PplWare Mobile

8 alternativas gratuitas ao poderoso Office da Microsoft em 2018


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

59 Respostas

  1. Abel duarte says:

    E o próprio via web através de uma conta outlook.com?

  2. paulo says:

    Estar a comparar estas suites de Office com o Microsoft Office, é como comparar uma auto-estrada a uma estrada municipal

    • João says:

      eu gostava mesmo de ver onde é que se ia sem as estradas municipais!!!é q os auto estradas apenas ligam estradas municipais e outras mais pequenas… :p

    • arc says:

      “8 alternativas gratuitas ao poderoso Office da Microsoft em 2018”

      O artigo em causa, compara algo com alguma coisa???

      Está perfeito com o Microsoft Office? ÓPTIMO, continue.

      Já agora, eu também uso umas ruazinhas alternativas, ou becos, e … LaTeX.

  3. João says:

    O Kexi do Calligra é extraordinário!!!

    Embora o Calligra ainda tenha falta de muitas funcionalidades, em termos de “base”/Código (em relação ao que se conhece dos restantes) é o melhor. Ou seja, a estrutura em que assenta é a melhor das que conheço.

    Só lhe falta mesmo é certas funções devido à falta de voluntários…

    Se tivesse tantos contribuidores como o LibreOffice iria certamente muito longe e seria certamente uma das melhores alternativas

  4. GM says:

    Não experimentei todas as alternativas, apenas tentei agora abrir um ficheiro EXCEL que utilizo diáriamente na minha actividade profissional, com o WPS que tenho instalado no PC, e simplesmente não o abre. Tão simplesmente porque é um ficheiro com a extensão .xlsb. Desconfio que nas versões anteriores da mesma ferramenta que utilizo, mas editadas em .xlsm tabém não abririam. Sem dúvida que serão alternativas válidas ao MS OFFICE, mas para utilizações mais básicas (a minha esposa utiliza o LIBREOFFICE, e aparte algumas configurações / desconfigurações atingidas, resolve-lhe as necessidades). Para situações mais exigentes / mais particulares, só mesmo o MS OFFICE.

    • Ruy Acquaviva says:

      Isso que você está falando é a mesma coisa que dizer que um automóvel Ford é melhor que um Toyota porque tem peças do Ford que não servem no Toyota. Isso apesar do toyota ter peças dele mesmo que fazem a mesma função da peça do Ford.
      O formato XLSB é um formato binário proprietário e específico do Excel, com compactação e que não atende à especificação XML. Ele não tem compatibilidade nem com versões mais antigas do Excel, como a 2007. O formato XLSM é o formato XLS com as macros habilitadas.
      Mas o fato é que ninguém precisa gravar em XLSB ou XLS, basta gravar no formato XLS, ou melhor ainda XLSX (que é o novo padrão do Excel), ou ainda muito mais apropriadamente no formato ODF (que é um padrão de verdade, feito entre outras coisas para permitir interoperalidade), para converter tranquilamente para outros aplicativos, inclusive WPS.
      Você mesmo fala “para soluções mais particulares”, ora nem todo mundo se enquadra nessas particularidade. De fato a maioria não se enquadra. Ainda há soluções particulares onde o Microsoft Office não se enquadra. Durante um tempo precisei usar o Libre Office para gerar planilhas em formato ODF, porque o Excel não gerava, também tive problemas para gerar arquivos em formato PDF, que o Excel não fazia e o Libre Office sim.

      • GM says:

        Por essa razão, antes de comentar e expor a minha opinião, tentei abrir o ficheiro (a propósito, que não é desenvolvido por mim mas sim por uma entidade oficial que desenvolve a ferramenta de cálculo) com uma alternativa ao EXCEL, e comprovei a ideia que já tinha, que para a minha situação tenho mesmo que utilizar o MS EXCEL, da V.2010 / 2013 para cima. No entanto, um colega meu com quem partilho a actividade, utiliza se não estou em erro o MS 2007, e funciona. Mas sim, li na MS do Brasil que é um formato para versões posteriores à 2007. Outra situação que me interrogava tinha a ver com o formulário. Admitindo que o WPS teria aberto o ficheiro, será que iria funcionar devidamente? Os resultados seriam os mesmos? As macros funcionariam como no EXCEL? Aí, e sempre uma incógnita. Para situações em que as fórmulas são se somar e sumir, tanto dá, qualquer das ferramentas apresentadas dá. Para ferramentas mais complexas, se desenvolvidas com determinado software, há que validar os cálculos, se confirmam ou não com os apresentados com a ferramenta original.

  5. F Gomes says:

    Há gente que vem aqui – e noutros online – só para botar faladura, dizer mal e nada de produtivo ou interessante deixam… O artigo, se o leu de cima abaixo (também pode ser lido de baixo para cima), reza assim num dos parágrafos iniciais: … … “No entanto, para quem usa apenas o básico (e não só) deste tipo de plataformas, são várias as alternativas que estão disponíveis no mercado.” Deu p’ra entendê???!!!

    • jungolito says:

      Ora nem mais.
      O que cada um usa e o melhor sem discussão. Fazer discussão por isso e perder tempo.

    • mlopes says:

      não me parece nada que a questão seja a utilização de “apenas o básico” nem as alternativas serem fracas porque há delas que funcionam bastante bem.
      o verdadeiro problema é quando tens que abrir ficheiros das alternativas no ms office (e vice-versa). para alguns isto pode não ser necessário mas é o dia-a-dia até de um pequeno escritório.
      quando os clientes/fornecedores utilizam ms office é estar a pedir problemas implementar as alternativas, e a verdade é que a vasta maioria usa ms office

  6. gr33n bits says:

    Eu uso o FreeOffice2018 á já algum tempo e acho bastante bom.

  7. Asdrubal says:

    Parecem haver 2 FreeOffice’s.

  8. Filipe says:

    Consegui introduzir o OpenOffice (depois o LibreOffice) no meu escritório à alguns anos e serve perfeitamente para o uso básico que 99% dos escritórios necessitam.
    Existem sempre muitos comentários sobre o Office ser o maior, que até lava a louça etc., mas esquecem-se sempre de um pormenor. NINGUÉM DIZ QUE AS ALTERNATIVAS SÃO MELHORES!
    O Office tem uma boa equipa de profissionais pagos à anos a desenvolver o software. É virtualmente impossível bater as suas funcionalidades, performance, interface, etc. (etc. e mais etc.) com programas open-source.
    A questão é que o Office é pago, e tem demasiadas funcionalidades que poucos usam.
    As alternativas ocupam o espaço de quem não tem grandes necessidades de folhas de cálculo/processamento de texto, e não quer pagar um produto premium.
    Claro que, alternar entre Office e as alternativas com o mesmo ficheiro é pedir chatices… Escolham um programa e mantenham-se fieis! Se não for possível evitar é melhor manter uma mente aberta e ter muita paciência…

  9. hommer says:

    alternativas onde??????? se fossem realmente alternativas dignas, ao nível do Microsoft Office o pessoal pensava no assunto, como não são, mantém-se tudo pelo belo Microsoft Office…

    andam sempre a bater na mesma tecla, tal como trocar Windows por linux, o que é certo é que a esmagadora maioria prefere Windows + Microsoft Office e nem quer saber de mais nada…

  10. Arkan says:

    Freeofice, mas nada, nada substitui o MS office.

  11. William says:

    É engraçado ver gente a falar mal das alternativas sem nunca ter-las usado.

    É para rir? Ou chorar de tanta ignorância? Né maltinha?

    • arc says:

      A grande maioria nem utiliza a 70% o Microsoft Office, mas fica bem, o bota abaixo em tudo que é ALTERNATIVO. Seja no que for….é só CONHECEDORES e DOUTORES!

  12. arc says:

    Afinal, a tal fama de evangelização atribuída ao Richard Stallman, , o tal que dizem que queria “evangelizar” o mundo em prol do Open Source, parece que agora é modo dos utilizadores dos produtos Microsoft. É cada CROMO!!!

  13. Paulo Pereira says:

    Utilizo o WPS e gosto muito, já na minha empresa era este que utilizava tem tudo o que eu preciso, e o que a maioria das pessoas precisa

  14. ZotacWar says:

    Mesmo com tantas plataformas alternativas no mercado, não desmerecendo os demais, Ainda não conseguiram, desenvolver pacote office ao nível M$, Excel com suas VBA’s e Macros, Word com suas bibliotecas, tabulações referências acadêmicas sem contar com a gama completa revisão de documentos … Não cite, Access, PowerPoint.. Publish… Project.. Vision… Works…

  15. irlm says:

    abiword e gnumeric

  16. IKAROS says:

    Coincidência, desinstalei hoje o FreeOffice 2018.
    Único problema: gera alguns XLSX que o Office não sabe abrir corretamente.
    Para mim chega. Não gosto de ser cobaia!

  17. exodvz says:

    Em casa, utilizo o WPS no W10 e o LibreOffice no Deepin ( esse último também no trabalho), não tenho problema de compatibilidade. São alternativas viavéis ao MS Office para quem não quer gastar dinheiro (pelos menos quando se trata de word, excel e ppoint que é o que uso).

  18. D4rc says:

    Sinceramente ja tentei…
    Do estilo, Openoffice parece-me o melhor, mas longe do que consigo com o office.
    O freeoffice ja experimentei e nhac …

    O único que sinceramente me agradou como alternativa foi o presentation do google que me pareceu bem e acho que consigo mesmo fazer a troca. O oppenoffice e o do google tambem me parecem alternativas ao excel (e ai não sou nenhum utilizador muito experiente em excel para poder ter uma boa opinião sobre o produto).

    Quanto ao ms word, para mim não ha alternativa. Gosto de certos promenores do openoffice nomeadamente da gestão de seccoes e assim, mas de resto parece-me pouco vivavel qualquer tipo de substituição.

    Goatava era de conhecer boas alternativas ao outlook. Ja tentei o Thunderbird mas ha coisas que bahhh.

  19. Maxluan Cruz says:

    Uso o Libre Office, e acho que vocês deveriam colocar uma imagem com os icones diferentes do LIbreOffice, no caso o Breeze icons

  20. Mário Silva says:

    Todos falam de tudo só que se esquecem de mencionar o OUTLOOK. E esse onde é que aparece nessas aplicações do estilo “genérico”?

    • Eduardo says:

      Bueno, particularmente, faz tempo não utilizo o Outlook e nem o Internet Explore. O Edge, uso raramente, para visualizar/manipular alguns PDF ou imagens.
      Quanto ao Excel, ainda não encontrei uma alternativa FREE que me permita usar macros com facilidades (como no VBA). Se alguém disser alguma alternativa, em que eu possa desenvolver macros (ou equivalentes) para manusear sheets, textos, forms, etc., ficarei muito grato.

  21. Al CiD says:

    Afinal são só 7…
    #1 e #8 são produtos identicos.

  22. Sousa Silva says:

    Experimentem fazer este somatório simples no Microsoft Excel, colocando os 3 números em células diferentes:
    43,1
    -43,2
    0,1
    Qual o resultado obtido?
    Agora comparem o mesmo somatório em outras folhas de cálculo como, por exemplo, no Google Sheets.

    • Anónimo says:

      Ei! Nunca pensei que o Excel pudesse ter um comportamento tão inadequado!

    • Neves says:

      Boas,

      Experimentei com outros valores em que o resultado deveria ser “0” e foi “0”. Podes explicar o que acontece com o teu exemplo? Fiquei curioso.

      • Sousa Silva says:

        O erro tem a ver com a representação binária e a forma como o Excel efetua o cálculo binário nas operações com vírgula flutuante.
        Uma maneira de prevenir este tipo de erro será utilizar a fórmula de arredondamento no resultado.
        Ex.: Considerando que os valores estão nas células A1, A2 e A3 a fórmula com o resultado deverá ser ARRED(SOMA(A1:A3);2)

    • Sergio Gil says:

      Se formatares a célula da resposta para número (até 14 decimais dará 0)

      • Sousa Silva says:

        Com essa formatação apesar de se visualizar 0 o resultado não é de facto 0.
        Se num caso em concreto fosse necessário avaliar o resultado dessa célula, por exemplo com a fórmula SE(A4=0;…), o resultado obtido seria “FALSO” o que induziria em erro.
        Pelo contrário, fazendo o arredondamento do resultado – ARRED(SOMA(A1:A3);2) – já se obteria nessa avaliação “VERDADEIRO”.

    • Ruy Acquaviva says:

      Testei aqui e pude conferir o fato. O excel fornece resposta errada a partir da 15ª casa decimal.
      Claro que isso não desmerece todo o software, mas se fôssemos nos apegar-se a picuinhas, como alguns trolls estão fazendo para tentar desmerecer tudo o que não seja o Microsoft Office, falaríamos o contrário.
      Por curiosidade observe-se que o Calc, do Libre Office, não apresenta esse problema.

      • Sousa Silva says:

        Mesmo até à 14.ª casa decimal o resultado do somatório não é igual a 0.
        Aplicando o seguinte teste lógico ao resultado obtido, SE(A4>=0;”maior ou igual”;”menor”), é devolvido “menor” o que significa que o resultado, independentemente do número de casas decimais com que seja formatado, é menor que 0.

  23. Ruben Amaro says:

    “#1 FreeOffice 2018” Não têm PT-PT, só PT-BR.

  24. Johnson says:

    por acaso não vejo vantagens no MS office.

    O Word é basico, tem macros e tal, ok, mas para escrever textos há melhor, eu na escola não usava Word para fazer os trabalhos, usava um programa de escrever livros, ficava muito mais profissional.

    O Powerpoint já está mais que batido, entendiante como tudo… até o prezi já é entediante. Na escola as minhas apresentações eram feitas em Xmind e Video.

    Excel acho que é o que se aproveita mais dos 4 principais.

    access pior criador de bases de dados que existe. cometes erro na estrutura mais vale apagares a BD e fazeres uma nova, demoras mais tempo a modificar a BD que a criar uma nova.

    mas para criar textos da nhanha e fazer apresentações batidas está mais que apto, até recomendo!

  25. luis says:

    O mal disto tudo é que quando fomos formatados para computadores diseram só há windows e microsoft office

  26. luis says:

    A pouco tempo começei uma nova era , pessoas com mais idade a principiar na informatica , optei por colocar linux mit e a trabalhar com libre office e navegar com o firefox , simples rapido e sem complicações

    • arc says:

      @luis, espero que tenha muito sucesso com a Distribuição Linux Mint. Para quem começa, certamente é uma óptima escolha.
      Qualquer problema, certamente alguém por cá, poderá ajudar.

  27. Marco says:

    No smartphone uso o WPS pois é mais simples e muito rápido que o excel (versão gratuíta para smartphones)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.