Quantcast
PplWare Mobile

Gostava de informar os russos da verdade sobre a guerra na Ucrânia? Saiba como!

                                    
                                

Fonte: The Wall Street Journal

Autor: Ana Sofia Neto


  1. João says:

    como se envia?

    • Técnico Meo says:

      Tens de usar o teu telemóvel , no browser do telemóvel e gastares uma sms e enviar do teu numero. Sempre podes só aproveutar o numero russo aleatorio que te é dado e o texto e enviares de diversos serviços que oferecem sms gratuitas pela internet, ou até mesmo serviços voip, que poderá dar um pouco mais de privacidade. Mas o objetivo não é privacidade, é de se ter uma posição vertical face ao que está a acontecer e procurares alcançar alguém por sms na Russia que receba a mensagem. A informação lá está vetada pelo ditador Putin, e a que existe é manipulada

  2. Carlos Fernandes says:

    Também é possível no whatspp, mas cuidado com os ban´s da aplicação.

  3. Windows 13 says:

    Já está down? Para mim sim… :/

  4. jack estripador says:

    VPN nord vpn problema resolvido

  5. Rui says:

    dava jeito um website para envio de sms free

  6. Joao Ptt says:

    Acham mesmo que as 144 milhões de pessoas lá na Rússia não apoiam a operação de retirar as armas à população da região administrativa da Ucrânia? É para proteger as crianças! Daquelas pessoas más e horríveis, terroristas mesmo. Felizmente a Rússia, sempre atenta e que não pactua com terrorismo, interveio e o mundo apoia pois ninguém fez efectivamente nada para parar a destruição do terrorismo, e assim as crianças serão salvas.
    Agora voltemos à realidade.

  7. Profeta says:

    A realidade e que esta guerra e mais um golpe na economia e uma mentira para o mundo. Mais uma a juntar depois do covid. Tudo combinado sem duvida alguma. OS governantes quando aparecem na televisao a comentar isto e aquilo parece que andam a vender noticias fresquinhas ao mundo para criar uma realidade nesta guerra e arranjar argumentos para a comunicacao social se entreter em divulgar ao ze povinho. Me engana que eu gosto mais uma vez.

  8. José Orlando says:

    Já que falam em mandar a verdade aos russos que tal ir ver as conferências de imprensa do ministério dos negócios estrangeiros da China?
    https://www.fmprc.gov.cn/mfa_eng/xwfw_665399/s2510_665401/2511_665403/

    • Carlos Fernandes says:

      Mas, porque é que NATO não tem direito a expandir as suas fronteiras? Economicamente porque é que outros países europeus não podem fazer parte da U.E. Pesquise lá os negócios de armamento entre a China e o Paquistão/China e a Argentina.

      • Eu says:

        Aliás, não é a NATO expandir as fronteiras. É aceitar o pedido de adesão feito de livre vontade pelos dirigentes dos países, com o apoio da população.

      • José Orlando says:

        Para tornar isto comparável. É o mesmo que colocar a 140 km da fronteira dos EUA misseis apontados para este país. No caso da Ucrânia seria mesmo na fronteira.
        Se no primeiro caso, em 1962, Cuba foi invadida e quase havia uma terceira guerra mundial imagine agora na Ucrânia. Dizer que qualquer país pode entrar na Nato de livre vontade também não é correto dizer isso quando no passado foi decidido não fazê-lo aquando da reunificação da Alemanha. E mais tarde já em 2008 a Rússia ter avisado do mesmo. Ninguém começa uma guerra de ânimo leve. Para a Rússia atacar houve agressão antes. Só temos de perceber onde começou essa agressão. Já em 2003 no Iraque vimos como os meios de comunicação mobilizaram a população a permitir a invasão ilegal do Iraque com documentos falsos. Quando temos o nosso lado ocidental a omitir ou a mentir muitas vezes temos de ter um pé atrás.

        Veja isto:
        Programa 360 da RTP em 25 de Fevereiro de 2022

        https ://www.rtp.pt/play/p9723/e601342/360-o-

        Especial informação da RTP em 01 Março de 2022
        https ://www.rtp.pt/play/p10030/especial-informacao-rtp1

        SIC Noticias 24 de Fevereiro de 2022

        https ://sicnoticias.pt/mundo/conflito-russia-ucrania/quem-ficou-encurralado-foi-o-presidente-russo-ficou-sem-saida-diz-major-general-raul-cunha/

        Artigo “Filhos da Guerra Fria” no site Observador de Jaime Nogueira Pinto

        Documentos desclassificados pelos EUA

        https://nsarchive.gwu.edu/briefing-book/russia-programs/2017-12-12/nato-expansion-what-gorbachev-heard-western-leaders-early

        John Mearsheimer on Russia-Ukraine War & Who is responsible? | Buddhi

        https://m.youtube.com/watch?v=rMzZ_lVHv_A

    • Diogo Azevedo says:

      José Orlando: todos (China, Rússia, UE, EUA) têm histórias com “pés de barro”. A questão é se se pretende construir mais uma, e quem paga o preço sem ter nada a ver com o assunto. Uma boa retórica é sempre fácil de construir, mas o melhor exemplo é se ela tem ou não correspondência com a facilidade interna de uma contra-retórica que a questione…. Haverá ainda dúvidas sobre isso, ou seja onde de entre esses espaços políticos ela efectivamente existe?

  9. Miguel says:

    O problema é mesmo saber o que é a verdade… Ainda à dias vi um vídeo da CNN a mostrar cerca de 60 mortos, tapados com plástico e enquanto o reporter fala em directo um dos mortos ajeita o plástico para tapar melhor a cara….

  10. joão says:

    A Manipulação desta guerra é vergonhosa.Os Media estão todos condicionados pela pressão dos Estados Unidos e União Europeia..Proibira as televisões russas de emitir Bloqueaream-nas no youtube..e agora é tipo picareta sempre a bombardear o mesmo massacres aqui massacres ali etç o Palhaço Ucraniano pode não saber de governação mas na manipulação da comunicação é mestre…

    • Técnico Meo says:

      Putin já a Nobel da paz!

      Rublos , rublos, rublos 🙂

    • Diogo Azevedo says:

      O pior cego é aquele que não quer ver…. a “operação especial” tem-se fartado de salvar criancinhas, remover nazis, apoiar velhinhos, reconstruir zonas degradadas, salvar pessoas da manipulação e do terror do poder legítimo….. JOÃO: ganhe vergonha na cara homem! Vai sempre a tempo e só lhe fica bem….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.