Quantcast
PplWare Mobile

Tags: pornografia infantil

Apple já está a verificar os e-mails à procura de material de abuso de crianças

A Apple quer mesmo remover do seu ecossistema qualquer material que seja relacionado com abuso de crianças. Esta ação levou já à deteção e acusação de um utilizador que tinha mais de 2 mil imagens e vídeos na sua conta iCloud.

Apesar de só agora se estar a abordar mais o tema, porque é um sistema que será incluído no iOS 15 e iPadOS 15, a Apple já o utilizava no iCloud Mail.

Imagem iCloud Mail


Médico acusado de ter milhares de imagens de pornografia infantil no iCloud

A Apple revelou recentemente que vai implementar alguns mecanismos nos seus sistemas operativos para combater a propagação da pornografia infantil. Contudo, o anúncio gerou alguma polémica, apesar da Apple já ter o sistema implementado no iCloud. Ora foi exatamente neste serviço que foram detetadas mais de 2 mil imagens e vídeos de exploração sexual de crianças.

O Departamento de Justiça dos EUA acusou um médico de São Francisco da posse deste material ilícito.

Imagem ilustração sistema da Apple de combate à pornografia infantil no iCloud


Apple falhou: mensagem mal passada com o novo sistema de proteção infantil

As novas versões dos sistemas operativos da Apple, onde se incluiu o iOS 15, trarão consigo um sistema com três novos recursos de proteção de crianças que visa, essencialmente, proteger a imagem dos mais novos, para que estes não caiam na teia de redes de pornografia infantil e nem em situações de assédio.

No entanto, estas novas ações têm vindo a ser muito contestadas e agora é evidente que a Apple falhou na mensagem ao anunciar as novidades.

Craig Federighi


Pornhub mostra pela primeira vez como modera o seu conteúdo

A pornografia é, sem espaço para qualquer dúvida, um tópico sensível e polémico. A par dos conteúdos legais disponíveis nas plataformas para o efeito, existem montes de outros que, de forma ilegal, estão à mercê de quem os quiser assistir, em produções que envolvem, por exemplo, tráfico sexual, violação sexual e pornografia infantil.

Por esta razão, o Pornhub, uma das plataformas mais famosas do setor, divulgou o seu primeiro relatório de transparência onde detalha a forma como lida com o conteúdo ilegal.

Pornhub


Apple analisa conteúdos da iCloud para detetar crimes de abuso a crianças

Recentemente, um funcionário da Apple revelou como é que a empresa de Cupertino deteta ficheiros com conteúdos ilegais através da iCloud.

Num altura em que tudo está praticamente ‘online’, por vezes a privacidade terá que ser violada em prol de valores maiores.