PplWare Mobile

Tags: javascript

Google obriga JavaScript na sua autenticação para os utilizadores estarem mais seguros

No seu plano de manter o máximo de segurança dos utilizadores, a Google realiza alterações periódicas, que conseguem aumentar as proteções e detetar problemas antes destes existirem.

A mais recente alteração pode ser incómoda para muitos, pois obriga a que o JavaScript esteja ativo para que possa ser feita a autenticação dos utilizadores.

Google JavaScript autenticação utilizadores seguros


O Chrome ficou 20% mais rápido ao longo do último ano

A Google tem no seu browser um dos seus principais ativos. Com a participação da comunidade, este browser tem conseguido impor-se e hoje é o mais usado na Internet.

Com constantes atualizações, o Chrome tem-se tornado mais rápido e mais eficiente. Segundo as equipas da Google, o Chrome conseguiu tornar-se 20% mais rápido ao longo dos últimos 12 meses.

Chrome


Web: Demonstração de um cookie em JavaScript – Parte 3

Na primeira parte deste tema abordámos o que é um cookies, qual a sua finalidade e como funcionam, na segunda parte demos a conhecer que tipos de cookies existem, qual a sua estrutura bem como algumas dicas de segurança e privacidade.

Hoje vamos ter uma abordagem mais prática e vamos mostrar como podemos criar um cookie com javascript e como o podemos usar para, por exemplo, contar as visitas a uma página web.


Gmail vai passar a barrar o envio de ficheiros com javascript

A Google sempre procurou que os seus serviços tivessem os melhores padrões de segurança e a melhor protecção aos seus utilizadores. O Gmail, devido à sua popularidade e aos milhões de utilizadores que tem, é alvo constante de melhorias e de optimizações de segurança.

A mais recente, e que será aplicada já a partir do dia 13 de Fevereiro, vai impedir que sejam enviados ou recebidos ficheiros .JS, ou seja, que contenham código JavaScript.

Gmail barrar javascript


Novo malware do Facebook está a ser espalhado pelo Chrome

O Facebook é a maior rede social da Internet e isso atrai, há muitos anos, todos os tipos de esquemas e tentativas de propagação de malware.

A mais recente “campanha”, para infectar os utilizadores, está em curso e usa o Chrome para o conseguir. Uma simples notificação abre a porta a problemas graves.

Facebook