PplWare Mobile

PJ: Jovem de 21 anos detido por burla informática


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

21 Respostas

  1. Hugo Gomes says:

    Mais um coitadinho que vai fazer visitas periódicas a polícia. Metam mas é o gajo a trabalhar como deve ser

  2. Vituku says:

    Porque sera que em Portugal nao se revela a identidade do criminoso, como se faz em tantos outros Paises, deveriam abrir a notice com uma ou mis fotos do criminoso e na noticia indicar toda a informacao sobre ele, esta seria uma medita sensata para proteger os cidadaos desses vermes, e acho que isso ganha ainda mais importancia quando se trata de criminosos ligados ao abuso sexual, pedofilia e violencia.

  3. int3 says:

    Fazer disso o modo de vida. ainda por cima mesmo à descarada! xD

  4. Vitor Batista says:

    Bem dito !

  5. busyip says:

    pois… comprar informações bancarias de outros é fácil. Lidar com ela é para quem sabe o que está a fazer

  6. caipirita_do_tripe says:

    Isto é importante que aconteça para que se percebam as falhas, quem faz isto tem 99% de hipotese de ser apanhado, logo sabe à partida que mais dia, menos dia estão a bater à porta. O que não acho certo a nível da Justiça, e aqui vou buscar os exemplos dos fogos é não se obrigar quem comete o crime a trabalhar para pagar os prejuizos aos lesados. No caso de haver seguros, deveriam trabalhar e uma parte do salário reverter para ajudas humanitárias e bem publico comum. Eu gostaria de ver se não iriam perceber o quanto custa e passado um ano já eram melhores pessoas e já admitiam que não é correto viver assim.

  7. Daniel says:

    Já n se pode apostar no empreendedorismo 😀

  8. Ricardo says:

    LULZ

    Buzzybee v2.0 ?

  9. Rodrigo says:

    Ninguém com 21 anos de idade é um homenzinho. 21 anos não passa de um puto. A maioritariedade da idade devia ser alterada de 18 para 25 ou mais.

    • Nonnus says:

      Acho que a maioridade devia ser atribuída quando se deixa a casa dos pais (joke).

      Maioridade é adquirida aos 18 anos porque é quando a parte do cérebro que faz com sejamos capazes de tomar certas decisões e ter consciência das mesmas, esta completamente desenvolvida. Agora como em tudo na vida isto em alguns seres humanos deve levar mais anos, noutros menos.

    • int3 says:

      com 18 já tinha mais que cabeça.

    • Goncalo says:

      Mascarar criminosos com a idade? Isso seria apenas uma medida para potenciar o crime e não para o combater. Seria necessário expor o criminoso, mostrar a sua cara, punições mais realistas, acabar com o limite máximo de pena, acumulação de anos de pena por cada crime cometido, menos benevolência na atribuição de penas, trabalho comunitário enquanto encarcerados, mas com o minimo possivel de contacto com o exterior, justiça mais célere, mais poder policial, Juízes com melhor formação e melhor competência, etc.

    • Paulo Rodrigues says:

      Claro que sim e comer a expensas dos pais….

  10. Diniska says:

    Mais um que no futuro vai ser Agente na Policia Judiciaria. Para se ser bom Policia tem saber pensar (ser) um bom ladrão.

  11. Justino Silva says:

    Idade é apenas um número. A Google por exemplo tem programadores / desenvolvedores (etc) com metade ou 1/3 da idade das pessoas neste grupo.

  12. qeryy says:

    Nem dize. A zona para saber se tenho de verificar as contas. Ainda bem que o meu contacless foi à vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.