PplWare Mobile

Alerta: iPhone pode fazer chamadas de valor acrescentado


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Francisco says:

    Não é nada que a marca não resolva brevemente. O mesmo principio deveria ser seguido pelos outros fabricantes.

  2. El Lentinho says:

    Senta-te e bebe um copo com a gente Nelson. Vamos falar desta feature.

  3. Nelson says:

    A culpa, sim, é da Apple! Na minha opinião…

    Podia resolver facilmente o problema.

    Se o número está nos contactos, ou se o número não é de valor acrescentado… OK, pode facilitar e deixar ligar directo da App… acho que ninguém se chateia…

    Senão, deve fazer o mesmo comportamento que tem como se fosse no Safari…

  4. LG says:

    No iOS 8 aparece um alert box com opção para Cancelar ou Ligar. Não sei como se comporta no iOS 7

  5. David Guerreiro says:

    Isso não é preciso resolver, porque não há nada para resolver. Quem compra um iphone está carregado de dinheiro, e como dá facilmente 700€ por um smartphone, pode muito bem pagar 15€ por uma chamada de valor acrescentado. A Apple vê os clientes como ricalhaços então nem se preocupa com isso.

    • Nelson says:

      LOL!

      Quantos telemóveis com Android inferior ao 4.1 andam por aí?

      Se calhar, mais que iPhones.

      É que estão todos vulneráveis a este mesmo bug, até para piores utilizações.

      Mas sim, os donos do iPhone são uns ricalhaços, têm dinheiro para comprar o telemóvel, e se for preciso, um percalço destes.

      Já no Android, gastaram todo o dinheiro no telemóvel, não têm dinheiro para o tarifário… LOL!

      • MIKE says:

        “Já no Android, gastaram todo o dinheiro no telemóvel, não têm dinheiro para o tarifário… LOL!” desculpa mas mais valias estares calado nesta frase

      • Marco says:

        priceless…

      • Brut00 says:

        Estavas bem calado agora porque essa serve para ti!
        Tens iPhone com um tarifário de dados miserável? Compras-te o telefone por mensalidades foi? E agora não podes dispensar mais dinheiro para o tarifário certo?

        • MIKE says:

          ele disse que tinha net 500MB. xDDD

          • Nelson says:

            E chega-me e sobra, se quisesse mais, tinha mais, se quisesse menos, tinha menos… Até porque não tive de assinar contrato nenhum por 2 anos…

            Não sei do que te ris… qual é a piada…

        • Nelson says:

          E se comprasse com contrato? É porque tinha dinheiro para o contrato, não é?

          Ao menos têm net, acho que todos, não sei onde queres chegar… LOL!

          É um livro de gramática, não? É “compraste”. Ou foi o dinheiro todo para o telemóvel, e nada para livros de gramática?

          • João says:

            Nelson, tu é precisas de umas lições de gramática já que não sabes o que é. O erro a que te referes é ORTOGRÁFICO e não gramatical. Aproveitavas e aprendias a colocar correctamente virgulas.

    • Francisco says:

      Este comentário merece uma publicação a nível mundial com tradução para todas as línguas e mais alguma. Parabéns David.

  6. Benchmark do iPhone 5 says:

    Acho que a coisa não ficou bem explicada. O que li noutro lado é assim:

    – Estamos a navegar com o Safari e clicamos num link de marcação de chamada – clicamos e, antes de passarmos para o ecrã de chamada, o Safari pede a confirmação se queremos marcar uma chamada ou entrar no Facetime.

    – Na mesma situação, mas com uma app como o Facebook Messeger, Google+, a Apple permite que o developer mantenha o mesmo procedimento ou salte o aviso “Quer mesmo fazer a chamada?”. Se optar pelo aviso passa para o ecrã de marcação de chamada – quem não quer e percebe “Mas qu’é isto? Uma chamada?!” desliga a chamada. “Ah, mas os tã-tãs”‘, que os há, não vou negar, “com’é que é?”

    De maneiras que é assim – quem vem à espera de uma vulnerabilidade desengane-se. O que a Apple quis facilitar aos developers, que usem muito a marcação de chamadas/FaceTime nas suas apps, poderem – ou não – saltar o aviso.

    Posto isto, fazia-se uma pool – “quem acha que sim”, “quem acha que não”, porquê?. Em vez disso, vamos lá afiar as facas 🙂

    • Benchmark do iPhone 5 says:

      O “David Guerreiro”, o do costume já deu a primeira facada, sem ler o post. “Fala-se da Apple … zás”.

      É só rir 🙂

    • LG says:

      Pelo que testei, no Safari pede autorização, mas numa webview qualquer fora do safari por ex. mandando o link para o html do script numa mensagem do Facebook já não pede autorização ao clicar no link e liga para o numero definido.

      • Benchmark do iPhone 5 says:

        Porque o developer da app Facebook escolheu saltar o aviso de confirmação “Quer fazer a chamada”, como está no no último parágrafo do post. Podia ter mantido o aviso.

        Não foste parar ao ecrã de marcação? Se fosse um link “malicioso”, que tinha levado inesperadamente à marcacação de uma chamada, tinhas continuado a marcação? Certamente não.

        O problema que se põe é: “E alguém que deixasse continuar a marcação? Se fosse um número de valor acrescentado e alguém atendesse, tinha que pagar!”. Não há dúvida que, mesmo com o aviso, alguém iria deixar continuar a marcação, mas, mesmo que possa não prevenir todos os casos, o aviso é útil – e por isso está no Safari.

        É isso que está em discussão – a Apple deve permitir ao developer que salte a mensagem de aviso ou não?

        P.S. Se estão lembrados, as chamadas de valor acrescentado estavam barradas “por defeito” mas, com a alteração da legislação umas estão outras não. As que passaram a não estar era (ou é) preciso confirmar com a operadora que se quer barrar.

        • Nunes says:

          Acho que a responsabilidade é de ambos. Primeiro da Apple, pois creio que não valia à pena dar esta liberdade aos programadores. Depois dos programadores que optam por saltar o aviso sem tomar alguma medida de segurança alternativa.
          De qualquer das formas isto por enquanto não é muito grave, já que é apresentado de imediato o interface de marcação/telefone, por isso a pessoa nota que qualquer coisa inesperada ocorreu e ainda tem algum tempo para impedir. Não é como marcar um número à socapa…

  7. MIKE says:

    ah e tal o android………

  8. Hugo says:

    Não entendo como o autor pode dizer que a culpa não é da Apple…
    Além de que ele já se retratou no ycombinator com isto:

    “I never said I agree with Apple, I think it’s a extremely bad default.”

    https://news.ycombinator.com/item?id=8208705

  9. Nelson says:

    Porque é que o pplware sempre que põe notícias da apple, são das más… porque é que não põem também as boas?

    http://osxdaily.com/2014/08/21/skydiver-loses-iphone-mid-fall-picture/

  10. Gonçalo Trindade says:

    Não percebo porque uns vem para aqui dizer que o Android também tem este tipo de bugs e outros atacar o iOS como se vos pagassem para isso.

    Espero que o Bug seja corrigido rapidamente, basta a Apple obrigar que essa função seja utilizada por ex.

    • Benchmark do iPhone 5 says:

      Mas qual bug? Bug é um erro de código. Qual é aqui o erro de programação?

      Foi tomada uma decisão: informar os developers que, se o prtendendessem, podiam saltar um alerta nas suas apps. Essa decisão pode ser considerada mais ou menos boa/má. Mas não é um bug.

      Como te roeram a corda e já não podes dar facadas à vontade, fazes-te de sonso, com a lenga-lenga do costume “pagam-vos para isso …” e assim como não quer a coisa, largas o “bug”, pode ser que alguém engula 😉

      • Gonçalo says:

        disse bug porque foi o que me lembrei de lhe chamar, se tens mais conhecimentos que eu e lhe queres chamar outra coisa chama.

        Eu estava a defender ambos os SO acho que não se ganha nada em guerrinhas parvas, não somos meninos.
        Percebo que a tua azia com alguns comentários que aqui lês já seja tanta que depois sejas agressivo para toda a gente. Vê se tens calma, ninguém tem culpa que o teu grau de conhecimento seja tão superior. Para terminar não tenho 13 anos por isso podes o Blink irónico em outro sitio qualquer.

      • Daniel says:

        Não é um bug mas é um erro de design.

        É o mesmo que eu fazer uma especificação e dizer que por omissão um utilizador tem acesso a tudo, de entre milhares de invocações possíveis ao sistema, e depois “esconder” no meio de uma delas a dizer “dá para desabilitar isto, e até convem!”. O default deveria ser não permitir e ter de ser opt-in por parte dos programadores, ponto. Defaults a true (optimistas) em funcionalidades que envolvem privacidade ou segurança é de uma imbecialidade e amadorismo que doi. Seja em produtos Apple, seja Android, o que for.

      • Daniel says:

        E é errado: não foi informado que se os programadores quisessem podiam saltar um alerta nas suas apps. O default é que salta, e foram informados que se quisessem poderiam não saltar. É o inverso.

  11. Necroman says:

    Isto não é um bug e sim a culpa é da Apple, pois permite, tal como está documentado que uma aplicação nativa possa efetuar uma chamada automaticamente para qualquer número sem permissão do utilizador.

    A titulo de curiosidade, no Windows Phone isso não acontece – nenhuma aplicação pode iniciar uma chamada sem permissão do utilizador, e nem sequer pode marcar um código USSD também sem permissão do utilizador, ao contrário de outros SO’s.

    Fica mais uma vez uma crítica aos vossos artigos que “embelezam” os problemas quando são nos produtos Apple – enquanto noutros produtos de outras marcas servem valentes críticas!

    Será que é o ideal, terem estes artigos de “fantasia” como tantos outros sites que usam a Apple para chamar a atenção + publicidade + dinheiro? Será que isso é o mais importante para os leitores? Ou a verdade é que é o mais importante?

    Ao fim ao cabo estão a ter o mesmo comportamento que a vossa empresa favorita, a Apple, que só se preocupa com uma única coisa: dinheiro.

  12. David Guerreiro says:

    Desde de que houve uma app na App Store com o nome I am Rich, que custava 1000 dólares e não fazia nada, e foi comprada por algumas pessoas, já acredito em tudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.