Facebook trama a BBC após e-mail com imagens pornográficas


Destaques PPLWARE

18 Respostas

  1. Jorge says:

    Se as imagens foram retiradas do Facebook e se os responsáveis do Facebook assim que receberam tais imagens, logo trataram de as denunciar, porque motivo não as censuram na sua própria plataforma em vez de estarem com tretas?
    Assim mostram que são gente sem carácter, mesquinhos.

  2. Miguel says:

    FB é mesmo m.

  3. Xinuo says:

    O Marco Montanha de Açúcar é um cara antiético que tentou passar para trás vários dos seus ex-sócios, talvez os funcionários da empresa podem tê-lo como exemplo de sucesso a ser seguido, daí apresentarem comportamentos antiéticos não seria uma surpresa. Se alguém quer tornar-se sócio do FaceBug, lembre-se que o dirigente Mor não é uma pessoa que trata bem os sócios.

    Então um puto para desviar a atenção da duvidosa detecção de imagens pornográficas de crianças da empresa tosca em que trabalha, resolve denunciar o denunciante, a BBC.

    Algumas pessoas podem achar graça numa coisa destas, uma reviravolta, uma virada de jogo, a BBC pensou que iria pegar o FaceBug, mas este deu-lhe uma rasteira. Mas a história está aí, vazada para todos saberem o que aconteceu. Então está claro que o FaceBug é o vilão, que deixa as fotos ilegais circulando em sua rede e que não age para eliminá-las, então esperemos uma nova virada de jogo por parte da BBC e que os vilões sejam colocados em seus devidos lugares.

  4. ribaslac says:

    Esse entulho do FB se acha que fez uma grande coisa, esperemos que o futuro não lhe reserve o respectivo karma.

  5. Alex M. says:

    Serei o único a achar que uma foto de pornografia infantil partilhada no face não deve ser só eliminada como o seu autor deve ser investigado.

    • Pedro Almorin says:

      Nao é assim tão linear, muitos pais expõem os seus filhos na rede, recém nascidos normalmente aparecem na rede como motivo de orgulho.
      Mas para um predador isso é sempre material pornográfico, mesmo sem que essa seja a intenção dos pais.
      Uma das coisas a ter em conta é simplesmente ter uma cultura de redes sociais, coisa que falta a muita gente.

      • Madalena da Rocha Veloso says:

        Pedro Almorin tem toda a razão mas a equipa de segurança do facebook deve encaminhar com toda a brevidade todas essas situações para as entidades judiciárias.

  6. Pedro H. says:

    Eu não me considero especialista em direitos de imagens, mas não existe algo nos termos e condições do FB, que diz que as imagens partilhadas no Face, passam a ser deles? Sendo assim, as imagens presentes no Facebook, são de pornografia infantil e logo ilegais? Ou seja ninguém prende ninguém da Facebook?

    • Pedro H. says:

      Já agora… Alojar imagens dessas também não é ilegal?

    • António Mendes says:

      Tudo o que se coloca no facebook, seja em privado ou público passa a pertencer ao facebook também, conferindo-lhe o “direito” de acesso, manipulação, partilha ou eliminação dos conteúdos. Basicamente acontece em qualquer empresa nas quais fornecemos dados online, mesmo que as mesmas não mencionem isso explicitamente…

    • Maria says:

      Supostamente e para azar de quem comete os crimes venera os crimes não foram abafadas, ocultadas mas sim denunciadas como manda a lei à cerca destes crimes pensem… e porque agora na era digital só não sabemos o que não queremos mas o que vemos vemos e pensem se fossem os vossos filhos, já não conseguem desassociar a realidade de fantasia e estão adormecidos ou apáticos e é esse o problema atual…

  7. AlexX says:

    A BBC também não agiu bem, metem-se com uma empresa de lobos e queriam o quê? Uma entrevista sensasionalista? Anjinhos…. Só tiveram como resposta o que deviam eles (BBC) ter feito logo no imediato.

  8. Morcelas says:

    Próxima reportagem da BBC: o que são honeypots e baits

  9. José Rodrigues says:

    Acho muito bem, a BBC não tem nada que andar a tentar extorquir entrevistas sensacionalistas, provaram do seu próprio remédio, só lhes interessava a notícia, por isso não tentaram resolver as coisas de outra forma juntamente com o FB.

    • wishmaster says:

      Pois, e o Facebook demonstrou o seu carácter quando denunciou as imagens às autoridades, sendo que essas imagens, apesar de terem sido cedidas, tinham um firme propósito que não a distribuição…

      Desconheço o código de conduta dos jornalistas, mas haverá com certeza algo que permita aos jornalistas trabalhar nestas situações sem que incorram em crime.

  10. wishmaster says:

    Ah e o Facebook que tenha cuidado, pois a BBC poderia ter enviado as fotografias de imediato para as autoridades, mas optou por não o fazer (claro que também se queria servir disso para ter uma entrevista). Portanto, no futuro, o FB que se cuide…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.