PplWare Mobile

E se o Windows 10 fosse desenvolvido pela Apple, como seria?


Autor: Vítor M.


  1. Carlos says:

    Eu gostava de ter o ctrl + espaço para iniciar aplicações no Windows!!!

    Bom ano

  2. Luis Silva says:

    Nunca tive problemas maiores com windows, então com o 10 anda tudo bem.
    Ainda este fim de semana instalei windows 10 num portátil hp de 2012 por ai, que estava condenado, pois tinha o hd lixado, meti um ssd de 500 gb, e fiquei impresionado com ele, até acho que roda melhor do que o portátil da minha esposa.
    É preciso é saber mexer e tirar a porcaria que só estraga.

    • Miguel Sousa says:

      Só mudaste o disco ou mudaste o suporte? É que as motherboards dos portáteis de 2012 não permitiam instalar SSD… só se gastaste 63000 reais num maquinão, dessa altura, já tendo SSD.
      Ou será que nem sabes o que é o SSD e acreditas que qualquer HDD é SSD?
      Além disso, em 2012 poucos portáteis tinham mais de 2gb de Ram que é o mínimo dos mínimos para o Win10 funcionar em pleno, como anuncias…

      • Rui says:

        Não acertaste uma. Ou o Brasil estava muito atrasado ou não sabes o que dizes. Dei ao meu pai o meu portátil antigo de 2011. Na altura da compra era apenas portátil de gama média. É claro que suporta SSD, como a maior parte dos portáteis da altura. Mudei o HDD para SSD 2 ou 3 anos mais tarde. E claro que o portátil vinha com mais de 2GB. Aliás julgo que na altura o normal era 4GB. Continua a funcionar sem problemas.

      • Jorge says:

        Como assim um portátil de 3012 não aceita ssd? Qualquer PC com um Sata aceita ssd.

      • Toder says:

        desde quando portateis de 2012 nao aceitam ssds? eu instalei um ssd num toshiba de 2007 e funciona, alias se o portatil utiliza porta sata entao qual o problema?

      • Woot! says:

        What?? O meu portátil de 2006!!! De 2006 vê tu bem. Tem 4GB de RAM…

      • Paulo says:

        Miguel vc está enganado as máquinas de 2012 suportam até 16gb de ram e suporta o SSD sim

      • Luis Silva says:

        Eu sei bem a diferença entre hdd e ssd……
        Aliás já vo máquinas bem mais antigo que 2012 com ssd.

  3. Fulano says:

    Pena é o MacOS/OSX ter a mesma interface (gasta e aborrecida) de há 30 anos atrás e continuar a padecer com o malware, a privacidade também necessita de atenção e procura ainda corrigir problemas herdados dos seus erros anteriores.

    Se a ideia era fazer o Windows (um sistema operativo de longe superior) parecer algo aborrecido, acho que devia experimentar ao contrário.

  4. Fábio says:

    Já pensar “se o MacOS fosse feito pela Microsoft” é bem simples, basta desenhar uma tela azul. Brincadeira, nunca comprei nada da Apple.

  5. Jonatas says:

    Pra começar se Windows fosse desenvolvido pela Apple nao existiriam as milhares combinações de hardwares que existem
    Arquitetura extremamente fechada com mínimas derivações.

    • Vítor M. says:

      Provavelmente tinha de haver algo diferente do que existe agora. Mas repara, no passado o Mac OS corria em máquina diferentes do que atualmente exige, adaptou-se, conforme as necessidades da empresa. Por exemplo, algo muito marginal mas que faz sentido, tens o Hackintosh e que podes instalar no hardware que quiseres.

      • Rui says:

        A grande limitação e que se fez sentir muito foi que no sistema operativo que a Apple usava o mesmo estava adaptado a processadores Motorola 68000 sendo impossível esse sistema correr em processadores X86.
        Quando o Mac OS foi lançado era um sistema operativo completamente novo com base em Linux e que corria em processados X86.
        Assim sendo o Mac OS não se adaptou mas foi substituído.

        Quanto ao correr Hackintosh isso só acontece porque o hardware de base dos Mac hoje em dia pouco difere do PC comum pelo que com algum esforço se consegue que ele corra.

        Agora ninguém duvide que Linux, OS2 , e Windows tinham tarefa bem mais complicada pois corriam em milhares de combinações diferentes de Hardware ao invés do Mac OS que corria em máquinas quase sempre com pouquíssimas diferenças de hardware.
        Basta ver o caso das placas gráficas que tinham milhares de variantes para os pc e duas ou três variantes para o Mac OS.

        A Apple nunca quis que outros fabricantes vendessem PCs com o seu sistema operativo ao contrário por exemplo da Microsoft que até permitia a pirataria.

        Por isso hoje grande parte dos PCs usam Windows e apesar do crescimento dos últimos anos os Mac devem representar o terceiro mercado de software atrás de Windows e Linux

        • Vítor M. says:

          A Apple desenhou o seu mercado, mas tem software que, se quisesse, corria em qualquer hardware. E sim, a verdade é que a pirataria deu o ser ao Windows. Mas resultou.

          • Rui Machado says:

            Ui que afirmação forte:
            ” tem software que, se quisesse, corria em qualquer hardware.” Clar que sim desde que se alterasse o suficiente do codigo fonte construindo novos driver’s e reconstruindo 100% da programação se necessário.
            Qualquer programa corre em qualquer software nem que tenha de ser escrito de raiz.

            Agora já o MAC OS por exemplo correr num PC normal seria mais simples pois a base sendo linux já corre em muito tipo de hardware, o problema seria que teriam de desenvolver driver’s para esse hardware e talvez alterar o sistema em si pois da forma que está feito talvez desse muitos problemas em caso de identificar erroneamente algum driver….

            Completo dizendo que a pirataria nao deu o ser apenas ao windows mas á microsoft pois todos os produtos deles beneficiaram imenso da pirataria e do lobby que eles faziam junto das faculdades e posteriormente junto das escolas….

            Só assim um produto inferior como o office destronou o lotus 123, netscape navigator, quattro pro e outros softwares que na epoca eram bem melhores e lideres incontestados de qualidade.

          • Miguel says:

            onde é que foste buscar a ideia de que o Mac Os tem base Linux??

          • Vítor M. says:

            Eu não disse isso, mostra lá onde escrevi isso.

      • EC says:

        Lamento, mas o MacOS instalado em máquinas não-Apple, vulgo Hackintosh, infringe os termos de utilização do SO (EULA), onde o utilizador não compra o software – apenas o licencia.
        Claro que podemos instalar o que quisermos no nosso hardware, mas convém dizer que estaremos a infringir com as regras e leis que protegem os autores – a semelhança da pirataria de programas, jogos, filmes, musica, livros, etc

      • KodiakSwallows says:

        “(…)podes instalar no hardware que quiseres.”
        Já estás a dizer baboseiras, não instalas uma full-functional em qualquer hardware. Há limitações, por exemplo a nível de wi-fi, nem todas as placas funcionam e as GPU Nvidia com o Catalina esquece, ardeu o suporte.

        • Vítor M. says:

          Ò que treta. Não instalas Em 1 ou 2 num universo de dezenas ou centenas de opções de hardware. Ainda por cima isso nem é de autoria, desenvolvimento e suporte Apple, se fosse achas que isso era problema? Que tretas! Foi meramente um exemplo para dizer que um SÓ Apple facilmente se adaptaria a qualquer hardware.

  6. Ruy Acquaviva says:

    Não entendi a proposta. Se a Apple fizesse o Windows ele seria igual ao MacOS, pois a Apple já fez um sistema operacional e ele é daquele jeito. Por que ela faria diferente se chamasse Windows 10 e não MAcOS.
    É como perguntar como seria um carro da Honda se fosse feito pela Toyota… Seria igual a um carro da Toyota.

  7. Ueliton says:

    Resumindo… Seria uma mistura do KDE com GNOME3.

  8. gil says:

    a imagem me faz lembrar do ubuntu mobile ja abandonado pela canonical

  9. azarias samuel says:

    parece versão para android ou iPhone, esta mais para versão lite. tendo seus pontos fortes com certeza

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.