Quantcast
PplWare Mobile

Apple Music versão Web “confirma” a oferta de alta fidelidade

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Ben Hur says:

    O que definem por High Fidelity? OGG, FLAC, MP3@320kbs?

  2. Ben Hur says:

    Já agora: “Dolby Atmos” e “Dolby Audio” não são formatos de audio. 😉

  3. Fusion says:

    Bora Spotify é a tua vez agora

  4. Nhecos says:

    Bem, não é certamente com auriculares BT, especialmente airpods que apenas suportam codec AAC, que alguém vai tirar completo partido de formatos hi-res. Se a mensalidade não for a mesma vai andar muita gente a pagar mais pelos tiers de serviço mais elevados sem razão para isso.
    Por outro lado, o pessoal com DACs dedicados agradece mais opções de escolha em relação ao Tidal e Amazon Music.

    • Tadeu says:

      Se houver opção Dolby Atmos os AirPods suportam Spatial Audio o que altera a experiência audio.

    • Vítor M. says:

      Em termos práticos, e se formos à raiz do assunto, como estás a referir, então para experimentares qualidade Audiófila não podes usar uns auscultadores, sejam eles quais forem.

      Além disso, exige-se um nível de equipamento que não é de todo compatível com streaming de música. Tens razão quando referes que os auscultadores com BT ficam aquém do que é exigido para música com qualidade HiFi, as temos de estender a muito mais se quisermos avaliar com rigor.

      • Nhecos says:

        “Em termos práticos, e se formos à raiz do assunto, como estás a referir, então para experimentares qualidade Audiófila não podes usar uns auscultadores, sejam eles quais forem. ” Não faço ideia de como chegaste a essa conclusão com base naquilo que escrevi. Auriculares BT têm implicações limitações distintas de auriculares por cabo.

        “Além disso, exige-se um nível de equipamento que não é de todo compatível com streaming de música. ” – Streaming apenas significa transmissão e decoding em tempo real. Desde que o formato o permita e haja largura de banda suficiente claro que pode pode ser usado usado numa experiencia audiofila. Há imensa gente que acede remotamente à biblioteca de musica que tem no seu NAS. Serviços como amazon music unlimited e Tidal já oferecem música em formato hi-res com butrates elevadas à bastante tempo.

    • Jorge Carvalho says:

      Com Bluetooth isso é irrelevante.

      Abc

  5. joana Rodrigues says:

    Ia comprar os airpods max será q vale apena?

  6. Marco Rodrigues says:

    Penso que Apple vai lançar qualidade de CD no Apple music que é muito bom para uma boa audição de música com bons auscultadores com fio.
    Spotify também, já era sem tempo.
    Tenho Deezer hifi que é com codec FLAC 16 bit e na minha opinião fale apena pagar 10.50€ paga ouvir música em boa qualidade.

  7. Marco Rodrigues says:

    Falsa saber se Spotify hifi vem para Portugal que dúvido, porque sempre que lançam novidades nunca chega a Portugal como letras das músicas.

  8. Marco says:

    Ok já li notícias é qualidade de cd e superior muito bom, mas qualidade de áudio é praticamente a mesma da qualidade de cd para cima é todo bom.

    • iDroid says:

      Uma coisa te garanto. A qualidade de cd é “perfeita”, no sentido de captar todas as ondas sonoras que o ser humano consegue ouvir, entre os 20Hz e os 20.000Hz. O teorema de Nyquist-Shannon prova-o.

      Por isso é que os cds têm uma amostragem de 44,1Khz, e os 16bit permitem uma gama dinâmica de áudio de 96 decibéis (tenta ouvir música durante alguns minutos a 96 decibéis e depois experimenta redução permanente da função auditiva).

      E usando dither, a gama dinâmica perceptível pode aumentar: “The perceived dynamic range of 16-bit audio can be 120 dB or more with noise-shaped dither, taking advantage of the frequency response of the human ear” Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Audio_bit_depth#Dither

  9. Zé Fonseca A. says:

    Será desta que largo o Tidal ? 😀

  10. Marco says:

    Agora só falta voltar a pôr a entrada de áudio 3.5mm no iPhone para ouvir música em alta resolução.

    • Tadeu says:

      ter entrada áudio de 3.5mm num iPhone não implica capacidade para alta resolução, nem é obrigatório. O que é preciso é um bom DAC, coisa que dificilmente se encontra num smartphone, daí ser bem melhor usar uma saída digital.

  11. Marco says:

    Todos os smartphones têm dac, um externo maior de melhor qualidade é melhor mas com auscultadores música de alta resolução só auscultadores com fio .

  12. Marco says:

    Ok liga os auscultadores ao dac externo mas para andar na rua não é prático como ligar diretamente no iPhone.

    • Tadeu says:

      Não disse que um smartphone não tem DAC, disse que para tirar o devido proveito de ficheiros de alta resolução é preciso um bom DAC. A porta lightning permite ligar auscultadores com um bom DAC incorporado, faz parte das especificações audio do iPhone.

    • PTO says:

      Existem muitos dacs perfeitamente portáteis para usares num iPhone quando estás na rua

      Eu uso este no meu iPhone: HiBy FC3

      Excelente som e do tamanho de uma pilha, todo em alumínio escovado e pesa apenas 9 gramas.

      Podes ver o preço e especificações aqui: https://store.hiby.com/products/hiby-fc3

      • iDroid says:

        O problema é que são 69 dólares adicionais sem incluir os portes…

        • PTO says:

          Não são 69 dólares, são 56 euros e eu comprei dois (com 1 mês de diferença) e não paguei portes em nenhum deles.

          Além disso, em minha opinião, quem tem dinheiro para comprar um iPhone não deve ter problema em gastar 56 euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.