PplWare Mobile

Tags: javascript

Usa o Tor Browser? Então tem um grave problema de segurança no seu PC

O Tor Browser garante aos seus muitos utilizadores a porta que procuravam para a privacidade e para o anonimato. Com esta simples app, garantem que usam a rede Tor e que escapam ao controlo e à monitorização de qualquer outro serviço ou governo.

Claro que para tal precisam de confiar no Tor Browser e na forma como este é construído e programado. Essa proteção parece ter sido agora comprometida, com uma falha a ter sido relatada. Esta está no JavaScript, que podia ser usado em qualquer site.

Tor Browser privacidade segurança javascript anonimato


Google obriga JavaScript na sua autenticação para os utilizadores estarem mais seguros

No seu plano de manter o máximo de segurança dos utilizadores, a Google realiza alterações periódicas, que conseguem aumentar as proteções e detetar problemas antes destes existirem.

A mais recente alteração pode ser incómoda para muitos, pois obriga a que o JavaScript esteja ativo para que possa ser feita a autenticação dos utilizadores.

Google JavaScript autenticação utilizadores seguros


O Chrome ficou 20% mais rápido ao longo do último ano

A Google tem no seu browser um dos seus principais ativos. Com a participação da comunidade, este browser tem conseguido impor-se e hoje é o mais usado na Internet.

Com constantes atualizações, o Chrome tem-se tornado mais rápido e mais eficiente. Segundo as equipas da Google, o Chrome conseguiu tornar-se 20% mais rápido ao longo dos últimos 12 meses.

Chrome


Web: Demonstração de um cookie em JavaScript – Parte 3

Na primeira parte deste tema abordámos o que é um cookies, qual a sua finalidade e como funcionam, na segunda parte demos a conhecer que tipos de cookies existem, qual a sua estrutura bem como algumas dicas de segurança e privacidade.

Hoje vamos ter uma abordagem mais prática e vamos mostrar como podemos criar um cookie com javascript e como o podemos usar para, por exemplo, contar as visitas a uma página web.


Gmail vai passar a barrar o envio de ficheiros com javascript

A Google sempre procurou que os seus serviços tivessem os melhores padrões de segurança e a melhor protecção aos seus utilizadores. O Gmail, devido à sua popularidade e aos milhões de utilizadores que tem, é alvo constante de melhorias e de optimizações de segurança.

A mais recente, e que será aplicada já a partir do dia 13 de Fevereiro, vai impedir que sejam enviados ou recebidos ficheiros .JS, ou seja, que contenham código JavaScript.

Gmail barrar javascript