PplWare Mobile

Asteroide do tamanho da Grande Pirâmide de Quéops passará “perto” da Terra a 49 mil km/h


Imagem: NASA

Fonte: Mashable

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. MegaDrive says:

    A 4x (mais ou menos) a distancia da Terra à Lua…

    O vosso “perto” significa o quê exactamente?

    Já agora, se querem fazer noticias fixes como estas deixo uma sugestão. Amanhã metam uma noticia que a Lua vai passar “muito perto” da Terra. Depois no texto digam que é como faz todos os dias.

    Patético…

    • Vítor M. says:

      A perceção das pessoas é que é diferente. A NASA aponta este asteroide como um NEO. Portanto, para que vamos nós perder tempo a explicar que realmente é perto? 😉

      Boa semana MegaDrive.

  2. mlopes says:

    para bem dele espero que não passe perto de portugal 😉 será multado por excesso de velocidade de certeza!

  3. Martins says:

    Não se preocupem que o sindicato dos asteróides já convocou uma greve por tempo indeterminado e sem serviços mínimos.

  4. Leoni says:

    Estou intrigado. Nunca observei tantas notícias sobre asteroides próximos a terra. Temos um aumento desses corpos celestes ou a tecnologia de observação está mais apurado?

  5. Francisco says:

    Com tantos asteróides passando por perto, tomara que um bem grande caia na Terra. Eu quero ver é o caos, o mundo desestruturado.

  6. Str says:

    A terra é um minúsculo grão de poeira suspenso na imensidão do espaço portanto a probabilidade de um asteroide de grandes dimensões cair na terra é bastante reduzida, mas basta um como esse para arrasar talvez 1/4 de uma cidade como Lisboa tal é a energia libertada no embate com o solo

  7. Miguel says:

    Se cair na terra ao menos acaba-se para todos o mal 😉

    Este mundo chegou ao ponto de que precisa urgentemente de reset. Estamos na era de mostrar o pior e mais sombrio do lado Humano.

    Somos uma raça primitiva e acho que precisamos mesmo urgentemente de um reset!

    • Francisco says:

      É, nunca evoluiremos enquanto tivermos o Império Romano e suas descendências a governar este mundo. Em todos os bairros de todas as cidades existem sucursais do palácio Romano, o Império sempre esteve por trás da orelha dos reis, quando estes guerreavam e hoje domina o conselho mundial de bancos. Estão por trás de maçonarias e outras ordens. Semeiam o mal por toda a Terra.
      Você tem razão, precisamos de um reset ou de uma reforma mundial.
      Vivemos num mundo onde as disputas são ganhas de qualquer lado, o sistema lança os adversários e ele sempre ganha, não existe concorrência.

    • Silvio g says:

      ou seja, Deus colocaria uma “pedra sobre o assunto” 🙂 🙂

  8. Silvio g says:

    Eu desde a adolescência sou fascinado pela astronomia, e leio sobre o tema. Queria deixar uma aparte: Por vezes podemos pensar erradamente que estes asteróides “nos vêm visitar”, mas devemos lembrar uma coisa. A Terra não está “parada” no sistema solar nem o sistema solar parado no mesmo sítio 🙂 🙂 , O Nosso sistema solar está num dos “braços” da galáxia (que conhecemos como via láctea) e esta nossa galáxia roda (sentido giratório) ou seja estamos viajando pelo espaço a 225 km por segundo. E vamos encontrando asteróides novos pelo caminho, uma volta completa ao redor da galáxia leva duzentos milhões de anos, e havemos de encontrar muitos outros novos (ainda não conhecidos e catalogados), temos tido “sorte” que nenhum grande impacto nos destruiu ainda (como se teoriza que aconteceu aos dinossauros).

  9. Sushi says:

    Alguém sabe me informar se ele será visível do Brasil essa noite?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.