PplWare Mobile

Tags: PJ

Portugal: PJ desmantela rede que assaltava multibancos

Só este ano já foram destruídas, por explosão, 175 destas caixas e roubados cerca de dois milhões de euros. Segundo os dados, o número de ATMs roubados este ano é o terceiro mais alto de sempre, número igual ao total do ano de 2010, a seguir aos 218 assaltos em 2009 e aos 196 em 2011.

Hoje a Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional Contra-Terrorismo (UNCT), informou que desmantelou uma rede que se dedicava à prática de furtos a caixas multibanco através de explosão.


PJ detém quatro homens por burla informática e contrafação

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T), deteve quatro homens, com idades compreendidas entre os 22 e os 31 anos, suspeitos da prática dos crimes de burla informática, contrafação de título equiparado a moeda e acesso ilegítimo.


PJ: Jovem de 21 anos detido por burla informática

A Polícia Judiciária, através da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica – UNC3T, procedeu à detenção de um homem, de 21 anos de idade, que, de forma continuada, fazia uso de dados de cartões bancários de terceiros e procedia à aquisição de bens e serviços de modo fraudulento, praticando o crime de burla informática, contrafação de título equiparado a moeda e acesso ilegítimo.


Portugal: Desmantelada “fábrica” de notas de 20 euros falsas

Como já tínhamos alertado em julho e segundo o Banco de Portugal, nunca houve tantas notas falsas de 20 euros a circular. Agora, de acordo com a PJ, foram presos dois homens que falsificavam notas de 20 euros tendo sido também apreendido todo o material que fazia parte da “fábrica de contrafação”.


Atenção às chamadas de números desconhecidos

Segundo várias informações, há muitos utilizadores que estão a receber chamadas de números internacionais (e também nacionais) desconhecidos. De acordo com alguns lesados, os burlões dão um a dois toques e depois aguardam que a chamada seja devolvida. Também há cada vez mais números de serviços, insistentes, que se dizem representar marcas e empresas, quando, na verdade, são agências ou call centers!