. É revelador de um carácter doente!

  11. Albert says:

    Calma Louro,
    Aqui vai o email do Professor que descobriu este produto,estao a procura de pessoas que tem o cancro e que ja foram sublmetidas a um tratamento,
    Se nâo souberes inglês,vai ao Google na traduçâo Port.a Inglês,e escreves lhe,està mencionado o nome do produto,diz a essa pessoa que tem o cancro para ir onde ele fez o tratamento e amostra o que o cancerologo explica se eles estâo ao corrente,boa sorte.

    zvuong@coh.org

    • Mr. Y says:

      Tu és um exemplo claro de que os putos nem deveriam ter permissão para comentar nas redes sociais ou num fórum público. Quanto mais não seja para não cairem no ridículo.

      Em vez de perderes o teu tempo a dizer baboseiras vai estudar sobre método científico e aprende alguma coisa!

    • Louro says:

      Nem sei o que dizer… sinceramente há uns tempos atrás acreditava que as pessoas eram todas inteligentes de igual forma… hoje já nao.

  12. Engenheiro de obras feitas says:

    Apesar de pesquisas anteriores em animais mostrarem que o medicamento pode aproveitar o sistema imunitário para caçar e destruir as células cancerígenas, não havia sido feito nenhum teste (((me humanos))). Até agora

    Tem um erro, bom artigo.

  13. Carlos says:

    era muito bom que assim fosse, mas…. duvido muito que as farmacêuticas deixem isso acontecer. Saibam que é mais lucrativo tratar do que curar…. e vivemos tempos de ganância e capitalismo.

    • rui says:

      E se o Cancro se tornar uma doença cronica? isso é assim tão mau?
      O ideal era erradicar, mas como trabalhador da area (anatomia patologica) sei que o Cancro é muito vasto e tem tantas mas tantas variações, que se o pudermos tornar uma doença cronica já é um grande passo e grande avanço.

  14. Pedro says:

    Ah bom para o cancro está bem! Para o covid é para nos controlar…! Santa ignorancia! Ha pessoas que vivem na pré historia! Parabens ciencia!

  15. Pérolas says:

    Biliões aplicados na medicina em vez de serem aplicados em «chumbo» são mais que bem vindos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.