Quantcast
PplWare Mobile

Cientistas descobrem o passado do Sol “enterrado” na crosta da Lua

                                    
                                

Imagem: NASA

Fonte: CCVAlg

Autor: Vítor M.


  1. gui says:

    Mais um monte de divagações românticas sem qualquer respaldo científico para ocupar as mentes dos já desocupados a permanecerem inúteis no estatus quo.

    • BC says:

      Ui, chegou o paladino da verdade suprema!

    • Setnom says:

      https://arxiv.org/abs/1906.05892

      Está aqui o artigo científico. Esteja à vontade para fazer a sua revisão por pares. Depois partilhe aqui as suas conclusões.

      • gui says:

        A visão científica da formação da Lua: “Provavelmente, a Lua nasceu de uma pancada que a Terra levou. Há mais de 4 bilhões de anos, nosso planeta teria sofrido o maior impacto de sua existência: bateu de frente com outro planeta, um colosso do tamanho de Marte que atravessou a sua órbita. Como o astro desavisado era menor, ele acabou em estilhaços. A Terra, claro, também não escapou ilesa: boa parte da sua superfície foi literalmente para o espaço. Depois de alguns anos, os restos da explosão se juntaram para compor a Lua.” Ora de acordo com a mesma visão ‘científica’, a Terra é uma bola que gira no espaço a uma velocidade de mil e tantos quilometros/h em torno do seu eixo, com uma velocidade orbital de mais de 100 mil quilometros/h e mais uns 800 mil quilometros/h em ascensão pelo universo. E agora esses ‘cientistas’ vem me dizer que o Sol tem origem na Lua? Pra acreditar nessa baboseira toda a pessoa tem que ser um crente fanático dessa nova religião chamada ‘ciência’.

        • Toni da Adega says:

          Nenhum cientista afirma que o Sol tem origem na Lua. E que tal tentar ler o artigo devagar porque em nenhuma parte do artigo diz que que o Sol tem origem na Lua.
          E se a ‘ciência’ é coisa tao ruim nem sequer devia estar na internet que isso é resultado da ciencia.

          • Sujeito says:

            Uma ciência é uma ciência, outra ciência é outra ciência. Não misturemos as coisas, que isso é um raciocínio falacioso.

          • Nuno V says:

            Que eu saiba, ciência só existe uma. E eu deveria de saber porque trabalhei com um cientista.

        • Bruno M. says:

          O que o artigo diz é isto, e passo a citar:
          “O nosso satélite natural tomou forma, diz a teoria, quando um objeto do tamanho de Marte colidiu com a Terra há cerca de 4,5 mil milhões de anos. Como resultado a força desta colisão enviou materiais para órbita, onde se fundiram para formar a Lua.!”

        • Setnom says:

          gui, com este segundo post prova que não conseguiu nem ler nem interpretar devidamente o texto desta notícia. Pelo que o meu pedido de fazer revisão ao artigo científico que coloquei no link mais acima está completamente fora do alcance. Lamento que não consiga informar-se com mais eficácia e literacia científica.

          • gui says:

            Setnom – Nem tudo que tem o carimbo de ‘científico’, é realmente científico. Vejamos a seguinte frase do artigo: “Finally, since solar activity was strongest in the first billion years of the Solar System,……” Onde há qualquer base científica que prove a existência desses famosos bilhões de anos? Sempre foram meras especulações fantasiosas que sempre podem acolher outras centenas de palpites da mesma natureza.

          • Setnom says:

            A base científica são as estrelas do tipo-Sol, mais jovens, estudadas com o Telescópio Kepler.

            Citando a notícia: “Saxena incorporou a relação matemática entre a rotação de uma estrela e a sua atividade explosiva. Esta perceção foi derivada por cientistas que estudaram a atividade de milhares de estrelas descobertas pelo Telescópio Espacial Kepler da NASA.”

            As estrelas estão divididas em vários tipos e os astrónomos podem saber mais sobre o passado do Sol estudando estrelas “iguais”, mas “de momento” (tendo em conta a distância que a luz tem que atravessar) mais jovens. Do mesmo modo que sabemos que um idoso passou pela adolescência, estudando no presente os adolescentes.

        • Nuno V says:

          Deixa-me adivinhar, no teu entender a terra é plana.

          • gui says:

            Nuno V – Você ou qualquer cientista do mundo poderia montar em laboratório um arquétipo da Terra esférica, viajando pelo espaço a tais velocidades astronômicas sem que a mesma fosse despedaçada ou pelo menos que as águas dos mares e dos grandes lagos se dobrassem para entrar no contorno esférica dessa Terra, e ainda que essa água toda não se perdesse no espaço? Da Terra Plana até eu sou capaz de fazer.

          • Toni da Adega says:

            Velocidade astronômica é bastante relativo. O ponteiro das horas de um relógio é 2x mais rápido .

          • Nuno V says:

            @gui
            A minha hipótese foi confirmada. Mas também era muito simples. Quando a ignorância de alguém sobre cosmologia é tão gritante que passa a ser idiótico, invariavelmente, essas pessoas acreditam em baboseiras de estupidez gritante.

            Meu caro incompetente, a tua ignorância é tão berrante que nem sequer percebes o conceito de escala. Eu se escalar a Terra para o tamanho de uma bola de basquetebol com o diâmetro de 25cm, a velocidade que esta percorreria o laboratório seria 0,00214 km/h, ou 0,594 mm/s. Estrondosamente rápido, não é?

            O mesmo se diz da velocidade equatorial, esta na nossa terra miniatura equivaleria a uma velocidade estonteante de 0,0000328 km/h ou 0,00912 mm/s.

            Porque razão achas que os oceanos deveriam ser expelidos da terra? Introduzindo as formulas do movimento circular e força gravitacional

            Força centripeta
            Fc = m2*a

            Aceleração centripeta
            a = v^2/r

            Velocidade
            v = w*r

            Velocidade angular
            w = 2*pi*f

            Frequência
            f = 1/T

            Força gravitacional
            Fg = G*m1*m2/r^2

            Força gravitacional
            Fg = m2*g

            Aceleração gravitacional
            g = G*m1/r^2

            Constante gravitacional
            G = 6,674*10^-11 m^3*kg^-1*s^-2

            Raio da terra no equador
            r = 6,378*10^6 m

            Período orbital
            T = 23 horas 56 minutos 4.0905 segundos = 8,616*10^4 s

            Massa da Terra
            m1 = 5,972*10^24 kg

            Resumindo
            Fc = 4*pi^2*m2*r/T^2 = 4*pi^2*m2*6,378*10^6/(8,616*10^4)^2 = 3,394*10^-2*m2 N

            Fg = G*m1*m2/r^2 = 6,674*10^-11*5,972*10^24*m2/(6,378*10^6)^2 = 9,798*m2 N

            Rácio entre ambas
            R = 9.798*m2/3,394*10^-2*m2 = 2,887*10^2

            Agora responde-me, porque razão haveriam os oceanos saírem disparados do nosso planeta quando a força gravitacional é quase 300 vezes mais forte que a força centripeta. Se não sabes do que falas abstem-te de falar.

          • gui says:

            Replicar empiricamente o que dizem ser verdade é verdadeiramente ciência. Se não conseguem não é por que a réplica seja impossível, mas porque o modelo em que se baseiam é impossível, ou seja, a Terra definitivamente não é um globo maluco girando por aí.

          • gui says:

            Outrossim, como explicar os barcos e navios que navegam sobre o mar, estão presos pela força da gravidade ou estão por conta da força centrípeta? Se a força da gravidade pode reter as toneladas das águas dos mares, porque não conseguem afundar os navios que são bem mais leves?

          • Nuno V says:

            O que queres dizer com replicar empiricamente? Queres que eu construa um segundo sistema solar com a mesma massa,…? Outro desonesto que gosta de envenenar o poço.

            Primeiro, um modelo cientifico faz previsões testáveis, potencialmente falsificáveis, com poder explicativo parcimonioso, sem suposições desnecessárias. Portanto, quando o modelo faz previsões corretas que qualquer pode testar e confirmar, tu não podes simplesmente dizer que é impossível e encaixares as idiotices que bem queres e te apetece. O que tens que fazer é apresentar um modelo que seja mais preciso que o atual usado, o que seja tão preciso como o atual mas com menos suposições. Até lá falas pelo traseiro e usas falácias de incredulidade pessoal como um Argumentum ad nauseam.

            “como explicar os barcos e navios que navegam sobre o mar, estão presos pela força da gravidade ou estão por conta da força centrípeta?”

            Introduzindo impulsão:

            Fi = pf*Vf*g

            Fg = m*g

            Portanto, o corpo flutua quando as forças estão em equilíbrio, ou seja, quando:

            Fi+Fg = 0 pf*Vf*g+m*g = 0 pf*Vf*g = m*g pf*Vf = m

            Mais simples ainda, um objeto flutua quando a massa do fluído deslocado é igual à massa do objeto.

            Nomenclatura:

            pf – densidade do fluído

            Vf – volume do fluído deslocado

            g – aceleração gravitacional

            m – massa do objeto

            P.S. – eu ignorei a força centripeta, pois, como demonstrei no comentário anterior, esta é negligenciável.

          • gui says:

            Nuno V – Todo esse discurso aparentemente científico e todos os impropérios a mim dirigidos, não explicam o inexplicável e irrefutável. A principal característica física da água é a planicidade e sua dobra para obedecer a esfericidade de um globo imaginário, é completamente estapafúrdia. A Terra é plana e ponto final.

          • Nuno V says:

            Tens que dizer o quê que é inexplicável, é o quê que é irrefutável. Tudo até agirá que disseste eu demonstrei que é, de facto, explicável. Usas essas duas palavras como envenenamento do poço para impedir o argumento, sem nunca fundamentar o quer que seja.

            E não, a planicidade não é uma característica física da água. A água em estado líquido age em conformidade com as forças aplicadas à esta. Uma gota é plana? Em zero g a água é plana? Simplesmente não sabes o que falas, e lamento ter que te dizer, mas os nossos oceanos não são planos. E qualquer pessoa com dois dedos de testa consegue demonstrar tal.

            E eu não disse nenhum impropério sobre ti, mas verdades. És ignorante sobre o assunto, e até aqui tudo bem. O problema é que fazes afirmações sobre o assunto de convicção estóica sem qualquer tipo de pensamento crítico e afirmas que as pessoas que sabem estão erradas ou estão a mentir.

          • gui says:

            “Tens que dizer o quê que é inexplicável, é o quê que é irrefutável.”
            – Inexplicável é as águas dos mares se curvarem para acompanhar a suposta curvatura da terra e irrefutável é a planicidade das águas.
            “E não, a planicidade não é uma característica física da água.”
            – É evidente que estou me referindo as águas dos mares e dos grandes lagos em estado líquido. E pelo que me consta você não é o dono da verdade. Qual o artigo científico que nega a planicidade das águas? Ou, qual é o experimento científico que usando o método científico, provou que a água não é plana no estado líquido e registrou isso numa revista científica?

          • Nuno V says:

            Não, não é inexplicável. É inexplicável na tua mente ignorante. Tal como disse líquidos tomam a forma de acordo com as forças que agem neste. A água é curva porque não têm outra “escolha” se não o ser, pois a gravidade “obriga-a” a tal.

            A agua liquida do mar e dos lagos são agua liquida, ponto final. Tu queres fazer uso de uma defesa especial pois sabes que os casos que eu mencionei, bem como noutros, a água não é plana. Bem como o mar não é plano. Porque razão pensas que os faróis são colocados em pontos de vantagem altos? Porque razão todos os navios que vemos a desaparecer no horizonte, desaparecem sempre de baixo para cima, sem exceção, e depois de desaparecerem, se subires uma escada vês os outra vez. Pergunta a um agrimensor, porque razão quando medem longas distância tem sempre que ter em conta uma coisa chamada excesso esférico.

            És um exemplo perfeito do efeito de Dunning Kruger. Sabes precisamente 0 sobre a matéria, mas afirmas que sabes mais que qualquer pessoa educada na matéria. Aconselho-te a inscreveres num curso de física e astronomia e depois sim critica a matéria.

            Queres um estudo cientifico sofre a geodesia?
            https://zenodo.org/record/32050
            https://zenodo.org/record/32051

            Estou ver que o teu escudo da crença nunca te vai deixar enxergar para além da tua fé. Ficamos por aqui. Se alguma vez decidires estudar um bocadinho, se precisares de algo apita. Até lá passa bem.

          • Ricardo C. says:

            @Nuno V – Nem sei porque te deste ao trabalho de tanta explicação, pessoas desde calibre elevado da “escala” de Dunning Kruger nunca aceitariam uma explicação racional e fria da ciência.

            É caso para dizer que com tudo o que li do Gui fiquei “Planicidado” lolol

          • gui says:

            Muito grato Nuno V – Já deu para constatar a tua ignorância. A única coisa que sabes é fingir que tens muito conhecimento com respostas circulares e fugindo do foco. Nenhum embasamento científico há em tuas respostas sobre a negação da planicidade da água. Passe bem.

          • Nuno V says:

            Come queiras, eu retiro as minhas luvas. Ao contrário de ti eu decidi educar-me em vez de ser um ignóbil ignorante. Eu formei-me, doutorei-me e trabalhei na área a que diz respeito o artigo. O que fizeste tu? O mais provável é nem teres concluído o ensino secundário!

            Aponta-me uma única vez onde fiz uso do raciocínio circular, isso é, se souberes o que é raciocínio circular. No entanto o teu argumento é raciocínio circular. A terra é plana, porque a água é plana, porque a terá é plana,… Isto mais somando falácias de incredulidade pessoal, non sequitur, entre outros numa tentativa cega de suportares a tua posição.

            Dizes que não há fundamento científico quando eu te coloquei um estudo científico sobre o cálculo do raio da terra? És um idiota e um burro que gosta de mergulhar na própria ignorância.

        • Space Cowboy says:

          Devias ter tomado mais atencao nas aulas, assim na vinhas aqui fazer figuras tristes.

          • BC says:

            Pois. É daqueles que dizia “Não preciso de ir à aula de Ciências, não vou ser cientista”. E depois é este o resultado.

    • Ricardo says:

      LoL, vai antes ver a bola e rezar umas ave marias, aí sim permaneces um inútil no status quo. E mais, da próxima vez lê os artigos completos, pois se não fossem estas “divagações românticas” como lhe chamas, não estavas aqui na internet a regurgitar esses tipo de afirmações pois a internet não existia… existe sempre um velho do restelo irra…

      • gui says:

        Pra ti, que faz parte da manada, faço o mesmo desafio: Você ou qualquer cientista do mundo poderia montar em laboratório um arquétipo da Terra esférica, viajando pelo espaço a tais velocidades astronômicas sem que a mesma fosse despedaçada ou pelo menos que as águas dos mares e dos grandes lagos se dobrassem para entrar no contorno esférica dessa Terra, e ainda que essa água toda não se perdesse no espaço? Da Terra Plana até eu sou capaz de fazer.

        • Ricardo says:

          Nem me vou dar ao trabalho de responder a este comentário idiota quando o Nuno V acima já te demonstrou que isso é completamente impossível… lol… vocês adeptos de teorias de terras planas e afins são tão ignorantes que por causa disso nem sabem o quão ignorantes são. Até dói ler estas baboseiras quando se pensa que pessoas como tu, que poderiam ser inteligentes não o são por escolha própria.

        • Luis says:

          Gui nada pior que um ignorante que se julga inteligente! Estude homem! Estude!!! Estude física!!!
          Por vezes acho que as pessoas com a sua lengalenga a única coisa que querem é mesmo atenção! Não lhes interessa discutir ou aprender nada sobre ciência, apenas ser o centro das atenções!! Pois, para isso devia ir para o colinho da sua mamã, porque a ciência está-se a borrifar para o que você ou qualquer outra pessoas acredita, apenas interessam os FACTOS!

        • thylux says:

          Pra ti, que faz parte da manada, faço o mesmo desafio: Você ou qualquer cientista do mundo poderia montar em laboratório um arquétipo da Terra plana, viajando pelo espaço a tais velocidades astronómicas sem que a mesma quebre as leis básicas da física?
          “Da Terra Plana até eu sou capaz de fazer.” –> Gostava de ver isso.

    • Saqueador de bits lord says:

      Falou o eloquente Graphical User Interface com uma Rosa de avatar. Utilizador épico

  2. José Pedro says:

    A avaliar por alguns comentários, o Conhecimento é, para alguns, um ET.

  3. CHARBEL CAVENAGUI says:

    Sistema heliocêntrico é religião, filosofia e paganismo. Adoração ao “Astro rei” vem desde a época de Ninrode. O sol foi criado pra servir a Terra e o seres viventes e não o contrário.

    • Space Cowboy says:

      Laranjas e macas, decerto e disso que falas, porque o que escreveste nao faz qualquer sentido. Compro quatro caixas, ainda tens algumas?

  4. Elton jony sobreira says:

    Mais alguém perceberam, que a NASA ou outras nunca postaram fotos da lua no claro do dia !!! Se a terra e depois da lua e o sol clarea muito, na lua deve ser claro do mesmo jeito não é mesmo?????

    • Tiago Alves says:

      Ler a tua frase deu-me cancro.

    • Bruno M. says:

      Negativo.
      Até à bem pouco tempo, só se conhecia o lado “brilhante” da lua (ou lado diurno)!
      O lado oculto da lua, foi só recentemente explorado pela china!

      A lua orbita a terra em aprox. 27.322 dias e demora aprox. 27 dias a orbitar sobre si mesma o que faz com que a mesma metade da lua esteja sempre voltada para a terra e a outra (o famoso lado oculto lunar) esteja sempre voltada para o desconhecido! – A isto chama-se rotação síncrona.

      Esta é a explicação mais curta. Uma breve pesquisa desfaz outras curiosidades sobre as órbitas lunar e terrestre!

      Uma pequena curiosidade!
      No vasto espaço, a terra é considerávelmente mais brilhante que a lua! 😉

    • Space Cowboy says:

      Quanta ignorancia! Nenhuma missao da NASA esteve na Lua durante a noite, tu ao menos sabes como se processa dia/noite na Lua?

      • Bruno M. says:

        @Space Cowboy tens noção que uma das missões Apollo sondou o lado oculto da lua?
        Tens noção que mencionei “lado diurno” para “fazer entender” que é o único lado observável da terra?
        Tens noção que o mencionei lado “diurno” para distinguir lado oculto e observável?!

        Um dia lunar equivale a sensivelmente 28 dias terrestres!
        Quando observamos as várias fases da lua, observamos o dia/noite lunar!

        Já agora delicia-te!
        https://resize.hswstatic.com/w_907/gif/daytime-night-moon1.jpg

      • Bruno M. says:

        Já agora, e para frisar que os astronautas da Missão Apollo 8, foram os primeiros a observar a olho nú, o lado oculto da lua em 1968!
        De facto nenhuma sonda da nasa esteve (pousou) na lua, até 2019, altura em que a Chang’e 4 chinesa pousou e sondou efectivamente pela primeira vez na história humana, o lado oculto da lua!!

        E eu fui bem específico quando disse, e passo a citar:
        “O lado oculto da lua, foi só recentemente explorado pela china!”

        Portanto, retribuo-te com “quanta ignorancia da tua parte”….

      • Bruno M. says:

        E para finalizar!

        O lado oculto da lua, ou “dark side of the moon” – (lado escuro da lua) tem esse nome não porque é “escuro” – desprovido de luz, mas sim porque nunca é visivel a partir da terra já que a lua (como expliquei acima) para além de girar em torno da terra em 27/28 dias, gira igualmente e ao mesmo tempo, em torno de si própria, em 27/28 dias o que faz com que vejamos sempre o mesmo lado da lua!!

        Cumps!

        • Space Cowboy says:

          Precisaste de tres respostas para nao dizer nada de novo. Devias aprender a utilizar isto, porque a minha resposta nao foi dirigida a ti, e interpretaste como tal. Nao terias entao perdido tempo a pesquisar o google para me dar respostas a algo que nao perguntei. Cumps.

          • Bruno M. says:

            Não disse nada de novo mas respondi-te!
            As 2 respostas seguintes forma opcionais. A resposta directa ao que insinuaste está na 1a resposta!

            Não pesquisei no google. Simplesmente gosto do Espaço e da ciencia espacial 😉

            Cumps.

          • Nuno V says:

            Não contribuíste nada porque o que Space Cowboy disse está correto. Foram precisamente 0 os astronautas que pisaram o solo lunar durante a noite lunar. Que era o que Elton jony sobreira intencionou com a sua pergunta.

            Segundo, não sabes distinguir a diferença entre o período sideral do sinódico. Nenhum deles equivale a 28 dias como repetiste multiplas vezes nos teus comentários. O período sideral é em média 27.32 dias, no máximo 27.55 dias e no mínimo 27.21 dias. No entanto, o que equivale ao dia lunar é o período sinódico que é 29,53 dias.

        • Bruno M. says:

          @Nuno e onde eu mencionei que os astronautas PISARAM o “dark side” lunar0 foram 0 os astronautas que pisaram o lado oculto da lua e sobre voaram apenas na Apollo 8.

          Expliquei-me bem. (le os 3 posts, o principal é os opcionais em resposta ao cowboy)

          Acho que te faltam algumas percebas na tua interpretação.

          Mas elucida-me lá.

          • Bruno M. says:

            P. S. Não sabia que era necessário ser minucioso nas respostas e ir ao pintelho (decimais) para mostrar o conhecimento ou falta dele.

            LOL

            O povo gosta de parecer xabixao mas a falta de percebas é gritante.

            Já agora quando se lembrares de responder a alguém, é visto que o sistema do pplware não @menciona a quem respondemos, façam como eu eu e muitos, usem o @ seguidamente do nome a quem estão a responder.

            Assim será mais fácil não haver mal entendidos e respondem só a quem teem que responder.

            Cumps.

          • Nuno V says:

            Quando não consegues distinguir os dois períodos astronómicos, sideral e sinódico, digo que sim é necessário ser minucioso. É que no caso da terra, a diferença entre os dois períodos, no que toca à rotação da terra, é inferior a 5 minutos, no caso da lua é superior a 2 dias, se estivermos a falar de mercúrio a diferença sobe para 117 dias. E sempre mencionaste o dia lunar referiste-te sempre ao período sideral e não ao sinódico, sendo que o último (quando referente à rotação e não à orbita) é que corresponde à duração de um dia.

            O teu ataque ao Space Cowboy foi descabido porque pensaste que o comentário dele era dirigido a ti. Como resposta, atacaste com um texto explicativo, mas com a suposição que ele não sabia de tais factos. Eu decidi corrigir-te porque não tiveste a humildade de admitir que foi um equivoco quando ele te explicou que o comentário não era dirigido a ti. Se tivesses agido com humildade, eu teria corrigido com mais tato os poucos erros que tu proferiste. Como tal não foi o caso fui mais agressivo.

          • Bruno M. says:

            @Nuno, peço desculpa não que querer alongar nas explicações quem querer chegar às milésimas de segundo.
            Dei apenas uma explicação “básica” ao Elton de modo a que ele entendesse. Não vale a pena entrar em pormenores.

            Quanto ao Space Cowboy, o Elton não menciona que astronautas pousaram no lado “escuro” da lua, eu expliquei que os astronautas orbitaram a lua e viram pela primeira vez a “olho nu” o lado escuro da lua na missão Apollo 8!
            Lógico que perante o comentário dele, sem mencionar a quem se dirigia eu assumi que fosse para mim. (ignorei o do Tiago Alves por motivos óbvios)!

            Nunca assumi que ele não percebia, simplesmente respondi pelos motivos atrás descritos.
            A ti as minhas desculpas e obrigado pelas explicações!

            Abraço.

          • Nuno V says:

            @Bruno M.
            Parabens, pedistes desculpas, os meus ataques ficam por aqui, e retiro todos os ataques que proferi.

            No que toca ao Elton, eu acho que quase ninguém percebeu exatamente o que este queria realmente dizer, eu incluido, porque este foi extremamente ambíguo. Eu por acaso penso, mas posso estar igualmente errado, que na mente dele, a lua durante o dia deveria ficar com o “céu” azul como na terra. Ele precisaria de voltar aqui e clarificar o que queria realmente dizer com o texto dele.

          • Bruno M. says:

            @Nuno, sempre aprendi que quando erramos devemos assumir o erro e devemos pedir desculpas da mesma maneira.

            Respondeste com nível, mereceste as minhas desculpas!
            Abraço!

          • Space Cowboy says:

            Bruno M, hahahahahahahaha! Continua a comentar, nos apreciamos o entretenimento. E aprende a utilizar este espaco, fedelho insolente. E uma nota a admirar a paciencia do Nuno V para te corrigir nos teus erros, eu sinceramente ja nao tenho paciencia para dar licoes a “Einsteins” de trazer por casa. Continua ai a perseguir a propria cauda p’ra eu me continuar a rir, nharro!

          • Bruno M. says:

            @cowboy bebop, não deixas de ser um anormal. Não és civilizado, és insultuoso e arrogante por detrás de um teclado e de um nome falso.

            És mais um tono ambulante.
            Atira-te da ponte sua abstunta.

          • Space Cowboy says:

            Peco desculpa, chihuahua, nao sabia que estava a lidar com uma pessoa portadora de deficiencia. Uma vez que so eu estou atras de um teclado, so posso concluir que uma qualquer deficiencia te impeca de utilizar o mesmo e te obrigue a utilizar outro meio. E neste espaco, qualquer nome pode ser falso, ou nao. Mas o que te gostaria mesmo de pedir era a tua morada, para te enviar o premio Dunning-Kruger, sobejamente demonstraste ser merecedor do mesmo. Toma la mais um cookie para continuares a perseguir a propria cauda, eu aguardo com hilariante antecipacao a tua proxima resposta.

          • Bruno Marques says:

            @Space Cowboy, que es um monte de fezes eu já sabia, o que não sabia era que eras do tipo aquosas.

            As cookies, fazem mal a barriga e depois sais tu, todo aquoso e mal cheiroso.

            És daqueles gajos que tudo o que diz dos outros revê-se no mesmo assunto.

            No fundo o teu discurso
            e natureza de insultos resume-se a um puto de 12 anos cujo vocabulário não passa de:
            Chihuahua, nharro, puto, fedelho, e pouco mais.

            Mas eu entendo-te, não passas de um anormal arrogante e frustrado.

            Agora vá.. Menino. Atira mais uma cookie para saíres novamente directamente para o esgoto.

          • Space Cowboy says:

            Bruninho, cada vez mereces mais o premio Dunning-Kruger, gostava mesmo de te enviar isso para tua casa, mas como nao das a morada, termino aqui a conversa. Vou desligar as notificacoes, ja nao aguento rir tanto com as tuas projeccoes. Ve se nao mordes a cauda quando finalmente a apanhares, guri!

          • Miguel B. says:

            @Space Cowboy, não sejas assim….
            Se continuas ainda fico com pena de ti…
            Afinal, não passas de um malogrado, coitado…

            Beijinho à família xoxoxo

        • Space Cowboy says:

          E o raio do puto nao me larga a braguilha!!! Oh minha amoeba, como me podes ter respondido a algo que nao te perguntei, seu mastronco! Nas tuas respostas nao esta nada que eu nao saiba. Fiz um comentario a um gajo qualquer la acima e tu, que nao sabes utilizar este espaco, logo nao percebes a quem os comentarios sao dirigidos, vieste logo latir, qual chihuahua. Faz-te a vida, pa, se queres marrar com alguem, escolhe um dos FEtards, ou Flerfs, ou como lhes queiras chamar, eu tenho mais com que me ocupar do que com um chico esperto como tu!

          • Bruno M. says:

            @Space Cowboy, a ti tenho uma coisa a dizer-te:
            És um ANORMAL cuja civilização ainda não chegou aos teus lados, qual aldeia no cu de judas qual quê.

            Beijo no peito.
            Abraços à família!
            E sem esquecer a ração para sua majestade o Cowboy Espacial

            – Aprende a mencionar as pessoas nos comentários!

          • Nuno V says:

            Ou seja, acusas o Space Cowboy de não colocar o nick da pessoa a que se refere, no entanto, em vários comentários que aqui publicaste também não o fizeste. Não é apenas falta de humildade de que sofres, mas também de um caso agudo de hipocrisia.

          • Bruno M. says:

            @Nuno
            exacto…. se reparares, a grande maioria não uso a menção pois fui o primeiro a responder.
            Depois ignoro a menção quando há respostas de chacota ou quando a resposta é claramente para mim, como agora.

            Pelos vistos há por aqui muitos com excesso de hipocrisia, arrogância e com ego gigante!

  5. joao says:

    Tudo isto se baseia em poucas amostras da Lua. E como explicar ou provar que viemos dos Sol. Não havendo reações nucleares na Terra, temos cá quase todos os elementos químicos. O Sol só tem hidrogeno e hélio quase na totalidade. Esta teoria fraquinha não explica o mais importante.

    • Bruno M. says:

      Nunca ninguém disse que viemos do sol…
      O que diz o artigo é que as erupções solares fizeram com que a terra ficasse com condições propícias à vida!

      • joao says:

        Eu não disse que o artigo diz que viemos do Sol.
        Eu disse que isso é mais pertinente do que o assunto do artigo que não se pode provar com as poucas amostras da Lua.

        • Toni da Adega says:

          Essa é a diferenca entre a ciencia e a crenca. A crenca é estática e baseada em fé.
          A ciencia é mutavel aberta a discusao, experiencias e hipoteses que depois serao estudadas e analisadas.
          Os cientistas nao afirmam que isto é verdade, os cientistas afirmam que é uma hipotese.

    • Space Cowboy says:

      O que uma coisa tem a ver com a outra? Quais sao todos os elementos quimicos? Por acaso achas que a tabela periodoca dos elementos esta terminada? Quantos elementos tinha a primeira tabela, e quantos tem a atual? Devias limitar-te a falar do que sabes.

      • joao says:

        Tabela Periódica dos elementos está terminadíssima. A todos os elementos basta acrescentar basicamente um protão para fazer o elemento seguinte. Formação do Sol, origem da Terra e da Lua tem que respeitar esta evolução da Tabela Periódica.

        • Nuno V says:

          A tabela periódica está tão terminada que nos últimos 20 anos descobrimos 6 novos elementos.

          • Space Cowboy says:

            Estes comentarios hoje estao um espetaculo, ainda melhor do que aqueles que vejo na seccao do futebol, Sempre novos elementos a entrar na tabela periodica, e o cromo a dizer que esta completa. Vou desligar as notificacoes, ainda vou ter um ataque se continuo a ler as bacoradas destes cientistas de poltrona.

        • Space Cowboy says:

          Hahahahaha! Nem comento mais nada.

      • joao says:

        Como pode alguém fazer tanta questão e depois dizer a outra para limitar-te a falar do que sabes?

    • Oliveira says:

      Vc já foi lá pra saber?

    • Nuno V says:

      Primeiro, nós nunca viemos do sol, não sei onde foste buscar essa ideia. Viemos sim da mesma nuvem molecular em que o sol coalesceu.

      Correto, o sol é composto maioritariamente por hidrogénio e hélio (98,7% em massa). No entanto, os restantes 1,3% corresponde a uma massa 9,3 vezes superior à restante massa que compõe o nosso sistema solar (ou seja, todos os planetas, planetas anões, satélites naturais, meteoritos, cometas, poeira,…).

      Mas agora diz-me, o que queres saber?

  6. Bruno M. says:

    Tu claramente não os tens…….

  7. Bruno M. says:

    Por isso é muito dificil convencer-te de que estás a enganar-te a ti próprio….

    • gui says:

      Bruno – Se te agrada, você faz parte da maioria, ou seja, da ditadura do consenso. Não podes questionar até porque é mais cômodo fazer parte da maioria. Isso contudo, não significa que a maioria está sempre certa. Geralmente está errada.

  8. Fernando says:

    Cientistas falam nada com nada.
    Tudo que há no espaço e dentro da terra foi criado por um Ser suficientemente inteligente o bastante para fazer todas estas coisas apenas com o poder de suas palavras.

    • Sarcástico says:

      Então porque que é que esse “Ser supremo” não evita as guerras, fome, destruição do planeta, extinções em massa que acontecem neste momento todos os dias… Não me diga que a desculpa é o “nosso” livre-arbítrio, porque se assim for, esse “Ser” limitou-se a criar uma praga “humanos” à superfície da terra com o intuito de fazer sofrer todas as outras espécies, que pela sua lógica, também foram criadas por ele certo?!

      • Fernando says:

        Evitar guerras?
        É Deus que está mandando os homens construir bombas e armas? É Deus que está mandando os Políticos de todos os países, roubarem e deixar o povo morrendo de fome?
        Deus deve evitar né?
        Mas os políticos não devem evitar de roubar não é?
        Se os homens fossem mais amorosos, não teria guerras e nem fome.
        Sorry…mas Deus não tem nada haver com a merda que os homens fazem.

    • Nuno V says:

      O que a forma como o universo apareceu, se foi de forma supernatural ou natural, têm ver com o passado da nossa estrela?

      Os cientistas ainda vão sabendo alguma coisa, tendo em conta que foram estes que descobriram factos da natureza e desenvolveram teorias com poder preditivo que abriu o caminho para o desenvolvimento de novas tecnologias que permitiram tu publicares o teu comentário sem nexo.

    • Space Cowboy says:

      Apresenta provas da existencia desse ser, ou para re roubar o nosso oxigenio, pa! A religiao foi criada por um espertalhao que assim obteve dominio sobre alguns idiotas. Nessa altura, temiam os trovoes, e tudo aquilo que nao conseguiam explicar era usado para controlar os incautos. Estamos no Sec XXI, esta na hora de deixarem de acreditar em fabulas!

  9. Bruno M. says:

    FLAT EARTHER ALERT!!
    FLAT EARTHER ALERT!!

  10. BC says:

    Da mesma forma que é dificil convencer-te que estás a ser enganado com os vídeos que andas a ver no Youtube.

  11. BC says:

    A partir do momento que escreves “tijela”, está explicado o teu nível de inteligência.

  12. Space Cowboy says:

    Lamentavel que o dinheiro dos impostos de tanta gente que trabalha seja desperdicado desta forma por um imbecil que nao prestou atencao na escola. Estou a espera das tuas respostas as perguntas que te fiz mais acima. Nao te apresses, tenho cerveja e pipocas, posso esperar!

  13. Paulo Santos says:

    Só falta vir o Donald Trump vir aqui dizer que é tudo “fake news”
    Tirando os dois comentários dignos do nome, nunca vi tanta idiotice reunida numa página do ppl….

  14. Horacio Botequim says:

    Simplesmente uma propaganda para a venda de bilhetes! Nós seres humanos vemos tudo lá de cima… Um dia ficamos ainda mais curiosos e vamos gastar muito dinheiro para satisfazer os ideais desses exploradores inteligentes?!…

  15. Jerus_Costa says:

    Após uma breve leitura dos comentários, pude perceber que muitos poucos tem uma mente aberta para poder tentar ao menos entender o quão grandioso és nosso universo. Todos os dias surgem novas teorias, novas hipóteses e muitas especulações. Principalmente sobre astronomia! Aos terraplanistas digo: Acordem pra vida, pois tenho muitas provas de como derrubar sua teoria.

  16. Jerus_Costa says:

    Após uma breve leitura dos comentários, pude perceber que muitos poucos tem uma mente aberta para poder tentar ao menos entender o quão grandioso és nosso universo. Todos os dias surgem novas teorias, novas hipóteses e muitas especulações. Principalmente sobre astronomia! Aos terraplanistas digo: Acordem pra vida, pois tenho muitas provas de como derrubar sua teoria.

  17. José Pedro says:

    É estranho… Este ano comemoram-se os 500 anos da 1.ª viagem de circum-navegação iniciada pelo nosso grande Fernão de Magalhães e ainda se lêem coisas incrível e absolutamente medievais!

    • Ricardo says:

      Eu tenho uma teoria minha, não sei se é conecta ou não, mas de um ponto de vista socio-antropológico acho que estas pessoas que acreditam em Terras Planas e afins querem no fundo é sentir que pertencem a algum lado, a algum grupo… é como ir à igreja, sentem que fazem parte de algo e isso faz com que acreditem nessas ideias absurdas pois o grupo em que se inseriram também acredita. Se alguém comentar isto que comente com algum discernimento cientifico, dispenso comentários idiotas de terra planistas.

  18. José Pedro says:

    https://pplware.sapo.pt/ciencia/cientistas-descobrem-o-passado-do-sol-enterrado-na-crosta-da-lua/#comment-2405251: Se Copérnico, Galileu, Kepler, Newton, já estavam às voltas nos túmulos, agora também Arquimedes! 🙂

  19. dajosova says:

    Se a Lua tivesse FPS500 isso já não acontecia!
    Boas férias 😉

  20. Guilherme says:

    Lidar com gente ignorante, que odeia a Ciência, é fY%$a!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.