PplWare Mobile

Pentágono quer que os veículos militares sejam autónomos e não precisem de motorista

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. Pedro says:

    Nao seria mais fácil torna-los simplesmente telecomandados ? Resolve o problema da perda de vida humano nestas missões e parece-me bem mais simples

  2. Nuno Santos says:

    Um operador a controlar a viatura, depois passam a varias viaturas e já será melhor uma IA pra controlar a frota… what could possibly go wrong…

  3. JL says:

    O melhor mesmo era acabar com a necessidade deles, mas ok, admito que isso é algo completamente utópico. para o ser humano.

  4. Raul Dias says:

    Da maneira que os constroem, qualquer exercito toma o controlo total dos mesmos…

  5. Técnico Meo says:

    Têm de controlar por rádio frequência. Mesmo com técnicas de spread Spectrum , fec, etc etc etc, é uma questão de fazer jamming a todas as frequências possíveis que o inimigo ganha uma viatura nova. Só inteligência artificial pode contrariar isto. O mesmo para os drones. Só têm tido palco na guerra da Ucrânia porque o exército russo é patético, e liderado por um atrasado mental que ainda da hoje não consegui perceber o motivo da invasão a um povo irmão. Só têm a guerra electrónica bem desenvolvida no que toca a aviões e sistemas ar ar, terra ar. E nem assim, às vezes

  6. Ivo says:

    Qualquer dia vão introduzir os famosos T100…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.