Quantcast
PplWare Mobile

Lidl: 56 postos de carregamento para carros elétricos já esta semana

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. TugAzeiteiro says:

    Caso para dizer: “Carrega Lidl!”
    Agora fora de brincadeiras… muito boa iniciativa!

  2. Bem jogado says:

    Uma boa iniciativa e uma excelente tatica comercial, à qual só se pode dizer que tem visão: enquanto o carro carrega, porque não uma “compras rápidas” ou uma refeição ligeira no Lidl mesmo ali? É assim que se pensa em negócios. Não é em aumentar preços e pagar aos funcionários abaixo do salário mínimo. Num País em que 3/4 das empresas estão viradas para o Mercado Interno, interessa que as pessoas tenham dinheiro, não que vivam no limiar da pobreza

    • informado says:

      LOL pois pois funcionários é a part-time! E se é a part-time o funcionário tem de trabalhar aos feriados, sabados e domingos

    • João Magalhães says:

      Uma excelente tática comercial ???? 56 postos isso dá quantos por Lidl ? Já estou a ver os cabeçudos a irem de propósito ao lidl para carregar a sua viatura e virem-se embora porque….estão ocupados. Esperam ? Quanto tempo ? E depois de esperarem pela sua vez quanto tempo vai ficar a ida às compras ?

  3. Blackbit says:

    Só duas observações:
    Qual a capacidade de carregamento? Rápidos só mesmo acima de 150kwh..
    Cobram ao minuto? Sério?

  4. Grunho says:

    Tudo depende da potência de carga. 8 cêntimos/minuto são 4,80 euros/hora. É uma questão de saber a quantos kwh se tem direito ao fim dessa hora. Se fossem, p. ex., 20 kwh já era um grande negócio.

  5. NP says:

    “0,08 euros por minuto, permanecendo assim um custo inferior face ao preço de mercado”
    Não sei como chegaram a essa conclusão, mas existem vários postos públicos a cobrarem 0,028€/minuto, Portanto diria que é um dos preços de mercado mais caros.

  6. Incredulo says:

    Acho q as pessoas ainda nao perceberem que o preço de 0,08 ou outros q variam segundo os postos nao saem assim mt barato. Tu não pagas apenas 0,08 por minutos.. pagas isso + o consumo de eletricidade + uma taxa qq e alguns pagas + um valor só pela ligação… ou seja os unicos q realmente poderão ter alguma poupança em relaçao a carros a gasoleo (e em alguns caso até mesmo a gasolina) é se tiveres um carro q faz carregamento rapido, pois estaras ligado “poucos” minutos.. imagino q os q permitem esse tipo de carregamento nao serão os eletricos /hibridos mais baratos do mercado….

    • NP says:

      O justo seria o OPC cobrar por KW/h, que efetivamente depende da energia consumida. Deste modo não estava dependente da velocidade de carregamento, o que penaliza os que carregam mais lento, ou seja, a promoção à compra de elétricos é em muitos casos uma ilusão de poupança.
      Quem tem carro elétrico repara que os postos de carregamento que cobram ao KW/h estão sempre ocupados.

      • Incredulo says:

        Concordo ctg. Eu tenho um hibrido e felizmente consigo carrego-lo em casa, pq a carregar a 3,7 kw/h é proibitivo usar os postos de carregamento na rua, compensa mais ir a bomba “carregar” com gasolina.
        Infelizmente se vou passar um fds fora, se nao arranjo uma tomada de alguem, resta-me andar a gasolina.
        Essa de carregar pagar ao minuto foi mesmo a forma de sugar mais dinheiro aos mais incautos.

    • Seal says:

      Segundo o site do Lidl :

      “… assumimos a diferença da nova tarifa cobrada pela Entidade Gestora da Rede de Mobilidade Elétrica (EGME), mantendo o preço final da componente de operação em 0,08€ por minuto, sem qualquer taxa de ativação ou outro custo adicional.”

      • Incredulo says:

        não te cobram é a nova taxa.. sim portugal é expert em taxas… viram que como as pessoas se estao a virar para o eletrico toca a meter taxas novas…. a energia q gastares nao é o lidl que cobra é o operador de energia q tens.. edp, galp, endesa, o q for..depende do cartao que usares para carregar o carro, mas iras sempre pagar 0,08 ao minuto + a energia q consumires.

  7. contacto says:

    Mas alguém pensa que esta gente do LIDL ia dar algo a alguém?

    • Seal says:

      Nem tem nada que dar.
      Até parece que os postos de combustível oferecem alguma coisa…
      Fornece um serviço para quem o quiser.
      A poupança em carregar um VE ou Plug in está em fazê-lo em casa/trabalho.

  8. Joao Ptt says:

    Próximo investimento, LIDL, leiam isto aí na direcção do LIDL Portugal, é meter carregamento eléctrico por indução no chão dos parques de estacionamento, em todos os lugares.
    Pode aparecer um menu no veículo eléctrico a informar a disponibilidade de tal sistema, qual o tarifário nesse local específico (com todos os custos, taxas e taxinhas incluídas) e qual o custo total estimado para carregar a 100%, o preço por minuto (se só estiver X minutos só vai pagar Y euros), etc. e a pessoa pode querer carregar um X de energia, ou gastar um X de dinheiro, enfim cada um depois decide o que é mais conveniente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.