Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Vacina experimental já foi testada em humanos

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Ricardo Mendes says:

    Qual a fonte da notícia para se averiguar a veracidade?

  2. Sem nome says:

    Um ano ? Isto é para ontem ….mas claro. Temos que ver segurança e tudo mais …. só acho e piada ter sido os Estados Unidos. Não havia aí uma guerra entre Estados Unidos e Alemanha sobre a cura da doença ? Sonhava aí alguma coisa sobre a CIA falar que até 2020 iria ser “colocado” um vírus na zona da Coreia ou China para se disseminar globalmente ? Ver livro RELatorio da cia / como vai ser o mundo até 2020. Página 188.

    • Pirata das cabernas says:

      E como sabes que era um livro da via? Só viste uma foto não viste nenhuma capa.. Ou sabes que é da cia só porque disseram?

      • Fiu says:

        E como sabes que não era um livro da “via”? só porque os jornaleiros não te disseram? Muito carneirismo desse lado. Deixa lá as pessoas tentarem pensar além do que a estupidificada sociedade nos tenta dar.

    • Diogo says:

      mal jogado entao meteram um virus na china em que agr a chine é secalhar o pais mais controlado e agr a bomba esta nos estados unidos

  3. Asdrubal says:

    Tinha de ser os States os primeiros com a vacina. Foram eles a espalhar o vírus, é óbvio que já têm a vacina pronta há tempos. Agora há que vender 8 biliões de doses e receber o dinheiro.

    • Vítor M. says:

      Acusações fortes!!! No que toca à vacina, depois de se saber que Donald Trump está a fazer tudo o que é possível para conseguir uma vacina contra a covid-19 “só para os Estados Unidos”…. bom… neste caso e juntando as peças, há aqui algumas informações a reter. Primeiro que há mais que uma vacina pronta a ser testada, depois que há uma luta pelo domínio dessa vacina e depois…. depois o resto!

      Mas cuidado com as acusações!

      • Flávio Ferreira says:

        Eu só acho que existe muita gente que não sabe viver no mundo, e só sobrevive de teorias de conspiração.
        Deixo aqui um enxerto de uma pesquisa feita em Wuhan publicada a 2 de Março de 2019.

        During the past two decades, three zoonotic coronaviruses have been identified as the cause of large-scale disease outbreaks–Severe Acute Respiratory Syndrome (SARS), Middle East Respiratory Syndrome (MERS), and Swine Acute Diarrhea Syndrome (SADS). SARS and MERS emerged in 2003 and 2012, respectively, and caused a worldwide pandemic that claimed thousands of human lives, while SADS struck the swine industry in 2017. They have common characteristics, such as they are all highly pathogenic to humans or livestock, their agents originated from bats, and two of them originated in China. Thus, it is highly likely that future SARS- or MERS-like coronavirus outbreaks will originate from bats, and there is an increased probability that this will occur in China. Therefore, the investigation of bat coronaviruses becomes an urgent issue for the detection of early warning signs, which in turn minimizes the impact of such future outbreaks in China. The purpose of the review is to summarize the current knowledge on viral diversity, reservoir hosts, and the geographical distributions of bat coronaviruses in China, and eventually we aim to predict virus hotspots and their cross-species transmission potential.

        Para quem não é preguiçoso e gosta de ciência e de saber a verdade e não de teorias, pode aceder ao link e estudar um pouco mais, que só faz bem a certas cabeças.

        https://www.mdpi.com/1999-4915/11/3/210

    • Fantasma says:

      Nada como uma boa porra de teoria da conspiração! Não interessa nada a informação científica.

      Provavelmente acredita na terra plana.

    • pauloj says:

      +1 iluminado!
      Mas de onde me saem estes individuos?!
      O virus surgiu onde?!

      • Figueiredo says:

        Onde surgiu já se sabe, mas a pergunta que sem tem de fazer é como surgiu.

        E não adianta vir com teorias da conspiração de que foi a sopa de morcego, os chineses maus, ou o vírus mau, que causou esta situação.

    • Pirata das cabernas says:

      Por acaso há um laboratório na Alemanha que também já tem vacina… Será que foram eles também a lançar o vírus?

    • David Guerreiro says:

      Não sabia que o Xi Jinping também andava no Pplware…

    • acs says:

      Os states são os maiores inovadores nesta area. É obvio que a probabilidade de serem os primeiros é alta.

    • Nuno says:

      O SARS-CoV-2 é uma estirpe que pertence a uma espécie de vírus, SARSr-CoV, que até já tinha fustigado a raça humana em 2002 com mais de 750 mortos com a estirpe SARS-CoV. Após esta fustigação foi descoberto que várias espécies de morcegos e civetas são portadores de centenas de estirpes desta espécie, como a Bat SL-CoV-WIV1, tanto que em 2016 a WHO identificou esta espécie de vírus, entre outras, como possíveis causadores de epidemias no futuro. Isto para não falar que em fevereiro de 2020 foi descoberta uma estirpe desta espécie presente num pangolim que é 99% idêntica à SARS-CoV-2. Portanto não, tudo indica que este vírus seja de origem natural e não de origem num laboratório.

  4. Rui Ribeiro says:

    Não que seja muito importante para a questão, mas por uma questão de precisão deveriam ter referido que o teste está a ser realizado em Seattle e não em Washington, atendendo a que geralmente as pessoas associam Washington à cidade e não ao Estado, que é o que aqui sucede. Para além de que geralmente, também, quando indicamos uma localização usamos o nome da cidade, não do estado.

  5. SANDOKAN 1513 says:

    “Foi o primeiro ensaio clínico em pessoas e irá demorar pelo menos um ano até se saber se realmente faz efeito.” Um ano ?? Um ano de espera ?? Ui,daqui lá estamos todos mortos. 🙁

    • Nuno V says:

      Que exagero.

    • Joaquim Sobreiro says:

      A indústria farmacêutica é que cria as suas próprias regras. Por isso a OMS é financiada maioritariamente por ela.
      O objetivo é o lucro, fruto das patentes.
      Ao contrário dos medicamentos, que têm que passar por protocolos estabelecidos, muito caros e demorados, as vacinas não.
      Em ambiente de medo generalizado, toda a promessa é aceite, desde que lucrativa.
      Os governos, subjugados aos interesses económicos das farmacêuticas e pressionados por uma população/eleitores aterrorizada. Aceitam tudo. Irão estar mais uma vez dispostos a comprar uma vacina, suportando todos os custos dos possíveis efeitos secundários.
      Que não se imponha a vacinação obrigatória.
      As voluntários vacinados devem acreditar que estão imunizados. Portanto não temer o contágio dos não vacinados.

  6. Johny says:

    Olha, escusas de disfarçar, porque as grandes ditaduras sempre usaram agentes para despoletar as agendas de quem manda. Se queres deturpar e alterar a verdade, estas muito mal, as pessoas começam a saber quem voces realmente sao. Tudo o que o figueiredo disse é real, e foi feito por aquelas entidades, basta ler. Escusas pois de mentir.

  7. PeterOak says:

    “depois de se saber que Donald Trump está a fazer tudo o que é possível para conseguir uma vacina contra a covid-19 “só para os Estados Unidos”….”

    ESTA NOTICIA É FALSA!! Donald Trump não ofereceu valor nenhum por uma vacina só para os americanos. Se é para escrever artigos, sejam honestos, isentos e informados. Perderam a credibilidade ao serem tendenciosos!

    Como foi escrito e bem, “cuidado com as acusações!”

    • Vítor M. says:

      Atenção que foram vários os meios que confirmaram tal notícia. Por isso não digas disparates. https://www.reuters.com/article/us-health-coronavirus-germany-usa/germany-tries-to-stop-us-from-luring-away-firm-seeking-coronavirus-vaccine-idUSKBN2120IV

      Apesar de agora, como é natural, a Casa Branca querer desmentir, com ou sem razão, o que foi veiculado foi o que escrevemos e não há nada acima disso.

      • PeterOak says:

        Já li com atenção esse link e percebi 2 coisas:
        – Donald Trump ofereceu a possibilidade de o laboratório alemão se mudar para os Estados Unidos (talvez por terem melhores condições e cientistas experientes para ajudar no desenvolvimento. Até aqui tudo bem.);
        – “Welt am Sonntag quoted an unidentified German government source as saying Trump was trying to secure the scientists’ work exclusively, and would do anything to get a vaccine for the United States, “but only for the United States.”” … ou seja, uma fonte governamental alemã que não se quer identificar disse que o Trump disse…

        Então mas fazem noticia com o “disse que disse”? A sério?
        Factos? Provas? Coisas concretas? E-mails? Gravações? Onde estão?

        • Rodrigo says:

          É pedir isso ao Rui Pinto, ele arranja!

        • Vítor M. says:

          Vamos lá ver. Aquando da notícia do Welt, várias personalidades da política alemã insurgiram-se contra a “tal atitude”. Portanto, nessa altura não houve qualquer desmentido. Se fores ver, grande parte dos canais que passaram a informação estão agora a receber o desmentido da CureVac. Primeiro foi a reunião, depois o tal convite, depois sai uma acusação, depois da-se um impacto mundial, depois o desmentido do embaixador, depois o desmentido da CureVac… tudo encadeado.

          Estás-te a reportar ao dia de hoje 😉 mas muita água já passou por debaixo daquela ponte… entretanto.

          Seja como for, nós, como meio insuspeito, correto e fidedigno, deixamos toda a realidade factual no artigo.

  8. Tiago says:

    Cada teoria. Segundo alguns, foram os EUA a criar o vírus, mas no entanto é a China que oculta dados, que repreende que expõe alguma coisa, e que tem vindo a aumentar as cotas de participação nas principais empresas com a queda da economia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.