Quantcast
PplWare Mobile

Preço elevado dos combustíveis? AdBlue também deve subir

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. TSSRK says:

    Suspende-se também a compra e a circulação e vamos ver onde se para.

    • Joao Ptt says:

      Nos eléctricos e hidrogénio pelos vistos.

      Sendo os de hidrogénio em termos de energia provavelmente os melhores já que o seu armazenamento e utilização é menos complicado para o utilizador final, ainda que possa ser uma dor de cabeça e um desperdício enorme até chegar a ele. Sem falar no perigo que pode constituir o hidrogénio em si se não estiver tudo seguro em triplicado ou quadruplicado (à semelhança do gás para automóveis).

      • TugAzeiteiro says:

        Pois.. em termos práticos para o utilizador normal, a facilidade é idêntica ao combustível de hoje em dia, mas não acredito que o hidrogénio seja um combustível de futuro. Como já referiu há imenso desperdício energético na produção, transporte e armazenamento e depois converter e construir toda uma infraestrutura de suporte (postos de abastecimento), deve ser uns valentes bililhões de euros por essa Europa fora…

  2. Jorge Pedro Miguel says:

    Na próxima vez que o SR. Ministro das Finanças, não quiser efetuar compras conjuntas de energia e combustíveis com os parceiros europeus, não venha depois com manipulações para a imprensa portuguesa, dizer que os combustíveis aumentaram e tal, enfim é o que temos há 40 anos…

    • Andre Silva says:

      Sr Jorge Pedro, não foi o nosso ministro que não quis. A Alemanha não quis. E como a Alemanha não quer, a Europa não pode querer.
      O nosso ministro sempre defendeu a compra conjunta.
      Agora tornou se moda atacar o governo porque sim

      • Jorge Pedro Miguel says:

        Sr. Andre Silva, está errado, há dois meses atrás, houve compra conjunta de combustíveis e Portugal não entrou, porque o Sr. Ministro achou que não valeria apena esse gasto “ADICIONAL”, foi simples propaganda, para agradar à união e mostrar que Portugal está no caminho certo, direcionado aos recursos naturais, mais um erro de gestão, ponto.

        • Jorge Pedro Miguel says:

          O Sr. André está a confundir a compra de combustível crude, com a compra de gás proposto na semana passada, são combustíveis, como é obvio, neste ultimo a Alemanha não entrou, não tem necessidade, eu estava a referir-me à penúltima compra conjunta, se induzi em erro peço desculpa, cumprimentos.

        • Manuel Costa says:

          Errado e desinformador!
          O que refere foi uma compra conjunta de 8344000000000 barris de crude para distribuir pelos países da União Europeia, evitando situações de compras por especuladores. Nesse Portugal não quis entrar, pois teria de pagar 833000 euros a Espanha, o que iria tornar o combustível mais caro. É que Portugal consegue usar o Porto de Sines para 100% da sua importação de crude. Só que o negócio obrigava a GALP a ir buscar os combustíveis à Corunha… 1170km de distância.
          Há pouco mais de 2 semanas, a proposta era para o gás natural (a razão para a subida de preços e para a falta nalgumas empresas), só que os países abastecidos pelo gasoduto Russo, não quiseram participar…
          Convêm informar-se melhor antes de misturar água com azeite e dizer que é leite.

          • Honorato says:

            Eles tinham a galp em Matosinhos que recebia o crude e transformava tinha a monoboia só que estava sempre manutenção e eles acabaram por desistir por o projuizo que dava. O ministro do ambiente e o ex presidente da APDL ele nunca se deu com a galp de Matosinhos e também deu uma força para acabar com a galp de Matosinhos

  3. DFS says:

    Não percebo o porquê de parar a produção por causa do preço do gás. Não bastava aumentar o preço do produto final? Assim temos na mesma aumento do preço mas falta de pproduto.

    • Manuel Costa says:

      Não. Os contratos são feitos a 90 dias. Neste momento estão a pagar preços de há 3 meses atrás, assim, se reduzirem agora a produção, não precisam de fazer novas compras a estes preços.

  4. Fusion says:

    Wohoooo agora é ir para o trabalho de carroça, certamente assim vamos proteger o ambiente

  5. TugAzeiteiro says:

    Portanto para produzir o adblue, um agente para limitar as emissões de óxido de azoto para os automóveis diesel cumprirem as normas Euro 6, têm que produzir água desmineralizada (consumo de energia que como todos sabemos não é feita de forma limpa) e utilizar gás para a sua produção! Sim Sr…. o adblue parece-me ser uma solução muito ecológica!!

  6. Louro says:

    É tao bom passar nos postos de abastecimento e nunca ter de parar.

  7. Mais1ComentarioCensurado says:

    Manifestação dia 13 de Novembro.
    Porto: Av. dos Aliados 15h
    Lisboa: Av. da Liberdade 15h

  8. Victor Guerreiro says:

    Ureia, é aquela coisa que há no xixi. Portanto, para quem tem carros a Diesel da última geração a falta de AdBlue é simples, basta mijarem para dentro do depósito do veículo já que o mijo é por assim dizer até é uma energia renovável…

  9. Helder barbosa says:

    Mais uma maneira de o pessoal quando tiverem problemas no sistema o eliminar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.