PplWare Mobile

Lotus Evija: hipercarro elétrico com 2.000 cv, o carro de produção mais potente de sempre


Fonte: Lotus

Redator

Destaques PPLWARE

  1. LSousa says:

    Gostava de experimentar esse ….

  2. Pedro Ribeiro says:

    A velocidade máxima é que acaba por desiludir, quando o Veyron, com metade da potência atinge os 400Km/h…

    • mlopes says:

      sim, porque a diferença de 320 para 400km/h é uma coisa fenomenal.
      aliás, temos a certeza que todos os que têm um veyron já andaram imensas vezes a 320 km/h com eles e muitas a 400….

      • Pedro Ribeiro says:

        Para mim, faz diferença… E considerando o preço, mais ainda!

      • Louro says:

        Provavelmente nunca passaste dos 180 na tua vida (enquanto condutor) e estás a reclamar que a velocidade máxima deste carro é 320 e deveria de ser mais de 400…

        Tens a nocao do que é conduzir acima dos 300kmh?

        • Pedro Ribeiro says:

          Sim. É melhor que conduzir a 200

        • zéparvo says:

          Depende muito do carro. Neste tipo de carros a sensação que devem transmitir a 350/400kmh não deve ser muito diferente da que se tem com um vulgar familiar a 240/250kmh.

        • Wishmaster says:

          O Pedro Ribeiro é condutor de linha recta está-se mesmo a ver.
          Cá para mim, 300km/h é mais do que suficiente. A partir daí é pura estupidez, excepto se estivermos a falar de desporto automóvel, em circuitos. Quanto à estrada, é pura burrice andar muito tempo acima dos 300km/h.
          Interessante é ser rápido em curva.
          Como dizia o Colin McRae “Straight roads are for fast cars, turns are for fast drivers”

          • Pedro Ribeiro says:

            Em curva, em recta. Estou a comentar o carro, não potenciais condutores. Agradeço que faça o mesmo. E não preciso de bitaites do Colin McRae ou de quem quer que seja…

          • Wishmaster says:

            @PEdro Ribeiro
            Disse que a simples diferença entre 320km/h e 400km/h para si faz diferença…Ora, não se vê como possa fazer diferença num condutor que tem preferência por fazer curvas em vez de andar em linha recta à máxima velocidade possível…..
            E ainda que seja pessoa que gosta de levar um carro destes para um circuito, considerando que um F1 normalmente chega aos 360km/h, também não se percebe a exigência de tanta velocidade de ponta.
            É que são coisas completamente diferentes. Eu prefiro menos velocidade máxima (até porque precisa de muita estrada para atingir 400km/h, num circuito fechado nem tem isso sequer na maioria dos circuitos, excepto Hokeneim e mais alguns, pouquíssimos).
            Falou da sua preferência pessoal, o que prefere como condutor (“Para mim faz diferença”), por isso não falou só no carro.

            E o que o McRae disse não é bitaite, é a realidade. Andar em linha recta a 400km/h, qualquer condutor medianamente experiente consegue fazer.

    • Koso says:

      este é elétrico, é diferente

    • milkshaker says:

      De certeza que “só” chega a essa velocidade por questões de limitação. Com aquela potência tem pernas para muito mais.

      • Pedro Ribeiro says:

        É claro que é uma limitação. Só referi que para um carro que pretende derrubar várias barreiras, fica claramente aquém numa barreira importante num carro onde o desempenho assume um papel primordial.

  3. Buckethead, o Grande, o Incrível, o Terrível says:

    Não sou especialista no assunto, mas qual a autonomia disto?
    Deve mamar energia a um ritmo assustador.
    Facilmente devem acontecer situações de ficar à beira da estrada sem bateria.
    Depois, só de reboque…

  4. censo says:

    E o objectivo é o quê ? Voar baixinho ?

  5. pois says:

    0-300 em menos de 9 segundos….aqui está um verdadeiro foguete!

  6. Yosef Sholomo says:

    Desisti de comprar logo que vi a tampa do conector de carga ! muito sensivel a uma trombada, pode quebrar facil !
    esperarei a proximo modelo !

  7. ze colmeia says:

    2000cv ta bem ta… tretas!

  8. SANDOKAN 1513 says:

    “A produção arranca em 2020 e serão fabricados 130 exemplares,com um custo de 1.890.000€ ao qual ainda somam impostos.” Meu Deus do céu,automóveis a custar quase 2 milhões de euros !! Como é possível !! Só mesmo para os “Ronaldos” neste mundo. 😐

  9. zéparvo says:

    Sendo um motor eléctrico a potência deveria sempre aparecer em kW… um grande electrodoméstico portanto…
    Já só falta vir com o autocolante da certificação energética… talvez um E- – –

  10. Alexandre says:

    Carro magenifico

  11. Roberto says:

    Que estupidez, façam um carro com autonomia para 2000 km!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.