Quantcast
PplWare Mobile

Cuidado! Afinal não é apenas o Windows 10 que recolhe dados

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. André Alves says:

    Menor privacidade, maior segurança…

    • Iurie Solomon says:

      explica

      • CMatomic says:

        É fácil de explicar , tens agentes de investigação dentro do teu sistema , logo mais segurança .

        • mv says:

          Eu não quero agentes dentro do meu sistema porque não atuo de forma ilegal, não faço downloads ilegais, não vejo filmes em streaming.

          Não sou criminoso e não tenho de ser tratado como criminoso em potencia. Se tiver um problema de segurança reporto-o.

          Se me roubarem dados bancários, bloqueiam-se os canais. Assim como se me roubassem a carteira, mandava bloquear os cartões.

          Isto é simplesmente uma ferramenta ilegal e ilegítima de controlo.

          • Agent 47 says:

            És um anjinho logo nao tens nada a temer.

          • KNIGHT says:

            Acredito em vc, mas sabe akele site q vc vai e ve coisas diferente, pois é eles ja sabem que vc vai la e ja tens uma classifikação g12, ou b06, ou pv56, mas relaxa e dai que eles sabem onde vc navega não é, afinal de contas não é crime ter taras rs.

            Use sites que tenham filmes on line que ainda não é crime ver filmes nesses sites, o chato são as propagandas, ihhhh mas mesmo não sendo crime eles estarão de olho em vc, mas e daí não é?

          • sr.knom says:

            e então? não aceitaste os termos de serviço? se concordaste e estas a usar o sistema……
            tens solução, deixar de estar online e usar sistemas potencialmente “espiados” (ios, macos, windows)

            faz como obama.. usa blakberry 😉

        • JBM says:

          creio que a maior parte do que isto faz não tem qualquer ligação a questões de segurança.

        • Diogo says:

          Piada da semana!

        • Nuno Fernandes says:

          Então, todos somos culpados até prova em contrário? F**K the constitution, right?

    • camones says:

      Já colocou um cinto de castidade na sua namorada/companheira/esposa? Por essa lógica, a liberdade e privacidade da mesma não lhe interessa… Assim fica mais seguro, não ela!

    • Máquegaiver says:

      Errado, é apenas uma forma de vender na internet, tem tudo a ver com publicidade dirigida, é como quando pesquisas sobre algo e vais para qualquer site e aparece publicidade daquilo que pesquisas-te.

    • Nuno Fernandes says:

      Desde quando é que a segurança é justificação para falta de privacidade???? Já agora pede à Polícia para instalar câmaras e microfones em TODAS as divisões de tua casa, incluindo a cagadeira, e que esteja constantemente 20 ou 30 pessoas a ver e a apontar tudo o que fazes… Sim, porque nunca se sabe se vais ter alguém a meter-te publicidade na porta de entrada.
      A segurança somos NÓS que a fazemos. A privacidade é um DIREITO, não uma moeda de troca!

      • sr.knom says:

        quem disse que 20 30 pessoas apontam o que fazes??? mania da perseguição!!
        estás na epoca da informação e desinformação… informa-te deixa de ver filmes paranóicos… e se achas que és assim tão espiado deixa de usar wifi, internet, smartphone, computador, tv… porque a maioria deles envia dados para datacenters… então as tv’s com sensor, browser e camera.. ui

    • John says:

      Tu estavas bem a viver no estado novo com os PIDES à porta. Eles é que decidiam se o que tu fazes está correcto ou não …

    • Ras'al Gul says:

      Dizer que não te importas com a perda de alguma privacidade em troca de mais segurança não é diferente do que dizer que não te importas com a liberdade de expressão porque não tens nada a dizer…

  2. S. Pedro says:

    Perdoem-me a pergunta possívelmente estúpida, mas o Windows não faz as actualizações automaticamente, sem sequer pedir ao utilizador? Deixaram-me confuso em relação a isso com “A forma mais simples dos utilizadores do Windows 7 e do Windows 8.1 se protegerem é simplesmente a não instalação destas actualizações do Windows.”.

    • ervilhoid says:

      Podes optar por ser tu a escolher se queres automatico, descarga automatica mas c/tua autorização para instalar, descarga e instalação por tua conta ou desligado

    • Ze says:

      Essa opção vem pre-definida, mas podes mudar para manualmente.
      Painel de Controlo-> Sistema e Segurança-> Windows Update -> (separador esquerdo) Alterar definições

    • Miaggy says:

      a verdade é que já dei o salto para o W10. Mas sempre que a Microsoft precisava de fazer uma actualização que precisasse de mais permissões aparecia uma janela com termos da actualização. Não sei se tal coisa está a aparecer para estas novas actualizações. Mas a verdade é que a maior parte dos utilizadores banais simplesmente vai instalar isto e nem se vai aperceber.

  3. Jorge Gabriel says:

    Bye Windows…..

  4. Anónimo says:

    Por acaso já estava informado destas “funcionalidades” no W7/W8.x. Desinstalei os updates em causa e (para já) fiquei com o W8.1, mas estou a ponderar seriamente a minha vida. (As campanhas da Microsoft nos states em que agressivamente atacavam a Google por bem menos que isto e a forma como afirmavam que JAMAIS fariam algo do género fez-me perder a confiança neles).

    Tenho a certeza que o OSX também terá alguma forma de telemetria indesejada (mas menos agressiva e continua a ter algum suporte das aplicações comerciais que existem no Windows) enquanto que no Linux a disponibilidade das aplicações comerciais tomadas como referência no mundo profissional é quase inexistente (raramente tem a aplicação nativa, resta apenas WINE ou uma VM com Windows).

    A ver vamos, Linux seria a melhor aposta de futuro mas posso ter de ir à loja comprar um Mac (até que esse futuro chegue).

    • Ricardo Raimundo says:

      Olha que aqueles senhor das barbas com ar meio louco já veio dizer que Ubuntu é spyware..

      • Anónimo says:

        Linux é bem mais do que o Ubuntu (que por acaso até desgosto do Unity e dos hacks necessários para algo tão básico quanto minimizar uma aplicação).

        Ou Debian (puro) ou um RHEL, com grande probabilidade para um RHEL (inclinado para CentOS) uma vez que é para trabalhar a sério.

        PS: Ao contrario da telemetria do Windows, o “spyware” Ubuntu não quebraria o meu contrato laboral — tipo “NDA”, uma vez que não tem keylogger instalado (sim, quem trabalha a sério é-lhe imputada a responsabilidade por burrices como pex. conscientemente ter um keylogger instalado).

      • Diogo says:

        O Ubuntu não é Spyware. O Ubuntu com Unity tem integrado anúncios da Amazon, ou seja bloatware, mas que podem ser facilmente removidos. E também, Ubuntu não é a única opção, tens Linux Mint, Fedora, Elementary OS.

      • Ramona says:

        E ta cheio de artigo na internet provando que sim.
        E mas que diabo, ao todo momento ele disse Linux, logo porque estão sempre a pensar em ubuntu. Existe varias distros muito melhores que o dito cujo.
        Va visitar o distrowatch.com e verás!

      • Ricardo Raimundo says:

        ..eu sei meus caros! Estava só a espicaçar.

    • censo says:

      Desliga tudo. Desconecta tudo. Fecha os cortinados. Cerra as portas. Assim estaras em privado. E já agora…digam lá que dados é que vão mesmo para a MS que eu estou aqui sentado à espera…

      • R o B says:

        Eles sabem qual a pornografia que mais consomes.

      • John says:

        Liga tudo. Conecta tudo. Abre os cortinados. Abre as portas. Assim estaras em publico. E já agora…digam lá que dados é que vão mesmo para a MS que eu estou aqui sentado à espera…

        Em argumentos extermistas também funciona ao contrário … é claro que por vezes temos que trocar liberdade por segurança, mas neste caso somos forçados a dar informações pessoais para favorecer uma corporação que fará “sei lá o quê” com esses dados ? F**K THEM !!!

    • Safrane says:

      “Tenho a certeza que o OSX também terá alguma forma de telemetria indesejada”

      Ai sim?

      Resta é dizeres aonde?

      • sr.knom says:

        vocês usam um sistema e acham que ele é perfeito… man eles recolhem dados, quer queiras quer não!! não é por tu não veres os dados a sair, ou alguém dizer que os dados não são enviados… Até os frigoríficos inteligentes enviam dados, só vocês não percebem essa treta

  5. Mikes says:

    Afinal que dados são recolhidos, alguém consegue responder a isso?

    • Teched says:

      Não porque ninguém quer abdicar desta paranóia e serem minimamente racionais. Ler na net = must be ture.

    • João MS says:

      +1 Também me parece ser a questão mais importante e que não foi respondida até ao momento.

    • Anónimo says:

      A menos que tenhas as chaves da Microsoft para decifrar o tráfego, só a Microsoft pode responder a isso.
      Para mim a questão é irrelevante, a partir do momento em que tem um keylogger o meu contrato de trabalho obriga-me a mudar. Não há qualquer “mas”, sei que tenho um keylogger no sistema e ao não fazer nada sou logo responsável por tudo e posso ser despedido a qualquer momento.

      São problemas que só se aplicam a quem trabalha a sério.

      • Carlos says:

        Tás a falar de qual keylogger?
        Tens alguma prova do que dizes ou estás só a dizer o que leste por aí algures?
        A sério.
        Estás a dizer que *sabes* que o Windows 10 tem um keylogger.
        Mostra lá como é que *sabes* isso.

        • Anónimo says:

          É a própria Microsoft que o diz, tanto na licença como na interface!
          Não me digas que agora também sabes mais que a Microsoft?

          • Pedro says:

            O “keylogger”, pode ser deligado.
            Presumo que se esteja a referir ao aplicativo que monitoriza a escrita para (segundo a microsoft) melhorar o dicionario e as opcções/alternativas apresentadas no dicionario.

      • Felipe Teixeira says:

        Bem, já sabemos que és o maior, e o único que trabalha aqui, agora volta lá para a tua ilha.

      • Diogo says:

        Exatamente, para quem só quer ir ao Facebook, jogar League of Legends e defender cegamente a Microsoft em todas as discussões que encontrem serve perfeitamente.

        Se calhar a Microsoft vai-lhes mandar uma medalha por correio visto que já sabem quem os anda a defender…

    • Diogo says:

      Ainda não se conseguiu comprovar ao certo que dados estão a ser enviados, mas é possível ver que estão a ser enviados dados mesmo que tenhas desligado todas as opções de as enviar. O que quer que esteja a ser enviado devia ser possível desligar pois os utilizadores devem ter o direito de escolher se querem enviar ou não.
      Se não é possível desligar, as pessoas deviam dizer “bye bye Windows” e não se conformarem com isto. Infelizmente, há muita pessoa cega por aí…

      • Mikes says:

        Há “n” serviços da MS que dependem da troca de informação entre o teu sistema e a MS. Portanto, para eles funcionarem e serem eficazes tem de haver tráfego de dados.
        Eu quando criei uma conta Outlook, quando subscrevi o Office365, quando mando coisas para o Onedrive ou quando sincronizo o meu Lumia com os serviços MS sei que estou a enviar informações que ajudam a MS a dar-me melhores serviços, a ser mais eficiente.
        Aquelas opções do windows e Office que permite a MS recolher informações do meu sistema e em especial recolher os logs de erros, no meu PC estão activas.
        Eu deixo a MS recolher esses dados porque acredito que no futuro terei melhores produtos vindos da MS.

        A minha pergunta ainda não foi respondida e pelos vistos ninguém sabe a info que a MS recolhe… mas já está tudo alvoraçado… é o caos, o fim do mundo…

        Enfim…

    • Carlos says:

      Nenhuns, a não ser que digas que queres participar no Programa de Melhoramento da Experiência do Cliente da Microsoft.

      Se escolheres participar, está aqui: http://www.microsoft.com/products/ceip/pt-PT/default.mspx

    • KNIGHT says:

      Tudo, ate qndo vc liga sua cam ou para conversar com familiares e as outras coisinhas tbm.

      TUDO!!!!

  6. sniperpt says:

    É tudo teorias da conspiração e tal… Já sabia desses updates. Basicamente todos os windows vão enviar dados.

    Mas para muitos quem não deve não tem, qual direito a privacidade?

    E tudo feito a calada dos updates. La esta a razão de deixarem informar o que faz o patch.

  7. ElLobroNegro says:

    Espero que gostem do meu histórico de pornografia.
    De resto nem me aquece nem me arrefece.

  8. Mário says:

    Que paranóia tão absurda!
    Qual é o problema de haver MÁQUINAS a tratar dos nossos dados pessoais? Não está lá ninguém para tratar pessoalmente dos dados de cada um! Podem argumentar com aquelas quebras de segurança e dados vazados na net, mas isso pode acontecer em qualquer lado, não é só na Microsoft. Ou pensam que Linuxes e afins são santos? Só falam do que lhes convém….

    Aproveitem o excelente sistema operativo e relaxem. Este assunto já enjoa!

  9. Diniska says:

    Fui confirmar no meu W. Vista e não tinha nada instalado, ou terá outro nome?

  10. joao says:

    é pa esqueçam essa coisa de privacidade… hoje em dia nao é so o windows que vos espia…

    usem um 3310, uma net publica e um pc com SO a correr numa pen se querem algo mais privado….

    • Diogo says:

      Tu e muitos outros são o que estão mal neste mundo. Conformam se com o que estas grandes companhias impõem e ficam aí bem caladinhos.
      Felizmente dá para ver que muita gente se preocupa com a sua privacidade e está a começar a pensar mudar para outro lado.

      • Mikes says:

        LOL… mas mesmo dos grandes.
        Se estivesse preocupado mudava de sistema, cortava a net… etc.
        O meu bem estar, o acesso à informação, etc., para mim sobrepoe-se a telemetrias que ninguém sabe o seu conteúdo mas que virou o fim do mundo.
        Paranoias, teorias da conspiração, são coisas que nunca entraram bem na minha cabeça.
        Ou me mostram, a MS rouba-te o acesso ao banco e saca-te guito, usa o teu NIF para fazer coisas ilegais, rouba-te a identidade, vais acabar debaixo da ponte sem nada, os teus filhos não vão ter de comer, etc… ou então, para mim, são teorias da conspiração.
        Aliás, se eles acederem à minha conta do banco até pode ser que tenham pena e deixem lá uns milhares de euros…

      • sr.knom says:

        loooool

        vocês preocupam-se apenas com o próprio umbigo e depois dizem-se preocupados com isto e aquilo.. mas só porque vos afeta

    • camones says:

      Dá-me aí os códigos de acesso à tua conta bancária!?!? Algum problema com isso? Afinal a privacidade não interessa, certo? (Não vale a pena replicar com a resposta que isso é outra coisa! É sempre “outra coisa”! Mas sobre a nossa vida deveríamos ser nós a ter a liberdade de definir a prioridade do que é ‘privado’ e o que é absolutamente imprescindível!) Acho extraordinário a passividade com que as pessoas vão aceitando a sua condição de ‘objecto’!!! Enfim…

      • Mikes says:

        Adoro como a malta mistura as coisas!! 😀
        A MS, que eu saiba, não acede à minha conta bancária.
        MAS!! Porque raio havia de te dar o acesso à minha conta bancária se muito provavelmente nem te convidaria a entrar em minha casa se me batesses à porta?! Se viesse aqui bater à porta o Sataya Nadella eu convidava-o a entrar e mostrava-lhe a casa – mas se calhar não lhe dava o acesso à minha conta, o NIB talvez para ele depositar lá qualquer coisa! 🙂

        Esses comentários como o teu são tão ridículos que deixam um gajo sem resposta, mas é pela estupidez do comentário.

        • camones says:

          Vamos lá então divagar sobre a “estupidez” (do comentário, claro!).
          O meu comentário foi construído recorrendo a duas figuras de linguagem mais ou menos correntes: a ironia e a hipérbole (não é bem uma hipérbole mas com sentido ‘hiperbólico’).
          Como é óbvio (isto para os mais distraídos), não estou a dizer que a MS tem acesso à conta bancária! Ironizando e exagerando (a tal hipérbole), estou a levar ao limite uma situação para expor o ‘ridículo’ do desleixo com que alguns aceitam acriticamente as questões da privacidade!
          O exemplo da conta bancária é um “limite” que, como é óbvio, é comummente aceite por todos! Mas como limite que é, permite colocar em discussão os princípios que estão em causa. Dirás o seguinte: “há questões de privacidade que não me chateiam muito mas há um limite a partir do qual não passo!” Pois, mas o problema é que o que tu consideras limite não é o mesmo para todos os outros: o teu limite pode ser a conta bancária; o meu limite pode ser uma simples foto minha no facebook! O teu limite pode ser o acesso às pastas que tens no PC; o meu limite pode ser as teclas que digito com mais frequência!
          Aceitando que os limites são variáveis, qual é o princípio que está em causa? O da privacidade e da liberdade. Não estamos a discutir uma medida preventiva ou de interesse comum (que mesmo assim tem limitações muito particulares na legislação de cada país). Estamos a discutir a acção de uma empresa privada! Ora, esta empresa não é altruísta! Todos os seus procedimentos, mesmo com a intenção de facilitar a vida de (alguns) clientes, é feito com interesses próprios (interesses comerciais, de concorrência, de lucro, etc.). Nesse sentido, estamos a aceitar ser cobaias (objectos) para fins que nos foram pré-determinados! (por que raio alguém há-de decidir o que é útil, ou não, para mim?)
          Se os teus limites são diferentes dos meus, por que não a liberdade de escolha? Por que não a microsoft dizer que recolhe isto e aquilo, para este e para aquele fim, e cada um decidir se está interessado, ou não, nesses fins?
          Além do mais, por que razão confiar numa empresa privada que impõe os seus procedimentos de modo pouco transparente para fins muito pouco claros? Suponho que não aceitarias ser cobaia de uma farmacêutica para experimentar coisas ‘desconhecidas’ apenas sob a base da ‘confiança’ nessa mesma empresa?
          Acrescenta à questão do “limite” a questão da “confiança”: as tuas delimitações não são as mesmas que as minhas!
          (julgo não valer a pena aduzir argumentos com base numa avaliação ‘qualitativa’ da estupidez alheia)

          • Mikes says:

            Mas tu tens opção de escolha! Não concordas ou desconfias da forma como a MS vende o seu produto, tens a opção de não usares.
            Afinal, como tu bem referes, a MS é privada e não te obriga a usar os seus produtos.

            No entanto a questão mantem-se: afinal quais são os dados que a MS está a “roubar”?
            Eu não faço manifestações só porque “não-sei-quem” disse que isto tudo está mal, que estamos a ser violados e sei lá mais o quê.
            Não faço manifestações só porque uns putos de uns torrents quaisquer bloquearam utilizadores com W10 de aceder aos seus sites.
            Preocupa-me muito mais um “hacker” qualquer entrar no meu PC que a MS receber dados de telemetria do meu PC.

            Mas sim, é como referes, cada um tem o seu limite e o meu não é atingido porque alguém disse que a MS recebe data do meu PC sem ser capaz de dizer afinal que data é essa.
            Como ainda não tive qualquer de sinal que a MS está a usar os meus dados de forma maliciosa, abusadora ou prejudicial para mim, vou continuar a dar acesso à MS ao meu PC.
            Entretanto se alguém da MS quiser cá vir beber um café pode bater à porta (estão a ler aí na MS isto, não estão?).

      • Zaark says:

        Mas É outra coisa! São enviados dados mas ninguém sabe o quê e para que fins. A partir desse momento, exemplos como esse não têm grande lógica – estás a dizer que possivelmente a MS recolhe os nossos dados bancários com o propósito de os consultar. Será que 1) esses dados fazem parte do que é recolhido e 2) esse é o fim para o qual são recolhidos? Enquanto estas duas questões fundamentais não forem devidamente respondidas, podemos tecer todo um mundo de exemplos, mas eles não passarão de uma argumentação falaciosa.

        • camones says:

          Suponho que não percebeste o comentário! Aconselho-te a ler a resposta anterior ao Mikes e a utilizar um pouco mais a ‘lógica’! (então como não sabes o que é recolhido, nem para que fins, tudo numa boa?)

          • Zaark says:

            Pela resposta, tu não percebeste o que quis dizer e onde queria chegar. Mas o Mikes, antes de mim, já respondeu algo que concordo, pelo que já tiveste suficiente tempo de antena no meu canal para esta questão.

          • camones says:

            Não leste a MINHA resposta ao Mikes (está difícil o entendimento!!)
            E já agora, quem se atravessou no “canal” não fui eu!!! Quem decidiu ‘interferir’ no meu “tempo de antena” foi alguém que agora se acha sobranceiro à discussão! Grande lógica (para quem argumenta com a “lógica”)!!!

          • Zaark says:

            @camones, de facto não li à altura em que escrevi esse meu comentário uma vez que o teu ainda não tinha sido aprovado, logo, não visível para mim.

            Estive agora a ler e agora sim gostei de ler o que pensas acerca do assunto (passando a questão da Gramática e alguns pontos acerca dos “limites”). Em vez de um exemplo qualquer que, para mim, continua a ser descabido, li um texto que suporta a tua opinião.

            Com esse texto digo-te uma coisa: boa parte da nossa forma de pensar sobrepõe-se! O problema tem sido a forma como cada um de nós expressa o que pensa.

            Agora, “filosofia à parte” e “armas guardadas”, confesso que ainda não me deixei ir na “onda da polémica”. Há relatos disto e daquilo, mas aquilo que para mim são as questões essenciais ainda estão para responder: o que está a ser transmitido à Microsoft e com que fins?

            Por exemplo, quando “falo” com a Cortana, aquilo que disse é enviado à MS. A explicação dada na Política de Privacidade do Windows Phone (ainda não li toda a do Windows 10, mas estou a caminho de terminar a sua leitura) refere a melhoria do sistema de percepção da voz – como há tanta forma de falar Inglês (tal e qual como o Português de Portugal – Norte vs Alentejo é um exemplo clássico), meter várias vozes num sistema de aprendizagem vai permitir isso mesmo, da mesma forma que um sistema de reconhecimento de imagens aprende com muitas imagens.

            Caso as informações recolhidas ultrapassem aquilo que, a meu ver, seja potencialmente útil para melhorar os serviços, e/ou caso tais informações sejam transmitidas a terceiros, a história muda de figura. Por que motivo é transmitido a terceiros, o que lhes é transmitido e como lhes é transmitido.

            Assim podia continuar, mas a questão central é esta: ainda há muita especulação com uma boa dose de sensacionalismo à mistura. O sensacionalismo e o “populismo” é que “vendem”, e para vender a desinformação torna-se moralmente aceitável por quem quer ganhar alguma coisa com isto.

            A questão final: quantas das notícias e alguns dos relatos que andam por aí não são “inflacionadas” ou mesmo totalmente originárias de sensacionalismo?

            Sou cauteloso acerca da minha privacidade, mas também aprendi a ser cauteloso com as notícias. Neste momento encontro-me atento e a evitar qualquer “onda” – esta é a minha lógica 😉

  11. NokTham says:

    Pois, é como o Ubuntu que tanto parecer o bonzinho da história, a diferença é que a Microsoft decidiu ser sincera em relação a este assunto. lol.

    • Edexote says:

      A Microsoft de sincera não tem nada, porque instalou os updates pela calada e não informou ninguém que ia lançar estes update de “telemetria”. A venda de publicidade dá rios de dinheiro à Google, a Microsoft quer é mamar uma parte do bolo.

      • Zaark says:

        A MS nunca informou especificamente de nenhuma das outras centenas de updates. A MS tem uma lista que descreve as KBs no seu site para quem quiser ver.

    • Alucard says:

      Nada do que o Ubuntu esteja a fazer é sequer comparável com o que a Microsoft implementou no Windows.
      Estás a falar do scope para a Amazon, certo? Isso é quanto muito publicidade indesejada e pode ser desligado. Aliás, até podes usar o Ubuntu com outro ambiente gráfico. O Ubuntu que eu saiba ainda não tem um keylogger.

    • Vlad says:

      Sincera? Foi sincera em nem sequer avisar as pessoas, em marcas este updates como essenciais de forma a serem instalados automaticamente? Os resultados online, por mais que os fãs de Windows queiram, não é spyware.

  12. sergio says:

    Eu deixei de actualizar o windows, e o computador continua bom , sem problemas, há mais de 5 anos.
    Quero que as actualizações se f**##.

    Para segurança, basta-me ter firewall e o meu Kaspersky actualizado e pronto.

    • pedro says:

      e eu, para além disso, nem firewall e kaspersky uso. formato e reinstalo as coisas se calhar nem uma vez de três em três anos e o computador mantém-se sempre rápido e sem maluqueiras. porque será? … cliquem menos vezes nos mails estranhos que vos enviam … deixem de visitar sites manhosos … deixem de instalar programas manhosos … etc etc.

      • KNIGHT says:

        Putz vejo q não conhece nada sobre antivírus, e não falo só do que vc usa, falo do real motivo para que serve antivirus.

        …è minha gente o governo ama vc, linha amarela, fácil , extremamente fácil de ser manipulado.

        Ele usa Kaspersky e pensa que é o top, mal sabe ele para que servem os antivírus, tse tse.

  13. Antonio says:

    Eu ainda continuo com o XP , faz tudo o que preciso , por enquanto não quero outro.

  14. Gustavo says:

    Vamos mudar para o Slackware (em modo texto)? 😛

  15. Jorge Cardoso says:

    Podem mudar para vista windows 7 windows 8 nao faz diferença
    Sao sistemas operativos sem encriptaçao nenhuma e que qualquer pessoa tem acesso a qualquer momento

  16. Rui says:

    Bom dia…

    Parem com a polémica da privacidade, os nossos bancos sabem mais de nós do que o windows… eles podem ter tudo o que é nosso … a questão é … fazem alguma coisa com eles? não me parece que tenham autorização para tal. Conhecem-me pessoalmente? aquece ou arrefece? nem um nem o outro… Já estou cansado de ler sobre a privacidade… privacidade, privacidade, privacidade… o disco empancou aqui? Tenho mais “medo” das finanças do que da microsoft 🙂

    • bufAmarela says:

      A questão é que podemos eleger quem manda e controla as finanças, e está sujeito ao controlo de várias entidades e enquadrada por uma constituição, mas as corporações não! E para mais muitas vezes ninguém sabe quem são os “senhores” a quem elas realmente servem.

    • jorgeazevedo1 says:

      +1. Não há privacidade em lugar nenhum. Tudo é controlado. O uso da informaçao é eftivamente na maior parte das vezes para que os sistemas se aproximem mais dos gostos do seu utilizador. Temos milhoes de utilizadores e a informação é tratada de uma forma programada. Ninguem anda a ver o utilizador tal e tal o que faz. Parem p.f. com a paranória e os media e distribuídores de informação parem tambem de alimentar esta nova tolice.

  17. Fernando says:

    Quem quiser espiar-me, que o faça, mas duvido que ganhe alguma coisa com isso. Sempre usei Windows, sempre fiz todas as atualizações e vou continuar a fazer. Não se esqueçam que há uma organização chamada NSA que chega a qualquer lado.

  18. 3nvy says:

    Acho que o maior problema não é o que a Microsoft vai fazer com os dados que recolhe, uma vez que o mais certo é que eles usem a informação somente para publicidade redireccionada e talvez para combate à pirataria. O que me preocupa mais é o que terceiros podem fazer com estes sistemas implementados de recolha de dados, já nem têm de instalar spywares, basta mandar um viruzeco que manipule a informação que recolhe e voilá, têm um spyware nativo nos computadores infectados sem muito esforço, e depois la vao cartoes de credito, passwords, blablabla. Se a microsoft fosse uma empresa conhecida pelo seu sistema de segurança impenetrável estava-me a burrifar, mas como todos sabemos que aquilo é tudo menos seguro, estou preocupado é com as falhas de segurança que podem levar a terceiros o uso dos dados recolhidos.

  19. SoulReaver says:

    Pois…se a recolha fosse apenas para melhoria de serviços ou uma mera estratégia de marketing como foi até agora, eu também não me importava, assim como não me importei nos últimos anos como utilizador XP-8.1 que esta fosse feita…
    O problema é que a recolha e a respectiva politica de privacidade vai mais longe do que isso…
    Para aqueles que estão sempre a chamar esta preocupação de “paranóia e ignorância” os que “não têm nada a esconder”, vejam este vídeo com atenção e pensem bem no assunto.

    https://www.youtube.com/watch?v=UQNYQStjJWk

    PS: Após vários anos com dual-boot entre 7/8/8.1 e Linux, neste momento apenas utilizo linux, pois apenas não concordo com os termos de utilização…não se trata de ter conteúdo pirateado ou não no meu pc, trata-se apenas de achar que não cabe a nenhuma empresa aceder ao conteúdo das pastas, muito menos apagar seja o que for, e muito menos a partilhar esse conteúdo com terceiros…são informações particulares…mas claro, é apenas a minha opinião, cabe a cada um decidir se concorda ou não…

    • Césio says:

      Devias ler também os comentários mais votados…

    • Carlos says:

      O problema é que o senhor do video não leu o documento da política de privacidade da Microsoft.

      E é um idiota.

      Sobretudo isso.

      É que o documento que ele mostra aplica-se apenas aos serviços e no fim tem uma lista dos serviços a que se aplica.

      Coisa que ele obviamente não leu.

      E tu também não.

    • Mikes says:

      Gosto quando a malta vai buscar um video qualquer de um “youtuber” que filma as suas opiniões no seu quarto escuro, com imagem manhosa, que anda ali às voltas com os comentários e no fim, depois de tudo bem espremido, chegamos à conclusão que afinal o gajo não sabe do que fala.

      • SoulReaver says:

        @Carlos
        Apresenta factos e esclarece as pessoas, sem ofender ninguém de preferência, a educação é sempre bem-vinda…
        @ Mikes
        Fico feliz por agradar…mas a tua critica também não ajuda ninguém…

        • Mikes says:

          Eu é que continuo à espera de esclarecimentos de quem sabe isso tudo!! Aqui já vi uma quanta gente indignada com a MS, mas explicar-me concretamente o que está mal ainda nada – dizer que a MS recebe telemetrias do meu PC não é nada, até o SIS cá em Portugal deve aceder à minha vida de uma forma bem mais intrusiva!!

  20. Miguel Gomes says:

    Como já disse uma vez quem está mal pode sempre mudar.

    Btw, alguém aqui leu os termos de utilização? Duvido que eles fizessem algo com que os users não concordasse, ou seja, algo que não está nos termos. Se aceitaram os termos e lá indica que eles recolhem informações então não têm razão nenhuma de criticar.

    Também não me agrada esse tracking que fazem, mas não tenho para onde me virar visto que jogo com regularidade, logo vou fazer vista grossa. Gostava que existisse uma alternativa ao Windows como plataforma de gaming mas não existe tal coisa infelizmente.

  21. Fernando says:

    INFORMAÇÂO é PODER. Em casa somos três utilizadores da net. Este verão o elemento jovem de casa, com sistema LINUX, fez umas pesquisas e reservas de alojamento pelo BOOKING. Estranhamente, os dois elementos mais velhos da casa com WINDOWS 7 e 10, passaram a ser invadidos com ofertas de alojamento para as mesmas cidades. Ainda mais estranho, os elementos mais velhos tiveram acesso à conta e comentários do elemento mais jovem no BOOKING. Não foi usado qualquer palavra passe ou outro elemento identificativo, os 3 apenas partilhamos a mesma rede de acesso à net.

    • um says:

      Caso curioso, provavelmente os três elementos são familiares/amigos e estão identificados como tal numa qualquer rede social onde acedem a partir do mesmo IP. Provavelmente o serviço de publicidade até pode estar a confundir ou achar que os 3 são apenas 1….
      Já agora a inundação de publicidade ocorreu apenas num canal / serviço ou em múltiplos?

  22. Carlos Ribas says:

    Pois,

    Caso para dizer que, pelo menos a Microsoft “dá a cara” na recolha de informações. Não é que eu tenha grande apetência pela Microsoft mas, a César o que é de César: nas versões de Windows anteriores, porque são (alegadamente) pagas, existe a opção de remover as patches relativas a essa recolha. No Windows 10, porque é de borla, ou alinhas ou não alinhas – problema teu. Até aqui, nos tempos que correm, não vejo nada de mais. O que me realmente enerva é a vigilância “não comercial” que ninguém controla ou suspeita. Os tolos querem acreditar que um Linux é perfeitamente seguro que, se quiserem, podem impedir as vigilâncias das agências governamentais, blá, blá, blá……o problema é que o terrorismo internacional foi a chave de ouro para as ditas agências pressionarem qualquer operador a colaborar – se, não estão a colaborar com os terroristas, são responsáveis pelas mortes que poderiam ser evitadas, blá, blá, blá….o pior é que não deixa de ser verdade. Também é verdade que a informação recolhida pode ser utilizada para fins menos nobres. E também é verdade que quando se quer penetrar num sitio proíbido é tudo uma questão de investimento. Se uma casa tiver portas e janelas blindadas, mas esconder muitas riquezas, o ladrão entra pela parede, pelo tecto, pelo chão, pelo vizinho….nosso bom senso e calma têm de imperar – é a nossa única e válida defesa

  23. Césio says:

    Dizem que a ignorância é uma bênção… eu sempre achei o contrário.

    A ignorância das pessoas leva-as a paranóia como esta. E esta é uma situação já algo enjoativa que demonstra bem como a paranóia sobre à cabeça dos ignorantes.

    Mas alguma vez vocês acham que a Microsoft pode desatar a explorar a informação pessoal e a ler ficheiros pessoais do utilizador sem levar com uma bruta multa da UE? Levaram um processo só por não fazer publicidade a outros browsers no seu próprio SO! Imaginem…

    Os termos de utilização da Microsoft para o Windows 10 são bem claros ao garantir que nenhuma informação é associada à identidade pessoal do utilizador. Toda esta informação – telemetria, apps utilizadas, tudo mais, é associado a um ID, que não passa de um identificador numérico. Ninguém, nem a própria Microsoft, sabe a quem pertence essa informação, quanto mais as terceiras partes. Acham mesmo que andam a espiar um a um de vocês? Existem algoritmos para isto. A informação é tratada em volume meus caros.

    A única forma de alguém aceder a informação que identifique o utilizador é se houver alguma quebra de segurança, se a conta pessoal do utilizador for invadida por um hacker externo ou um funcionário interno, mas isso é um risco inerente a qualquer serviço baseado na cloud, ponto final parágrafo.

    Quanto ao escândalo do PRISM, convém que não esqueçam que o software da NSA Interceptava informação em trânsito na Internet, isto é, a circular em ligações não encriptadas (HTTPS). Querem proteger-se da NSA? Encriptem tudo e utilizem pseudónimos. Outro ponto final parágrafo.

    Não confiam que a Microsoft segure a vossa informação adequadamente, então não usem os seus serviços. Terceiro ponto final parágrafo.

    Existem Macs e Chromebooks à venda, portáteis com Ubuntu, estejam à vontade, se isso vos faz sentir mais seguros. Continuem a usar os vossos Androids e iPhones. Aliás, usem um feature phone, cujas comunicações são interceptadas à vontade e cuja localização é muito mais fácil de triangular. E não se esqueçam de continuar a usar o vosso fornecedor de Internet, que sabe mais do que fazem online do que a Microsoft, Apple, Google e NSA todas juntas. E tapem a webcam! E o microfone!

    É caso para dizer, SANTA IGNORÂNCIA.

  24. borderline says:

    Espero q haja mais gente a usar linux e consequentemente mais desenvolvimento. Eu n vou ser daqueles em q me atiram umas migalhas e siga, esqueço-m d princípios fundamentais. N é só privacidade, é confiança no sistema. MS faz-t à vida q eu tb

  25. Jorge says:

    Impedir o router de enviar pacotes para os ip’s da microsoft que recebem os dados recolhidos não resolvia a situação?

  26. R o B says:

    Quem vem para aqui de peito cheio dizendo que não se preocupe com a privacidade ainda continua a fechar portas e janelas e cerrar cortinas e fecha a porta da casa de banho porquê?

    • Miguel Gomes says:

      Por essa lógica de ideias porque não andas de mascara no dia a dia para ninguém te reconhecer na rua? Já ouviste falar em “bom senso” ?

      Uma coisa é verem-te a fazer o quotidiano normal, outra coisa e verem-te a arriar a tripa, para tudo é preciso bom senso daí também estar curioso que tipo de dados o windows envia a MS.

      • R o B says:

        Sabia que ambas as situações se resumem ao direito à reserva de informação e da própria vida privada, ou seja PRIVACIDADE. Se não ando de máscara é porque não quero, ninguém tem nada a ver com isso.

      • KNIGHT says:

        Ué mas estar na net até onde sei é o nosso cotidiano, as mães não educam mais seus filhos pq estão no face lixo,rs, os pais dando um ‘bizu’ nas meninas,rs, os filhos ou no game, facelixo ou no tube, isso não é cotidiano, nem vou falar das sacanagens feita por cam…rsrs…acorda moço,rs. Tem gente que filma tudo, literalmente, tse tse.

        Se o amigo usa lap top, cuidado ja existe programas que abrem sua cam, e pasme vc pode estar sendo vigiado ate na hora que for fazer pipi,kkkkkk

      • John says:

        “Senso” implica teres conhecimento. Se não sabes o que MS está a “mamar” em termos de info do teu PC, como podes ter um senso bom ? O mais grave é que a MS não abre o jogo sobre esta questão. Se não têm nada a esconder, porque não o fazem ? Poruqe não deixam efectuar uma auditoria independente ao fluxo de dados dos clientes para os servidores deles ? Isto sim seria “bom senso” …

    • Mikes says:

      EH EH!!! Tá boa!!!
      se o meu filho de 6 anos me dissesse isso ainda percebia o comentário, são daquelas perguntas que os putos fazem baseadas na “lógica da batata” pura e dura, que fazem parte do crescimento, fazem parte de ser criança.
      Como suspeito que não tenhas 6 anos… se calhar está na altura de cresceres um pouco a nível de pensamento e racionalidade… não sei… parece-me.

  27. Netolius says:

    Caros amigos,
    Se o Estado (os seus órgãos) sabem disto, porque não tomam medidas?
    Há que responsabilizar os Governos, as suas organizações, os donos da informática, etc.
    Por exemplo, impedem e-mails com nomes idênticos – DIZEM – mas qualquer um pode ver que há e-mails com nomes iguais e que se trata de pirataria.
    É ou não é verdade???
    Não vou responder a mais nada, não entro no tu cá tu lá ridículo.
    Cumprimentos a todos,
    Netolius

    • Diogo says:

      Meu amigo, desde quando se pode confiar no Estado?

    • Mikes says:

      Se bem me lembro, a Microsoft mostrou o código do W10 à União Europeia para que esta pudesse analisá-lo… portanto, ainda menos percebo esta coisa toda de repente
      Provavelmente o sucesso do W10 já está a ultrapassar os limites e então a comunicação social/alguém acha que é melhor começar a acalmar as coisas, porque a MS não é suposto ter sucesso

      • KNIGHT says:

        Só que agora o governo quer participar e vc amigão foi posto pra escanteio, serio mesmo que vc acredita no seu governo?

        Pq será que no passado a união europeia fez aquele alarde todo?

        Simples, pq não mordeu nenhuma grana da Microsoft, mas agora eles terão seus dados que para o governo tbm é valioso, e muito provavelmente vai levar uns trocados da Microsoft. Porem se a microsoft for egoísta a união europeia vai fazer a mesma coisa que no passado fez.

    • KNIGHT says:

      Neto eles são tudo do mesmo time, tudo comparsa, vc vai ver um ou outro noticiário na net falando as verdades, ou como ja disse la embaixo, se algum amigo deles não receber $$$$$ ai eles abrem a boca, pq no passado a união europeia caiu matando? $$$$$$$$$$$$$$ pq não recebeu seus trocados.

      O governo mundial só quer algumas coisas de vc, que vc vote, pague seus impostos e que seja um alienado para ficar mais fácil de ser manipulado.

  28. George Orwell says:

    A MS está a arriscar muito.

    A qualquer momento pode aparecer outro fenómeno Snowden II a revelar o lado oculto da recolha de dados pessoais, hackers ou próprios funcionários da MS a acederem e utilizarem indevidamente os dados recolhidos. Também os donos do Ashley Madison ou da Apple Cloud diziam que os respetivos sistema eram impenetráveis. Quando isso acontecer será curioso saber da reação dos lesados, da Comissão Europeia e de governos dos países consumidores em larga escala do Windows.

    Dizer, como amiúde vejo aqui, que a MS não é a única a fazê-lo não é argumento. A China também o fará nos sistemas que desenvolveu para os seus cidadãos. Mas, porque não imitar, ao invés, os sistemas de código aberto e que não recolhem dados? Será que a MS agora se designa por Ministério da Segurança ou MicroSpy partindo do pressuposto que cada utilizador é um criminoso vulgar, terrorista, pirata em potência, mera cobaia para lucro comercial e até ganhar dinheiro com isso ? A recolha de dados contrasta com a decisão desta semana do Tribunal Constitucional português que declarou inconstitucional a recolha generalizada de dados de comunicações telefónicas. As EULAS manifestamente abusivas face ao direito dos consumidores dos países democráticos e evoluídos não serão elas também inconstitucionais ?

    E como conciliar o uso do Windows em sistemas públicos onde a confidencialidade dos dados é uma regra imposta por lei ?

    Dizer que é para proteger a nossa segurança também não é fiável. Quem precisar de guarda-costas contrata um da sua confiança e sobretudo que não tenha momentos de página azul.

    Imaginem que nos é oferecido um presente todo bonito e reluzente mas com um chip embutido para nos espiar e ainda por cima nos fazem assinar que concordamos com o chip e com a recolha de dados passível de ser cedida a terceiros. Aceitaríamos de bom grado um presente destes e ficaríamos rendidos à boa fé do ofertante?

  29. Tiago Ferreira says:

    Boas,
    Eu confesso que é muito raro participar nestas discussões, mas esta em particular chamou-me atenção por causa da vossa indignação com as últimas atualizações da Microsoft para o Windows 7, 8.1 e também com a privacidade do Windows 10. Bem eu faço parte do Windows insider program e vejo neste novo OS que muito drama está a ser feito, porque eu vejo todas as pessoas aqui a questionar a privacidade e a recolha de informação que a Microsoft faz sem a nossa autorização, mas depois vejo os utiliadores de forma gratuita e sem ninguém lhes pedir, a facultarem toda a sua privacidade no Facebook, Instragram, Google+, Twitter e por ai fora. Vocês acham que a vocês está seguros com a informação que vocês disponibilizam nas redes sociais. Aliás eu muitas vezes me questiono se as próprias conversas que temos no WhatsApp são totalmente seguras ou se não serão monitorizadas. Pensem nisso! Bom fim-de-semana 🙂

    • Nelson N says:

      Ontem comentei isto:
      ” Era exactamente isto que estava a pensar em comentar. Quase toda a gente diz bem do Google, e no entanto é o maior espião da internet; então o Facebook é onde param todos os “pescadores” de totós.” Não sei se já foi alterado, mas a Google dizia que tudo o que se fizesse nas aplicações deles era propriedade deles; todo o correio que cai no gmail é guardado durante pelo menos 15 anos.

    • Diogo says:

      A diferença está no facto de nós termos a opção de queremos partilhar ou não. No W10 mesmo que desligues as opções de enviar informações, há informações a serem enviadas na mesma.
      Enquanto quando metes algo no Facebook,etc , é por escolha tua. Claro que o Facebook não é nenhum exemplo no que toca à privacidade.

      • Mikes says:

        Dizes tu que tens essa opção! 🙂
        Ainda recentemente ficou demonstrado que a Google recolhe sempre por onde andas mesmo que tenhas a localização desligada!

      • KNIGHT says:

        Diogo vc escreveu bem, mas repare que vc quer acreditar q o face da essa opção e depois diz ‘ele não é nenhum exemplo …’.

        Deleta sua conta la amigão, pq nem mesmo vc desmarcando as tais opções estará seguro, ainda mais onde facelixo…deleta, vai por mim , pois lá nada é seguro , nada.

    • Nuno says:

      Não falamos do mesmo tipo de informação, nem da mesma forma de “cedência”. Eu limito o que partilho no Facebook…

      • KNIGHT says:

        Nuno, caro amigo, serio mesmo que mesmo vc configurando o facelixo , vc pensa que esta ‘seguro’?

        Como é fácil manipular vcs, até entendo pq todos os governos agem da forma com seu povo, vcs são altamente manipuláveis, acreditam em tudo. Boa sorte ai nuno com ”sua limitação no face’ kkkk

        • Nuno says:

          Caro Knight, a melhor forma de limitar o que se partilha no fb é mais do que configurar o dito: é mesmo não divulgar o que não se pretende que seja público. Essa é a minha política e a que recomendo a todos. Infelizmente todos os dias vejo demasiada informação divulgada…
          Dito isto, quanto ao que a Google faz com as minhas pesquisas não posso fazer grande coisa, a não ser usar mais o DuckDuckGo. Já os conteúdos dos emails, só encriptando, e isso não é para todos. 🙁

          • KNIGHT says:

            OLa nuno.

            Não concordo que a melhor forma de limitar é o que se partilha, a melhor forma é não ter, ai sim é 100% seguro (assunto especifico: facebook).

            O melhor mesmo é ir para uma floresta e encontrar uma caverna rsrs.

            Serio man, não pense o amigo que mesmo desabilitando vai estar seguro pois não estará. Mas se o amigo que ir por sua lógica por mim tanto faz, avisado você foi.

    • John says:

      Aprende o significado da palavra “consentir” … talvez aí entendas a diferença entre o SO que utilizas enviar os teus dados e tu postares no FB … há cada um …

  30. Mário Jorge says:

    Olá!

    Boa tarde!

    Quero agradecer por este artigo.
    Já desinstalei uma delas. Uma outra era opcional. E a outra não encontrei.
    De qualquer maneira, vou-me manter no Windows 8.1.
    Com o Windows 10 a abusar, como nunca, e de diversas formas, utilizar o windows 10, nem oferecido. É nos updates; é com a cam que temos; é nos programas instalados (se não forem originais, são bloqueados). Ou seja; a Microsoft, no Windows 10 abusa, tal como disse antes. A Microsoft quer saber o que fazemos, ou deixamos de fazer, no Windows 10, no nosso pc. E por essa razão, utiliza diversas formas para isso. Por estas razões, não irei utilizar o Windows 10.
    E julgo não ser a única pessoa com esta opção e por estas razões!

  31. {╚wÒ@æ says:

    com tanto paleio vem me esta questão a cabeça…

    mas ha mesmo alguem que tenha sido prejudicado por esse envio de dados? lol tanta paranoia…

    • KNIGHT says:

      Então ai que esta o pbm, ainda não descobriram o real motivo disso, mas nós conspiracionistas ja temos algumas ideias.

      Estão montando um robô com inteligência artificial, baseada em nossos dados,rs.

      Os aliens preferem nos estudar deitados em sua rede confortavelmente,rs.

      Ou o pior de todos, nova ordem mundial firme e forte avançando com seus planos, quer coisa mais fácil de vigiar alguém com essa tecnologia, ja que nem todos aderiram ao face lixo (serio mesmo que vcs usam facebook?) então vamos dar de graça essa porcaria para todos rsrs.

  32. AC says:

    Mas o windows pode instalar automaticamente actualizações que são opcionais e que eu duvido que o utilizador comum se de ao trabalho de as seleccionar?…

  33. David S. says:

    O pplware também tem 3 trackers que recolhe informações de quem navega aqui xD

  34. Ricardo says:

    em vez de andarem prai nas guerrinhas do meu os é melhor que o teu, instalem uma firewall e bloqueiam o tráfego para esses endereços. Ao menos no windows já sabemos quais são os endereços.

    • Nuno says:

      Sabemos? Pelo que li no artigo estão hardcoded no código (191.232.139.254 e 191.232.139.253). Para não serem contornáveis no hosts terão que ser acedidos por IP, ou o W10 tem outra forma de resolver nomes não documentada. Se forem meros IPs, basta bloqueá-los, certo, mesmo desconhecendo impactos colaterais, mas se for a segunda hipótese esqueçam, pois os IPs mudam a qualquer momento…

  35. Luis says:

    Li hoje aqui comentários muito inteligentes e elucidativos, então para essas pessoas digo, porque insistem em responder a pessoas que preferem viver na ignorância?…há um velho ditado que diz e muito bem, mas vale prevenir que remediar.

  36. Mind says:

    O problema todo é que NÃO DEI AUTORIZAÇÃO explícita para a MS recolher meus dados. Veja : MEUS DADOS. Portanto, sim é invasivo e ilegal. Eles, as corporações querem a todo custo CONTROLAR e SABER onde, como, o quê, o perfil de quem CONSOME, para vender… vender.. vender. Está ai o Google… cookies… e etc.. rastreando aquilo que vc procura… e enchendo de propaganda direcionada SOMENTE PARA VC. O que só confirmando o que disse anteriormente. Quero ter o DIREITO de restringir o acesso aquilo que é MEU. Simples assim.

  37. João says:

    Isto é muito simples. Não é preciso ser um gênio para o pensar. Quem disse que perder privacidade ganha em segurança? Só quem é muito BURRO mesmo. Privacidade acima de tudo. Não quero um sistema que saiba a cor das cuecas do utilizador ou se ele deu um peido para o teclado e este ficou a cheirar a Chanel número 5. Um sistema tem de ser minimamente seguro de origem sendo depois complementado pelos utilizadores com programas ou código de terceiros. Quem adora Windows é alegre de ser fod….. à força toda. Quem quer tem quem não quer não tem mas por favor não inventem comentários descabidos sem razão de ser por serem fãs da Microsoft. Cresçam e sejam honestos e justos tanto para convosco e para com os outros que leiam e ponderam as palavras de cada post.

  38. NunoR says:

    E qual é a diferença do que a Microsoft faz para isto?

    https://pplware.sapo.pt/truques-dicas/como-evitar-a-mudanca-para-o-messenger-imposta-pelo-facebook/

    “O Facebook tem informação detalhada sobre cada uma das permissões que é pedida aos utilizadores e com uma justificação para cada uma delas.
    ◾Tirar fotografias e gravar vídeos: Permite que capturem fotografias e vídeos dentro da aplicação, que pode depois enviar aos vossos contactos
    ◾Gravar áudio: Permite que enviem mensagens de voz, que façam chamadas gratuitas e que enviem vídeos dentro do Messenger
    ◾Ligar directamente para um número: Permite que liguem para um contacto do Messenger com um simples toque no número associado.
    ◾Receber mensagens de texto (SMS): Se adicionarem o vosso número à vossa conta do Messenger, isto vai permitir que seja feita a confirmação desse número de telefone através de um código enviado por uma mensagem de texto.
    ◾Ler os contactos: Possibilita que adicionem números de telefone aos vossos contactos do Messenger, se assim o decidirem.O Facebook tem informação detalhada sobre cada uma das permissões que é pedida aos utilizadores e com uma justificação para cada uma delas.
    ◾Tirar fotografias e gravar vídeos: Permite que capturem fotografias e vídeos dentro da aplicação, que pode depois enviar aos vossos contactos
    ◾Gravar áudio: Permite que enviem mensagens de voz, que façam chamadas gratuitas e que enviem vídeos dentro do Messenger
    ◾Ligar directamente para um número: Permite que liguem para um contacto do Messenger com um simples toque no número associado.
    ◾Receber mensagens de texto (SMS): Se adicionarem o vosso número à vossa conta do Messenger, isto vai permitir que seja feita a confirmação desse número de telefone através de um código enviado por uma mensagem de texto.
    ◾Ler os contactos: Possibilita que adicionem números de telefone aos vossos contactos do Messenger, se assim o decidirem.”

    • NunoR says:

      O Facebook Messenger teria permissão para alterar o estado de conectividade de rede; para fazer ligações sem intervenção do usuário, possivelmente causando – cobranças adicionais sem necessidade de confirmação; para envio de mensagens SMS sem necessidade de intervenção ou confirmação; para gravar áudio com o microfone do celular e usar a câmera para fazer fotos e vídeos sem a confirmação do usuário.

    • R o B says:

      Por essas e por outras ainda há gente que não usa Facebook, mas essa gente parece que não é normal. Enfim a privacidade onde acharem melhor e quando tiverem saudades dela, recordem o que era.

      • KNIGHT says:

        Eu entendi direito?

        Quem não usa facelixo não é normal? kkkkkk

        Os loucos dentro do hospício dizem que, quem não esta com eles, ou seja as pessoas que estão fora do hospício é que são os loucos.

        …è cada uma que leio.

  39. NunoR says:

    Além disso, ainda existem acessos a dados de chamadas , como:

    – Permissão para leitura do histórico de chamadas. Estes dados são apenas salvos, mas – outros apps maliciosos podem compartilhar estas informações sem conhecimento do usuário;

    – Permissão para ler dados sobre contatos do usuário armazenados no telefone, para ver com que frequência você se comunica com um indivíduo em específico por telefone, e-mail ou outras formas de contato;

    – Permissão para identificar o usuário pelas informações guardadas no celular, com nome e informações de contato. Estes dados podem ser enviados para terceiros;

    – Permissão para acessar recursos de identificação do celular, possibilitando o reconhecimento até mesmo o número telefônico do usuário;

    – Permissão para receber uma lista de contas conhecidas no telefone, incluindo quaisquer apps instalados no aparelho.

  40. Mário Jorge says:

    Corrigindo: É verdade. Sobre o Facebook, estou descançado. Não utilizo o Facebook. E não me faz falta nenhuma!

    • KNIGHT says:

      É difícil encontrar gente que diz que não usa o face lixo, é bom saber que existe mais gente fora daquele antro, desculpe a franqueza, mas só alienado usa facelixo, só.

  41. Mário Jorge says:

    Espero que esta minha mensagem seja aceite pela moderação deste site.
    A Microsoft vai ser multada mais uma vez pela União Europeia. É só esperar umas semanas ou alguns meses, para se ter conhecimento do que a Microsoft vai fazer sobre a falta de privacidade do windows 10. A falta de privacidade do Windows 10 é verdadeiramente assustadora. E a União Europeia, não vai deixar passar isso em claro, com uma multa das grandes à Microsoft!

  42. AlexX says:

    Essas 4 actualizações são um universo muito pequeno de algo que vem desde há muitos anos. Alguma vez viram os cookies que o IE cria mesmo não sendo o browser usado? Outras informações que o svchost.exe possa enviar até de forma fragmentada ou quem sabe até serviços que consigam “escapar” à detecção por uma firewall? O Windows jamais fez ligações ou enviou KB de informação unicamente com intuito de busca de actualizações, isso deve ser evidente…

  43. Pedro says:

    Simples “diagnostic telemetry” = recolha de dados
    Sem isso nao existem melhorias do sistema a nivel de segurança e correçao de bugs

  44. KNIGHT says:

    Boa noite a todos.

    Bem se o Windows 10 recolhe dados somente para saber como eu o utilizo, então eles irão ver que eu deixei o mais próximo do Windows 7 kkkk.

    Esse negocio de ditar como devo usar ou não o sistema cabe a mim e não a Microsoft decidir.

    Porem temos o outro lado da moeda, as pessoas de má fé que utilizam esse sistema operacional devem se preocupar mesmo, pois eu não acredito que eles vigiam somente como uso o sistema operacional. Mas para isso tem outra forma de entrar no pc de quem age de má fé.

    Sera que a Microsoft junto com os pseudos donos do planeta pensam que todos nós somos como eles?

  45. Reis says:

    Isto é tudo uma cambada de anjinhos ou é impressão minha??? Aposto que os “indignados” usam telefones Android e gostam de smart tv. Aposto que um ou dois apenas usam Linux, têm conta de email na protonmail, usam a net através de proxys “seguros”, não têm cookies no pc, não compram online, não usam cartões sportzone, poupamais, etc… Ou se calhar estes”indignados” ainda não perceberam que tudo ou quase tudo o que se liga ou faz na net tem algum género de atividade de recolha de dados. Mas continuem irados com a Microsoft e usem os vossos pcs (que a propósito, poderão também eles ter algures um chip que envia dados ao fabricante (já recairam suspeitas sobre a Lenovo por exemplo), usem o Android (ui… leaks e dados é mesmo com eles), ou então sejam homenzinhos e desliguem o cabo da rede porque até aquele jogo da Playstation, ou do Market pelo qual PAGARAM pode ter lá um bichinho qualquer a enviar informações sobre “experiência de utilização”.
    Pssst… ACORDEM!!!

  46. xtremis says:

    Não entendo estas “polémicas” com a recolha de informação. Querem que a telemetria seja recolhida como? Por osmose? Dizer que estas opções vêm “disfarçadas” é um bocado de má fé, é claro que estes componentes vão recolher informação sobre a utilização do Windows, ou telemetria tem algum outro significado oculto?! É possível melhorar a “experiência de utilização” sem “olhar para ela”? Isso é como medir as audiências, mas depois reclamar porque há um aparelho que sabe tudo o que vemos e que manda para uns senhores e tal…
    Para quem está sempre com o bichinho da privacidade, quer queiramos, quer não, é o mundo em que vivemos (e a internet que temos). Não confiam nos sistemas? Então “desliguem-se”, a começar pelos cartões multibanco e visa (sabem todas as nossas compras!), vias verdes (sabem por onde andamos!), cartões dos supermercados (sabem o que compramos!), cartões da fnac (sabem como nos entretemos!), passando pelos smartphones (de toda e qualquer marca), computadores (todo e qualquer sistema operativo), e por aí fora.
    Se é lamentável ou não haver tantas empresas (e estados?) com tanta informação nossa? É, pois é. Há alguma coisa de relevante que possamos fazer? Podemos usar adblockers, para afastar os anúncios mais agressivos e impedir alguns plugins mais “cuscos” (ex. facebook, twiters, etc.) de andarem ativados, ter cuidado com os sites que visitamos, onde deixamos o número de cartão de crédito, etc, etc…
    Não acredito que tenhamos (ou que venhamos a ter) uma sociedade “big brother”, onde nos vêm bater porque lemos o livro A, ou comprámos o filme B ou pirateámos o jogo C. O que por vezes nos esquecemos é que a “escalada” da guerra dá para os dois lados: se temos a NSA com as atitudes que se sabe, também temos os Swodens desta vida que põem a boca no trombone e têm um alcance brutalíssimo! Ou seja, com quem ferros mata, com ferros morre, precisamente a forma fácil e massiva de recolher informação também permite aos “dissidentes” chegar a milhões de pessoas. Ainda vamos levar uns anos valentes a conseguir lidar com isso enquanto sociedade (não, dar likes no facebook não conta), mas é o nosso caminho sem dúvida, a internet e as comunicações estão a tornar-se demasiado enraizadas na nossa espécie.

  47. lsferreira says:

    Afinal a lista é mais extensa: KB2876229
    KB2923545
    KB2970228
    KB3035583
    KB2990214
    KB3021917
    KB3068708
    KB2592687
    KB2660075
    KB2506928
    KB2952664
    KB3050265
    KB2726535
    KB2994023
    KB3022345
    KB3022345
    KB2545698
    KB3065987

    Fonte: https://www.hackread.com/microsoft-updates-spy-on-windows7-8-users/

  48. Ronaldo says:

    Me sinto mais seguro com meu Windows XP desatualizado do com que o Windows 10 atualizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.