Quantcast
PplWare Mobile

Quer um sistema com a “cara chapada” do Windows 7?

                                    
                                

Fonte: omgubuntu

Autor: Pedro Pinto


  1. PGomes says:

    Outra opção será instalar o Windows LTSC, ou depois de instalar o Windows 10 Pro/Home, usar o programa Windows Debloater, para remover todo o lixo que vem incluído.

    • Luis says:

      É muito trabalho pra na próxima build tudo se resetado e Windows LTSC e Windows LTSB não é bom pra games.
      Vive preso ao passado. Não ganha novidades. O vídeo do canal do Baboo destrói com essa ideia de que basta usar versões para servidores, caixas de bancos e/ou versões Embedded do Windows e pronto, problemas resolvidos!
      Para computadores antigos, apenas Windows 8.1 é a alternativa segura. Além disso recomendaria o Linux como proposto no artigo acima.
      Pra deixar o Windows 8.1 com a cara do Windows 7 é só instalar Classic Shell e desativar tudo relativo a tablet/touchscreen. Aquela interface metro também pode ser removida para a “classic” utilizada no Windows 7/Vista.
      O bom do 8.1 é que não tem atualizações forçadas nem troca de build e terá suporte até 2023, diferente do Windows 7 que já morreu agora.

  2. Sardinha enlatada says:

    Se fossemos perguntar a maioria das pessoas (a excepcao de empresas) o que as prende na verdade ao windows. A razao e muito simples jogos e algumas aplicacoes que nao correm noutros sistemas nativos. Em contrapartida em linux temos um sistema limpo e sem algumas preocupacoes, nomeadamente virus, e o tempo de resposta para resolver vulnerabilidades e muito mais rapida no linux. Posto isto so nao muda quem nao quer. Seguranca e privacidade 99,9% garantida

    • PGomes says:

      Exatamente, se o Linux tivesse a mesma compatibilidade de programas e jogos que o Windows, eu já tinha mudado.
      E sim, eu sei do Wine e do Proton.

    • Joao Emanuel says:

      “Vareia” perante ao tempo de resposta para correções de vulnerabilidades. Tanto no Windows quanto no Linux atualmente as correções são rápidas, porém as vulnerabilidades que já tem vários aniversários que agora foram corrigidas ou ainda não foram corrigidas

      • Joao Emanuel says:

        porém há*

      • Danilo says:

        E há também algo que os usuários de Windows tentam usar contra o Linux, que é o CVE, o Linux tá no topo. O problema é que o Linux, diferente do Windows é de código aberto, logo mais brechas são descobertas e corrigidas. Já o Windows como é de código fechado, ainda tem muita brecha que tá sendo usada, mas não ganha notoriedade, por isso tende-se a pensar que Windows é mais “seguro” por está abaixo na lista, o que não é verdade. Só a necessidade de usar antivírus ser uma obrigação comparado com Linix, já demonstra que o sistema não é seguro.

    • Mestre em direito says:

      Sardinha enlatada:
      1) o Windows vem pré instalado, no Linux tens trabalho a instalar ; logo 99.9% dos utilizadores não mudam

      2) tudo é compatível com o Windows diretamente, no Linux muito não

      3) o Windows é familiar, o Linux não; o Windows é pouco complexo, no Linux muito ainda funciona por linha de comandos

      • Jorjão says:

        1) Tens que instalar muitos mais programas no windows do que no Linux para teres o sistema a teu gosto;
        2) Certo;
        3) Linha de comandos?? Uso Linux há muitos anos e praticamente não uso a linha de comandos.

        • Dav says:

          Não é bem assim… Quando acontece problemas é mais complicado de resolver no Linux. Para utilizadores comuns o Mac OS e o Windows é claramente melhor. Não inventem!!

          • Danilo says:

            Assista ao vídeo “Linux SEM Terminal – O que fazer depois de instalar o Linux Mint?” do canal brasileiro Diolinux

            Distro específica para iniciantes. Terminal é opcional, mas é uma baita ferramente se você aprender a usar.

      • Danilo says:

        1) Meia verdade. Aqui no Brasil há máquinas que vem com Linux pré-instalado, as melhores são da Dell. No entanto há também máquinas com Linux sem suporte, colocado por empresas malditas apenas para barateamento de custo. A maioria que compra e ver aquele Linux antiquado tem a impressão que todo Linux é assim, o que suja a imagem do mesmo. Não sei se em Portugal ocorre isso. Mas tenho que concordar que a maioria dos computadores e/ou laptops vem com Windows de fábrica. Mas ao menos existem opções que infelizmente quem entende de computador só compra por ser mais barato e depois mete lá um Windows 10 pirata.

        2) Meia verdade. Não diria tudo, pois muitos programas são cross-plataform. Exemplo: VLC, LibreOffice, WPS, Draftsight. O problema é não ter o programa específico que a pessoa quer, tipo MS Office (offline), toda suíte Adobe. Alternativas há de monte.

        3) “o Windows é familiar, o Linux não” – Depende do Linux, ou da distro/interface gráfica usada. Não existe “o Linux”, existem sistemas operativos baseados no kernel Linux que chamamos de distribuições ou distros. Cada sistema tem uma proposta diferente e cada um pode usar uma interface gráfica diferente. Há para todos os gostos e não é um “sistema” engessado como o Windows que “é aquilo e pá”.

        “o Windows é pouco complexo, no Linux muito ainda funciona por linha de comandos”
        Depende da distro, no Linux Mint por exemplo, você só usa o terminal se quiser. Agora se for de Arch Linux, é uma necessidade começando logo na instalação. Veja a proposta da distro. Existem distros e distros, cada uma com um foco diferente. Ubuntu, Linux Mint, Zorin, Manjaro, Solus, MX Linux tem foco em usuários comuns, domésticos e de Windows/macOS. E Windows também possuí terminal que muitas vezes o usuário comum tem que usar pra tirar o “bloat” do sistema, geralmente via powershell, mas também usa-se o cmd.

    • Danilo says:

      Interessante que ninguém reclama se for pra migrar pro macOS, mesmo não tem jogos como o Windows, ou suporte top como no Linux. Mas todo mundo quer ir pra macOS… Status, talvez? Até no macOS usar terminal é visto como “top, cool, legal, da hora ou como dizem os tugas: giro”, já no Linux é antiquado, antigo, feio, ultrapassado.

      • Pedro F. says:

        Não reclama porque além de terem uma maçã, o pessoal que muda para mac que eu conheço ou vai usar office apenas, ou é programador e basicamente usa um editor de texto, ou então trabalha com Photoshop e outros da adobe…

        • JMonte says:

          Uso MacOS e Linux em casa e Win10 no trabalho.
          O vosso comentário dá vontade de rir.

        • Danilo says:

          Nem Office os caras usam, preferem as soluções da Apple. Eles dizem que o “Office” é capado em recursos (quais?) e preferem usar tudo da Apple.
          Aí esses chegam no Linux e se deparam com a não existência de Office, tendo que usar uma alternativa e estes não querem… Hipocrisia pura.
          A maioria só quer Mac pelo status. No Brasil é assim, não sei em Portugal. iPhone é a mesma coisa.

      • Andrey says:

        Já pensei sobre isso, algumas vezes… É necessário mais apoio de fabricantes de computadores ou notes, fazendo sair + modelos com Linux, tipo Big linux, Duzeru ou Regata OS.

  3. gui says:

    Para que eu sujaria meu MINT 19.3 com a carapuça do Windows?

  4. Joao Ptt says:

    Utilizadores do Windows, querem: Windows! Não é Linux e similares, mas que mania de quererem estar sempre a impingir o Linux e similares como alternativa ao Windows Xp, 7, 8, etc.

    Vão lá tentar impingir aos utilizadores de Linux e similares o Windows 10 Home/ Windows 10 Pro/ Windows Server 2019 ou mesmo o Windows 10 LTSC… que eles vão dizer o mesmo que os utilizadores do Windows: não queremos essa porcaria.

    Quanto ao Linux e similares serem mais seguros, a quantidade enorme de problemas de segurança descobertos ano após ano em todos os sistemas operativos mais utilizados prova exactamente o contrário… e como quase sempre o problema dos programas malignos está na pessoa que está em frente ao terminal e não no sistema operativo, nem nisso uma pessoa está muito mais segura na realidade. E se fosse assim tão melhor tanto o Android como o iOS seriam uma maravilha sem problemas, e contudo ano após anos saem grandes quantidades de actualizações de segurança e são descobertas aplicações malignas de toda a espécie… onde estiverem a maioria das pessoas estão a maioria das tentativas para as atacar… e isso não mudou com a mudança para sistemas operativos móveis baseados em derivados do Linux como bem se viu, continua a ver e continuará a ver-se provavelmente enquanto estes existirem.

    Um sistema operativo realmente absolutamente seguro acredito que seja possível, mas apenas com uma mudança de mentalidade profundas e com um investimento provavelmente de décadas para conseguir ter o mesmo livre de erros… não vai acontecer.

    • Joao Emanuel says:

      Concordo.

    • Mestre em direito says:

      +1

    • Ruy Acquaviva Carrano Junior says:

      “mas que mania de quererem estar sempre a impingir o Linux e similares como alternativa ao Windows Xp, 7, 8, etc”
      Por favor, não fale besteiras. Ninguém está querendo “impingir” o Linux aos utilizadores do Windows. O que está sendo APRESENTADO (não impingido) é uma ALTERNATIVA (não uma imposição).
      No caso deste artigo especificamente trata-se de uma demonstração da enorme flexibilidade de personalização do Linux. O fato de se citar o Windows é absolutamente normal, já que qualquer um que queira fazer qualquer demonstração cita os produtos, marcas ou nomes mais conhecidos do público. E não tem nada de mais que assim se faça.
      Se você não gosta, se não quer ver então nem abra o artigo, muito menos o leia e menos ainda comente. Basta ignorar.
      Portanto deixe de palhaçada e vá ler os artigos sobre o Windows deste site, que também são muito bons.

    • Danilo says:

      Veja o comentário que escrevi para o Joao Emanuel acima sobre “a quantidade enorme de problemas de segurança descobertos ano após ano em todos os sistemas operativos mais utilizados prova exatamente* o contrário”

      Não tem como comparar a segurança do Linux vs Windows. Só o fato de no Windows você ser obrigado a usar um antivírus já demonstra isso.
      Mesmo se você não usar nenhum de terceiros, o Windows já traz o antivírus dele (esqueci-me o nome) já funcionando. Linux não tem e nem precisa disso.

  5. Fonseca says:

    vocês parecem nao perceber. Nao interessa fazer vírus ou outras porcarias para linux, nao da rendimento. se porventura o Windows desaparecesse de um momento para o outro e ficasse apenas o linux, tudo a usar linux, em menos de um ano terias os mesmos problemas que tens no windows, talvez até piores. linux não interessa as pessoas mal intencionadas. Aumenta a taxa de utilização do linux para uma taxa considerável e vê o que acontece… a mania que o Linux é mais seguro e mais nao sei o que que o windows, hahaha.

    • Joao Emanuel says:

      Isso, nenhum sistema é perfeito. Apenas não tal utilizado, porém temos dois ambientes no servidor o Linux “manda” e no cliente Windows manda.

  6. Fulano says:

    Continua a publicidade ao Linux como se os 0,005% dos que usam fossem um número que realmente contasse.
    A melhor alternativa ao Windows 7 é o Windows 10.
    Ou no melhor dos casos para quem tem computadores do ano 2000, continuar com o 7 até nenhum programa funcionar mais.

  7. Miguel Lima says:

    Link do tema e dos icons abre o mesmo pack (Windows-7-master.zip)

  8. Samuel MG says:

    Talvez isto não tenha nada a haver com o tema mais aconselho que não instalem o Wine versão Staging pois não vai correr as aplicações/jogos do Windows, para isso instalem a versão Stable.

  9. Armando says:

    Tambem acho que se fala muito do Linux! E sim é verdade que até parece que o tentam impingir! Quem achar que é bom, que fique com ele! Quem achar que o windows é bom, que fique com ele! Deixam-se de essas guerras, porque ninguem destrona o windows!

  10. Markito says:

    Ubuntu vem com mais telemetria e spyware que Windows 10

    • Danilo says:

      És louco ou ignorante. Diferente do Windows 10 que tem toneladas de telemetria escondida, inclusive. No Ubuntu é opcional e diferente do Windows, no Ubuntu há formas de saber que o sistema realmente não está enviando nada “escondido”, porque nada é escondido no Linux. É de código aberto, todos tem acesso. Não existe isso de “mais spyware que no Windows 10”. Só pra você ter noção, baixe o programa ShutUp10 e leia cada uma das opções é tanta, mais tanta coisa que vai te assustar. Não seja ignorante. ESTUDE!

  11. Sardinha enlatada says:

    O curioso e pessoal andar a comentar sobre linux se nem sequer o usam. Va-se la entender com que criterios falam besteiras daquilo que nao conhecem, so ouvem falar. Tenho dito. Sao tipicos dos que falam muito mas dizem pouco.

  12. Luisa says:

    Por que vocês não fazem um artigo falando do Windows 8.1? Ele é similar ao Windows 7 em uso de recursos e não tem os problemas do Windows 10. É a melhor opção dentro do mundo Windows.

    Ninguém fez um artigo sobre ele. O que dá a entender que só existe Windows 7 (já sem suporte) e Windows 10 como opção. Sendo que existe no meio o Windows 8.1

    Não existe também só Linux, como tem o Mac OS X e ChromeOS. Tentem citar todas as opções antes de fazer propaganda exacerbada do Linux e do Windows 10 por pura marketing!

    • Cortano says:

      O suporte ao 8.1 vai acabar daqui a ~2 anos.
      Sabes que o Windows 10 continua a “ser compatível” com versoes anteriores de windows?

      • Luisa says:

        E daí? É melhor usar ele que não tem troca de build a cada X meses, nem atualizações forçadas e lembra o Windows 7.

        O usuário tem até Janeiro de 2023 pra usar e tem suporte.

  13. William says:

    Antes de vcs falarem mal do Linux, experimentem.

    Há muitos aqui a falarem abobrinhas

    Cousas de quem nunca sequer usou Linux na vida e só repete que nem papagaio o que outros (que também não usarem) dizem

  14. Amilcar Alho says:

    “usar-lo”, oi…???!!

  15. Al Cid says:

    Será? Já é (mau) hábito de não mencionarem a fonte…
    https://www.omgubuntu.co.uk/2020/01/make-linux-mint-look-like-windows-7

    Pois…

  16. Flávio Lima says:

    Boa tarde, ele funciona no ubuntu mate?
    desde ja agradeco

  17. Paulo Pereira says:

    Bom dia Pedro,

    Sou de Castro Daire tal como tu…
    Nas escolas do 1º ciclo temos computadores antigos que se tornaram obsoletos será que funcionam razoavelmente com o linux e este “Windows 7”.
    Se sim qual o linux que aconselharias para um computador Pentium 4 com 1Gb de Ram e disco de 80Gb e magalhães 2.

    Cumprimentos,

    Paulo Marcelino

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.