PplWare Mobile

Yoyo: “Papa reformas” elétrico impresso a 3D por apenas 7.995 euros


Autor: Pedro Pinto


  1. TugAzeiteiro says:

    Até parecia interessante… design porreiro e tal… autonomia de 150km’s com 9,2kwh… ok para o tamanho do carro até dá para perceber… mas quando li que a velocidade máxima era de 70kmh…… mesmo para cidade é pouco! Até uma moto 125cc anda mais… e quem anda de moto sabe bem que é necessário mais velocidade para não se correr certos perigos! Não é por aqui o caminho… pelo menos 100kmh!

    • Azeitador says:

      200km/h devia ser a velocidade que todos os carros de cidade devem atingir.
      Na minha triste e insignificante opinião, carros de cidade só precisam de cumprir os limites de velocidade das cidades (50km/h) e dos limites urbanos.

      • TugAzeiteiro says:

        Por ex. diz-me lá onde é que na 2ª Circular em Lisboa o limite é 50km/h? Ou na marginal… Ao menos tens idade para ter carta ou já conduzis-te? Pois… não me parece…. ou então apenas estás a ver a santa terrinha onde aí sim há limites até inferiores a 50km/h e acho muito bem que se cumpre para segurança de todos! Agora não ter um carro ou moto capas de ultrapassar os 70kmh… para mim é um perigo, mas quem andou por ex. em uma moto 50cc ou 125cc sabe bem do que falo!

        • Azeitador says:

          Prefiro nem ter de conduzir em Lisboa… cada Azeiteiro nesse fim de mundo que até mete dó de ver.
          Mas tu é que apitas, fazes bip bip.

          • Ricardo says:

            Em cidade o que interessa é a aceleração e travagem.. Mania de querer que um veículo faça aquilo para o qual não foi concebido.

    • Realista says:

      Para 125cc é equivalente a 11kwh, este tem 9.2kwh…

      No entanto o público alvo deste quadriciclo deve ser os jovens com 16 anos e idosos, onde é necessário carta de condução.

    • Filipe Coelho says:

      Os “Papa reformas” não dão mais que 70kmh também :/

  2. zacarias says:

    impressão 3d?? mas esta gente deixou de saber usar moldes??

    • golo says:

      os moldes é coisa do passado, com as Impressoras 3D conseguem logo fazer a peça como pretendem, e alterar e fazer uma nova e montar logo.

      as impressoras 3D já existem em dimenções consideraveis para conseguir imprimir uma viatura ou outra coisa qualquer em tamanho real.

      é o futuro.

    • Realista says:

      Pois, mas fazer um molde para uma peça com 20 cms custa à vontade €5000…

      A não ser que tenhas economias de escala suficiente, não te compensa.
      Assim a impressão 3D é um caminho viável devido à multiplicidade de formas que podes obter sem necessitar de novo investimento em moldes.

  3. nelson mota says:

    finalmente o carro do ze povão

  4. AzeiteGalo says:

    os cães ladram e a caravana passa

  5. paulo rodrigues says:

    O que é que a impressora 3D não fará? Vidros, pastilhas ou calços, discos ou tambores, assentos… tenho curiosidade em saber o que não poderá fazer… não acredito que seja capaz de tudo.

    • Saltimbanco says:

      As impressoras 3D não fazem de certeza os tubos para os hidráulicos e os discos ou tambores para a travagem. Outra coisa que não fazem são os rolamentos para as rodas etc. O que fazem são apenas os painéis exteriores da carroçaria pequenas peças etc.

  6. AG says:

    E já é bem bom. Calços, tambores, discos, rolamentos já existem nas lojas por todo o lado.

    • paulo rodrigues says:

      Ah sim… então para este modelo não faltam é esse tipo de componentes…

    • Saltimbanco says:

      O AG se fores buscar essas peças e sobressalentes às lojas de peças auto vão ser peças de brincadeira porque senão o carro nunca fica nos 7995 Euros.. Só por um jogo completo de travagem com discos, bomba central, bombites, tubos, abs etc paga bem acima de 2000 Euros

  7. Holanda says:

    Em país de primeiro mundo funciona… quero vê aqui no Brasil, com os donos de postos lucrando cada vez mais com o preço do combustível lá nas alturas, a falta de interesse por parte dos estados e mais o valor sobre a importação que é outro absurdo.
    Más… Tenho fé!!

  8. Ricardo L Pinto says:

    70 por gora tá de ótimo tamanho pra um carrinho destes!

  9. maria antonia says:

    Que interessa um carro andar a 200km por hora se o limite é de 100km? Ainda não entendi essa mania de ter carros de alta velocidade que só causam acidentes e infrações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.