Quantcast
PplWare Mobile

Xbox Series X é 70% mais barata do que um PC com o mesmo desempenho

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. JR says:

    No início a consola tem sempre uma vantagem na relação preço/desempenho caso se tenham de comprar todos os componentes de um PC, caso seja apenas um upgrade teremos de recorrer à calculadora novamente.

    Ainda assim, outro alguém desmontou a consola (Serie X) e revelou que o SSD interno é um WD SN530 (2230) de geração 3.0

  2. Victor says:

    Certo no entanto falha na versatilidade, por exemplo, pelo preço de uma xbox compro uma gráfica e consigo jogar os mesmos títulos da consola, passam 2/3 e ainda se consegue jogar os títulos mais recentes, no entanto a consola fica para trás devido ao backward compatibility

    • Ficolixado says:

      E ligas a gráfica ao monitor. Nem precisa de mais nada.

    • andre says:

      tens que me dizer quais os jogos atuais consegues jogar com uma grafica de 2013, a custar 400€ em 2013?
      com a qualidade que uma consola te da hoje em dia xboxone e ps4.

      • Victor says:

        De onde vem esse 2013 e de onde vem esses 400€?! Há um mercado de “Usados” ou “2ª mão” caso nunca tenham ouvido falar, ficariam espantados com o que se consegue comprar sem gastar uma fortuna

        • FilipeB says:

          2013 é a data de lançamento da xbox one, e custava 500€ no lançamento.
          Mas não estás a responder à questão. Hoje consigo jogar jogos lançados ontem com hardware de 2013 numa consola com gráficos optimizados.
          Tens de esperar muito tempo para comprar hardware usado a custo comparável com as mesmas capacidades.
          Um PC terá sempre mais poder de processamento mas não consegue competir em termos de custo/benefício se o pretendido é jogar.
          Dá-me a tua lista de hardware PC para competir com a series X ou PS5 HOJE que custe 500€. E supõe que não podes mudar nada durante 5/7 anos (RAM/CPU/etc.)

          • Ola says:

            Os jogos de PC são mais baratos. Também não precisas pagar nenhum serviço para jogar online. Só isso já compensa o que pagas a mais por hardware. Eu já tive consola, troquei por PC. Fazendo as contas no final gasto menos com um PC.

    • David says:

      Com um computador de 400 euros com peças de 2013 não jogas nada hoje.

    • PTO says:

      Que grande treta. Até parece que basta trocar a placa gráfica para se poder ir jogando todos os jogos novos que saem todos os anos. És um cromo!

  3. Hugo says:

    Óbvio. O pc só não tem vantagem no preço e na portabilidade praticamente.

    • ze says:

      Na portabilidade não é bem assim, no geral quando se pensa em PC, vai-se logo para as torres, mas ja existe portateis com rtx, agora de preços já são mais puxados.

  4. Vitor Pinho says:

    Compreendo a comparação, mas acho impossível ser a mesma gráfica na xbox que a 6800. Primeiro começa pelo consumo, xbox consume menos, depois numero de unidades computacionais é inferior, e a memoria da 6800 não precisa de ser partilhada com o sistema operativo, já na xbox precisa. Claro que tudo isto é otimizado para melhor desempenho não servido para mais nada a não ser jogar, mas é claro que a diferença de preço aparece, uns cortes ali e acola tudo acumula.

    • Hélio Musco says:

      Exatamente. Se um PC precisa de +500W para correr as specs que foram anunciadas, a Xbox nunca poderá ter a mesma performance a usar só 300W. Pode haver certas optimizações, mas nunca de +65% (500/300) performance per watt.
      Enquanto os benchmarks não tiverem divulgados, vou continuar a torcer o nariz.

  5. MF says:

    O pior é que os 30% que se poupa rapidamente se esfumam no preço dos jogos!

    • PTO says:

      Se a consola é 70% mais barata como é que só se poupa 30%, ora explica lá?

    • Pedro says:

      Quer dizer então que no PC não pagas os jogos!
      OK!

    • Nuno says:

      Sinceramente isso até pode ser uma vantagem. Com Steam’s, Gog’s, Humble Bundles, Epic Store’s, e os preços irrisórios com que se consegue comprar jogos para PC (até gratuitos, sem sequer recorrer a torrents), facilmente se fica com uma library de jogos em que muitos nunca lhes vamos tocar ou só jogar uns minutos. Nas consolas, ao ter que se gastar mais nos jogos se calhar já se faz escolhas mais conscientes e aproveitamos melhor os jogos que compramos.

      • Toni da Adega says:

        E alguém que queira fazer dieta a melhor técnica é comprar comida da mais cara, perde logo o apetite.

        • Nuno says:

          Tu provavelmente deves preferir encher a adega com centenas de garrafas de vinho carrascão em vez de apenas algumas de um vinho que escorregue melhor. Tanto faz não é? É só para a buba. Mas ao contrário daquele pessoal que tem centenas de jogos no Steam que nunca lhes vão tocar, tu deves pôr as mãos às garrafas todas.

          • Toni da Adega says:

            Se podemos comprar jogos a 70€ jogos do Steam não faz sentido nenhum, isso e o game passe que é algo que devia acabar.
            Temos que fazer uma petição para meterem um tecto mínimo nos jogos

    • andy says:

      E não só o preço. Eu jogo online e mantenho um grupo de amigos no Steam. Alguns destes jogos até existe para Xbox, porém o “online” não é cross plataform – o que para mim não é viável pelo que implicaria que todos os meus amigos também tinham que mudar para Xbox e inevitavelmente tínhamos que recomeçar os nossos perfis do zero (XPs, cards, etc)

      Mas até compreendo que as consolas não sejam cross-plataform, pois a fonte de maior lucros não é no hardware e nem no jogo, mas sim nos serviços associados à plataforma

  6. AJ says:

    A consola tem as suas vantagens e o PC tem as suas. Se eu só jogasse poderia ir para uma consola mas não me estou a ver jogar um jogo FPS com um comando. Podiamos estar aqui a falar um dia inteiro de uma plataforna ou de outra mas neste momento a consola ainda ne sequer saiu e já esta ultrapassada pela modularidade do PC. Uma consola basicamente é um sistema especializado só para correr videojogos.

  7. Filipe Rafael says:

    Eu cá continuo a preferir o PC apesar de ser mais caro. O PC tem a vantagem, por exemplo, de se poder experimentar os jogos (piratas ou demo) e se gostar do jogo comprar a versão original. Pelo menos é assim que faço.

    • Leandro says:

      Idem. Comparar PC a console é o mesmo que comparar android e iOS. Usuário básico que não pretende fazer muita coisa normalmente prefere iOS que é td travado e só faz o que a apple deixa. Console segue a mesma linha, vc só pode abrir seu joguinho, jogar e depois desligar rs

      • David says:

        Ou então gostam de jogar com 99% menos de wallhacks e aimbots. Eu tenho PC e consola e shooters só jogo nas consolas porque é absurdo a quantidade de gente que faz batota no PC.

        De que me serve ter um PC capaz de 144fps (que tenho) se morro com tiros pela parede? Prefiro a minha consola (que agora é praticamente tão boa como o meu pc) e estar descansado ao saber que se morri foi provavelmente culpa minha.

    • Hugo says:

      Podes até comprar…jogar até um limite de tempo e pedir refound se não gostares.

  8. PGomes says:

    Tantos erros nessa comparação.
    Por exemplo, o SSD da XBSX usa PCIe Gen4, mas apenas 2 lanes por SSD, o que dá 4GB/s.
    No PC, é possível ter a mesma largura de banda de 4GB/s, com um SSD em PCIe Gen3 com 4 lanes. Mas em Gen 4, fica com 8GB/s, o que é o dobro daquilo que temos na XBSX. A outra coisa a considerar é que o SSD da XBSX é de baixa gama. Apenas com 2.4GB/s, sem cache DRAM. Ou seja, o equivalente seria um SSD nVME a custar 120 euros.
    Outra coisa a considerar é que o GPU da XBSX é mais fraco do que uma RX 6800. A XBSX tem apenas 12 TFLOPs e não tem sequer a Infinity Cache. A 6800 tem 128 MB de Infinity Cache e tem 16.2 TFLOPs.
    Vamos ter de esperar por uma série RX 6700, para termos uma gráfica da AMD tão fraca como o GPU da XBSX.
    Outro exemplo é o CPU. O Ryzen 3700X não é o equivalente do que temos na XBSX.
    O CPU da XBSX realmente tem 8C16T, mas tem apenas 8MB de cache L3, comparado com os 32MB do 3700X.
    Para além disso, o 3700X corre a 4.4Ghz enquanto que o CPU da XBSX corre apenas a 3.6GHz com SMT.
    Por causa disso, o CPU mais comparável será um Ryzen 3600, que custa bem menos.

    Sim, a XBSX continua a ser mais barata do que um PC equivalente, mas a diferença não é tão grande como estes artigo tenta fazer parecer.

    • andy says:

      Ok. Até compreendo a tua explicação relativamente ao exemplo dos componentes que quiseram comparar no artigo. Mas se tivermos em foco o custo/FPS, então se calhar os 70% é até real.
      Alias, eu até sugeria que os vendedores de PCs e consolas pusessem o como descritivo os FPS de alguns jogos mainstream como referência, tal como faz a loja online cyberpowerpc.com: para montar um sistema, eles perguntam pelos títulos que vamos jogar e pela resolução do ecrã e no fim mosta a lista de PCs no qual nos informa o FPS de cada configuração.

    • Hidelberto says:

      tanto disparate

    • Monsieur says:

      Exato, ao menos para CPU punham o novo Ryzen 5600X em vez do 3700X, logo aí percebi que esta notícia não devia estar muito elaborada.
      Já para não falar que ainda nem há benchmarks de jogos next gen na XBSX comparativamente a este novo hardware que saiu para PC (RTX Series 3000, Ryzen Series 5000, Radeon Series 6000).

  9. Luis Durão says:

    Este dilema é recorrente todos os anos, o melhor de tudo é ter um bom pc e uma das consolas caso não seja possível depende muito da vida de cada um. um pc oferece jogos e trabalho, a consola oferece jogos, um pc vai sempre ser mais caro mas permite personalização quer de aspecto quer de hardware, upgrades para melhor desempenho…onde há a grande diferença é no “ilegal” e é aí que muito pessoal pende para os pc’s um jogo novo da ps5 deve valer uns 70€ ou mais não faço ideia e as subscrições são caras também, se formos a ver bem a diferença de preço das consolas para um bom pc desaparece com o preço dos jogos das consolas para os pirateados, e no pc desde que não seja exclusivo consolas grande parte deles acabam por ser pirateados mais cedo ou mais tarde, sendo que a questão dos exclusivos também já esta a ser cada vez menos.
    por isso são gostos, opiniões e decisões de cada um, em termos de escolha entre a PS5 ou Xbox x acho que é na base do grupo de amigos para o online, comprar aquela que o pessoal com quem jogamos mais tiver, se fores mais de single player é escolheres com base nos jogos que gostares mais.
    cumps

  10. Gabriel Neves says:

    O PC é muito bom, mas dá muitos problemas

  11. Leandro says:

    Essa é uma discussão sem sentido. Consoles são pra jogar, tem um foco, então o hardware é todo feito, tanto pra desempenho, como para custo, para esse fim. Computador vc faz um monte de coisa além de jogar. Vc paga 70% menos de um console, mas faz 70% menos coisas do que faz num PC.
    Conclusão: Vc vai apenas jogar? Compra um sbox ou PS. Vc tem vida além dos jogos: Compra um PC.

    • Monsieur says:

      E as consolas fazem dinheiro é com jogos e acessórios, ao passo que o PC não é de ninguém. Posso ter motherboard MSI, gráfica GigaByte, teclado Logitech, etc e nem jogar um jogo…
      Não é segredo para ninguém que as consolas (hardware) dão prejuízo nos primeiros anos, isto já acontece há décadas.
      Notícia sem sentido e pouco elaborada para o que tem saído no mundo do hardware.

    • Fernando Mateus says:

      Desculpe, mas está ultrapassado no tempo. Hoje em dia já existe muito PC Gamer apesar de ficar mais caro que ser utilizador de consolas. O crescimento no mercado PC foi enorme e com as novas placas gráficas com quase o dobro da potência em relação às consolas houve muita gente a aderir ao PC Gaming. De referir que existem cada vez menos exclusivos no nas consolas.

      • Leandro says:

        Vc não disse nada diferente do que eu disse. O fato de ser PC gamer (tenho PC Gamer há mto tempo) não significa que ele seja diferente de outros PCs, só difere por ser mais potente que outros computadores comuns. “Todo PC Gamer é um PC, mas nem todo PC é um PC Gamer” haha

  12. Fernando Pereira says:

    Dificilmente vais comprar um computador todo de raiz. Por norma, já tens um computador e limitas-te a atualizá-lo. Por essa ordem de raciocínio, também precisas de uma televisão para jogar numa consola, mas a hipótese de já teres uma TV, é grande.

  13. Fernando Mateus says:

    Nunca, mas nunca a Xbox está ao nível da suposta 6800. A isto se chama desinformação. A Amd 6800 está ao nível da NVIDIA Rtx 2080TI e a Xbox no máximo irá estar ao nível da Rtx 2080. Amanhã irá aparecer a notícia de que a PS5 é mais potente que a Xbox e 1/3 do preço de um PC com specs semelhantes.

  14. JJ_ says:

    A partida esta ideia já esta errada… Se comprar todos os componentes mencionados no artigo, fica-se com um PC com melhor desempenho do que qualquer consola.

    Ou seja, eu para se conseguir um desempenho equivalente, não preciso investir o mencionado no artigo.

    Alem disso, boa parte dos gamers já tem PCs montados, logo o upgrade do hardware é muito mais económico.

    Para não falar da longevidade. Uma placa gráfica do PC com 5/6 anos continua a conseguir correr os jogos novos, mesmo que com gráficos inferiores. Por sua vez, alguns jogos novos já não correm em consolas com a mesma geração. E se correrem, mesmo otimizados, os grafismos não devem estar muito longe ou talvez até inferiores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.