PplWare Mobile

Lighttpd com PHP5 e MySQL no Ubuntu em 4 passos


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. lmx says:

    Boas…
    antes de mais parabéns pela publicação …é de uma utilidade extrema, os tutorias que tens vindo a desenvolver.
    Eu já conhecia o lighttpd, mas será que este é muito mais á frente comparativamente com o Apache?Deve ter limitações em relação ao Apache, serão só questões de recursos?
    Obrigado pela publicação.

    cmps

  2. Toni says:

    Mais uma vez um artigo muito bom. Não conhecia a aplicação mas, é que vou já experimentar.
    Parabéns pelos artigos relacionados com servidores e desenvolvimento web, espero que continuem 😉

    Abraço.

  3. PedroNGV says:

    Alguém já testou a utilização do Lighttpd com portais joomla?

  4. Daso says:

    Boas,

    Antes do passo 2, se não instalar o Mysql, é necessário correr o update.

    > apt-get update

    • tiago says:

      Convém fazer o update antes!?
      Mas esse comando só actualiza a lista de fontes. para fazer o update tens de correr o upgrade, podes fazer tudo no mesmo comando com

      apt-get update && apt-get upgrade

  5. DreamWave says:

    Bom artigo Pedro.

    O lighttpd é vocacionado para “servir” conteudo estático. Imagens, videos (FLV streaming por exemplo) etc..
    Permite a utilização de PHP tal como foi referido no artigo, mas também é possivel carregar o modulo perl e assim executar estes scripts.
    É bastante leve e versátil no entanto não suporta .htaccess pelo que limita á partida algumas aplicações tipo joomla (como foi questionado atrás) , possui pelo menos um mod (modulo) se bem me recordo, que pode funcionar como o mod_rewrite.

    A meu ver, e de acordo com a experiencia que tenho com o lighty, é melhor aproveitado se utilizado em conjunto com o apache em máquinas separadas utilizando o lighty para servir conteudo estático e steaming video, e o apache para o processamento dinamico habitual php+mysql.
    Podem mesmo funcionar na mesma máquina ao mesmo tempo desde que devidamente configurada a porta de cada webserver

  6. Edson Cunha says:

    Olá existe alguma configuração no lighttpd responder melhor com sites dinamicos, estou tendo alguns problemas com paginas dinamicas no lighttpd.
    É feita alteração na pagina mais ela só aparece quando se da um F5 no firefox ou no IE.
    Estou utilizando PHP com FastCGI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.