Quantcast
PplWare Mobile

“O seu computador não é seu”: Apple acusada de violar a nossa privacidade… ou não!

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. TRaveller says:

    2 noticias com intervalo de 1 dia e “Há cerca de três dias a Apple lançou a sua nova versão do sistema operativo para Desktop, o MacOS Big Sur. Este é provavelmente dos sistemas operativos mais bonitos e funcionais da atualidade.”
    “macOS Big Sur, um sistema muito elegante, dos mais cativantes quer na estética, quer na experiência de utilização”
    Que fanatismo já dizia o Quim barreiros BONITO BONITO SAO O PIPO

    Tenho um portátil com 15 anos e windows 10, tenho um Apple air comprado há 6 anos e já não suporta o ultimo sistema operativo.

    Mas ainda de bem que não é a huawei a fazer isto senão era para ai uma choradeira de espionagem

    • Rikardo S. says:

      Fusgassse tu mostraste mesmo que te bateu fundo. Bateu-te mesmo nas entranhas. Chilli bro que a azia já passa.

      • Oscar says:

        Que comentário infantil.

        • Rikardo S. says:

          Pois mas se não fosse como achas que o chorão percebia? Sempre a chorar com pena das chinesices. Já mete pena tanta compaixão e bolor. Pelo menos sejam úteis e comentem me..as que sejam do secundário em diante.

          • Manuel da Costa says:

            Se não fosses estúpido até te respondia mas, és dos que gasta 6000 euros por ano com a porcaria de um telemóvel, para fazeres o mesmo que faço com 300 euros.

          • Rikardo S. says:

            Manuel Costa eu gasto quanto? É doido ou que? Eu tenho um telefone com 3 anos e tem de durar outros tanto men. Testas maluco, o dinheiro não cai das telha. E computador tem um ano e foi bem ponderado. Tu não tens noção. nessa cabeça é só jargota? Dou duro não sou como tu. Se tens mania de comprar um todos os anos não deixas de ter um calhau chinês.

        • jorgeg says:

          yo bor chill,… don`t understand usee chinese google translater

    • TabonitoTa says:

      Compraste um air há 6 anos e já não funciona ? Pois se calhar esse air já tem uns 10 anos 😉
      Usa a backfill para conseguires ter os novos macOS. deixa lá a choradeira. E simples e tudo. Basta uma pesquisa rápida na net eheh 🙂

    • Vítor M. says:

      Eishhh vocês stressam muito. Calma, não se exaltem. A explicação foi dada, quem gosta usa, quem não gosta não usa. É muito bom, é bonito, elegante. Não têm de gostar todos do mesmo. 😉

      Era importante mostrar que o que ontem foi dito por alguns “do contra” afinal era apenas vapoware. Não tem nada a ver com a realidade. Quem gosta, usa, que não gosta, não usa. 🙂

  2. Rikardo S. says:

    Era de prever. Como diz o ditado,os cães ladram e a caravana passa. Não faltam são latidos. Xipa Apple nos haters.. O Big Sur este belíssimo mesmo.

  3. Alexandre says:

    Pronto mas na máquina Windows tu instalas drivers de Windows vista/ 7/ 8.1 no windows 10 e no Mac se quiseres podes usar os patchers do dosdude e podes instalar o último macOS em máquinas de 2008. Tenta fazer comparações com todos os factos.

  4. Samuel MG says:

    Não espia!! Pois só anda a espiar!!

    • Rikardo S. says:

      Gatekeeper sabes o que é? Sabes la tu.

      • Manuel da Costa says:

        Oh estúpido, não notaste que a Apple alterou 7325 coisas que o Gatekeeper faz… depois disto ter sido noticiado? Ups, afinal a empresa que vende coisas a 500% do seu preço de custo, também “corrige” os seus programas “super perfeitos”.
        Já agora, a própria Apple violava o contrato, ao recolher o IP do utilizado, algo que está na condições de utilização do Itunes, que são as mesmas do SO.

    • ... says:

      Deves pensar que isto é ximi que esta ligado ao governo chinês + o omerroide que chupa a vida toda.
      Cuidado ao fazer videos com a namorada, do outro lado do mundo o chinoca pode estar a ver.

      • TRaveller says:

        “…” nem com um nem com outro ou ja não te lembras “Funcionários da Apple escutam conversas gravadas pela Siri” é como não tinha virus nem necessitava de antivirus.
        Como não venero windows, Linux ou MacOS em todos há vantagens e desvantagens, como não venero nem China nem EUA venha o diabo e escolha.
        Mas pronto continua la a fazer os videos com a namora que os Russos devem gostar de ver.

  5. Napoleão Bonaparte says:

    Boa!
    Finalmente eles assumem que seguem o sistema do Elon Musk: vendem mas não transmitem a propriedade dos equipamentos.
    Por isso, continuam donos das máquinas, pelo que fazem e desfazem à volonté!
    E esta, hein?!

    • Manuel da Costa says:

      Está na condições de compra dos Iphones. O ponto 74.5.8.3 diz “Este hardware tem suporte de software pela produtora, durante o tempo de garantia e pode ir até 6 anos.” Como os equipamentos deles deixam de poder funcionar, se não existirem updates de software, quer dizer que ao comprar uma coisa deles, no máximo dura 6 anos.

      • Vítor M. says:

        Oi? Mas eu tenho ainda o meu iPhone 2G a funcionar. Não estou a entender o que estás a dizer. Aliás, nenhum deixou de funcionar e já lá vão mais de 10 anos.

        • adbu says:

          A funcionar mas nada de instalar aplicações, pois já não tem acesso à loja e também na loja não há nenhuma aplicação compatível.
          Serve para chamar, mandar sms e umas fotos fraquinhas pelas padrões atuais.

          • dunno says:

            não é para levares de maneira pessoal, mas existe algum telefone com esse tempo que sirva pra mais que fazer fazer umas chamadas sms e fotos fraquinhas e que sobre tudo tenha acesso a loja ?

          • Vítor M. says:

            Repara. Podes não ter acesso à loja, ao iCloud, mas tens ainda algumas ferramentas. tens mail, tens SMS, tens chamadas, tens música, tens câmara, tens várias outras aplicações, até browser. E tendo browser, tens um mundo de possibilidades. Mas claro, os anos vão retirando possibilidades. Agora, que outra marca te dá mais (se é que dá tanto) como a Apple dá aos utilizadores do iPhone?

  6. Guilherme Tiago says:

    Se calhar não percebi bem. Então os dados efectivamente são recolhidos, e a “confusão” aqui é que o primeiro gajo dizia que isso era espionagem, e o resto da malta diz que não, é segurança? Percebi bem? (não estou a ser irónico, fiquei na dúvida ao ler o artigo)

    • Toni da Adega says:

      É Exactamente como está na noticia, sempre que se abre uma aplicação é enviado um log para Apple com a hora/data, network, local, App aberta, etc.
      Mas a Apple já veio confirmar que é um sistema de segurança por isso o pessoal pode estar descansado. Nota final na ultima versão do MacOS a segurança (e Logs) foi aumentada e será mais difícil de bloquear este sistema de seguranca.

    • Alexandre Moura says:

      Sim grande confusão mas pelo que entendi sim estão a recolher os dados, pela justificação deles é para garantir que os programas/trafego que estas a fazer não tem malware ou não esta a ser visto por terceiros (retirando claro os terceiros autorizados por eles), e para garantir que software que estas a executar não esta a executar outros processos sem tu saberes.

      Já existem varias soluções no mercado para isto em que todo o trafego que se faz é desviado para um servidor próprio e depois é validado é que é passado ao destino.

      E pronto ate aqui eu ate dou de barato, quem quer come quem não quer não come, e esperar que este novo servidor deles seja mais seguro que o iClud, embora ache que eles estão a esquecer de uma coisa chamada RGPD.

      O que me assusta aqui é aparentemente esta informação não esta a ser encriptada, ou pelo menos devidamente encriptada, e andar pela rede para toda a gente consultar.

      • Vítor M. says:

        Segundo a Apple, não necessita, dado que não gera nada que possa dar a saber dos dados dos utilizadores. Sobre o OCSP

        • Alexandre Moura says:

          Segundo eles podem fazer sempre tudo nada e ilegal.

          Pelo RGPD penso que nao se pode monitorizar o utilizador, eles basicamente parecem estar a criar um id e de baixo desse id guardar toda a informação desse utilizador certo? Isso não se pode fazer acho eu. Podes guardar informação tipo em lisboa 20 pessoas acederam ao Facebook as duas da tarde, mas nao podes ter discriminada por pessoa mesmo que seja sobre um id automático.

          Se guardarem por exemplo ip, macadres comeca a ser muito facil ligar os dados.

          Nota: nao sei como o outro comentário foi para ao fim da lista

        • Matreco says:

          Claro que não, logo a comecar pelo IP que só agora vão retirar… O.o
          Já o outro “especialista” garante a pés juntos que não envia dados a identificar as aplicações, só sobre os certificados. Esquece-se que a cada aplicacão corresponderá um certificado único e que com uma pool de dados suficientes, o efeito é o mesmo.

          • Jorge Carvalho says:

            Então explica lá como 🙂

            Abc

          • Vítor M. says:

            Está bem explicado, só não vê quem quer complicar, mas ainda bem que há trolls que andam à volta disso, pelo menos a Apple vai aperfeiçoando o sistema. Agora, tal como foi explicado, o sistema não foi feito nem é usado para espiar o utilizador. O resto é idiotice.

          • Matreco says:

            Primeiro não recolhiam nada que pudesse identificar o utilizador, agora já recolhem mas não é para espiar, enfim.
            Trabalho na área de gestão de dados e vi há coisa de 2 anos um algoritmo de IA agarrar numa carteira de clientes de um banco completamente obfuscada, nem os nomes dos campos eram legíveis e através de pesquisa de padrões repetitivos conseguiu descodificar a informação e identificar inequivocamente cerca de 85% dos clientes. Certo que esse tipo de tecnologia nao estará ao dispor de cada um, mas achar que transmitir dados de forma aberta é seguro só porque não são muito importantes, é um bocado naive nos dias que correm. A prova é que apesar de aparentemente não haver problema nenhum, já estão a ser feitas alterações ao sistema.

      • Jorge Carvalho says:

        Que grande confusão que aqui vai , mas o artigo não ajuda muito também . Todas as apps têm que possuir um certificado. Quando a aplicação é utilizada , os OS verifica se o certificado da aplicação ainda é valido.

        Abc

      • Jorge Carvalho says:

        O teu browser faz a mesmas coisa….

        Abc

  7. JOAO says:

    Nao interessa se tem um Mac, um pc ou seja o q for
    “FISA’s so-called section 702 collection allows the NSA to gather intelligence on foreigners overseas by collecting data from chokepoints where fiber optic cables owned by telecom giants enter the US”
    Basta ouvir as comunicacoes, e depois com um bocadinho de paciencia e um bom computador ir testando as chaves de encriptacao. Com jeitinho ate tem os certificados gerados e é bar aberto.

    • Vítor M. says:

      Se calhar não é nada disso. Aliás, como foi explicado. Não inventes 😉 mentir é feio.

      • JOAO says:

        chamar mentirosos as pessoas é pior, mas tb ja te devem ter explicado.

        • Vítor M. says:

          Repara, se inventas uma história que não faz sentido, e queres passar a ideia que estás a falar verdade, és uma espécie de terraplanista. Podes desenhar as teorias que entenderes, mas só servem para gerar confusão e mentiras. Se calhar isso é que te deviam explicar.

          Realidades paralelas não ajudam a aumentar a informação e muito menos a perceber a realidade. Servem-te de balsamo apenas. Isso é que não é boa onda.

    • Jorge Carvalho says:

      Sim , mas não para todos porque é um bocadinho inutil , como alias se viu no ataque de 11 setembro. Muita informação é contra producente.

      Abc

  8. Mike says:

    Ahh… Então se espiam o meu equipamento não para espiar, mas apenas para garantir a segurança, estou mais descansado…

  9. Beltrano says:

    O BigSur(veillance) tem de facto portas abertas para que a policia ou Estado possa efectivamente saber o que cada utilizador faz individualmente.
    Não foi apenas este especialista a ver isso. A tal “privacidade” e “segurança” do utilizador deixou de existir de vez com este novo MacOS com o “ContentFilterExclusionList”.
    Foram encontrados certificados para que isto aconteça com toda liberdade e de forma a fazer bypass a tudo o que o utilizador possa instalar para o prevenir com o novo M1.

    1) These OCSP requests are transmitted unencrypted. Everyone who can see the network can see these, including your ISP and anyone who has tapped their cables.
    2) These requests go to a third-party CDN run by another company, Akamai.
    3) Apple is a partner in the US military intelligence community’s PRISM spying program, which grants the US federal police and military unfettered access to this data without a warrant, any time they ask for it. In the first half of 2019 they did this over 18,000 times, and another 17,500+ times in the second half of 2019.

    Apart from the fact that it is a super thing for malicious program developers to manipulate the list in order to contact their own servers unnoticed by the user.

    • Jorge Carvalho says:

      The documents identified several technology companies as participants in the PRISM program, including Microsoft in 2007, Yahoo! in 2008, Google in 2009, Facebook in 2009, Paltalk in 2009, in 2010, AOL in 2011, Skype in 2011 and Apple in 2012.[22] The speaker’s notes in the briefing document reviewed by The Washington Post indicated that “98 percent of PRISM production is based on Yahoo, Google, and Microsoft”.[1]

  10. Júlio says:

    Duas versões do mesmo assunto, jornalismo bem feito.
    Agora cada um acredita no que quer, eu acredito que a Apple recolhe os dados todos sim, não com o objetivo da tão proclamada proteção. Mas para ter o máximo de informação dos seus utilizadores na base de dados deles. A Google também o faz o Facebook. Não venham com areia para os olhos… Apple desde que foi “obrigada a desbloquear” o iPhone de um bandido.. E se “recusou”,
    Foi nada mais nada menos que uns forma de as pessoas acharem que os seus produtos são mais seguros, e usarem mais ainda. Quando na verdade eles obtém dados das pessoas e fornecem as agências de segurança americanas.

  11. Alexandre Moura says:

    Segundo eles podem fazer sempre tudo nada e ilegal.

    Pelo RGPD penso que nao se pode monitorizar o utilizador, eles basicamente parecem estar a criar um id e de baixo desse id guardar toda a informação desse utilizador certo? Isso não se pode fazer acho eu. Podes guardar informação tipo em lisboa 20 pessoas acederam ao Facebook as duas da tarde, mas nao podes ter discriminada por pessoa mesmo que seja sobre um id automático.

    Se guardarem por exemplo ip, macadres comeca a ser muito facil ligar os dados.

    • Jorge Carvalho says:

      Nao tem nada a ver com isso. O artigo nao ajudou em nada, mas enfim procurem por protocolo OSCP e pensem que cada app do iOS ou macOS e outras são assinadas com um certificado.

      Abc

  12. JJ_ says:

    Venham que vier… não importa o sistema usado… Nenhum é verdadeiramente privado.
    A informação está toda lá, pode é ser mais fácil ou difícil lá chegar, conforme o que se usa.

    Para haver privacidade, tem de estar completamente offline.

  13. StallmanPT says:

    Confia mas confirma. Neste caso como verificamos a veracidade desta afirmação da Apple referenciada no artigo?
    https://stallman.org/apple.html

  14. ITzanas says:

    Vejo a malta toda a reclamar por um suposto não problema e a queixarem-se da falta de privacidade, mas vão ao Google pesquisar como se pode aumentar a segurança do seu pc e depois vão ao Facebook postar os seus achados…Mas que mundo mais estranho!

  15. Pastilhas says:

    Como sempre vai depender do ponto de vista….
    Para alguns utilizadores, espiar para a Apple é por segurança.
    PRISM, para o mundo é espionagem para os USA é segurança.
    CHiNA equivalente ao Prism, para o mundo é espionagem para a China é segurança.
    Huway, para ela nada acontece… para USA é espionagem

    A verdade é esta, Apple “Since October of 2012, Apple is a partner in the US military intelligence community’s PRISM spying program, which grants the US federal police and military unfettered access to this data without a warrant, any time they ask for it. In the first half of 2019 they did this over 18,000 times, and another 17,500+ times in the second half of 2019.”

    São recolhidos dados, inclusive Jeffrey, já demonstrou que esse tal Jacopo está a mentir, não se sabe bem o motivo, mas está. São enviados os Hash do user, o Hash da aplicação e serial number, Ip, data etc…
    Será mesmo só por motivos de segurança ? Talves, mas porque raio vão em branco e sem encriptação?
    Qualquer agente dentro da rede os pode intercetar, saber onde, quando e o que esta a fazer.

    O que não entendo é que existiam programas como o Little Snitch que desativavam este “espiar”. No entanto, a Apple atualizou os APIs para que este programa e outros parecidos deixassem de funcionar. Assim continua a receber a Telemetria mesmo que o utilizador não queira.

    É aqui que começa a confusão se sim ou se não… Eu sou dono da maquina, prefiro estar desprotegido em detrimento desta recolha de dados, mas a Apple faz com que não possa, quer continuar a receber dados?

    Vem agora, depois de alguém levantar o problema, dizer que vão então acabar com a recolha de alguns dados identificadores, fazer encriptação e como dar opção ao utilizador…

    Facebook também recolhia dados para uso interno até se saber do caso Cambridge Analytica.
    PRISM não se conhecia até haver um Edward.
    Isabel dos Santos era uma santa até haver um Rui Pinto.
    ect….

    De boas intenções está o inferno cheio.

  16. Pastilhas says:

    Só para reforçar as boas intenções da Apple…
    Hoje foi depositado uma queixa na Alemanha e Espanha, para já, contra a Apple por recolha de dados dos utilizadores sem consentimento destes.
    A legislação europeia prevê que seja expressamente consentido pela parte do utilizador a permissão da recolha de dados.
    Ora a IDFA (Identifier for Advertisers) da Apple, recolhe esses dados, no ecossistema IOS, por defeito sem ter dado esse consentimento.
    É verdade que a IDFA foi alterado pela Apple, para que seja pedido ao utilizador a confirmação de acesso a camera ou ao microfone por aplicações terceiras. No entanto, a Apple, por defeito tem acesso aos mesmo sem esse consentimento.

    Virá alguém dizer… mas isso pode ser desativado nas opções / confidencial / rastreamento! Verdade, mas devia ser o contrário, por defeito devia ser não autorizar e então se o entender alterar para consentir.

  17. Fernando Lamas says:

    Então porquê tanta preocupação com a Huawei? Ou espiam todos ou não espiam nenhuns!! Se é para espiar, o consumidor que decida por quem é que deseja ser espiado! Não venham com a super hipócrisia de apontar o dedo à China ou a qualquer outro País que põe produtos tecnológicos no mercado quando eles (Estados Unidos) são os maiores espiões do mundo inteiro! Mas que falsa moralidade vem a ser esta? E por que razão é permitido?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.