Quantcast
PplWare Mobile

Redução das emissões de CO2 da aviação? Zero tem “caminhos”…

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Vitor Tavares says:

    Esse e mais um “estudo” que só serve para gastar dinheiro dar “emprego” a alguns pseudo-especialistas e que no fundo nada diz de importante e com conclusões que qualquer pessoa com a primeira classe “assinaria”!
    -A expansão do número de aeroportos deve-se ao fato de as viagens estarem cada vez mais baratas e cada vez mais pessoas terem possibilidades de poderem e gostarem de viajar;
    -Neste momento já existe uma redução grande das viagens de trabalho e muitas reuniões de negócios são feitas através vídeo conferencias,mas para “contrariar” essa diminuição muitas empresas (grandes empresas) oferecem viagens de férias como prémios aos seus funcionários e até incluem o agregado familiar em vez de prémios monetários;
    -As politicas para fazer a “tal” transição para combustíveis mais sustentáveis também já existem…o que ainda não existe é precisamente o “combustível sustentável” que justifique em preço e rentabilidade as alterações necessárias nas milhares de aeronaves em serviço para que o paradigma mude de repente.
    Portanto as perguntas a fazer são outras…ESTARÃO AS PESSOAS DISPOSTAS A ABDICAR DAS SUAS SUAS VIAGENS E DAS SUAS FÉRIAS ATÉ QUE A AVIAÇÃO SEJA TODA ELA FEITA DE FORMA SUSTENTÁVEL?
    E estarão dispostas a depois de uma viagem de avião fazerem mais uma viagem terrestre (pode ser de horas) até ao destino final para que se possa diminuir o número de aeroportos?
    Para já fico por aqui…para não referir os aviões de carga que transportam os produtos que consumimos no nosso dia a dia…

    • Ze Nandoooo says:

      A resposta à tua questão é: Não, não estão. Ao que eu acrescentaria “nem podem estar”.
      Porque se não injetares dinheiro no setor, como é que vão eles investir em investigação e desenvolvimento para dar à volta à situação? Porque referes e bem, não existe ainda é combustível sustentável e se fosse fácil e economicamente viável já estaria feito…

  2. Speed says:

    Claro que não. Viagens de avião que custem mais que o preço de uma refeição de restaurante já são consideradas caras.

  3. Joao Ptt says:

    Proponho o fim da associação ambientalista ZERO e das suas certezas e achares, como um meio de reduzir a estupidez humana, de pensarem que é o CO2 que está a provocar os problemas climatéricos, como se tudo isto não tivesse previsto há milénios.

    • RC says:

      Então também você é um ambientalista ?

      • Joao Ptt says:

        Sou ambientalista.
        Não vou é na conversa do CO2, que ainda por cima é o que as plantas mais gostam e precisam para viver.
        O problema é muito mais profundo e a realidade é que não há nada que possa ser feito para reverter as alterações climáticas, é um processo irreversível que só vai piorar façam o que fizerem.
        Isto do CO2 serve para ganhar dinheiro, e para meter um alvo em qualquer coisa para dirigir a atenção da humanidade enquanto o verdadeiro problema permanece.
        O verdadeiro problema não é realisticamente solucionável, logo só resta esperar que os acontecimentos forcem as mudanças realmente necessárias, porque nós humanos somos incapazes de fazer o que realmente precisa de ser feito.

        • RC says:

          Mas onde comprou a ideia de que querem reverter a situação ? Já vi que de ambientalista tem muito pouco, ou então é um petrol ambientalista, como aqueles 500 que foram à convenção do clima. LOOOOL

        • RC says:

          Não, não serve para ganhar dinheiro, nem isso sabe, enfim, mas já agora ensino-lhe alguma coisa, serve para promover ações de descarbonização, se não souber deixe aqui a sua nota de ignorância que depois eu explico.

          • Joao Ptt says:

            O dinheiro reverte a favor do próprio estado, como é que não é para ganhar dinheiro?
            Promover a descarbonização, o tal CO2 que é ESSENCIAL para as plantas? Por favor, é um insulto à inteligência, mesmo sem ter conhecimento mais profundo.

          • RC says:

            Não, o estado não ganha dinheiro com nada, o estado somos todos nós, então mas não sabe como funciona uma nação ?

            Como disse antes, o estado usa esse dinheiro para promover ações de descarbonização, se tem duvidas de como é feito, vai ao site do fundo ambiental.

          • RC says:

            Errado, o tal CO2 as plantas também produzem, qual é a parte que não entende que o planeta funciona por meio de um equilíbrio ? estamos a libertar CO2 que estava armazenado nas profundezas ao qual as plantas não têm capacidade de anular, ainda pior se continuarmos com desflorestação.

            Eu vi logo que era um ambientalista simplorio.

          • RC says:

            Se tem dúvidas do que as plantas fazem com o CO2, faça um teste simples, meta o carro dentro de uma garagem com muitas plantas, e deixe-o a trabalhar durante uma hora ou 2, não fique por lá, não lhe quero mal nenhum, mas das plantas não tenho pena….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.