Quantcast
PplWare Mobile

Tags: satélites

SpaceX enviou 100.000 terminais Starlink para os seus clientes

Este projeto da SpaceX promete revolucionar a forma como nos ligamos ao mundo digital. Sem fios, sem problemas de sinal de antena, os satélites da empresa irão cobrir o planeta para fornecer uma rede global de internet. O projeto visa colocar na órbita baixa da Terra cerca de 30 mil satélites Starlink. Alguns já estão a funcionar, mas a empresa de Elon Musk ainda está longe do objetivo.

Segundo o que a empresa veio comunicar, a SpaceX já enviou 100.000 terminais Starlink aos seus clientes. Para Portugal, a empresa apontou uma data de início de atividade.

Imagem kit de internet da SpaceX, Starlink


Grécia: Satélites mostram a devastação causada pelos incêndios florestais

Além da pandemia por COVID-19, com o verão chegam também os incêndios. Portugal é normalmente notícia pelos enormes incêndios, mas este ano parece estar tudo mais calmo comparativamente a outros anos.

Em sentido oposto, na Grécia, os incêndios florestais deste ano são já considerados a maior catástrofe ecológica a que o país assistiu em décadas. As imagens de satélite mostram a enorme devastação.


SpaceX foi às compras e agora vai ter um foco importante no universo do IoT

A SpaceX tem apostado muito forte no seu plano para colocar as suas naves no espaço. Para isso tem desenvolvido toda a estrutura e elementos que são necessários para esta árdua tarefa, com sucessos já visíveis.

Para aumentar a sua aposta e reforçar a estrutura, a SpaceX foi ao mercado às compras. O resultado está à vista e conseguiu uma presença muito forte no IoT, tendo trazido para a sua alçada a empresa Swarm Technologies.

SpaceX IoT Swarm satélites compras


Chefes britânicos criticam a China e a Rússia por comportamento ‘imprudente’ no espaço

Além de tudo aquilo que ficamos a saber, a exploração do espaço implica o envio e permanência de uma inimaginável quantidade de lixo. Embora não seja visível a olho nu, podem prejudicar a Terra, bem como os seres que nela habitam. Nesse sentido, chefes militares britânicos criticaram a China e a Rússia pelo comportamento ‘imprudente’ no espaço.

Esta crítica surge na sequência do envio de armas para destruir satélites, bem como do rasto perigoso que resulta dele.

Lixo espacial


Porsche acaba de se juntar à corrida espacial

Embora a corrida ao espaço pareça um luxo desmedido, na realidade, poderá abrir muitas portas e possibilidades. Aliás, se para já estavam apenas envolvidas agências espaciais e milionários, parece que o leque de intervenientes vai alargar-se e a Porsche será a pioneira.

É verdade… A Porsche acabou de entrar na chamada corrida ao espaço e a sua presença poderá representar uma redução significativa dos custos.

Spectrum da Isar Aerospace