Quantcast
PplWare Mobile

Tags: UV

Caixa de esterilização UV pode matar o novo coronavírus

O “novo normal” devido ao coronavírus implica também um novo ritual sempre que regressamos a casa, após uma ida ao supermercado, ou no regresso do trabalho. São eles descalçar à porta, trocar de roupa, lavar bem as mãos e desinfetar todos os objetos que transportamos. Incluindo telemóvel, óculos, relógios, jóias e chaves!

Relativamente a gadgets, uma pequena caixa de esterilização por UV é a solução!

Caixa de esterilização UV mata o novo coronavírus


COVID-19 inspira a procura de aviões mais limpos com raios UV

A sugestão do Presidente norte-americano Donald Trump de que a luz ultravioleta poderia ser inserida em doentes com coronavírus foi largamente criticada na sexta-feira, mas uma empresa da Califórnia pensa que é uma solução perfeita para descontaminar aviões.

Esta abordagem da luz UV já foi usada em hospitais e poderá ser uma solução para vários segmentos, na proteção dos equipamentos e espaços.

Imagem interior avião a ser desinfetado com raios UV contra a COVID-19


Saiba que tecnologia usar para esterilizar os seus dispositivos

Com o Coronavírus fomos obrigados a ganhar novos hábitos. Além do afastamento social, é importante lavar as mãos com frequência, trocar de calçado antes de entrar em casa, ter uma roupa para sair à rua… E mais uma série de recomendações. O smartphone, as chaves do carro ou as moedas, são objetos que nos acompanham nas saídas restritas à rua e também eles necessitam de limpeza.

A tecnologia pode dar uma ajuda importante. Conheça estas soluções.

Saiba que tecnologia usar para diminuir o risco de contágio do Coronavírus


Microsoft quer pôr fim à transmissão de doenças por ecrãs sujos

A utilização que damos aos nossos equipamentos móveis fazem com que estejam sempre presentes junto de nós no dia-a-dia. Como a sua utilização é maioritariamente feita com recurso ao toque, os seus ecrãs estão expostos a todo o tipo de sujidade, bactérias e doenças que possamos transportar, sendo facilmente passadas a terceiros.

A Microsoft quer acabar com este cenário e por isso registou uma patente que, se explorada, pode acabar de vez com essa transmissão de elementos patogénicos e causadores de doenças.

ecra_1