Quantcast
PplWare Mobile

Tags: WannaCry

WannaCry foi o ransomware que mais infeções fez em 2019

Quando surgiu em 2017, o WannaCry foi um dos ataques mais destrutivos que alguma vez tinha surgido. Varreu a Internet em poucas horas e deixou milhares de computadores inutilizados.

Mesmo com todo o seu poder destrutivo, surgiram soluções para proteger os utilizadores e os seus dados. O que não se esperava em 2019 era que o WannaCry fosse o ransomware que mais infeções fez este ano.

WannaCry ransomware infeções utilizadores dados


Ainda usa o Windows XP? Então é hora de instalar a nova atualização da Microsoft

Pode não parecer muito lógico, mas muito utilizadores ainda não abandonaram o Windows XP. As razões são muitas e dificilmente vão abandonar este sistema operativo.

Tal como se esperava, esta parece ser uma decisão que poderá trazer problemas sérios. Isso vê-se agora, com novos problemas de segurança. A Microsoft está a par desta falha e até já tem uma nova atualização de segurança para este sistema operativo.

Windows XP Microsoft atualização WannaCry segurança


WannaCry: 18 meses depois este problema grave ainda existe e está muito ativo

Quando atingiu a Internet em maio de 2017, o WannaCry tinha tudo para ser um dos mais destrutivos ataques informáticos da história. Felizmente, a solução surgiu de um simples domínio.

Agora, 18 meses depois, o WannaCry parece ainda estar muito ativo, mostrando que afinal ainda há muita gente infetada e exposta ao problema que pode voltar a qualquer momento.

WannaCry problema grave ativo


WannaCry: exploit está a roubar dados via redes Wi-Fi dos hotéis

Depois de uma tempestade em maio provocada pelo WannaCry, a bonança parece reinar. Contudo as suas vertentes são as que começam, agora a preocupar. É sabido que este ransomware nasceu do exploit ‘EternalBlue’ que foi publicado pelo grupo ‘The Shadow Brokers’ como parte das ferramentas utilizadas pela NSA nas tarefas de espionagem e vigilância mundial.


WannaLocker – Ransomware para Android inspirado no WannaCry

Desde que apareceu o Ransomware WannaCry, que foi capaz de conseguir tirar partido de dois exploits diferentes (Double Pulsar do grupo ShadowBrokers e EternalBlue da NSA) e afetou milhares de máquinas com Windows, este tem servido de inspiração para muitos outros ataques.

Recentemente foi descoberto o WannaLocker, um ransomware para Android inspirado no WannaCry.