Quantcast
PplWare Mobile

Linux ou Windows 11? Qual dos sistemas tem melhor desempenho nos dias de hoje?

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Sandes says:

    Como é que um sistema operativo user friendly, como é o Windows, onde tudo bem pré configurado para ser exactamente isso, user friendly, pode ter mais desempenho em qualquer tarefa?
    O Linux é o oposto, em que tudo é configurável, em que o utilizador é convidado a configurar tudo a gosto, optimizar tudo.
    Portanto, é praticamente impossível o Windows ter melhor performance seja no que for.
    E isso é aplicado ao MacOS, que aqui todos adoram no Pplware.
    No geral, num gráfico de 2 eixos em que um é o “nível de user friendly” e o outro será nível possível de optimização, não é possível estar no quarto quadrante, ou seja, não é possível ser altamente optimizado e muito user friendly.

    • Sandes says:

      Disse quarto quadrante, em vez de primeiro quadrante.

    • zequinha says:

      Disseste tudo, na minha opinião.
      Já usei Linux durante um tempo, e foi uma experiência muito interessante. Infelizmente a minha versão não era muito estável, e não disponho de conhecimentos suficientes em SO.
      A sensação que tive foi de “sossego”. O Windows, que utilizo, tem muitos processos a correr em back, que me apetecia desligar, mas receio que o todo fique instável. Para “music server” num sistema HI-FI otimizado, produz muito “ruído”, a menos que se saiba desligá-los, sabendo o que se está a fazer.

  2. António says:

    Linux é ligeiramente mais eficiente mas é mais feio e menos intuitivo que o Windows 11, pelo que vou continuar com o W11

    • Domdiego says:

      Certo, cada um com as suas necessidades. Já eu, não vou sequer experimentar o W11, e vou substituir o W10 pelo Mint.

    • Alex says:

      Mais feio?? É uma questão perder um bocado de tempo e fazer umas pesquisas e põe o linux como uma réplica do win11 ou até MacOS. Agora se não quer perder tempo ou não tem conhecimentos para tal é outra coisa.
      Eu só não uso mais Linux porque algumas aplicações que preciso para trabalhar não há para linux e com o wine não funcionam corretamente.

      • barta says:

        Mas esse sempre foi e sempre será o problema do linux, incompatibilidade com muitas aplicações do mundo Windows.
        Acredito que cada um deve usar um sistema que melhor se adapte ao seu trabalho, no meu caso Windows e até um MACos serviria, já linux é impensável.

      • Samuel MGor says:

        A incompatibilidade é fácil de contornar com a versão mais recente do wine. A cada versão do wine o numero de aplicações incompatíveis diminui.

    • Paulo Jaime says:

      Depende da distribuição. O Linux é mil vezes mais configurável no que à interface gráfica diz respeito. Pode personalizar de mil e uma maneiras e dar o aspecto visual que entender e gostar. Eu por exemplo uso o Linux Mint 20.3 Una, que por padrão é negro e com aspecto minimalista e simplista e em poucos minutos consigo por exemplo dar o aspecto gráfico do Windows 10 ou 11 ou mesmo o Mac OSX BigSur ou outros. Como gosto do aspecto do Windows 11 mas aprecio mais a estabilidade e perfomance do Linux, não hesito na escolha. Quanto a jogos também já se consegue jogar na plataforma Steam e em termos de aplicação Office, o Libre Office satisfaz bastante as necessidades de escritório ou domésticas, sendo possível configurar para guardar todos os documentos no formato Word docx/Excell xlsx/e apresentação pptx. Tal como o Citroen 2 CV, Antivírus não precisa e manutenção nem falar…

  3. André R. says:

    Como eu passo horas a ver/admirar a beleza do meu SO, coloquei um naprom por cima do iMac com uma jarra de flores, como a minha avó fazia com a televisão …
    Um SO não precisa de ser bonito, tem de ser rápido e funcional, porque a maior parte do tempo é usado para correr outras aplicações com as quais trabalhamos/jogamos, pelo que o tempo que passamos a admirar as cores/temas do SO é muito reduzido.

    • Vasco says:

      No meu primeiro trabalho uma senhora fez isso. Jarra com uma rosa em cima de um terminal (compatível vt100 da digital). Ardeu e tudo quando a jarra tombou.

  4. Profeta says:

    Essa pergunta nem se devia colocar. Indiscutivelmente linux tem melhor desempenho. E ser bonito ou feio ? Tu e que escolhes como vai ser. Softwares compativeis ? Ha softwares similares, e outros que podem ser usados atraves do wine, no entanto reconheco que alguns softwares mais especificos nao se encontram em linux, mas tambem isso acontece porque as empresas nao apostam forte no linux, e podiam muito bem fazer isso, so nao o fazem por preguica e investimento. Depois o resultado disso sao ransonware que ocorrem nalgumas empresas, assim e melhor para as empresas de facto.

  5. Pedro says:

    GNU/Linux é feio (só 1 exemplo. há muitos mais) https://www.youtube.com/watch?v=06i8m8JD7NA

    Já agora, não falam na segurança do OS ?? https://news.itsfoss.com/reasons-ubuntu-22-04-secure/

    PPLWare, quando respondes aos 2 emails que vos enviei ?? (já fez 1 mês e a vossa empresa não dá resposta 🙁

    ps: seguindo a mesma ideia do site, partilho links em vez de desenvolver 🙂

  6. rui says:

    acho que todos temos razão, o windows pode ser mais fácil e simples de usar, o linux pode ser mais eficiente e rápido, tudo é possível!
    só falta acrescentar um ou dois pontos:
    – tenho tempo disponível para aprender a configurar e tornar mais eficiente o linux? vou tirar tempo do trabalho ou convivio familia para ter um SO um pouco mais rápido? hmmmmm
    – tenho conhecimentos para o fazer? ou voltamos ao mesmo, tenho tempo para aprender a faze-lo?
    cada um opta por aquela que poderá ser para si a melhor solução Custo Vs Beneficio!

    • Pedro says:

      se te referes a administração GNU/Linux ai tens que ter tempo e interesse sem duvida. Depois de arranjares emprego na área ai perdes a família ehehh

      se te referes a um mero desktop (podes não ter esse conhecimento sem problema) é muito mais fácil a sua utilização que windows.Desde a instalação do OS, ate instalar apps (procuras na store e 1 click instalas. não ha exes não ha cracks), passando pelas comunidades e terminando nos updates. Tudo mais simples que .. windows 🙂 Uso ambos, logo posso comparar né? 😉

  7. Nuno says:

    O grande e maior problema é que somos “obrigados” a usar windows, basta se comprar um laptop novo e tem logo la o windows agarrado. Recentemente um amigo meu comprou um laptop e quis colocar o linux, imaginem la aos pontos que isto chega, existem laptops em que o hardware nao funciona sequer, como é o caso das ventoinhas internas, em Windows nao deixam o laptop aquecer, em linux, nem se mexem e claro o laptop ate sem nada fazer, fica quente. É assim, a maioria das pessoas tem de ter a força o windows.

  8. Pedro says:

    Realmente os fabricantes de hardware não disponibilizam ou drivers para outras plataformas (senão windows) e não havendo drivers open source, torna-se mais difícil. Contudo não esquecer duas situações. Primeiro o kernel de linux esta em constante desenvolvimento (suportando mais hardware que a versão windows por ex) e a comunidade. Por vezes o driver e desenvolvido pelos próprios utilizadores (as comunidades são fantásticas.

    Qual o modelo do portátil em questão ? Deve ser algo muito especifico de certo caso contrario teria suporte.

    • Nuno says:

      Asus FX506HE. Não digo que seja impossivel, mas é algo em que o utilizador comum nao irá conseguir resolver, caso se queira iniciar no Linux e acredito que outros modelos e marcas de portateis estejam pelo mesmo, tudo feito para ser sempre o windows a ser usado.

      • Pedro says:

        Como em cima referi GNU/Linux é mesmo assim. Caso o fabricante não forneça drivers temos sempre as alternativas de novo kernel ou da comunidade. Neste caso a comunidade desenvolveu 🙂 https://github.com/dominiksalvet/asus-fan-control

        Contudo há que lembrar que por vezes não “compensa” instalar GNU/Linux em maquinas novas (por ex. gráfica NVIDIA) quando o proposito e jogar jogos (sendo eles desenvolvidos para windows).

        Existe uma grande falta de informação por parte das pessoas e cria-se sempre a discussão entre o BEM e o MAL, e supostamente não deveria de assim o ser.

        Windows tem muitas coisas boas tal como GNU/Linux. Cada “macaco” no seu galho 🙂

        Para o hardware que uso windows seria impossível 🙂 GNU/Linux da-me o que procuro 🙂

  9. Pedro says:

    Descobri outro: aur/faustus-dkms-git 0.2-2 (+2 0.70) Experimental unofficial Linux platform driver module for ASUS TUF Gaming series laptops.

    Nota: O utilizador comum de GNU/Linux precisa de ir a store, procurar e click no instalar (demora 30 seg.) 🙂

  10. Nuno says:

    Vou averiguar para ver se é realmente alternativa ou não. Obrigado

    • Pedro says:

      Sem duvida que é uma alternativa contudo não me pareça que seja isso que o teu amigo procure LOL

      Basta falar de privacidade. Se não me engano 99% das pessoas não se importa que a MS use os dados em beneficio próprio.

  11. Profeta says:

    E comprar laptops que facilitem mais o uso de linux mas de facto o que se tem visto e cada vez o cerco aperta mais, e depois temos governos que permitem tudo isto, nao dao liberdade de escolha as pessoas. A Microsoft por onde toca so sai borrada e muito adora fazer a vida negra as pessoas. E por isso que o windows tem sucesso, nao e por ser melhor. Ja vem agarrado no hardware e mais uma percentagem de vendas que adquire.

    • Pedro says:

      Por vezes torna-se mais dispendioso comprar 1 determinado equipamento do que comprar 1 mais “comercial”. Compreendo perfeitamente que as pessoas optem por 1 sistema operativo onde existe menos control do que se faz (a nível de hardware ou a nível de partilha de informações privadas).
      Como costumo dizer cada OS no seu galho 🙂

      Não esquecer que GNU/Linux é o sistema operativo mais usado na gama de Servidores. E ai sim, é o melhor 🙂

      Espera por portáteis com as novas AMD Radeon™ 680M ai vai valer a pena 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.