Quantcast
PplWare Mobile

Blackberry começou a reduzir o número de funcionários

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Falta-lhes uns equipamentos com um preço mais acessível. Ainda tenho a funcionar um BB 9320.

  2. usermobile says:

    E tão ridícula a forma como escrevem a notícia. Revela um total desconhecimento sobre a marca de os seus contratos. Pensem em contratos com governos e autoridades que não aceitam Android e que está estipulado em contrato a continua manutenção de software do SO. Apenas um exemplo

    • Vítor M. says:

      Não é verdade. Cada vez mais é um mito que há governos que “só” trabalham com BB, isso foi tempo e vemos hoje que a Blackberry não vive do passado, porque o passado não paga contas e sem a loja de aplicações e um ecossistema atractivo, tal como diz na notícia, a marca afunda-se, por isso é importante adoptarem Android ou pelo menos terem um suporte que permita o comércio das apps na sua store.

      Esse seu exemplo está caduco há anos, diria mesmo que morreu com a geração Bold.

      • Santos says:

        Vitor. A velha desculpa da loja de aplicações que falas também ja não se aplica com o OSBB10. Tenho um Passport com a ultima actualização (que contra as noticias do pplware) foi feita a menos de um mês, e faço download de Apps do store da Google. Funcionam todas sem qualquer problema. O BB10 e u único OS que consegues ter Apps de outros OS’s a funcionar. Tenho o melhor de dois mundos. Um OS rapidíssimo, fluido, bem estruturado, com uma vida de bateria de no mínimo dois dias. Ao mesmo tempo posso “brincar” com os apps da Google.
        Agradeço uma noticia Blackberry – Sao raras – Mas quando comentas, por favor pelo menos diz verdades.

        • Vítor M. says:

          Lá está e eu sei que sim. Isso vai ao encontro do que eu disse. E tal como é verdade o que eu disse que estás a confirmar. Não me estás a contar nenhuma novidade, apenas disse que para não morrer a BB teve de abrir o tal cofre de segurança e deixou de ser esse bunker que outrora era tão apreciado pelos governos, por isso quem está enganado és tu, não eu. 😉

          • Santos says:

            Não e uma questão de estar enganado ou não. A segurança continua a ser o trademark da Blackberry. Os factos falam por si. Com os anos que a Blackberry tem nunca ouviste de listas de users a serem distribuídas como ja se viu com outras marcas. Para alem disso, tem produtos de qualidade inigualável.
            Honestamente não compreendo o porque de tanta negatividade com a Blackberry. Especialmente aqui no PPLWare. Quando vejo uma noticia BB e sempre negativa. Existem novidades e muitas são positivas, porque também não publicar essas. Vejo por vezes noticias de outras marcas que nem sequer são noticias pois o seu conteúdo e meramente especulativo, mas são publicadas so mesmo para expor o nome e a marca. Compreendo que tenham que satisfazer a vossa maioria de leitores e dar-lhes o que eles querem ver e ler, porem, jornalismo serio não e “biased” mas acho que posso afirmar com toda a certeza que aqui no PPLWare vocês são negativamente biased com a Blackberry.

          • Vítor M. says:

            Santos é dos teus olhos sabes. Até porque se te desses ao trabalho de pesquisar em vez de ser “má lingua”, verias que trabalhamos desde há muitos anos com os equipamentosda BB, se não fazemos mais é porque a própria marca começou a abandonar o país e acima de tudo, a aposta no online.

            Dou-te como exemplos porque não quero fazer como tu “falar à toa”.

            Em 2009 começamos a postar mais forte em notícias e equipamentos BB: Análise: BlackBerry Storm 9500
            Em 2009 nsaíram vários artigos a falar das novidades do sistema operativo e as reprcuções da nossa análise foram muito boas. Estava em alta o BB

            Em 2010 há vários artigos e voltamos a analisar um equipamento que na altura estava em alta: Análise: BlackBerry Storm 2 (9520)
            Em 2010 também seguíamos de perto os dispositivos da marca canadiana e informamos quando a RIM anunciava o Tablet BlackBerry Playbook.
            Mais uma vez foi um teste importante e a BB apostava, inclusive estava a crescer. Há depois vários artigos sobre a “vida” da empresa na altura.

            Em 2011 e porque continuamos a seguir a BB e a BB mantinha um contacto estreito connosco, analisamos o BlackBerry Bold 9700. Fantástica máquina, foi um excelente feedback do mercado ao artigo.
            Em 2011 falámos igualmente do mercado da BB e demos a conhecer outros produtos, como o BlackBerry Music – Um novo serviço da RIM. Depois há vários outros igualmente interessantes.

            Em 2012 mais uma vez demos conta da saúde da empresa e falámos do software, como por exemplo do BlackBerry PlayBook OS 2.1. Há depois notícias sobre posições da empresa no mercado global, entre outras.
            Em 2012 ainda demos a conhecer um facto muito interessante, escrevemos que o BlackBerry 10 chegaria a 30 de Janeiro de 2013. Falámos igualmente de outros produtos, como pode procurar no site. Era uma presença constante em 2012 também.

            Em 2013 demos conta de uma notícia que varria o mundo da segurança: A polícia já consegue quebrar a segurança dos BlackBerry. Era a constante tentativa, tal como hoje vemos nos outros sistema operativos, de hipotecar a segurança do sistema.
            Em 2013 falámos muito no BB 10. Deixamos artigos interessantes como este: Quer testar o BlackBerry 10 no seu telefone actual?
            Em 2013 falámos igualmente do BlackBerry Z10 que testamos e fizemos vários artigos, como este: 10 apps para instalar no BlackBerry Z10 e mais este que foi excelente também: 10 truques e dicas para o BlackBerry Z10. Ambos os artigos tiveram mais de 20 mil visitas em 24 horas.
            Em 2013 também fizemos bons guias para BB, como este: BlackBerry para Mac – Gestão do BlackBerry no Mac OS X.

            Em 2014 foi, provavelmente, o ano que mais se falou de BlackBerry: Blackberry anunciou o Assistant, o seu assistente virtual pessoal. Depois mais aqui, aqui, aqui, aqui e aqui. Além destes artigos há muitos outros, uns que já falavam nos problemas da empresa, outros em possíveis aquisições da marca por outros players do mercado e ainda os novos lançamentos de produtos. Falámos sobre praticamente tudo que disse respeito à empresa.

            Em 2015 voltamos a apostar bastante na BlackBerry mas a esta altura a empresa já não queria nada com o mercado nacional, praticamente os operadores móveis não tinham nos seus catálogos nenhuma oferta relevante. Mas nós falámos, dissemos logo ao abrir o ano que: BlackBerry apresentou o BB 10 e 2 novos telefones, referimos também que BlackBerry OS 10.3.1 disponível e traz aplicações Android, falámos ainda que o BlackBerry Venice existe mesmo e já pode ser visto em vídeo e muitos mais.
            Em 2015 foi uma notícia importante e nós referimos isso: BlackBerry confirma lançamento do seu smartphone com Android.

            Em 2016 a marca praticamente não quer saber do nosso mercado, não tem interesse em disponibilizar equipamentos e agencia em Portugal, acho eu, que já nem tem. O ano no mundo iniciou com uma notícia importante: BlackBerry vai matar o seu BBOS 10 em 2016 mas ainda assim são casos que vão ficando por perceber, dada a incerteza do próprio mercado da Blackberry.

            Portanto, estamos a começar mais um ano e não vejo essa tua verdade “fabricada”. Vejo sim tal como em qualquer outra marca, uma dedicação profunda, apenas não há mais porque a marca abandonou o mercado português, mas isso a culpa não é nossa, nós ajudamos a empresa a vender milhares de dispositivos, milhares meu caro!!!

            Quem não é sério és tu, mas isso há coisas que vêm do berço.

          • LP says:

            A verdade é que todas as conclusões e suspeições do artigo são do Pedro Simões e nos comentários, suas…
            A BlackBerry tinha em Nov. de 2015, 6225 empregados e agora saíram cerca de 200 de duas localizações.
            Como sabe a BlackBerry adquiriu ao longo do ultimo ano algumas empresas! Será que os empregados que saíram não foram em cargos nos quais os novos se sobrepuseram?! Quem disse que estavam ligados ao BB10?! Ninguém, excepto alguns “Techblogs” com “interesses instalados”.
            Informar é bom quando se sabe do que se está a falar, e não repetir o que sites que têm “agendas próprias” escrevem!

          • Vítor M. says:

            Quais interesses instalados?

    • JBM says:

      manutenção do software não significa o desenvolvimento de novas versões e novos aparelhos. Manutenção é para resolver bugs e problemas de segurança das versões existentes.

  3. ze says:

    Android sem duvida. Mas nao ficava mal um w10 mobile num BB

  4. Jesus jones says:

    Quando vai ser o enterro

  5. Toderici says:

    Eu por acaso queria muito um passport ou o novo slider que eles tem, mas o problema vai sempre ao mesmo o preço é demasiado elevado. Veremos um lumia 950, também saiu com um preço elevado mas isso tudo porque eles em tempo de1-2 meses descem o preço e descem muito, enquanto BB…

  6. Mario says:

    Quanto ao abandono do BB10 sao sO especulacoes.

  7. Agostinho Silva says:

    O BB Priv está com muitos problemas no Canadá… Eu espero sinceramente que o BB10 não desapareça… é uma lufada de ar fresco. Já tive Samsungs Note, Lumias, e Iphones…. Agora tenho BB Passport e Leap…. e não quero outro S.O.!

  8. lmx says:

    A BB está em faze de adaptação, e a cada ano que vão acabando contratos com estados/empresas, a realidade muda, mas isso já esta previsto pelo menos desde 2013, não é novidade..

    O problema quanto a mim está no facto de a BB andar a comprar empresas que num um doido, tem comprado mais que a aApple e a Google, não ha dinheiro que aguente!!

    Teem que parar com as compras, e seguir a estratégia que esta mais que delineada, o preço dos equipamentos é caro, é um facto, a BB não é para pobres, apesar de ja haver equipamentos em conta..

    No entanto considero que produzir equipamentos no continente Americano como o meu, não sai barato!!
    Dizem que é sinonimo de qualidade e que assim é mais difícil roubarem a tecnologia, …epah, mas a malta quando compra olha o preço,mais de 600 euros por um equipamento telefónico, é muito, é o meu patamar, acima disso, nem pensar!!
    Agora a qualidade paga-se , e é cara!!
    Não troco o meu BB10 por nenhum android ou ios!So quem tem é que sabe!

    Android tenho um …na gaveta, não é mau, permite muita coisa, e se não for o da google ainda melhor, mas BB10 é outra fruta, se fosse comprar android compraria a 250 euros máximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.