PplWare Mobile

Não deixe que o Messenger do Facebook o espie no Android


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. pedro says:

    entao quando descobrirem que o facebook ate guarda os vossos sms e as vossas chamadas…..

    android… a explorar users desde 2008

    • Lumia 640 XL says:

      Contactos, localização – mesmo que desliguem a localização e gps -, o que pesquisam, a quem ligam e quantas vezes, etc..
      Ha tanto tempo que fazem isto e ninguém reparou nisto?
      Deviam era ter começado pela Google e so depois o Facebook.

      • AiOGajo says:

        A Google é muito pior que o Facebook…

      • Enfim says:

        Exacto…
        Entao pega e paga bem e aproveita para seres espionado na mesma… ou a tua memoria e curta e ja te esqueceste que apple rastreava os users mesmo com a opcao desativada?
        A Google sabes isso leite te dizem e pagas a eles assim, mas e empresas como a Apple? Já não pagas o suficiente no equipamento+acessorios+itunes+apple music, etc? Deviam era comecar por esses…

    • Joel Reis says:

      O Facebook… Partilhar em tempo real a nossa localização com fotos e tudo, com quem estamos e o que estamos a fazer, está tudo bem, guardar dados para caracterizar os utilizadores… É o pânico! A falta de privacidade! #deleteFacebook

  2. Pedro Fernandes says:

    Eu já algum tempo desinstalei o Messenger e passei a usar o Disa.
    Claro que perco algumas funcionalidades, para para o que necessito dele, serve perfeitamente.

  3. Toni da Adega says:

    O pessoal deu autorização ao Facebook para aceder aos seu dados pessoais é óbvio que o Facebook tem os dados. Foi-lhe dada autorização para poder fazer isso.

    Um dia vai-se a descobrir que o True Caller tem acesso a toda a tua lista telefónica e registo de chamadas telefónicas

  4. José Canastro says:

    Até me admira vocês ainda não terem escrito nada sobre a Xiaomi estar prestes a entrar oficialmente em Portugal.

    • Vítor M. says:

      Porque “ainda” não é verdade. Pode vir a ser, mas para já, e temos informações de “dentro da empresa”, ainda não é verdade. Além disso, quem trouxe a Xiaomi para Portugal foi o Pplware, lá atrás há muitos anos, quando ainda ninguém conhecia a Xiaomi, como tal, toda essa informação só é relevante quando foi oficialmente confirmada a veracidade, isto porque conhecemos o caminho feito pela empresa e a forma como normalmente trata certos assuntos 😉 . A par disso, tudo o que se fala dos registos no INPI não são mais que a tentativa da marca para acabar com certos abusos (poderemos ver em breve até ações da marca ao nível judicial por aproveitamento ilícito de marca ou imagem). A empresa já fez o mesmo em vários outros países e isso à altura não significou em nada a entrada da marca nesses mercados.

      Por isso, vamos ver como se desenrola o processo, mas as informações que temos 😉 ainda não são de que a marca entrará oficialmente e por conta própria em Portugal.

  5. carlos p says:

    tanto filme por causa do facebook. tanto ódio por causa do facebook…. desliguem a internet se não sentem seguros. e fica assunto arraumado

  6. Bruno Martins says:

    Eu acho uma piada a alguns comentários que por aqui se lêem.
    Primeiro o Messenger não é exclusivo para Android por isso o IOS provavelmente também sofre do mesmo problema.
    Segundo se as pessoas simplesmente aceitam tudo sem ler e nem pretendem saber o que determinada aplicação faz, por isso a é culpa delas(as pessoas).
    Terceiro Google, Facebook, Twitter, etc disponibilizam serviços gratuitamente a generalidade dos seus utilizadores sendo que esses serviços têm de ser suportados por hardware, electricidade, etc que têm custos. Sendo que o utilizador comum não paga por esses serviços as empresas têm de ir buscar rendimento a algum lado o que faz da publicidade a fonte de rendimento. A publicidade tem de ser dirigida e objectiva para que cative o utilizador e para isso é necessário saber do que este gosta.
    Se não querem ser “espiados” não usem os serviços ou paguem por eles.
    Quarto problemas de segurança existem em todas as plataformas a diferença é que para algumas é um problema para outras a maquina de lavagem cerebral (marketing) fazem os iGnorantes acreditarem que a falha é na realidade uma “feature”.
    Quinto, toda a gente sabe que, por exemplo, é possível ao nosso governo cruzar informação e saber a marca de preservativos que usam, de que tamanho, sabor etc e entretanto não vejo ninguém a preocupar-se com isso.

    Se não querem que se saiba nada sobre vocês se calhar é melhor matarem-se. Afinal se mandarem uma sms nem que seja de um velhinho nokia a mesma vai ficar armazenada nos servidores do vosso operador móvel.
    Se enviaram uma carta é possível que a mesma até possa ser aberta.
    Se calhar é melhor usarem sinais de fumo (mesmo assim toda a gente vai ver)
    Um encontro com o destinatário, se calhar há alguém por perto a ouvir ou algum aparelho apontado a vocês a ouvir/ver.

  7. Márcio Mendonça says:

    E com outros apps? Por exemplo, uso atualmente o Friendly para acessar o facebook. Será que ele me “rouba” tanto quanto o messenger do facebook?

  8. Arkan says:

    quando usava ele so tinha permissao a microfone…só! ja vi casos no xda de usarem a camera pelo messenger sem permissao

  9. Flavio says:

    Isso so funciona em Android 6 ou superior, correto?
    Com o 5.1 não tem como desligar…

    E mesmo no 6, temos que dar a permissão ao instalar, correto? Pelo que podem logo fazer coleta.

  10. Luciano says:

    Nada é seguro mesmo a propria segurança não é segura.

  11. Tiago Amaral says:

    Não entendo o porquê de tanto escândalo. notícia seria descobrir que o Facebook armazena os dados só temporariamente é que o Facebook sendo uma empresa privada não procura lucros e que quer contribuir para a acção social. Eu sempre tive noção disso. E vou continuar a usar o Facebook.

  12. José Tapadinhas says:

    Temos de ter cada dia mais cuidado

  13. Marco says:

    andam todos preocupados com o Facebook ter acesso à lista de chamadas e sms, mas depois usam o fb messenger, instagram (mensagens) e whatsApp que pertencem ao facebook.
    Se estão assim tão preocupados com o FB então apaguem a vossa conta do FB, do Instagram e deixem de usar o WhatsApp. E o vosso problema fica resolvido.

    Mais uma vez se vcs não pagam por um serviço, então vocês são o produto e qd se diz vcs diz-se as vossas informações. Não há almoços de borla.

  14. Joao Ptt says:

    Na verdade não aparenta existir nenhuma rede social, aplicação de mensagens/ chamas/ video-chamadas realmente segura e privada, têm todas defeitos/ limitações em algum nível. No final do dia: não há almoços grátis… simplesmente a legislação não o permitem na maior parte dos casos, e mesmo que o permitisse prestar um serviço a potencialmente milhares de milhões têm custos e ou são o comprador ou o produto… na maior parte das vezes ambos! É por isto que tenho sempre receio de serviços de Internet e similares demasiado baratos… porque se não tiverem muito lucro através da vossa carteira vão tentar arranjar através de um qualquer outro esquema menos leal/ correcto… quando não mesmo ilegal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.