PplWare Mobile

Produção da Tesla no 3.º trimestre de 2019 volta a bater recorde


Fonte: Tesla

Redator

Destaques PPLWARE

  1. João Reis says:

    Gosto muito da marca mas, na minha opinião, os carros deveriam ter mais qualidade de construção. É pena pedirem quase 50 000 euros por um carro e apresentarem o mesmo com tantas falhas. A mercedes, audi ou bmw têm carros a valer bem menos e com qualidade de construção muito superior. É claro que temos que ter a noção que não estamos só a comprar um carro, estamos a comprar tecnologia muito evoluída que outras marcas não têm, só é pena vir num “embrulho” fraco. Outra coisa interessante que tenho visto, e pode ser um efeito que sinta só aqui na minha terra, afastada dos grandes centros urbanos, os model 3 que tenho visto a circular por aqui são sempre condizidos por pessoas de mais de 60 anos, longe do target da empresa para este segmento. Na verdade não será um carro “fácil” para pessoas que não estão habituadas a lidar com a tecnologia.

    • TugAzeiteiro says:

      Já conduzis-te algum Tesla? Ou algum Mercedes, audi ou bmw? Sentiste a qualidade, que só se pode verificar ao longo da vida do carro?
      Pois… cuidado com o que ouvimos dizer de supostos donos!
      Conheço Mercedes com imensos problemas (sim.. comprados novos!) e bmw’s com o famoso motor N47 a partir correntes…
      Aquela imagem que temos das marcas, tipo BMW ser desportiva, Mercedes ser luxo, Volvo ser segurança, etc… hoje em dia já não é bem assim!
      Todos os carros têm problemas….
      Vê por ex. o que dizem os americanos das marcas germânicas… a opinião deles é totalmente diferente da nossa!

      • João Reis says:

        Pois, por já ter conduzido carros desses é que falo, nem comparação tem. Tive audis durante 15 anos tenho um mercedes há 2 e a diferença é grande. Trabalho com importação de carros e sou eu que os vou buscar… Alapo mesmo o rabo neles e sei do que falo. Suspensão, qualidade de materiais, fiabilidade. Só as pessoas que nunca andaram num mercedes (dos mais recentes) é que podem pensar que andar num tesla é o mesmo. Desculpa lá mas o ignorante aqui és tu. Além disso os americanos nunca foram uma referência de bom gosto, para eles é mais importante terem um bom porta-copos ou espaço para meter os hamburgeres do mac que as outras coisas.

        • Paulo Santos says:

          Não é tanto assim. Olha que entre um E350 cdi coupé, um E300 Hybrid e um Model S é difícil denotar diferenças na qualidade de materiais.
          Mas claro que uma marca com 7 anos ainda apresenta lacunas por tanta simplificação. Um exemplo? O acender a luz do habitáculo deveria ser por botão ou por sensor. Ir ao ecrã não é tão prático.

    • Toni da Adega says:

      Se as pessoas com mais de 60 anos estão a fazer uma má escolha (visto ser um carro dificil de se utilizar e nao indicado para eles) qual é o carro para eles? Um fiat 127? Um “papa velhos”?

      computadores e smartphones também podem utilizar ou não é aconselhável?

      Já agora o Bill gates já tem mais de 60 anos, será que ele tem capacidade para lidar com tecnologia?
      O Steve Jobs se fosse vivo tinha que ser afastado da Apple porque com mais de 60 anos não iria saber lidar com tecnologia?

      • João Reis says:

        Já conduziste o model 3? Achas que uma pessoa com pouco contacto com a tecnologia se vai habituar rápido a conduzir este carro? Nem as pessoas que lidam diariamente com tecnologia têm vida fácil com o model 3. Imagina entrares e ter só 4 grupos de botões ao teu dispôr, 2 no volante 1 nas portas um para o porta luvas e um para sos. Não sejamos ingénuos não é um carro fácil para qualquer um, talvez os nossos filhos que estão habituados a smartphones desde pequenos tenham mais facilidade, agora uma pessoa que quase nunca lida com essas coisas não. Além do mais se eu fosse o Bill Gates andava de chauffer, mas mesmo que andasse de carro, com o gosto pela tecnologia que o tio Bill tem não tinha problemas nenhuns em me adaptar. A tua comparação metendo Bill’s e Jobs é no mínimo tendenciosa….

  2. Rui says:

    Mas alguém se dá ao trabalho de verificar os números? Quem lê a notícia fica com a ideia que está a tudo a evoluir positivamente… Nada mais longe da verdade. Basta ler os media americanos sobre o que se está a passar com a Tesla e com as promessas falhadas do EM. Houve crescimento, mas não chega de forma alguma para tirar a empresa do buraco em que se encontra. A meta dos 500000 carros ano não vai ser atingida e a queda de vendas dos S e X significa uma perda de margem que o 3 não consegue compensar. E se têm dúvidas podem dar uma leitura nas páginas seguintes https://www.marketwatch.com/story/tesla-stock-falls-after-company-misses-third-quarter-delivery-expectations-2019-10-02 e https://www.latimes.com/business/story/2019-10-02/tesla-reports-small-sales-growth-for-the-third-quarter-wall-street-isnt-pleased e https://www.nytimes.com/2019/10/02/business/tesla-sales.html#targetText=Tesla%20reported%20record%20quarterly%20deliveries,its%20goal%20for%20the%20year.&targetText=The%20company%20said%20it%20delivered,cars%2C%20a%2010%20percent%20increase

    • darksantacruz says:

      O problema existente continua a ser o mesmo ou seja um grande hype a volta da Tesla. Atencao nao sou contra a Tesla, considero mesmo um player importante para abanar o mercado e quanto mais concorrencia melhor para o consumidor. Agora estes artigos sejam da pplware ou de outros jornais/revistas etc… que fazem da Tesla a suprasumo dos automoveis por vezes manipulando a informacao de nada ajudam o consumidor final pois e isso que realmente importa.

      • Toni da Adega says:

        A Tesla pode nao ser o suprasumo dos automoveis. Mas no Mercado automoveis Electricos, quem é pode ser considerado o lider ou marca de referencia?

    • IonFan says:

      500.000?! A guidance para 2019 começa nos 360.000. A entregar 97.000 por trimestre, não me parece um objectivo difícil. O que o EM disse é que, no fim do ano, a Tesla estaria a produzir ao ritmo de 500.000 por ano, ou seja, a produzir ~10.000 por semana. Os 96.155 deste trimestre demonstram capacidade para produzir ~7.000 por semana. Se juntarmos a produção inicial da GF3 na China, esse objectivo vai ser atingido.

      Esses média especializaram se em pegar em objectivos agressivos auto impostos para passar a ideia de que a Tesla está a falhar objectivos. Enquanto nos distraem com isso, a Tesla é das poucas marcas que cresceu nos últimos anos e já vende mais que marcas centenárias.

      Uma dica. Guiem se pela vossa cabeça e não por noticias nos média onde a concorrência gasta milhões em publicidade, ao contrário da Tesla que gasta cerca de 0 (zero) USD.

  3. censo says:

    Existe um injustificável endeusamento da Tesla do qual este artigo é um exemplo. Tesla é e será sempre um nicho. Depois há a relatividade das coisas, por exemplo: a Tesla atingiu o numero de entregas de 97 000 carros. Na Ponte 25 de abril passam diariamente 150 000 carros… Claro que se a Tesla antes entregou 20 e agora entregou 80, cresceu 400 % !! Nenhum outro fabricante consegue esta cifra !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.