Quantcast
PplWare Mobile

Porsche Taycan ou Tesla Model S? Descubra qual tem o arranque mais rápido

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. David Cordeiro says:

    Para os amantes da Porsche, este é um ótimo artigo.
    Mas se preferirem antes a Tesla, e para ficarem contente, vejam antes este comparativo:
    https ://observador.pt/2019/10/17/taycan-4s-contra-model-s-lr-afinal-qual-o-melhor/
    (Segundo a conclusão do Observador: Taycan 3-5 Model S)
    Isto é como os provérbios populares, dá sempre para os dois lados. “Não há duas sem três” ou “à terceira é de vez”
    Para mim, qualquer um deles me servia perfeitamente.

  2. Fulano says:

    Porche: Contructor automóvel de referência com décadas de experiência
    Tesla: Empresa criada para gerar lucro. (Não tirando qualquer crédito ao Musk, que a meu ver é um génio)

    • RPG says:

      O que resumes da Tesla aplica-se também à Porche, ou a mesma não existe para gerar lucro? Fazem carros só porque sim durante o dia e à noite têm um segundo emprego?
      Não há como comparar o know how de uma marca com décadas de história e experiência com a Tesla, isso é um facto, mas se há marca automóvel que tem desenvolvido tecnologicamente o sector e empurrado o mesmo numa nova direção, é a Tesla. Ah.. E é das que gera menos lucro lol.

    • Toni da Adega says:

      Tirando o facto que Porsche é o fabricante mais lucrative do mundo é +- isso.

    • Vitor says:

      Sim, a poche dá os carros.. No comments. A humanidade pode ajoelhar-se ao Elon Musk porque foi o impulsionador daquilo que Todas marcas de automóveis não queriam: trocar os milhões de lucro nos motores de combustão pelo motor eléctrico que faz garantidamente 10 milhões de km. Sim leste bem. Este tipo de motor está testado para 10 milhões de km. Obrigado Elon Musk por salvares a humanidade.

  3. klimane says:

    Quantos anos tem a Porsche? Quanto know-how tem a Porsche? Quanto dinheiro tem a Porsche para desenvolver esta tecnologia? Não sou um Tesla fan mas acho que devemos dar-lhes algum crédito por nos tirarem da dependência do petróleo e da falta de visão dos grandes construtores automóveis que só inovam quando são obrigados ou quando o mercado começa a perder interesse nos modelos que vendem.

  4. manito says:

    Seria mais equilibrado o comparativo entre este porsche e o novo roadster…

  5. Cortano says:

    Ah… nada melhor que medir pilas

  6. Jn says:

    Já agora, onde comprar um Porsche eléctrico? Todos lançam carros mas depois não há a venda. O que muda a Porsche na vida das pessoas… nada! Não traz mais autonomia, não torna os carros mais acessíveis, não traz novas tecnologias, etc… ou seja, construir com luxo é possível a qualquer marca, mudar alguma coisa fica com os outros. E nesse aspeto a Tesla veio mudar e muito. Que giro, acelera mais rápido, agora faça 100 km a essa velocidades e vai ver o que acontece… e isso é para qq marca! Olhem para a fuel cell e esqueçam esta experiências da Porsche, que tb vão acontecer na Lamborghini, na Ferrari, etc mas que em nada vão mudar o mundo no que toca a novas formas de mobilidade ou a condução autónoma onde a sua contribuição é menos que zero.

    • Fulano says:

      A Tesla até anda a oferecer carros… Aliás, nem sequer são considerados carros de luxo.
      Calado eras um poeta.

    • Vitolas says:

      Perdi 10 segundos da minha vida e entrei no site da Porsche de Portugal e lá estava ele a venda a partir de 110 mil euros.
      Achar que a Porsche é só mais uma simples marca no mundo automóvel só mostra uma enorme ignorância sobre o assunto.
      E sim a Tesla é que mudou a vida das pessoas em todo o mundo sem eles não haveria qualquer veiculo,quem por exemplo inventou a roda ou a Ford com a enorme inovação que foram as linhas de montagem foram só alguns palermas que andaram a perder tempo,alias a Tesla é que inventou o carro antes só havia carroças.

      • Jn says:

        Vitolas e Fulano, normalmente não repondo, mas quando a cegueira leva à dificuldade em saber ler ou interpretar num contexto isso chama-se estupidez. Estamos a falar de carros elétricos e não na contribuição e no passado de uma marca no setor automóvel, que objetivamente não nego senão o parvo seria eu. Agora fica com vocês pensarem o que quiserem, não discuto o sexo dos anjos ou quem tem a dita cuja maior ou mais pequena com gente que despeja as suas frustrações a comentar fora do contexto as opiniões dos outros. Vivam melhor e serão mais felizes, mas usem o cérebro.

      • Fábio Monteiro says:

        A “porsche” foi dos primeiros a ter carros híbridos/eléctricos, há quase 100 anos atrás Ferdinand Porsche trabalhou para uma marca no desenvolvimento de um carro eléctrico, e chegaram a produzir carros para venda, só que as guerras mundiais vieram parar com esta ideia, talvez não conheças realmente a história da porsche, e a agora a porsche não quer perder esse título… Pesquisa sobre isto pode ser que fiques com outra ideia do inventor da Porsche.

    • Marco Silva says:

      Bem, até ontem dos 0 aos 100 era importante e significativo, até ontem a tecnologia de 2012 batia a concorrência, até ontem só a Tesla é que sabia de baterias e motores elétricos, até ontem eles estavam anos luz á frente de todos os outros, até ontem…

  7. IonFan says:

    O Tesla é obviamente mais rápido. Os specs, que na Tesla são conservadores, dão mais de 1s de vantagem ao Model S nos 0-100km/h.
    O que esse video mostra é o facto de o Model S não suster essa performance depois de vários arranques. Este já arranque já foi feito depois de muitos outros, onde o Tesla ganha por uma boa margem.
    Essa é de facto uma vantagem do Porsche, que mantém a performance em condições extremas. Mas não se esqueçam que estão a comparar tecnologia de 2012 com tecnologia de 2019… O Model 3, por exemplo, já não sofre destas limitações.

    • Rui says:

      LOL… Compreendo que seja FAN, mas temos que ter a capacidade de sermos objectivos. Sabia por exemplo que o Taycan faz 0-250 km/h em 13,52 segundos e o americano em 22,53 segundos?

      Isto é absolutamente normal. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa! Qual é a experiência e o palmarés da Tesla no mundo da competição?

      • IonFan says:

        Sou fã, é verdade, mas não deixei de ser objectivo. O Taycan até pode ser mais rápido nos 0-250 km/h, mas neste teste não é. Para ter performance semelhante (mesmo assim mais lento 0.1s), tem que gastar o dobro no Porsche. Isto são os dados das marcas, que foram comprovados em vários testes. A diferença é que o Porsche mantém essa performance e o Tesla apenas o faz 2 ou 3 vezes antes de começar a limitar a potência.
        Mas isto vai acabar na próxima versão do Model S, tal como no Model 3 já não acontece. Dai ter mencionado que se estão a comparar tecnologias com 7 anos de diferença.
        E sim, a Porsche tem muito mais experiência na competição, mas esquece-se que isto são carros de estrada e ainda por cima elétricos…
        Isto sim, é ser objectivo.

  8. O novo do Restelo says:

    É engracado vir-se falar de arranques, Nürburgring, etc. quando 99.999999999% da utilizacao será em estrada/auto-estrada com máx. 120-130km/h (Alemanha sem limite) e ninguém (tirando “gunas” que comprarao estes modelos em 30a mao para arranques e tunning dos carros) vai andar a fazer arranques ou circuitos. Logo estes testes é para ver se aumentam as vendas da Porsche. Há muitos anos andavam os “gunas” com Peugeot Saxo Cup (ou equivalente) e Ibiza TDI quitados a fazer arranques, quando na realidade esses carros nao sao mais que caixas de fósforos com um motor forte e têm o conforto dum calhau com rodas. De que serve um arranque forte num carro de porcaria? Vao chegar ao café primeiro…

  9. Ivo says:

    Os amantes da marca alemã não precisam clicar no link os que preferem a verdade aqui fica:
    https://www.teslarati.com/tesla-model-s-plaid-performance-nurburgring-benchmark-tests/amp/

  10. Marco Silva says:

    Muito me apraz assistir a este momento em que a verdade das coisas, da história e do conhecimento é confirmada! Pessoas como eu, já sabiam que o desfecho só podia ser este! o automóvel é uma máquina que para fazer o que faz e cumprir a sua missão encerra uma história de conhecimento, ensaio, teste e sobretudo correção do que não cumpre, que vai muito para além do conceito motor elétrico, duas baterias, um automóvel e uma infinidade de acessórios informáticos! É óbvio que o VE é funcionalmente melhor que o VC quando falamos do quotidiano, que é no fundo o que interessa á maioria! Por essa razão o conceito Tesla de VE é desproporcional porque logo à cabeça tem um preço de mercado proibitivo se comparado com o que realmente oferece! Mas se ainda assim eu quiser optar por ter performance desportiva com um VE, o conceito Tesla fica desenquadrado. A Tesla devia focar-se no utilitarismo, autonomia e tempos de recarga. O resto é estar dinheiro e recursos da empresa! Um Porsche é um Porsche e o resto é conversa!

    • klimane says:

      O Taycan só existe porque a Tesla criou de raiz o model S, sozinha contra a indústria do automóvel e do petróleo, contra a vontade dos compradores e contra o estabelecido como regra. A indústria alemã vem agora atrás com décadas de avanço na construção automóvel. O que eu vejo é inovação por parte dos americanos como sempre e infelizmente. A velha Europa faz melhor mas só depois dos americanos apresentarem ideias. Esperava mais do país que nos deu o automóvel ( a Alemanha) mas como sempre o futuro nasce a Oeste.

      • Marco Silva says:

        Eu podia fazer como alguns e escrever LOL! Mas isso seria…básico e deixava no ar a razão do lado errado! Na verdade, meu caro, e para começar se acreditas que o negócio da eletricidade não tem/terá um lobby então és um inocente! Nos EUA as unidades de medida são o galão e a milha. Significa isto que naquele país a preocupação com o ambiente sempre e foi e ainda é zero e gastar combustível nunca foi um problema, são produtores de petróleo não é verdade. Não aceitam o acordo de Paris por exemplo. Foi na Europa que surgiu a necessidade de os automóveis serem económicos e não nos EUA. Por outro lado talvez quisesses que só a Tesla montasse automóveis elétricos; talvez isso fosse um lobby em si mesmo não? A velha Europa, é realmente a velha Europa porque é daí que sai o pensamento critico e inspirador para os demais. Dos EUA vem realmente tecnologia e conhecimento mas a troco de quê? De um rácio muito baixo entre custo beneficio, e nisso um Tesla é um ótimo exemplo. A industria automóvel tem mais de 100 anos e em nenhum momento estagnou. Se a Tesla ficar pelos nichos de mercado, nem a montar os veículos á mão vai sobreviver. Os mercados da Europa não são pobres, o Americano é que é á grande e á francesa. Também não se percebe a tão grande aceitação dos Tesla, uma vez que o conceito do carro em si mesmo é contrário ao seu propósito, (grande de mais o que dificulta espaço para estacionar, carrega baterias a mais para privilegiar os arranques e potência, pneus bem largos para aumentar o atrito). Se pensarmos bem o propósito de VE é exatamente facilidade de deslocação, estacionamento e consumos e isso consegue-se á custa de outras soluções. A sua conversa mais parece a história do ovo e da galinha! Já todos perceberam que afinal a Tesla não monta super desportivos, e muito menos concorre com a Porsche, mas isso resulta de uma deficiente comunicação por parte de Elon Musk, que tudo tem feito para por a Tesla ao nível do que melhor por aí se faz. Já a todo-o-terreno está com a mesma jogada. Segundo o mesmo Sr. Será melhor que Porsche e Ford. Lá que ele é esperto a escolher os adversários lá isso é, mas depois não tem pedalada e acaba no reboque para sair da pista! Foi forte, mas não tanto como o teste do alce! É a vida de um teslaboy!

        • Klomame says:

          Estive contigo até à parte em que disseste que ias estar calado, depois não percebi nada, mas apoio-te plenamente naquilo que não disseste.

          • Marco Silva says:

            Estavas comigo, até que e tal… e apoias? Não te tenhas assim em tanta conta! Além do mais tu é que bateste á porta para dizeres o que querias, e acabaste a ouvir o que não querias! Não entenderes do assunto, porque a matéria é complexa de demais para ti, porque só vez tesla ou o caos!

          • Marco Silva says:

            E já agora nunca é ‘à’ mas sim ‘á’!

          • klimane says:

            Estás enganado em algumas coisas e a primeira é no “á” que efectivamente se escreve da maneira que eu fiz. Quanto ao resto não vale a pena discutir, tu tens as tuas ideias fixas, eu as minhas opiniões que são flexíveis é certo mas actualmente são como as coloquei. Não acho que o EM seja um génio, vou mais por alguém que tem capacidades diferentes e que tenta mudar as coisas. Por vezes basta isso para o mundo mudar. À partida penso ser para melhor. Quanto à tecnologia presente nos Tesla, pelo que leio e vejo vai muito além do que há pouco mencionaste. Sei que se todos os carros tivessem condução autónoma e as estradas estivessem devidamente preparadas muito provavelmente a maioria das mortes estúpidas que acontecem deixariam de ocorrer. Mas os Tesla vão mais além do que isso. Procura conhecer como eu muitas vezes faço. Não tenho dinheiro para Teslas nem Taycans e se o tivesse comprava o Taycan, está mais apurado e é mais moderno mas a Porsche não anda a dormir e certamente tem alguma maneira de nos ir à carteira mesmo com um carro de muito baixa manutenção como um eléctrico. Não convém termos os olhos tapados e focarmos só nos aspectos negativos. Há boas razões para aplaudir o EM mas como não sou obtuso e reconheço algum mérito ao homem nas coisas que fez e faz, apoio a perspectiva dele. Por vezes exagerado mas só assim se consegue despertar as consciências. Experimenta, se puderes um carro eléctrico durante uma semana, tira depois as tuas conclusões e tenta não ser tão radical. E uma nota, a electricidade existe em quase todo o lado, pode ser produzida a partir do vento, da água, do nosso amigo Sol e até mesmo nós podemos produzi-la enquanto que os combustíveis só os há nos postos e mesmo assim esgotam

        • IonFan says:

          Acho piada a quem acha que existe ou existirá um lobby da electricidade. Pode haver muita gente interessada em vender mais electricidade mas a electricidade é impossível de se tornar um lobby por um simples motivo: qualquer um a pode produzir. Nesse aspecto podem vir fosseis, hidrogénio ou até nuclear, nada será mais democrático do que a electricidade.
          Quanto ao facto dos EUA estarem pouco interessados no ambiente, é um facto, mas isso não quer dizer que todos os americanos sejam assim.
          Havia um status quo na industria automóvel e isso ficou bem claro com o lançamento e depois recolha (duvidosa) do EV1 da GM. Quando a GM fez perceber que o caminho era por ali, deram um passo atrás. Parecia fácil. Ninguém ira investir em eléctricos e assim mantia-se esse status quo e todos os lucros que dai vêm. Esqueceream-se de que podia aparecer alguém de fora da industria.
          A Tesla, ainda antes da era Elon Musk, foi fundada sobre a premissa de procurar o uso mais eficiente possível da energia na mobilidade. Depois, já com o EM, passou a focar-se na aceleração da transição. Julgando pelos anúncios de novos Evs por praticamente toda a industria, parece que conseguiram.
          Quanto à estagnação, abra o capot de um BMW de 1999 e abra um de 2019. Aquilo que realmente se paga nos carros – a tecnologia de mobilidade – evoluiu uns 5% em 20 anos. Entretanto continua a pagar o mesmo ou mais para ter o “último modelo”. Entretanto atiram-nos areia para os olhos sob a forma de GPSs, câmaras, sensores e outras banalidades em qualquer smartphone de 100eur tem. Tudo para ter um carro de 1999 em 2019, mas com o “último grito” da tecnologia. Se isto não é estagnação, não sei o que é…
          Mas percebo a parte de os Tesla serem grandes e, no fundo, contrários à premissa da eficiência, embora ache que é um sacrifício necessário, porque nesta fase os EVs têm que competir em termos de performance com os ICE. Ainda assim são dos mais eficientes.
          Acabo com uma nota interessante. Visite o Tesla Club Portugal e percebe que não há ninguém que não esteja satisfeito com os seus carros. De notar que muitos dizem abertamente que é o melhor carro que alguma vez tiveram e abundam lá os ex-donos de BMW, Mercedes, Porsche, etc. É interessante.

          • Luis carreira says:

            Mas se fores a ver, para produzires mais do que x kw’s de electricidade com paneis tens de pagar uma taxa ao estado, logo aí já é uma especie de lobby….

            Em relação ao clube tesla, o meu clio de 98 é bem melhor do que essas pilhas com rodas uma vez que é meu, está pago, não me dá problemas nenhuns apesar da idade e dos km’s. Mal da Tesla que os donos reclamassem num clube “privado”…

            Isto é só a opinião de um gajo que nunca vai ter um electrico…

          • Marco Silva says:

            Lobby da eletricidade? Há não? interessante ignorância! Por essas e outras debitam alarvidades na rede social! Produzes eletecidade em casa? como? com uma pedaleira? E depois regarregas as baterias de um VE? Ser fan da Tesla não implica usar palas!

          • Marco Silva says:

            As “banalidades” que qualquer smart de €100 tem, são as banalidades “melhorias, novidades e upgrades” que a tesla promove no software que equipa os seus modelos! Netfix, youtube e outras disponibiliades de que aqui se falaram são realmente banalidades que qualquer smart tem e que na tesla são apresentadas e apadrinhadas como a revolução da industrial automóvel…

          • IonFan says:

            O Marco Silva acha que não é possível produzir eletricidade em casa. Também acha que há um lobby de algo que é produzido por milhares de empresas em todos os países do mundo, ao mesmo tempo que existe uma OPEC que, com apenas 13 países membros, consegue manipular o preço de uma matéria prima em todo o mundo. Mesmo assim, chama ignorantes a outros.
            Sim “banalidades”. Tanto num Smart como num Tesla. Acha se tão esperto mas nem conseguiu ler o que escrevi. A tecnologia que realmente interessa, que é aquela que faz os carros moverem se, está completamente estagnada nos veículos térmicos. Se perdesse menos tempo a insultar nos comentários e mais a investigar, percebia que o motivo da estagnação é e própria tecnologia, que está a atingir a eficiência máxima permitida pelas leis da física.

          • IonFan says:

            Luis Carreira, essas taxas existem existem porque há interesse de alguns lobbies em que não querem que se produza de forma renovável e se continue a usar certas matérias primas. De qualquer forma, ver uma taxa paga para os cofres do estado (que somos nós) como um lobby, parece me muito imaginativo…
            Em relação ao clube, visite. Vai ver que se falam abertamente dos problemas e defeitos dos carros. O que eu disse não foi isso. O que eu disse foi que, mesmo assim, não encontra ninguém que não esteja satisfeito e, normalmente, muito satisfeito.

    • klimane says:

      1 O taycan só existe porque a Tesla lançou o model S
      2 A Porsche tem décadas de existência a Tesla no máximo 2
      3 A Porsche trabalhou uma ideia copiando e melhorando em alguns aspectos o que outros fizeram
      4 A Tesla serve o mercado americano não o pobrezinho português e europeu
      5 o petróleo torna-nos dependentes do exterior
      6 Não se inova se fizermos sempre da mesma maneira
      6 A Porsche não arriscou nada
      7 A Tesla para além da inovação criou um nicho de mercado que não existia

  11. João Coelho says:

    Sem nada de surpreendente, divulga-se agora o que já antes se sabia…um desportivo é um desportivo e uma berlina é uma berlina! Quer compara-los foi um erro básico da Tesla, e uma partida da Porsche!

  12. Nuno Monteiro says:

    Se querem comparar comparem com o último modelo, o ROADSTER não com a banheira de luxo model S…. para os menos entendidos isto é a mesma coisa que comparar um lamborghini com um royce rolls ambos têm potencia mas obviamente o lambo ganha…

  13. Patrício pereira says:

    Comparar um tesla model s com tecnologia de 2012, com o taycan de 2019? Acham isso justo… Aguardem pelas novidades da tesla…

    • Rikivi says:

      Temos mesmo de fazer uma vénia ao Elon Musk. Foi ele que mudou o mundo automóvel e a mobilidade. Até me custa incluir e Tesla no mundo automóvel. Há carros e marcas de automóveis que exploram o ego das pessoas, o ter, estatuto pela posse, como por exemplo as marcas de luxo. A Tesla veio provar que há outra forma de estar na vida, o ser, mobilidade com mais racionalidade, tecnologia, conforto e segurança. Mas para quem gosta de velocidade, encontra isso num Tesla, seja o Model 3, S ou X.
      Se quiserem comparar carro por carro em valores, aí temos o Tesla Roadster.
      Li muitos comentários aqui, que concordo em pleno…
      Quanto a mobilidade eléctrica, vamos ter sempre a referência: Tesla.
      Há dois tipos de “carros” eléctricos: a Tesla e os outros!

    • Rikivi says:

      Temos mesmo de fazer uma vénia ao Elon Musk. Foi ele que mudou o mundo automóvel e a mobilidade. Até me custa incluir e Tesla no mundo automóvel. Há carros e marcas de automóveis que exploram o ego das pessoas, o ter, estatuto pela posse, como por exemplo as marcas de luxo. A Tesla veio provar que há outra forma de estar na vida, o ser, mobilidade com mais racionalidade, tecnologia, conforto e segurança. Mas para quem gosta de velocidade, encontra isso num Tesla, seja o Model 3, S ou X.
      Se quiserem comparar carro por carro em valores, aí temos o Tesla Roadster.
      Li muitos comentários aqui, que concordo em pleno…
      Quanto a mobilidade eléctrica, vamos ter sempre a referência: Tesla.
      Há dois tipos de “carros” eléctricos: a Tesla e os outros!

  14. Paulo Costa says:

    Tudo muito giro mas teria mais facilidade em acreditar no vídeo se o mesmo não fosse feito por alemães, daqueles alemães que vêm apresentar estudos em que produzir um carro eléctrico polui mais que 100 mil km feitos por um carro a diesel mas “esquecem” de mencionar no mesmo estudo a quantidade de poluição gerada pelo fabrico do carro a diesel e a quantidade de poluição gerada pela extração e transporte do combustível utilizado pelo veículo a diesel.

    Não obstante, em outro vídeo não realizado por alemães a “corrida” foi muito mais equilibrada com o Porsche a vencer por cerca de meio segundo em 1/4 de milha, o que seria de esperar já que é um carro mais novo e mais caro também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.