Quantcast
PplWare Mobile

Do PC para a PenUSB sem pedir autorização

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Simões says:

    Não testei a aplicação, mas suponho que seja necessário abrir a pen para correr a aplicação e que a mesma possua algum tipo de autorun.
    Se for autorun, o Windows não se vai queixar? principalmente nas ultimas versões, Vista e 7?
    E o antivírus, não detecta este tipo de ameaças?
    É realmente uma aplicação perigosa.

  2. francisco says:

    pois, testei e não funciona, porque o antivirus detecta o autorun e não o deixa executar

  3. vitor ribeiro says:

    O trend não detecta.

    Mas se tiverem mais discos rígidos ou partições ele faz o grab desses uma vez que só permite desactivar o grab da unidade onde esta o windows de disquetes e leitor de dvd.

    Ou seja não é lá mt prático

  4. UpSignal says:

    TrendMicro já passou á historia aos anos…lol, foi o melhor antivirus praí em 2004/2005 snao tou em erro, depois foi descer em queda livre, basta ver os testes no av-comparatives. Em relação a isto, já se previa que quer o windows, quer os antivirus minimamente bons…vão logo chatear. Basta ver que o “usb vaccine” do panda, que pra mim é uma excelente proteção pra pens, ele proprio cria lá um autorun, e depois todos os outros antivirus detectam a vacina como um virus XD. Este programinha á uns 10 anos atrás fazia largo sucesso 😀

  5. Ecchin says:

    Em geral, na informática, quando se tem acesso físico ao computador, é possível sacar os dados.

  6. Carlos B. says:

    E um artigo para “contrariar” este? Era de valor 😉

    • Vítor M. says:

      Sim tenho pensado nisso, no entanto as aplicações que têm sortido resultados efectivos são pagas :S

      Ainda não encontrei um “USB Monitor” que seja free e que valha a pena…

      Mas estou a a tratar disso 😉 vai aparecer algo bom!

  7. Rsousa says:

    Credo.. o programa de simples não tem nada..

    Nunca estive com um pc assim tão restrito em mãos, mas um programa como o teracopy não funcionará nesses casos?

    Suponho que a cópia de ficheiros esteja bloqueada pelo windows, mas não a aplicações externas (como é o caso deste USBGrabber..)

    Para além das demais vantagens do Teracopy, este é mesmo muito simples de usar.

    Teracopy:
    https://pplware.sapo.pt/software/teracopy-2-1-copias-rapidas-e-seguras/

    • Luís S says:

      Não são as “aplicações do windows” que estão bloqueadas.
      Por norma estão inactivas as drives usb (discos, pens, etc…) e o uso de email através de algum tipo de firewall ou programa semelhante.
      Deves poder copiar os dados dentro das várias partições ou discos do computador sem problemas, usando simplesmente o Windows.

  8. SergioDinis says:

    Então e uma forma de nos “proteger-mos” disto se o antivirus não der por nada, hum?

    • Vítor M. says:

      Disso e de outras formas de intrusão pelas portas USB resolvem-e por um método radical, desactivando-as na bios ou com software especifico ou então usando um “USB Monitor”.

      • legnakrad says:

        boas,

        ou então, de forma simplificada, usa-se um ”HIPS” (kind of…) tipo o da Comodo
        ou da Online Armor q evita q qq executável seja corrido sem autorização previa; e o assunto fica arrumado (bem, p\ todos excepto os next next next users :\)

        s/+

  9. Allan says:

    LINKS FORA DO AR!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.