PplWare Mobile

Qual o Sistema Operativo que mais usam em contexto de trabalho?


Autor: Marisa Pinto


  1. leon says:

    O sistema Operativo que uso em contexto de trabalho é Windows, e mesmo que quisesse outro não podia pois todos os softwares proprietários que uso só são desenvolvidos para Windows, outros sistemas operativos nem são equacionados, recorrer a artimanhas nem se quer entra na equação pois só funcionam nativamente em Windows.

    Portanto já é assim desde o tempo do Msdos sempre Microsoft, e duvido que venham alguma vez pensar em mudar…

    • Pedro H. says:

      Wine não resolve?

    • Samuel MG says:

      Sem de um software especifico da minha área (Eletrónica) que no Windows custa mais de 25 euros de licença por computador e o mesmo no Linux é de graça. Na mesma área uma pessoa vê-se há rasca para encontrar um software que crie placas de circuitos integrados para o Windows e no Linux existe montes deles. Portanto na eletrónica mais vale ter-se o Linux do que o Windows

      • Samuel MG says:

        *sei de um…*

        • ZOrd_Z says:

          Concordo, é a minha área. Uns 7 anos atrás, noutra empresa, tivemos que legalizar todas as máquinas e afins. Então Implementei linux mint, wine a correr as aplicações de windows necessárias para o que era necessário. Dor de cabeça. Mas de borla… E que eu saiba ainda usam o mesmo método nas máquinas de teste de hardware….

      • Woot! says:

        No meu trabalho utilizam um software que custa quase 4000€ por utilizador 🙂

      • Eu says:

        Acho curioso as empresas que mudam de Windows para Linux (nada contra, acho muito bem). Podes dar mais insights da empresa? Qual é a vossa area, quantas pessoas utilizam Linux, se tiveram algum tipo de formação..?
        Fiquei curioso… 🙂

  2. João Carvalho says:

    Sem surpresas…

  3. SANDOKAN 1513 says:

    Windows 10,sem dúvida nenhuma.O melhor sistema operativo de todos os tempos. 🙂 P.S.-acabou mesmo agora de sair uma nova Build(20150),para o canal Dev.(Fast Ring),do programa Windows Insider,que contém excelentes novidades e muitas correções e que eleva este “Ring” para o “Iron”.

  4. SANDOKAN 1513 says:

    Windows 10,sem dúvida nenhuma.O melhor sistema operativo de todos os tempos. 🙂 P.S.-acabou mesmo agora de sair uma nova Build(20150),para o canal Dev.(Fast Ring),do programa Windows Insider,que contém excelentes novidades e muitas correções e que eleva este “Ring” para o “Iron”.

  5. Crow- says:

    Na minha empresa 90% das máquinas correm macOS.

    • Vitor says:

      Quer dizer que os funcionários fazem “bicha” para produzirem alguma coisa! Ou então a empresa só tem um funcionário…

    • Felipe Cardoso says:

      Opa correr MacOS não significa ter Mac Apple, fazes muito Hackintosh?

    • Realista says:

      Isso é preocupante…

    • Fulano says:

      Queres mesmo que malta acredite nesse “istória” de encantar ?

      • saldoso says:

        É assim tão difícil de acreditar?
        Há tanta variedade de empresas com diferentes necessidades…
        Se até na IBM os Mac representam 25% dos seus portáteis…

        • ze says:

          Não representam 25%, representam quase 90% e esse “até” tem muito que se lhe diga, a IBM foi a primeira empresa grande e unica até agora a mudar o seu parque para apple, isto foi feito em parceria com a apple a preços especiais e em com a JAMF (solução de gestão de parque informático apple onde a IBM tem parte interessada), serviu como modelo e resultaram bastantes whitepapers daí da redução de custo em suporte, reduziram cerca de 80% os tickets de helpdesk e cerca de 90% as avarias de hardware.
          No entanto é preciso referir que além do hardware a IBM fez um investimento em desenvolver todas as aplicações que usava para serem web based, isso acresceu aos muitos largos milhões (eles nem dizem o valor), com isso e com redução das equipas de suporte conseguiram poupar 500 USD por user pelo lifecycle do hardware.
          É um bom caso de sucesso mas apenas ao alcance de um nicho muito reduzido de grandes empresas.

          • saldoso says:

            Antes da IBM já a Google usava muitos Macs como computadores para os funcionários.

          • ze says:

            Errado saldoso, a google em tempos promoveu a liberdade de escolha para algumas das suas equipas e alguns escolhiam Macs, mas não eram computadores geridos na esfera corporativa da google, mas antes computadores independentes que usavam para fazer os seus projetos com conivência da google.
            A google sempre usou o seu proprio flavor de linux, inicialmente sem nome mais tarde apelidado de Goobuntu com base ubuntu e recentemente alterado para debian apelidado de gLinux, geridos centralmente com apt + puppet.
            Igualmente, boa sorte neste cenário, não é para qualquer carteira ter uma equipa que consiga prestar um suporte desta envergadura.
            Já passei por diversos projetos desta natureza e a grande maioria das empresas não têm maturidade para abordar um projeto desta natureza, as que têm precisam de ter os bolsos bem fundos.
            Keep it simple, stick with M$, ferramentas baratas, faceis de implementar, faceis de gerir, facil de formar novas pessoas, faceis de escalar, e em projetos conduzidos decentemente it-just-works.

          • saldoso says:

            Ze, não foi liberdade de escolha, foi política da empresa de uso de computadores Mac.
            Se é assim tão complicado és capaz de explicar o crescimento do uso de Macs nas empresas?
            Não será o que descreves mais a inércia de algumas mentes que acham tudo complicado e não querem aprender?

          • ze says:

            Saldoso, foi liberdade de escolha, ainda hoje é, não existem qualquer drive para mac na google, neste momento existe para chromeos mas com pouca adopção.

            Não é complicado, é complexo (são coisas diferentes), requer maturidade e investimento, só isso.
            Fácil trocar pcs por mac ou linux num escritório ou departamento que usem plataformas web e não possuam gestão centralizada OSD ou deplyment de software, se formos para empresas com alguma dimensão começa a complexidade.
            Não sei de onde tiraram a ideia que os macs estão a crescer nas empresas, essa ideia é completamente falsa, existiu um crescimento de macs nas empresas há uns anos com a saída dos iPhones 3G and so on que começou a promover a “cultura apple”, com a vinda do windows 10, surfaces e conversiveis isso deixou de se verificar, cada vez vejo menos empresas interessadas em suportar mac e tipicamente ficam-se por alguns elementos da direcção ou administração que gostam de mac e depois não integram com AD, não têm AV centralizado, não acedem a N recursos da empresa, fazem preparação manual um a um, ficam-se pelo outlook e para o restante usam um qualquer VDI e disponibilizam um ou dois técnicos dedicados para VIPs com formação de mac.

          • saldoso says:

            Ze,
            tudo é complexo e tudo requer investimento!
            Não sei porque é que insistes, foi uma política da Google que promoveu o uso de Macs na empresa, há uns bons anos atrás.
            As estatísticas demonstram o crescimento dos Mac em ambiente empresarial:
            https://www.techrepublic.com/resource-library/whitepapers/research-apple-s-growing-role-in-the-enterprise/
            https://techcrunch.com/2018/01/20/apples-enterprise-evolution/
            O teu último parágrafo demonstra a falta de conhecimento sobre o que se pode com Macs em termos de gestão.

        • BA says:

          confirmo, principalmente para acesso corporativo o portatil é fornecido pela Google com o MacOS todo trancado. Queres instalar alguma coisa alem do que vem de base tens de pedir ao “IT” para avaliar e eles depois decidem se instalam ou não.

    • Cortano says:

      Portanto…. A tua empresa são 3 pessoas, 2 têm macos e 1 pessoa trabalha.

    • rui says:

      podem desenvolver apps para ios

    • Crow- says:

      Para deixar claro a empresa tem 30 pessoas e trabalhamos em software development. Cada um tem um MacBook Pro 15″ sendo que em breve metade da “frota” vai ser renovada pelos nos MBP de 16″.
      Não tenho culpa que trabalhem em chafaricas de consultoria onde vos dão um HP de 600€, há empresas melhores por aí, é só procurarem ou terem capacidade para trabalharem melhor.

  6. TT says:

    Aqui na empresa 100% Windows, para PC’s e Servidores… em casa Windows!

  7. Malamen says:

    100% MacOS na empresa.
    Em casa MacOS e Windows 10.

  8. Joselito says:

    Ao menos o Windows e MacOS recebem dinheiro pelo trabalho nas empresas, agora os bestas das distribuições livres que program de graça para os outros ganharem dinheiro, estou a ver.

    A gente do open-source não vê que as empresas pagam para não usar o Linux? Têm q ser muito abiscoitado.

    • ZOrd_Z says:

      O OSX é de borla se o teu mac o comer… O windows 10 também se tiveres uma máquina windows com pelo menos win 7…. E mais interessante, OSX é linux basicamente…. E até tens linux meio implementado no windows….
      Não fazes a menor ideia do que dizes….

      • saldoso says:

        OS X não é linux, é UNIX

        • ZOrd_Z says:

          Correcto em parte. E o nosso amigo linux nasceu de onde?

          • saldoso says:

            Não é apenas em parte. O macOS está certificado como UNIX.
            O linux tenta ser UNIX compliant, não tem uma origem comum com o macOS.

        • ze says:

          Não é bem assim, OSX aka Darwin embora seja unix ou posix-compliante na verdade deriva do BSD-Lite e FreeBSD que por sua vez derivam do unix.

          • saldoso says:

            O “OS X”/macOS é oficialmente um sistema UNIX, está certificado como tal!
            Quanto ao Darwin (que não é o “OS X”), não deriva do BSD-lite nem do FreeBSD, deriva do NeXTSTEP, que incorporava parte do código do BSD-lite. Pelo meio substituiu parte desse código pelo FreeBSD, do qual foi divergindo.

          • ze says:

            Tens de ir buscar informação a outra fonte, essa já aprodeceu 😀

          • saldoso says:

            Ze,
            serás tu a ter que rever as tuas informações!
            Seria até interessante se fosses capaz de dizer alguma coisa concreta em vez de argumentar no vago…

      • Cortano says:

        O macos é tão grátis como o Windows quando compras um pc/laptop novo.
        Já vem incluído no preço final.

        • ZOrd_Z says:

          Meio de acordo. Posso instalar o ultimo win 10 num imac com uma chave válida de um portátil com 10 anos que já morreu… Posso istalar osx no meu pc papa macs?

          • Cortano says:

            Não podes porque a Apple não deixa, mas não quer dizer que não pagaste o OS.
            Estou a excluir hackintosh, claro.

  9. Leoni says:

    Queria muito usar o Ubuntu, mas é muito sofrimento. Não consigo nem instalar meu token com certificado digital. Na versão 16.04 conseguia, mas agora nada.

  10. Jorge says:

    Falta o Chrome OS. Eu uso Chrome OS.

  11. fgfg says:

    e tu mari que SO usas?

  12. B@rão Vermelho says:

    No meu trabalho mais de 3000 pc diria que 99,9% Windows, e alguns Imac, mas poucos, só mesmo um user é que só utiliza Mac.

  13. Ricardo B. says:

    Windows 10 e a empresa infelizmente não tem alternativas. Dependendo do software e gosto/hábito de cada um, deveria haver mais flexibilidade na escolha do sistema operativo.

  14. Dinis says:

    Manjaro Linux com o Cinnamon.

  15. Vítor Oliveira says:

    E como perguntarem que mãe cozinha melhor, a minha ou a tua. Cada um defende o que usa. O errado, é impor a sua verdade ao outro. Cada um usa o que mais se adapta às suas necessidades. Por exemplo: para servidores uso o Linux, ( confesso que para mim uma dor de cabeça quando quero instalar alguma coisa. É código e mais código. Se queremos instalar alguma coisa, queremos que funcione portanto, para quê 5 ou 6 comandos para isso? ). Já no dia a dia uso o Windows e só correr o setup e next, next, termos e OK.

  16. Nuno Cardeiro says:

    Eu li em tempos uma boa, com grande dose de verdade: os sistemas gnu/linux são de graça, se não deres valor ao teu tempo. Pese embora, no meu caso a maior entrave são os softwares ERP/CAD, depois há aquela pen caprichosa que licencia/encripta pdfs, onde uma pessoa desiste de pôr a funcionar.
    Bem pelo menos a esmagadora maioria dos NAS correm uma forma ou outra de linux.

  17. ThornC says:

    Na minha organisação há de tudo, mas windows é predominante. As ferramentas de “deployment” fazem a diferença!
    No fundo considerando que todas as applicações que usamos (excepto o office, por enquanto) são web-based este ponto já não é importante! Eu poderia usar Windows, macOS, ipadOS, Android, chromeOS, Linux, *BSD ou até mesmo BeOS que desde que o browser suporta-se HTML5+CSS estaria tudo bem…

    Para servidores a grossa maioria são RHEL/CENTOS com algums poucos Ubuntu aqui e ali e o ocasional Windows Server para suportar “office automation”.

    Portanto a pergunta não tem resposta… depende do “Contexto” no trabalho!

    • IP says:

      Alguém que faça um comentário com sentido 🙂

      A Microsoft está a anos luz em termos de gestão de LDAP e por sua vez Workstations, basta ver pelo Intune, para não falar no Office que sempre foi um grande peso na escolha de um OS para colaboradores…

      “Infelizmente” no meu caso a maioria dos servidores são W2016 mesmo em casos que sistemas Linux traziam mais vantagens 🙂

      Implementar um SFTP com aplicações nativas da Microsoft é impossível e com Linux são “2” comandos, mas a própria Microsoft tem noção disso e tem tentado mudar nos últimos anos, basta ver o MSSQL em Linux, SSH nativo no W10, .NET Core, fora o resto…

      Mas é como o @ThornC diz, cada negócio tem que analisar as suas necessidades, se desenvolvem em .NET não podem ter Windows e se desenvolvem em PHP não tem lógica ter IIS…

      Talvez a questão esteja mal feita e devia identificar o uso do OS 😉

  18. Eu says:

    Na minha “empresa”, 100% a trabalhar com MacOS e smartphones Android!
    PS: Trabalhador sou por conta própria 😀

    Só usei Windows nos tempos de faculdade, depois mudei para OSX porque a empresa na altura me deu um para as maos.e fiquei fã até hoje.
    Recordo-me o que o mais chato na altura eram mesmo as atualizações, virus (nunca tive desses problemas no MAC, nao quer dizer que nao venha a ter), e de ter o windows a crasear randomly (acredito que hoje seja diferente..)
    Em relação a empresas, por onde passei, tentei sempre usar o meu MacBook Pro, enquanto o pessoal usava o PC windows (dado pela empresa). Os custos para uma empresa grande ainda fazem moça :/

  19. Carlos Fernandes says:

    Acho que falta o Chrome OS, mas em termos empresariais em Portugal não deve ser muito.

  20. Rafael Ribeiro says:

    Em contexto de trabalho MacOS e Linux, no meu PC de casa Windows 10 para jogos e ArchLinux para o resto.

  21. Paulo says:

    No trabalho e em casa, macOS. Só o dep. de contabilidade é que usa Windows (coitados) “pq tem de ser”, dizem eles. Não pq gostam.

  22. andy says:

    Este inquérito tem respostas tão óbvias, que era como perguntar: para subir ao 20º andar de um prédio o que mais usam: 1-ELEVADOR; 2-escadas; 3-escalada; 4-teletransporte ……

  23. Ricardo Silva says:

    Windows 10 para trabalhar e algumas vezes lubunto (linux) para utilizar mais rapidamente a internet, é um sistema mais leve do que o windows em utilização da ram, processador, …. tem também sido funcional e dá para trabalhar em programas de produtividade.

  24. BA says:

    Acho que o objectivo da pool não é decidir qual o melhor OS, mas sim auferir o que as empresas mais usam para trabalhar.
    Não é para ver com quem maior produtividade ou quem tem menos custo de manutenção.

    As empresas nem sempre fazem as melhores escolhas aos olhos de cada um, isto porque quando escolhem uma plataforma ficam agarrados as licenças, custo de manutenção, Hardware, aplicações Legacy que ja vêm desde os anos 80, etc.
    Outro factor importante para as empresas na escolha de um OS é a curva de aprendizagem. Temos de ser realistas quando toca à fatia de mercado do Windows por exemplo. Grande maioria das pessoas tem pelo começaram ou têm apenas um computador com Windows a titulo pessoal. Isto faz com que no ambiente empresarial não se tenha de gastar tempo de formação para ensinar as pessoas as fazer as coisas basicas do O, e acreditem que isto pode ter um custo elavado quando estamos a falar em escala.
    Nem toda a gente é da area de IT, e mesmo nas empresas de IT, existe um numero consideravel de pessaos que nada tem a ver com IT (HR, Legal, etc… )

    O meu trabalho é feito em grande maioria numa consola preta com letras brancas remotamente, se por um lado não me importava de todo em ter linux ou MacOS, todos os meus equipamentos de trabalho correm Windows. Porquê? Porque é o sistema predominante na empresa, porque uso algum software de managment, que embora existam alternativas para as outras plataformas, infelizmente, não são tão boas quanto as versões de windows. Temos tambem a questão de habito, trocar aqueles software iria trazer uma quebra de produtividade até subir a curva de aprendizagem ou desenvolver metodos novos que me permitiriam ser tão produtivo como agora. Aqui entra a questão de tempo… quanto vale o tempo de gasto a recuperar produtividade Vs. o que se pouparia ou não com a troca.

  25. Ric says:

    Na realidade uso mais o android em contexto de trabalho mas alguem se esqueceu de colocar essa opcao

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.