PplWare Mobile

Sony Playstation 5: eis as especificações oficiais da consola PS5


Fonte: Wired

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Diogo Maio says:

    Falar e demonstrar os benefícios de um SSD em 2019…. ahahahah foi para rir a parte da demonstração do Spiderman. Mas fico contente que só se atrasaram uns 5/6 anos. O que coincide com a data de início do desenvolvimento da consola.

  2. Junior Mauricio says:

    Enfim, sempre atrasados…
    Deviam colocar SSD na Ps4, ok podia ser mais cara mas compensava.
    Felizmente tenho a Xbox e teve uma avaria e disse para lá, eu compro um ssd de 1tb podem colocar-me e substituir o disco? De bom agrado disseram que sim e todos os que vêm esta Xbox ficam de olhos abertos, o tempo de loading dos jogos é pouco

    • Duarte says:

      a Xbox tem SSD desde quando mesmo ? …

      • Diogo Maio says:

        Eu percebo o comentário do Junior mas aparece como tendencioso. Nenhuma tem SSD nativamente e as DUAS permitem a adição de um SSD. Não sendo algo extremamente habitual. Mas só isso. O bottom line é que realmente não é algo inovador nem atual. Mas é algo que era mais que OBRIGATÓRIO para esta nova geração de consola. Acho que nem precisavam de anunciar…

      • J T says:

        Desde nunca. Eu tenho uma PS3 com um SSD de 120gb, demorei 10min a trocar de disco e a instalar o firmware, qualquer um pode fazer o mesmo com a PS3 e PS4, vale a pena em ambas.

        A inovação aqui esta em ser colocado numa consola, cujo valor total em peças é superior ao valor da consola, em ser pelo menos a primeira consola de producao em massa a oferecer armazenagem ssd de raiz.

        • Diogo Maio says:

          O valor de qualquer ps (desde a ps2,ps3 e ps4) de produção sempre foi superior ao pedido ao público. Daí os 2-3 anos de prejuízo inicial e os programas como o PS4 premium subscription para ajudar no profit. Não é novidade que a PS5 seja igual. Mesmo para a xbox.

      • Leo says:

        A Xbox tem muitas coisas mas o mais importante não tem, jogos(exclusivos) por isso é que a PlayStation pode, quer, e manda nesta geração .

  3. eu says:

    Realmente vir falar em SSD como uma grande, espetacular, astronómica inovação, diz tudo.

    • Rui Bacelar says:

      Cerny referia-se a um SSD entre 1 a 2 TB para uma consola. O preço da mesma, segundo as fugas anteriores, não deverá superar os 500 euros.

      • Diogo Maio says:

        Sim, claro. Não deixa de ser apresentar o SSD como algo super inovador. Certamente não é. Quanto ao preço será imbatível (para PS5 e XBOX) mas não vamos esquecer que já desde outras gerações o primeiro e segundo ano é de extremo prejuízo para os fabricantes. Sabemos bem que a combinação de CPU+Ryzen GPU ray tracing + ssd nunca seriam 500. Eles aceitam esse prejuízo para depois compensar massivamente nos anos a seguir. Imagina lá se os fabricantes pedissem mesmo o preço real… ninguém compraria. 500 euros para as duas configurações de topo da Anaconda e da PS5 parece ok. Prejuízo para eles mas só por um ano máximo.

      • Filipe says:

        A ter uma gráfica que suporta Ray Tracing, um ryzen “novo”, e um ssd desse tamanho, acho que podemos contar com preço mínimo de 600€ em Portugal. E já estou a ser muito anjinho na previsão.
        Agora, caso eu esteja enganado e a ser mesmo 500€, para o que traz/permite, será bom preço.

        • Diogo Maio says:

          É a velha questão do não lucro nos 1-2 anos de vida da consola. Olha o caso da XBOXone que literalmente foi dito pela chefia que não há lucro. zero. na produção e venda. Foi o mesmo do lado da Sony com ps3, ps3 e ps4 que só 2-3 anos depois fizeram lucro (especialmente com a ajuda do PS4 subscription). Portanto, na prática, podem ter estes elementos novos todos a 500euros. Pois eles aceitam esse prejuízo nos 2 primeiros anos. Se forem 500$ diria que cai a 550 cá. mas suposições apenas.

  4. Henrymrl says:

    agora fiquei curioso. irá ser compatível com jogos físicos de ps4, e quanto aos jogos digitais?

  5. Lumia says:

    Retrocompatibilidade com jogos físicos PS1, PS2, PS3 não vai ter? chegou-se a falar que ía ter…

  6. Andre Rocha says:

    500€ por um PC fraquissimo? Não obrigado, prefiro fazer o meu.

    • Tiago says:

      Ok, mas não terás os exclusivos Playstation para jogar. Diferença entre PC e consolas

    • Leo says:

      Te garanto que por 500€ não fazes um PC nem pra rodar fornite nos médios a 30FPS.

      • JCFB says:

        faz sim. 300€ compras um ryzen 3 2200g, ssd 240gb, mobo b450 e8gb ram. fortnite no medio a quase 60fps

        • Leo says:

          300€? Hahahaha epah vcs são doidos ou tudo crianças, pronto fica lá com esse PC que tu vais ver o que ele te roda(prolly fortnite e não muito mais). Tamos a falar de uma consola de 500-600€ prolly que vai dar pra jogar todos os jogos na boa sem stresses ( e 8gb de RAM em 2019? Lol) pra nao falar que instalas o fortnite o Windows e mais um joguito e já nem espaço tens (meanwhile PS5 no mínimo vai ter 2tb SSD) só isso custa 230 € +/- e não tou a falar de discos da feira.

    • iDroid says:

      Não diria fraquíssimo; a única forma de obter ray-tracing decente é com a RTX2060, a 370€ no mínimo. E não, a actualização que permite que as placas mais antigas façam ray-tracing não conta, a performance é uma miséria.

    • Hugo says:

      Não consegues montar um pc comparável a uma consola com o mesmo orçamento.
      Eu prefiro pc, mas a verdade é essa, a menos que faças bons negócios de segunda mão.

    • Sousa M says:

      Com 500 euros? LOL nem sonhes. Espero que até sejas burlado, isso é sonhar bem alto. Isso é conversa de quem não sabe o que está a falar.
      É que nem novo nem usado.

      Jamais terás exclusivos Playstation e a interface de uma consola num PC disso eu te garanto.

      Não percebo a azia dos Pcmaniacs com as consolas em suas disputas ridiculas.

      • Hugo says:

        A vantagem das consolas é serem mais baratas e serem mais user friendly. Não há cá chatices e problemas a intalar…incompatibilidades, configurações gráficas, etc.
        De resto um bom pc é superior, mais caro e exige algum conhecimento e muitas vezes paciência.

      • Diogo Maio says:

        Naturalmente, não há maneira de comparar o preço consolas / PC. Logo à partida, os fabricantes de consolas aceitam um prejuízo de 2-3 anos inicial para as conseguir vender porque o hardware dentro delas no início é muito mais caro. Garantidamente.
        Para comparação a Ps3 e Ps4 só 2-3 anos depois deram finalmente lucro em termos de produção. Como se contorna isto? Por isso é que existe o PLUS e o xbox pass. Daí vem o financiamento e o profit. Não da consola. Nenhum utilizador de consola daria mais de 500/600 por uma consola.

  7. Raul says:

    Sim sim o marketing da treta das consolas hexacores que cria um fetiche nos curiosos e fanáticos…
    Enquanto os que percebem perguntam,
    e que jogos revolucionários e inovadores estão a ser já desenvolvidos que ainda não se tenha jogado?
    Remakes, Remasters e as sufocantes estagnadoras sequelas dos mesmos jogos/estúdios estão em grande nesta geração… mais as 3/4 consolas datadas em curto espaço de tempo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.