Quantcast
PplWare Mobile

MIUI 12.5 já começou a chegar aos primeiros 27 smartphones da Xiaomi

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Bruno Ferreira says:

    e o redmi note 8 pro?

  2. Filipe says:

    A versão final é esperada que seja distribuída pelos modelos da lista a começar em Abril.

  3. Godinho says:

    Comprei pela primeira vez o meu primeiro xiaomi. Comprei por curiosidade e porque lia aqui e ali que a xiaomi estava constantemente a lançar updates, etc. Afinal de contas, comprei um modelo lançado este ano(xiaomi mi note 10 lite) e está preso na miui 11. Pelo que percebo, todos esses updates que tanto se fala que a xiaomi está sempre a lançar, são updates que teem que ser instalados manualmente, correndo riscos, não se trata de updates via ota, muitos menos estáveis. Alguém me corrija se estou enganado. Conclusão a que chego, tanto se fala de outras marcas, que tardam em atualizar os seus aparelhos, afinal a xiaomi é igual. Tenho plena noção que comprei um aparelho de média gama, mas poderia ao menos já estar na miui 12 e corrigir alguns bugs irritantes que tenho na miui 11.

    • A. M. says:

      Tenho a ideia de que os updates que falas vêem sempre via OTA. Só que por essa via podem demorar mais tempo a chegar. Alguns não aguentam a espera e arriscam instalar manualmente, mas se souberem bem o que estão a fazer, ou seja bem informados, também não devem ter grandes problemas!!

      • Godinho says:

        O que me xateia mais é mesmo alguns bugs que tenho na miui 11, qiue gostava de ver resolvidos. Por exemplo a conexão Bluetooth está constantemente a cair, tenho um smartwatch e por vezes chega a estar lado a lado com o telefone e a conexão cai simplesmente e volta a conectar quando bem lhe abetece. As notificações do messenger nem sempre chegam. A maior parte das vezes só vejo que tenho mensagens no messenger porque abro a app e então cai todas as novas conversas. E mais algumas coisas, mas estas são um pouco irritantes. Vinha de um antigo topo de gama da LG (LG G6), embora a LG não fosse um exemplo no que toca a rapidez de updates, este tipo de situações nunca me aconteceu.

        • José Carlos da Silva says:

          A MIUI tem um sistema de gestão de bateria muito bom – por vezes até bom demais, que leva a que as aplicações que consomem muito sejam “hibernadas”. Pode ser esse o caso. Se assim for, basta alterar as definições nessa aplicação em particular.

    • Galo says:

      Godinho,

      a Xiaomi tem vários niveis de updates. De versao android, de versaõ de MIUI, de correções de segurança e de ferramentas/app nativas do sistema.
      A frequencia das atualizações aumenta de acordo com a ordem que escrevi. Por exemplo, em pouco mais de 1,5 anos, recebi um update de Android, 2 de versão MIUI, várias de segurança, e muito frequentemente recebo de ferramentas/app nativas do sistema.
      Todos estes updates são OTA. E são para quem usa versão “stable” que é aquela que vem quando compras o telemovel.

      Por exemplo, no meu primeiro telemóvel da marca, eu coloquei uma versão developer e recebia autalizações de 7 em 7 dias, ou de 15 em 15 dias.

      • Godinho says:

        Galo, compreendi e desconhecia que assim fosse. Obrigado pela explicação. Eu estou no Android 10, miui 11.0.4. Não sei se a miui 12 é baseada já no Android 11. Por acaso update de apps nativas já recebi uma vez ou duas. Gostava apenas de ver resolvido alguns bugs, como os que referi acima. Não me importo de estar no Android 10, gostaria apenas que não existissem estes bugs irritantes. Por exemplo as estatísticas da bateria são completamente maradas também, ainda nunca consegui ver com precisão qual o tempo de ecrã que consigo fazer com uma carga, por exemplo. Há pequenos bugs que considerava serem normais à 4 ou 5 anos atrás, quando o sistema Android e as interfaces ainda não estavam bem polidas. Ao dia de hoje, encontro pequenos bugs na miui que já deveriam estar mais que resolvidos.

      • Godinho says:

        Galo, de facto parece ter uma vendor rom. Mas isso é estranho, como pode o telefone ter uma vendor rom, se é livre de operador e nao tem qualquer ligação à vodafone? Foi comprado numa loja completamente alheia à vodafone e o telefone é livre de operador. De facto o meu operador é a vodafone, mas o telefone nada tem a ver com a vodafone. Tenho por habito só comprar aparelhos desbloqueados, mesmo para ter updates mais rápidos.

    • José Correia says:

      Vou no meu terceiro equipamento Xiaomi, Mi9T, Poco X3 e agora o Mi Note 10 lite e este já com a miui 12. Todos eles até agora receberam as actualizações via OTA e semproblemas…

      • Godinho says:

        Como é possível, eu tenho o Mi note 10 lite e miui 12 nem sinal dela….

        • helder says:

          algo estranho se passa aí, o mi note 10 lite já saiu a versão miui12

          • Godinho says:

            helder, não sei. Como disse tenho o mi note 10 lite (6gb/128gb), versão global, desbloqueado, e cada vez que procuro novas atualizações via OTA, diz sempre que se encontra atualizado. Está na miui 11.0.4. Sei que as atualizações são lançadas por lotes, mas acho estranho, há noticias já de Setembro, Outubro, a dizer que a miui 12 estava a chegar ao Mi note 10 lite.

          • Godinho says:

            De facto agora que estive aqui a ver qual a versão da miui que tenho, é a versão 11.0.4.0 QFNEUVF. Em fóruns internacionais fazem referência que esta versão é uma rom/versão da Vodafone, daí demorar mais a atualizar. Como é isso possível, se o smartphone que tenho em mãos é livre de operador?

          • Galo says:

            Godinho, pois pode ser disso. Tens um “vendor rom”. Elas demoram mais a receber updates porque dependem de costumizações da operadora…Infelizmente, na maior parte dos casos o cliente não sabe disto, e dá “má fama” á marca do equipamento, que não tem culpa nenhuma.

            Se não quiseres aguardar, e te sentires confortável para tal, o melhor será instalares a global rom da xiaomi. Há tutoriais na web.

    • Horácio says:

      Estranho… Tenho também o Mi Note 10 Lite e já tenho a Miui 12 há algum tempo e foi actualizado quando me apareceu a actualização no aparelho. Não forcei nada. Será k é por ser em Portugal???…

      • Godinho says:

        Horácio, de facto não sei. Até ao momento nada de miui 12. Recebi apenas patch de segurança de 1 de Dezembro 2020, foi a única atualização que tive até ao momento.

    • Hugo says:

      Podes mudar a região para a Índia . Porque mi note lite já tem a versão 12:p não faz mal mudar a região, só temos updates mais rápidos da versão global e som mais alto boa auscultadores. Lg

      • Godinho says:

        O que acontece se mudar a região para a Índia? Vou receber o update da miui 12? Se isso acontece-se, mudava a regiao, atualizava e voltava a pôr Portugal.

  4. Jonny says:

    O meu Redmi 5 Plus aind nem saiu a MIUI 12 é bem possível que nem saia pois o Redmi 5 Note já saiu a versão 12

  5. Joao says:

    Precisava era de meterem a função de esim no xiaomi mi 10 isso sim

  6. Aline says:

    Eu tenho 8 lite e tenho miui 12, vai ter que pesquisar.. Eu tive que ajuda, xq não tinha e consegui

  7. Paulo Pimenta says:

    Sou um admirador dos telemóveis da Xiaomi mas cada vez mais estou a ficar desiludido com as atualizações. Tenho um Redmi 9 e não ouço falar em atualizações tristeza

  8. Celso says:

    No meu mi10t pro já recebi imensas desde que o comprei

  9. Carbonato de Sódio says:

    Falou-se, e eu pesquiso sobre o tema com alguma frequência, que vários dispositivos entre os quais o Mi 9 iriam receber esta versão (MIUI 12.5) e eventualmente o Android 11. Pois há alguns minutos o meu Mi 9 recebeu não a MIUI 12.5 como largamente anunciado, mas sim a MIUI 12.0.4.0.QFAEUXM, ou seja, MIUI 12 mantendo-se no Android 10, mas com a seguinte particularidade: “actualização do patch de segurança do Android JANEIRO – JULHO 2021”. Ou seja, este modelo acabou de receber a última actualização de sistema operativo e pack de personalização e parou no tempo por aqui.
    Não é a primeira vez que tal acontece em termos de dispositivos da marca, já aconteceu há algum tempo com o Redmi Note 4, levando-me a suspeitar quer para além da (infelizmente) habitual especulação que prolifera na net há informação emanada da própria marca que de um momento para o outro (coincidente com a idade de cada modelo) a informação disponibilizada deixa de ser verdadeira. Para mim acaba no entanto por se tornar irrelevante uma vez que logo que tiver possibilidade de trocar de telemóvel terei que sacrificar a componente monetária e procurar um dispositivo de uma marca idónea.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.