Já é possível ver como o Face ID do iPhone X vai funcionar


Destaques PPLWARE

28 Respostas

  1. Goncalo says:

    Parece-me bem que o reconhecimento da iris (Lumia 950/950Xl e outros) oferecem muito mais seguranca. Ora vejamos: mesmo que uma fotografia nao consiga enganar este sistema, um busto impresso numa impressora 3D devera com certeza ser o suficiente para o enganar sem dificuldade.

    • ervilhoid says:

      Excelente questão!

    • Helder says:

      Não é verdade.

      • Paulo Santos says:

        Ora explica lá porquê.

      • Goncalo says:

        Vamos dar tempo ao tempo, vai haver alguem a testar isto com certeza, e estou convencido que ate um video da cara dara para enganar este sistema, a nao ser que tenha reconhecimento de profundidade com infravermelhos, tal como o Kinect da Microsoft, mas mesmo assim, uma impressao 3D dara para o enganar. Este sistema e demasiado inseguro quando comparado com leitor de iris e ate mesmo de impressao digital, e nao precisamos de ser muito inteligentes para vermos isso. Seria preciso muito mais que aquilo que se especula sobre esta funcionalidade, para que ela seja minimamente fiavel.

      • Goncalo says:

        Estive a pesquisar sobre esta tecnologia implementada pela Apple, comprada a uma empresa Israelita, e n#ao da para enganar com video ou foto, uma vez que usa mapeamento 3D, mas da para enganar com um busto impresso por uma impressora 3D com certeza, pois usa apenas mapeamento 3D.

        • Brasão SS says:

          E como tencionas imprimir um busto? Tens ideia do trabalho a nível de software 3d que precisas de fazer para isso. Ora faz lá um busto da minha cabeça, e tenta enganar o reconhecimento. Como fazes o scan da cabeça de alguém? E o tempo que demora a imprimir? E sim tem infravermelhos para reconhecimento de profundidade. E o busto funcionará com a tua teoria. Vamos ver. A mim parece me pouco provável.

          • Luís Almeida says:

            Podem sempre tentar com o busto do Ronaldo que está no aeroporto, duvido é que consigam autenticar-se ahahahah x)

          • Goncalo says:

            Pesquisa, tens apps para fazer scan 3D atraves da camera do telemovel, e a MS esta a desenvolver uma bastante poderosa, rapida, simples e com uma grande qualidade.
            So tens depois de ser criativo para conseguires fazer o scan a uma pessoa, numa fila, apanhar a pessoa a dormir, fazer scans parciais em situacoes diferentes e depois fundi-los num so. Claro que nao sera tao facil como tirar uma foto, mas pouco mais complicado e.

        • Bruno says:

          A Apple ter comprado a empresa israelita não quer dizer que a tecnologia é integralmente a mesma, até porque a tecnologia dessa empresa usava a câmera frontal normal dum iPhone, era software, não hardware, ao passo que o que se fala do FaceID envolve novos sensores e câmeras para fazer mapeamento 3D.
          Em segundo lugar, fazer mapeamento 3D não quer dizer que a avaliação seja única e exclusivamente pelo mapeamento 3D. Com o uso duma câmera de infravermelhos sobressaem também diferenças de absorção, reflexão e transmissão entre muitos materiais e tecidos vivos. Ou seja, seria relativamente fácil implementar uma forma de despistar um mero busto impresso numa qualquer impressora. Alguém terá que investigar como mimetizar o mesmo tipo de resposta.

          • Goncalo says:

            A tecnologia e a mesma, apenas mais amadurecida, mas nao deixa de ter as suas fraquezas. Quanto a essas solucoes para detectar tecidos vivos: essa tecnologia nao esta implementada em lado nenhum, a tecnologia usada pela Apple usa os infravermelhos apenas para leituras de profundidade 3D, nada mais.

          • Bruno says:

            @ Gonçalo, bem não sei quem és mas vires para aqui dizer que é a mesma quando ainda nem viste e quando há diferenças enormes no hardware, é incompreensível. Gostava era de saber como é que explicas que em menos de 6 meses a Apple iria implementar uma coisa dessas com novos sensores 3D (a empresa foi comprada há cerca de 6 meses).
            Eu não disse detectar tecidos vivos, disse que há diferenças entre muitos materiais e tecidos vivos, sendo que aqui com tecidos me estou a referir à cara duma pessoa – o calor corporal duma pessoa leva à emissão de infravermelhos, sendo que à zonas da cara que emitem mais do que outras.
            A partir do momento que tem uma câmera de infravermelhos pode fazer muitas coisas… mais uma vez, é incompreensível como fazes afirmações categóricas dessas sem nunca ter visto a funcionar.

        • Francisco Pinto says:

          Parece que um busto não vai funcionar

      • Paulo Santos says:

        Helder, continuo à espera da tua brilhante resposta.

    • Bruno says:

      Tens noção que já houve vários grupos a mostrar que conseguem enganar sistemas de reconhecimento da Iris?
      Um scan 3D da cara duma pessoa está bem menos acessível que uma foto da iris. Que garantia tens que basta um busto numa impressora 3D para enganar?

      • Goncalo says:

        Investiga melhor isso, a Iris e bem mais dificil de enganar, a nao ser que estejas a falar de equipamentos que supostamente leem a iris mas usam apenas a camera para ler padroes no rosto relativos a tamanho, forma e posicao dos olhos.
        Mas conforme se diz em alguns dos comentarios feitos por mim e outros utilizadores que dizem o mesmo pela Internet fora, isto e apenas uma questao, que so com o tempo podera vir a ser respondida, sao apenas suposicoes, perguntas, duvidas, curiosidades, nao estou a afirmar que assim e, e que sera assim que ira funcionar, ate porque nem existem dados concretos sobre a forma como esta tecnologia realmente funciona, tudo o que existe ate agora sao boatos, suposicoes, tentativas para advinhar o que ainda nao se sabe em concreto. Aprendam a interpretar o que leem primeiro, depois comentem e ataquem se assim tiver de ser, mas por enquanto nam teem motivos para tal, basta lerem e interpretarem conforme esta escrito e nao da forma como voces querem interpretar.

        • Bruno says:

          Aqui quem tem que investigar serás tu, pois claramente não tens conhecimento sobre o que tem sido desenvolvido para contornar sistemas de reconhecimento da Iris. Pesquisa por “iris Chaos Computer”.
          Quanto ao resto do que dizes, está à vista de todos a forma como tens feito afirmações categóricas sem saber o que constitui o sistema da Apple.

  2. GM says:

    Sem dúvida. E no caso do Lumia, já com 2 anos de existência. No início da utilização do TM (Abril/2017) não funcionava muito bem, nem sempre reconhecia. Agora, após diversas actualizações, reconhece em 95% das vezes (normalmente funciona menos bem sob luz solar intensa), inclusivé com óculos escuros, além do desbloqueio ser mais rápido. No entanto, reconheço que com o PIN é sempre mais rápido. E reconheço também que com o TOUCH ID também será bem mais rápido, se bem que eventualmente menos seguro que o reconhecimento de íris.

  3. Alex says:

    O reconhecimento digital é muito melhor e prático. Basicamente vou ter que tocar em alguma coisa no telefone para o ligar, já que o tenho que fazer mais vale ser um toque num leitor de dedo. Ter que orientar a camara do telefone para uma determinada zona é um passo extra que não traz nada de novo.
    Compreendo que a Apple vá retirar o botão da frente, mas se a Sony e outros o conseguem fazer, mudando o leitor de impressão digital, tenho a certeza que a Apple também o conseguiria.

    Se a Apple retirar o leitor de impressão digital vai ser um erro considerável, e estou absolutamente convencido de que vai voltar…. se o novo sistema funcionar como descrito.

    • Bruno says:

      O que tem sido dito é que o sensor funciona com um leque alargado de ângulos, isto é, não terias que te preocupar muito com a orientação, desde que não haja nenhuma obstrução entre o sensor e a cara.

      • Alex says:

        Eu percebo isso, mas eu actualmente pego no meu telefone toco numa coisinha redonda e ele liga extremante rápido por magia.
        Mesmo reconhecendo as caras de muitos ângulos será sempre mais um passo para o sistema aqui descrito… a ver vamos como vai ficar.

      • Carlos says:

        E funciona bem com óculos? E com óculos escuros? Com o sol a bater na cara? Com o sol a bater no telemóvel? E às escuras? Ou se estiveres no metro ou autocarro aos solavancos?
        Funciona bem sempre? É que o Touch Id funciona.

    • Carlos says:

      Pimba, em cheio na mosca.
      Ou TL;DR: Vai funcionar mal, como todos os outros.

  4. Cláudio Geraldo says:

    Tanta coisa por causa de um telemóvel que nao tem nada de novo comparado com uma samsung ou Xiaomi ou mesmo Huawei…… Isso do reconhecimento facial nao é nada de especial, no carnaval se a pessoa for usar o tlm de certeza que essa treta Face ID nao funciona. A Apple tem os dias contados, os chineses consegue mais e melhor e mais inovador, esperem e vao ver. A Apple pensa que inventa e que dá a conhecer quando as outras marcas ja usam, a Samsung sempre esteve mais á frente que Apple. Um telemovel a custar 1000 euros ou mais onde passado 6 meses vai ser passado pela Huawei ou Xiaomi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.