Quantcast
PplWare Mobile

CATL diz ter disponíveis baterias para 2 milhões de km

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Jota says:

    2 milhões de quilómetros? Vai ser proibido, não dá lucro ao estado!

  2. jcg says:

    Até poderia ter um trilião de km de autonomia, mas eu não tenho nenhum interesse nessas baterias no meu carro. Isso só poderá ter interesse para camiões de longo curso. De resto para o Zé povinho não quer ter um carro em que a bateria dura mais do que a chapa do carro, os interiores, etc. O que realmente interessa é aumentar a autonomia, baixar o volume, peso e CUSTO das mesmas.

    • Tiago S. says:

      Tudo isso, mais a velocidade de carga e a existência duma rede decente de postos de carregamento bem distribuída pelo território nacional.

      • TugAzeiteiro says:

        A rede de postos de carta nacional é ridícula…. vamos ver se a partir de 01 de Julho a coisa muda com os carregamentos pagos! De qualquer das maneiras, os carregadores novos que estão por aí a instalar são de apenas 50Kwh…. quando já há de 250kwh! Assim não se vai lá…… Só espero que a Ionity venham para Portugal!

    • miguel says:

      Resposta sábia, mais de 85% dos carros que vão para abate não tem 400.000Km.

      • O trancas says:

        Se calhar não têm 400.000 porque… não chegam lá. Já te passou pela cabeça? A maioria dos carros a gasolina começam a dar muitos problemas entre 150 e 200.000 (com exceção dos japoneses e Mercedes antigos que duram em média 75.000 mais) e os diesel 300 a 400.000.

        Daí que vês para abate carros com menos de 400.000 porque ninguém vai fazer reparações de 3000€ ou mais para ter carro para mais uns poucos milhares de km. Se um carro elétrico mostrar fiabilidade para 1.000.000 de km então vais ver abates com muitos mais km.

    • TugAzeiteiro says:

      E já pensaram na possibilidade dessas mesmas baterias, após o resto do carro ir para sucata, serem retiradas e reaproveitadas para outros projectos? Como por ex. para auxiliar painéis solares domésticos e assim teres energia mais barata? Ou serem aproveitadas para converter carros antigos? Ou para estabilizar a rede eléctrica? Há tantas possibilidade….. e tanto dinheiro a ser feito!!
      E no fim da vida útil dessas mesmas baterias as mesmas podem ser recicladas a 100%….. há já várias empresas (incluindo na Europa) a reciclar, até porque os materiais que elas utilizam são valiosos e podem ser recicláveis indefinidamente sem perder propriedades! Pesquisem….. já há muita informação disponível, basta perderem um pouco de tempo!

  3. TagusPark says:

    eu queria 1% desta bateria no meu telemovel 😀

  4. eu2 says:

    Cá me parece que as da Tesla eram 1 milhão de milhas (arredondado de 1.2M) e estes “2 milhões” são 1.9M *kilómetros* arredondados para 2 milhões. Logo, são as mesmas baterias.

  5. Nissi says:

    Interessava era saber a AUTONOMIA da bateria por cada carga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.