Quantcast
PplWare Mobile

Como instalar o Ubuntu 11.04 – Natty Narwhal

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Rui says:

    Tão sempre dá para usar o 11.04 sem a barra lateral…. Hmmmm

    Não me dou muito bem com aquilo :S

  2. Alex says:

    Gostava de experimentar através do wubi (sempre gostei do ubuntu apesar de ter me afasto das ultimas 2 versões), infelizmente perdi a vontade quando me deparei com kernel’s panic a torto e a direito no boot…se alguem me poder ajudar nesta questão agradeço 🙂

    • Andros says:

      Não sei se é o caso, mas não podes fazer o upgrade o ubuntu directamente do wubi. Deves antes instalar a nova versão utilizando o wubi correspondente.

      No entanto, talvez seja mesmo melhor ponderares a criação de uma partição separada e instalares o ubuntu no disco. Assim não tens este problemas e vais melhorar o desempenho do sistema…

      Espero ter sido esclarecedor.

      Cumprimentos

  3. Dino silva says:

    Bom dia como novo utilizador de linux sei que ainda tenho muito a aprender , mas estou com uma duvida ja alguem apos a instalação do 11.04 e depois de ter feito os updades , se ja mudou para o gnome 3 ? , e deu algum erro ??

    • Fontes says:

      Eu fiz o upgrade para o 11.04 e continuo com o Gnome e nao tive erros.

      Deparei me apenas com alguns problemas:

      Todos os efeitos do compiz ficaram desactivados, o que fez com que perdesse a barra com o botao fechar em todas as janelas, entre outros;

      Apos cerca de 5min na sessao com gnome o pc termina sessao.

  4. BMJ says:

    Eu acho que estou a um passo de desistir do Ubuntu, estou muito desiludido com o ambiente gráfico…

    Ao escolher o gnome classic fui ao compiz e activei o desktop cube + rotate cube + wobby window e só sei que o compiz rebentou que nem abrir novamente o compiz… Já tentei limpar tudo do compiz mas nada… Vou ter de reinstalar….

    Acho que vou mudar de distro, só é pena o Xubuntu não o achar muito funcional….

    • maurycio says:

      Sinceramente o Ubuntu também me tem vindo a desiludir. Ainda não me adaptei ao Unity nem mesmo ao Gnome 3.
      Esta versão, instalei-a ontem de raíz, e nem os drivers da minha placa Wireless instalou… vou dar uma nova hipótese hoje com nova instalação com a esperança que tudo fique a funcionar, para dar uma nova hipótese ao Unity. Caso não me adapte, sempre há a hipótese de optar pelo Gnome.
      Cumps

      • BMJ says:

        O unity para mim só serve para quem for trabalhar num portatil só com internet, onde só use firefox + email e pouco mais, agora eu uso Ubuntu para trabalhar, com citrix, RDP, VNC, Maquinas virtuais, montes de cenas e o Unity torna-se muito incomodo…

        O gnome 3 ainda nem o vi..

      • ravager says:

        É coisa que nunca gostei no mundo linux, o facto de um momento para o outro, parece que cortam por completo com as versões anteriores das GUIs e fazem algo que não tem absolutamente nada a ver. E, no caso do gnome 3, na minha opinião algo que é pior que a versão anterior.

    • Nuno José says:

      Fiquem com o 10.10 como eu, eu até não desgostei do unity mas só estou á espera que saia o driver de jeito da AMD/ATI para o novo X

  5. joaodh says:

    ja sou usario do ubuntu a algum tempo e penso que esta nova versao esta bem concebida gosto da utilidade do unity, penso que a barra esta bastante intuitiva no entanto acho que esta deveria aparecer mais rapidamente quando a solicitamos na margem esquerda do ecra

  6. OMINIS says:

    Este SO tem a opção em PT-PT?

  7. ze graça says:

    uma coisa que nao entendo, por favor ajudem: caso eu instale o ubuntu lado a lado com o win 7 numa partição, meus arquivos que ja estao no win7 poderao ser acessados atraves do ubuntu? ou sera um mundo totalmente novo? quero testar o linux…

  8. JP says:

    Eu num hp-dv3 com placa grafica intermutavel ati / intel tive alguns problemas não na instalação mas no boot.
    Que é com quem diz, nem sempre acontece. Sendo que ficou bastante melhor depois de ter adicionado o ppa do kernel pre-proposed por causa dum patch que ainda não foi incluido na versão final; e desabilitando o splash no grub.

    De resto acho o unity simpático, acho que necessita de um pouco de habituação.

    • Christophe Silva says:

      Boas JP, esse ppa do kernel pre-proposed faz alguma diferença no HP ? Se puderes envia o link . Em relação aos drivers intel/ati, instalando a nova versão 11.5 catalyst pelo site da ati já consigo alterar sem problemas as placas e o rendimento é muito superior.

      Cumps

  9. Jose says:

    Só vou usar quando tiver confirmação que o BUG das Fans no Portáteis está corrigido.

    Em que as Fans ou nunca se ligam na vida, e os portáteis derretem, ou ficam ligadas no máx. desde que se liga o PC, até desligar.

    E confirmação também, se já usa o novo Gnome.

    • João Dias says:

      Não sei onde está esse bug relatado, mas isso não acontece com o meu computador. Talvez o teu portátil precise de uma limpeza ou de um pouco de pasta térmica.

  10. dajosova says:

    Obg pelo artigo Pedro 😉

    Tal como o “ze graça”, seria útil um tutorial ou explanação de como fazer um dual boot. Eu sei que é cada vez mais fácil MAS sobretudo quando se chega àquela parte de criar a partição e escolher o tipo de sistema de ficheiros, bem como a escolha do espaço para cada partição.

    Penso que é aí que ainda reside a maior parte das dúvidas do pessoal.

    E uma última questão que até a mim me deixa confuso… será que tenho mesmo necessidade do Ubuntu pelas suas mais-valias ou “mais valia” era estar quieto com o Windows 7 pois para ele existem todos os programas e jogos que quero!?

    Sei que é uma escolha individual em função das necessidades mas sou daqueles que não me importo de mudar no caso de encontrar mais vantagens num dual-boot do que desvantagens.

    Obg desde já pela tua opinião e conselho 😉

    • Jose says:

      Ubuntu não parece, mas ainda está muito verde em compatibilidade, programas, e especialmente jogos.

      Fica-te pelo o Windows 7, é a melhor opção por agora.

      • dajosova says:

        Eu não sou do tipo de escolher um sistema operativo em detrimento do outro, porque sei que a escolha recai sempre consoante as características do SO e escolhas pessoais. Não há um que ganhe em tudo… a minha dúvida (pois atualmente só uso Win7) é se vale a pena ter um dual-boot. Não pelo trabalho de o instalar ou perceber como funciona… mas se em termos práticos terei uma melhor solução num PC OSx2 ou SO único! 😉

      • dajosova says:

        Já em relação a incompatibilidades de hardware que é algo muito referido, creio não ter problemas porque o meu é relativamente recente! Quanto aos jogos, não me chateia reiniciar a máquina para ter de jogar. O que me chatearia seria mesmo o facto de ter de andar a mudar de SO por incompatibilidade de serviços/programas, etc.

        Noutra perspectiva; se usar o Win7 como SO principal, poderei sempre recorrer ao Ubuntu para fazer algo que não consiga em Windows… talvez seja aí que resida a vantagem de um dual-boot mas dêem-me as v/ opiniões sobre as vantagens do Ubuntu de acordo com a v/ utilização!
        Pessoalmente fico grato e a comunidade enriquecida 😉

        • Jo§e says:

          No meu portátil, que vinha com o “Windows 7”, a primeira coisa que fiz foi o “dual boot”. Só que eu uso o “Mint 10” em vez do “Ubuntu”, pois acho que é mais amigável. Como no trabalho ainda uso o “XP”, acabei por instalar uma máquina virtual no Linux para poder executar algumas, poucas, coisas que preciso de vez em quando.
          Muito raramente, arranco com o “Windows 7”

          • dajosova says:

            Em tempos usei o Mint, gostei bastante… mas agora o Ubuntu na instalação já pergunta tb se queremos atualizar os codecs de terceiros.

    • Pedro Pinto says:

      Boas, eu posso tratar de um artigo a explicar o Dual-boot. Aliás, vou ter de o fazer para mim 😀 pois ainda so testei no virtualbox. Próximos dias deixo cá como fazer.

      Quanto as mais valias do Ubuntu…bem isto é sempre uma questão difícil de responder…é quase a mesma pergunta se preciso de um Mac…O Windows serve para tudo, assim como o Ubuntu ou o MacOS..Eu pessoalmente uso Windows e Ubuntu..se tenho a necessidade de usar os dois? a resposta é não! Se um é melhor que outro? Bem, isso depende da utilização que lhe damos.. 🙂

      • dajosova says:

        Obrigado então pelo próximo artigo 😉

        Claro que a tua resposta encaixa-se perfeitamente no panorama existente e, consequentemente, na minha dúvida mas mantenho a dúvida.

        Bem, na verdade, já excluí as dúvidas relacionadas com o preço (não constitui problema tendo em conta que sou particular e uso para fins educacionais 😀 ). A estética e utilização já deixaram há muito de ser uma procupação. Estou habituado aos dois e gosto em geral de ambos, sendo que o Ubuntu é muito mais personalizável nativamente. O MacOS fica de fora. Já o experimentei e cheguei À conclusão que vale a pena se eu fosse dono de um Mac. Como não sou nem pretendo vir a ser, nem o considero apesar de gostar de vários aspectos do MacOSX, não gosto de muitos outros, etc..

        Rapidez e leveza ganha o Ubuntu mas não me posso queixar do Win7 pois a minha máquina produz bons resultados nesse campo.

        A fiabilidade é algo com a qual já estou habituado no Win7, sabendo que o Ubuntu leva alguma vantagem.

        Compatibilidade é realmente com o Win7.

        Posto isto, acho que só mesmo regressando novamente ao dual-boot e ir desenhando um tipo de utilização que não me comprometa a dependência de um ou outro SO. É esse equilíbrio que vou procurar.

        Gracias 😉

      • dajosova says:

        E em relação à SWAP? Que conselhos dás? Tenho 6GB de RAM e não tenho problemas de falta de espaço em HDD’s.

        • BMJ says:

          O Swap no linux já não tem o uso de antigamente, seja qual for a quantidade de memória RAM mete 1Gb de swap que já tem espaço a mais para o uso que vai ter…

        • lmx1 says:

          boas…
          a mem swap não é apenas para memoria virtual, mas sim para hibernar também…se tiveres pouca…não sei se consegues hibernar…
          existe uma questão que ainda não testei, se tiver 1gb de ram ocupada e hibernar será que tendo em conta 1 gb de swap a maquina hiberna, ou estupidamente a maquina so vai hibernar se tiveres 4 gb de swap(pois é o mesmo valor total da ram…)?
          no que tenho lido da ideia que terás que ter o mesmo num swap que ram para hibernar.

          cmps

          • dajosova says:

            tb tinha lido isso mas entretanto li que para pc’s com pouca memória é que deveria ter o mesmo valor de swap… fico na mesma.. mas tb não me preocupo. Neste momento só estou a testar a ver se mantenho o dual-boot. obg na mesma 😉

      • dajosova says:

        Outra dúvida prende-se com a criação da partição para preservar os ficheiros pessoais e configurações caso reinstale uma nova versão do Ubuntu. Como vai funcionar como 2º SO, provavelmente não terei grandes raízes que me prendam; ou seja, não vou ter nada de muito importante (docs, etc.) no Ubuntu… acho eu!

        Tenho 2x 500GB (RAID 0), 1TB, 1TB externo.

        • Andros says:

          para swap bastam bem 2Gb (se não mesmo 1Gb – lembro-me de ter lido algures que para máquinas com mais de 1Gb de ram, bastava este espaço de swap. No entanto não posso confirmar). Eu tenho 2Gb de ram e o mesmo espaço de swap e o sistema praticamente nunca usa a swap.

          Relativamente à questão dos dados pessoais, eu instalo sempre o sistema com a pasta /home montada numa partição separada da /. Assim, podes instalar e desinstalar o sistema à vontade que os dados pessoais (e certas configurações do sistema) vão ficar preservados. Tens é de ter o cuidado de, quando defines o ponto de montagem da pasta /home, desactivar a opção de formatar a partição. Deves também alterar o nome de utilizador para que a pasta pessoal anterior não seja re-escrita.

          Cumprimentos

          • dajosova says:

            Obg Andros, sobretudo pela última dica de renomear a conta para evitar a reescrita! 😉

            Vou instalar agora a versão 64bits. Inté

      • zem@nel says:

        Grato por este tutorial mas, não dá para mostrar nem que seja só as imagens da hipótese do “Something Else”???
        Confesso que gostaria de saber como se instala para poder ter os dois sistemas no pc nas versões actuais… sempre consegui mas na versão 10.10 já não me deixou escolher como escolhia e acabei por desistir sempre na esperança que esta versão o permitisse.
        Com um grande obrigado.

      • ze graça says:

        fico no aguardo tambem… acho que dessa vez entro no mundo do Linux (nunca usei, mas sempre tive vontade)… vou ja liberando um espaço no PC… 10GB é suficiente?

  11. André Silva says:

    Para aqueles que, como eu, não possuem hardware capaz de correr o Unity fica a nota de que é possível instalar o Unity 2D (que não recorre a aceleração 3D por hardware).
    Em termos de funcionalidades creio bastante semelhante à versão 3D e sempre dá uma oportunidade de testar para os que têm hardware mais fraco (sinceramente começo a ficar desiludido com os requisitos de hardware de KDE, GNOME, Unity e afins…vejo-me obrigado a ir para algo mais leve).

    Aqui fica o link onde explica como instalar o Unity 2D:
    http://www.ubuntugeek.com/install-ubuntu-unity-2d-using-ppa-in-ubuntu-11-0410-10.html

  12. Drived says:

    Estou extremamente desapontado com esta versão do Ubuntu. Tentei corrê-la via live CD, mas só carrega até me aparecer a caixa de logon e nem o rato me está a funcionar, uma vez que não aparece o cursor. Mesmo que queira instala-lo não dá pois a caixa de diálogo que aparecia nas outras versões, onde escolhemos instalar ou correr o live CD não aparece. Mais alguém com este tipo de problema?

    • Ryan says:

      Olha eu tive exactamente o mesmo… Sinceramente acho que esta versao foi feita a pressa. Isto nao e bom para a comunidade Ubuntista… pelo menos a mim ja me perderam como utilizador

      • Drived says:

        Ryan, eu entretanto resolvi voltar a fazer o download do ficheiro ISO directamente do site do Ubuntu e voltei a queimar um CD a partir dela. Feito isto os problemas que tinha desapareceram e o live CD já corre com todas as opções normalmente e o rato já está activo. Parece que o primeiro ficheiro ISO estava corrompido e por isso é que estava a dar aqueles problemas. Sugiro que experimentes a fazer o download novamente. Creio que vai resolver os teus problemas como resolveu os meus. 😉

  13. VR says:

    Boas.
    Eu atualizei o Ubuntu para esta versão mas não me aparece aquela barra lateral.
    Como a posso adicionar?
    Abraços

  14. Ryan says:

    Desde hoje de manha que me tornei utilizador do Debian. O Ubuntu parece que nao quer entrar mais dentro da minha maquina. Nem versao instavel nem estael… Ubuntu ao que parece comigo ja era. Esta versao para mim e um flop. Ja se sabia que o Unity nao esta a funcionar a 100% entao deixariam isto para mais tarde. O que se passa e que fiz o upgrade e depois nada funciona. Um monte de bugs ate log in… depois de logar mais bugs o sistema nem parece querer arrancar. Enfim uma desilusao. Chegou a hora de pegar noutra coisa. O Ubuntu foi bom, gostei, foi a minha rampa de lancamento para Linux agora chegou a hora de partir a cabeca com o Debian. Para um utilizador que estava facilitado com o Ubuntu a tarefa do Debian de certo que me tornara num melhor utilizador de Linux. A ver vamos… se nada explode…

  15. dajosova says:

    Bem.. já está instalado!

    Criei o seguinte no meu segundo disco interno:

    – uma partição primária de 60GB Ext4 (aquela que acho que é designada de raíz – / )
    – uma partição lógica /home de 40GB
    – uma partição Swap de 2GB

    O dual-boot funciona (só falta configurá-lo para escolher o SO principal e o tempo de entrada).
    A minha principal dúvida é se fiz bem em instalar o Ubuntu num disco físico diferente do Win7. Não tenho a certeza se estando num disco secundário o Ubuntu fica mais lento!

    Penso que rapidamente me vou habituar ao Unity. Falta conhecer alguns atalhos que creio não terem esquecido de pré-configurar. E, claro, já me esquecia que é bem porreiro aceder ao software novo para instalação.

    Em suma, vamos lá ver se faço uma migração suave e se não sinto falta de nada no Win7… quem sabe se não optarei pelo Ubuntu como principal sistema; pois como disseram e bem; é tudo uma questão de necessidades e adaptação!

    • dajosova says:

      Bem…. experimentei o Banshee e está bastante lento. Indiquei-lhe uma pasta com 5.500 músicas que tenho num disco externo e está a travar um bocado!

    • Andros says:

      tanto espaço para a /… bastava uns bons 10Gb no máximo dos máximos…. já dava para instalares todos os programas que quisesses sem problemas 😀

      Quanto ao facto de o ubuntu estar noutro disco não tem problema nenhum.

      Vais ver que não vais querer outra coisa para além do linux 🙂 (excepto os jogos e programas muito específicos…).

      Quanto ao unity não uso… uso o kde, no arch linux.

      Cumprimentos

      • dajosova says:

        em relação à partição vou encolhê-la então… mas quanto a não querer outra coisa sou-vos sincero… já começo a sentir a falta do Win7.

        o Banshee é um pesadelo!!!
        Afixei o Chrome na barra lateral e agora não abre.
        já me tou a passar.

        vou dar o benefício da dúvida mas entretanto lembrei-me que a minha gráfica ATI usa um software para Windows para poupança de energia/desempenho… começo a ver que nem tudo são rosas :S

        • Alucard says:

          Se não gostas do Banshee o que te posso aconselhar é o Rhythmbox, que era o player pré-definido do Ubuntu até agora, nem sei porque mudaram. O Mint manteve-o e fez bem. É um player simples, mas funcional.
          Quanto a problemas com o unity, não sei que te diga, eu nunca gostei muito da direcção que a Canonical levava com isso, e quer-me parecer que lançaram um produto instável e cheio de bugs.
          Por cá mantenho o Linux Mint 10 (baseado no Ubuntu 10.10) e vou ficar atento a outras distribuições como o Fedora ou OpenSUSE. Porque o Ubuntu, parece estar a enterrar-se, com muita pena minha…

      • Lucinda says:

        Action reuiqres knowledge, and now I can act!

  16. moonnn says:

    Eu ainda nao percebi que raio e a aplicação Zeitgeist Datahub que ainda por cima arranca directamente com o OS

  17. wso277 says:

    boas, ja alguem experimentou instalar o gnome3 na versao final?

    estou tentado a experimetar, mas nao queria ficar sem o classic e sem o unity.

    cumps

  18. Maxim says:

    a luz de fundo do meu monitor não liga quando tento instalar ou utilizar :c queria instalar, mas não consigo por isso fico com o Windows

  19. Eduardo says:

    Boas. Eu queria actualizar, mas manter as pastas e os conteúdos tudo como está. Não repetir os passos de uma instalação nova. Será possível?

  20. murder_rabbit says:

    boas como fasso para acivar os efeitos das janelas sff compiz

    • André Meireles says:

      Volta a abrir o Compiz e activa o plugin para Unity! Dps podes configurar esse plugin (até o tamanho dos ícones da barra do unity dá para mudar)!

  21. luislelis says:

    Credo q o pessoal gosta de complicar o q e simples (colombo provou isso com o “Ovo” )
    Para que tanta confusao com o tipo de instalcao.
    Pelo que tenho estado a ler querem instalar para experimentar.
    Meus caros “simple” instalem dentro do windows e ta feito.
    E gratis barato e com sorte (muita sorte ) da milhoes.
    Intslasse como quelquer programa do windows e desinstala-se tambel em adicionar remover programas.
    Pessoal se nao sabem fazer isso vcs devem e increverse no PS e ajudar na recuperacao deste pais.
    Faz lembrar o gajo que tinha o relogio ao contrario mas achava que era mais facil virar a cabeca para ver as horas.
    Qualquer respostas a este comentario sera bem vindo tendo em conta que nao vou ligar a minima lool.
    Este texto foi escrito com o meu acordo ortografico e dispensa qualquer correccao ou melga.

  22. irlm says:

    aconselho experimentarem o Lubuntu 11.04
    Muito Bom, mais leve, e mais funcional.
    5*****

  23. Antonio Antunes says:

    Está muito bom..Só não me consegui adptar ao unity para já…Estou a utilizar o 64 bits e está ok.
    Fiquem bem.

  24. Ricardo says:

    Boas

    Também eu estou desiludido com este UNITY… será que alguém sabe como instalar/mudar para o ambiente gráfico do ubuntu 10.04 remix?

    Obrigado

  25. Marilyn girl says:

    Instalei o novo ubuntu mas qd inicia no me apareçe nd, o ecra fica a cor de rosa. E qd insiro um cd, o icon apareçe e desapareçe.

  26. rafael says:

    parabéns adorei ,muito bem explicado!!!

  27. Everton says:

    Instalei o Ubuntu 11.04 e sinceramente pretendo ficar com o Ubuntu 10.10 até que as atualizações se encerrem neste periodo irei procurar outras distro que não usem o UNITY é horrível, cadê a liberdade de personalização que o Gnu/Linux sempre proporcionou.

  28. João Costa says:

    Boas pessoal. Instalei recentemente o Ubuntu 11.04 no meu Asus N61jq mas deparei-me com alguns problemas. Primeiro, apesar do ubuntu ter instalado automáticamente as drivers da ati (a placa é a ATI 5730) noto uma fraca performance gráfica. Delays quando abro janelas e assim… Alguém sabe como resolver? Outra coisa estranha é quando procuro por alguma coisa no google ou no youtube por exemplo, aparecem-me a maior parte dos resultados em espanhol. É normal? O que faço para mudar isso?

    Cumprimentos

  29. Rui Pinho says:

    Boas;

    Eu instalei tudo direitinho, mas fiquei com um problema: nos ficheiros de video (wmv, por exemplo) as cores estão invertidas…
    Já andei à procura de soluções, mas não vi nada ainda… Podiam ajudar?

    Obrigado!

  30. Arnaldo says:

    Boa tarde amigos… estou com um probleminha e gostaria de uma ajuda… ao tentar instalar o Ubuntu 11.04 ele dá a seguinte tela:
    http://tinypic.com/view.php?pic=6e3i46&s=7
    Eu não consigo prosseguir com a instalação, alguém sabe porq está dando esse problema ??? E a solução q adotei p/ isso foi migrar de versão em versão, pois ao tentar instalar o 10.10 dá a mesma coisa… se eu formatar eu tenho instalar o 10.04 q instala de boa aí tenho q migrar via net p/ 10.10 e depois p/ 11.04… demora demais… e já fiz um pen driver com ubuntu 11 e dá a mesma tela… eu teria outra alternativa ?

    Abraço e obrigado.

  31. Edith says:

    o Unbuntu 11.4 trás programas já instalados? quais? estou a pensar instalar no meu pc mas tenho um pouco de receio que não funcione

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.