Quantcast
PplWare Mobile

Se pagar pelas contas partilhadas na Netflix, vai deixar o serviço?

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Hugo Cunha says:

    Já chega de gozar com os clientes… se vão pedir mais por um serviço que já está caro em relação a toda a concorrência não tenho dúvida nenhuma de que é o passo a seguir assim que o peçam.

    • TheRealTruth says:

      Assim que o peçam? Vão introduzir e nem vais notar obviamente não são burros.
      Alguém aqui que me venha contra argumentar, como é que a Netflix pode comprovar que as casas em que uso Netflix são minhas ou não? Como pode comprovar se são partilhadas ou não?

      As tantas tenho que ter netflix só na casa de banho para garantir que só vai la 1 de cada vez..
      É por isso que saem a perder! É cada tiro no pé que nem digo mais.

  2. Eskiso says:

    A questão é que já se paga para partilhar a conta:
    Basic: ✓ Watch on 1 supported device at a time
    Stand: ✓ Watch on 2 supported devices at a time
    Premium: ✓ Watch on 4 supported devices at a time
    Onde está o “device” não deveria interessar, mas pronto.

    • Ifm says:

      Óbvio e para estar com gambiarras de VPN, etc para enganar o sistema da Netflix.

      Mais vale ir logo para a pirataria, e hoje em dia existem dezenas de opções altamente.
      Uma box android resolve o problema, funciona igual ao Netflix, mas com mais conteúdo.

      Para ver TV sem ser com IPTV, procurem CCcam no Google.

      Sai baratissimo, e tens os canais todos.
      Por 10€ anos consegues comprar 4 servidores independentes, com 8pontoe de acesso cada.

      Isso partilhado com outras 4 pessoais nem 3€ anos chega.
      Quando um servidor está em baixo, ainda tens outros 3.

      Comprem é servidores de países diferentes, há sempre um ou 2 que não são agarrados a obrigados a fechar

  3. Pedro says:

    Portanto: eu compro uma pizza… e na pizzaria perguntam se eu vou comer sozinho, vou dividir com as pessoas de casa, ou vou convidar amigos de fora pra comer. Eu digo que convidei uns amigos pra comer pizza comigo, e na pizzaria respondem: então a pizza vai ter uma taxa extra. Isto é ridículo , então eu como do o da conta pago o tarifário máximo pra ter 4 “ecrans” e não posso dividir com quem quero?! Vão gamar outro….

    • David Guerreiro says:

      Essa comparação é ridícula. Quer comparar de forma correta, é comprar um bilhete de cinema e levar a namorada, e porque ela fica no seu colo já não precisa pagar por outro bilhete, já que não ocupa outro assento.

      • Rui says:

        não é bem assim eu subscreve uma serviço que tem direito a 2 ecras ao mesmo tempo o que é que interessa onde é que está cada um ? se a minha namorada estiver em casa a ver eu se for viagar em trabalho já não posso ver ? quando subscrevi 2 ecras? sinceramente parece-me bastante dificil de eles validarem isso

        • Luis Henrique Silva says:

          Claro que conseguem validar isso, só que querem enganar o pessoal de deixarem-se cair….

          • Rui says:

            como é que podem validar uma coisa destas ? deve ser como o spotify tentou validar pede uma morada e pronto todos os que usam a conta basta meterem a mesma morada até pode ser rua da hortelã

      • Rui Santos says:

        Não, ele comprou 4 lugares já, mas o dono do cinema quer escolher quem se pode sentar lá…

        Vai correr tão bem. Ou nunca vão seguir com isso ou vão sair tanta gente… Netflix 4K é 200€ ano, nem dá para ter opção de 4K com 2 ou 2 acessos

        Paguem acho bem, eu com os 200€ meti todos os concorrentes e um belo TorrentFlix para o resto

  4. Jacinto Rego says:

    Já deixei e ainda nem começaram a cobrar, voltei à Pirataria e cada vez esta melhor. Mais qualidade de imagem, saca-se um 4K em menos de nada e é a serio e não UHD Netflix. Maravilha.

  5. Leoni says:

    Deveria haver um plano de uma tela 4K

  6. Telmo Pacheco says:

    Sem duvida nenhuma!
    Irei sair da Netflix.

  7. Yamahia says:

    Que raoi de pergunta. Tenho conta partilhada e já pago um valor superior às outras opções individualmente. Claro que se vierem com aumentos vão de vela.

  8. B@rão Vermelho says:

    Até 5€, por pessoa acho que vale, mais que isso vamos ver na pirataria, a minha avó sempre dizia quem tudo quer tudo perde

    • David Guerreiro says:

      É preciso ver que a Netflix tem custos, e não é por fazer barato que vai conseguir manter as operações. Se as receitas não são as expectáveis, é preciso tomar decisões difíceis. Isso foi tudo estudado, eles sabem que há quem desista, mas a maioria não irá desistir, até porque nem todos os países têm o poder de compra dos portugueses, que é miserável. Para outros europeus e norte-americanos com rendimentos bons, os aumentos da Netflix são trocos.

      • Pois says:

        Vamos ver se são assim tão trocos quanto isso no entender dos clientes.

      • Vitor Tavares says:

        Realmente nos outros Países são TODOS uns “mãos largas” que não têm consciência do que o dinheiro custa a ganhar…só em Portugal somos uns “unhas de fome” que não ganhamos para a sopinha diária!

        • David Guerreiro says:

          A questão não é essa. Um aumento na mensalidade custa bem mais a quem ganha 800€ do que alguém que ganha 3000€…

          • Vitor Tavares says:

            Isso é verdade mas…se o “tipo lá de fora” que ganha 3 ou 4 Mil Euros por mês fizer uma “vida à Português” no País onde trabalha é (quase) a mesma coisa que ganhar os 800 ou 900 Euros que ganharia aqui. O “Portuga” não dispensa uma bica a seguir a cada refeição mesmo que seja uma sandes e lá por fora não existe País onde a bica custe 65/70 cent…nem existem “imperiais” a menos de 1€! Portanto embora eu reconheça (nunca fui patrão) que em Portugal os vencimentos são baixos…também sei (trabalhei dezenas de anos fora de Portugal) que temos um bom poder de adaptação e somos o “povo do desenrrasca”! Achamos sempre uma solução para tudo…e se algum dia for descoberto um “remédio pra a morte” vai ser um Português a inventá-lo!

  9. David Guerreiro says:

    Nunca paguei por nenhum de streaming e vejo todas as séries que me interessam tanto da Netflix, como HBO, Disney, etc. A única subscrição que pago é o Amazon Prime, mas não é pelos filmes/séries, mas sim pelos benefícios na própria Amazon. Por mim a Netflix até pode cobrar 50€ por mês, é igual ao litro.

  10. TheRealTruth says:

    Sim obviamente, eu pago a conta é minha. Esta pago desde quando a netflix sabe se a outra casa é minha ou não é? Não sabe obviamente e não venham defender. Por mim deixo de pagar e muita gente vai fazer-lo.

    E a netflix vai ser obrigada a repensar nisso..

  11. Dinis says:

    Eu gostava de um esclarecimento: a minha mãe tem 2 casas. A que habita e uma de férias/fim de semana. Vai ter que ter 2 contas? E vamos poder de deixar ver na rua num telemóvel? Ou vai se deixar de poder estarem 2 pessoas ao mesmo tempo?

  12. R says:

    Ainda estou para ver como é que vão implementar a proibição de partilha…

  13. Carlos Fernandes says:

    Pobretv

  14. secalharya says:

    Netflix and Chill foi bom enquanto durou.

  15. V. Afonso says:

    Começou a perder quando o iluminado que decidiu em meter jogos numa plataforma de filmes.
    o mesmo passa com o iluminado que tinha uma empresa de carros e decidiu comprar também uma rede social.
    Não encaixa uma coisa na outra, e algo tem de ir mal

    • Gonçalo says:

      primeiro nada tem a ver o netflix de certeza que nao perde utilizadores porque tem jogos ahah, e o que tem um gajo ter uma rede social e uma empresa de carros ? antes da rede social já tinha uma empresa espacial uma de tuneis e 2 ou 3 de IA

  16. Angelo says:

    Não sei se ter mais que um utilizador é o mesmo que ter contas partilhadas. Penso que partilhar com membros da família que moram na mesma casa, não faz parte do tipo de utilização extra que a Netflix quer cobrar. Por isso votei não, porque não me afeta.

    Mas se afetasse, simplesmente mantinha a conta existente e deixava de partilhar.

    • TheRealTruth says:

      Então permite-me chamar de “burro” porque como é que a Netflix controla as tuas casas e de quem são as casas em que estas? Podem ser todas tuas e agora, não podes usar é? Vão alegar que andas a partilhar? E se tiveres 5 casas e só usares nela.

      Nos termos de serviço e politica de privacidade esta descrito estes pontos em outras palavras, podem te terminar a conta quando bem lhes apetecer.

      Tu só papas o que eles dizem na comunicação social da netflix, porque o que diz nos termos de serviço é completamente o contrário.

      Anyway, eles ganham de ti e riem-se de ti. E sabes que mais? Não podes fazer nada, continuas a pagar e eles a riem-se, só se deres boicote e deixares de pagar.

      Elucida-me onde é que a Netflix pode comprovar que a casa dos dispositivos é de outras pessoas e não do utilizador da conta? Mostra, vão exigir o quê? Comprovação bancária? Comprovação de habitação? Contas de luz, gas e água? Só para garantir que és tu?

      TheRealPain esta foi mesmo certeira…

      • Angelo says:

        Pode-se usar em mais que um aparelho. Podem saber se está a ser utilizado em mais que um local, pelo IP, por exemplo. E têm informação do hardware utilizado: um telemóvel é mais expectável ser usado fora de casa. Uma TV já não tanto, já estamos a falar de dois locais estáticos diferentes.

        Quando aplicarem novas tarifas, também irão alterar os termos de utilização. Por exemplo, se você for cliente da Meo/Vodafone/Zon e tiver duas casas, você paga duas mensalidades e não bufa. Com a Netflix, provavelmente vai ser o mesmo. Não interessa se é a mesma pessoa ou pessoas diferentes a utilizar a conta em sítios diferentes.

        Seja como for, há que esperar para ver o que a Netflix vai fazer, quais serão os novos termos, para ver se vale a pena ou não. Eu sei que não vou pagar nada extra ao que já estou a pagar. E acredito que a Netflix apenas quer parar com os abusos de partilhas de contas: uma coisa é a filha usar no tablet dela… Outra é o amigo ter a nossa password e dividirmos a mensalidade, por exemplo…

  17. TugAzeiteiro says:

    Em pleno ano de recessão económica a NetFlix fazer tal ação, tenho curiosidade para daqui a um ano, ver a apresentação de resultados do ano 2023…

  18. Tiago says:

    A mim não me importa. Não me levem a mal, mas estava a pagar metade da Netflix com a namorada. Terminou a relação e apesar de ter pago metade do mês, trocou a senha de acesso. Fiquei sem Netflix.

  19. Reis says:

    O que eu já me ri com os mais de 90% das pessoas que dizem que vão sair ! Lembrei-me desta letra: “ Toda a gente critica / Toda a gente tem muita pica, / Mas é na mesa do café que toda a ação fica”. Típicos portugueses cheios de garganta que sem saber se vai aumentar 50 cêntimos ou 50 euros “já decidiram”. Por outro lado vão levar com os aumentos dos operadores, que pode chegar aos 7,8%, vão protestar na tal mesa do café mas vão continuar a pagar . Enfim. Eu vejo isto como um negócio : quem pode , paga, quem não pode, sai fora … E com isto também eu não sei se vou desistir ou não : vai depender dos preços e das condições pois este ano que passou estive num hospital durante mais de um mês e coloquei Netflix na tv de lá, a minha conta (ou a parte que pago da conta ), e se me disserem que não o poderei fazer , tenho algumas dúvidas de que vá continuar… mas isso digo com coisas concretas que sei que utilizo , não com valores eventuais ou coisas que ainda não se sabem …

  20. KeyboardWarrior says:

    Se eu ganhasse um euro por cada comentário a dizer que vão cancelar a Netflix……

  21. Antonio Costa says:

    Raspberry + WD Red + Plex + Sonarr + Radarr 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.