PplWare Mobile

PS5: será este o preço da próxima consola Sony PlayStation 5?


Fonte: Paste Bin

Rui Bacelar

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Fernando Marques Martini says:

    Stadia manda lembranças nao precisa de um console, um perfirefico instalsdo na sala ou no quarto para se poder jogar sou mais essa perspectiva

    • PGomes says:

      O problema de soluções como o stadia, é que funcionam por streaming e isso resulta em jogos com muito mais latência e com perda de qualidade de imagem por compressão do vídeo.
      Além diso, se a internet falha, não jogas nada no stadia.
      Com hardware local, podes sempre jogar.

      • Nelson Góes says:

        Era assim com os vídeos por streaming até a chegada da Netflix.

        • Elison says:

          Pessoal sempre compara vídeos do Netflix , mas entenda que vídeo pode ser baixando antecipadamente, já um jogo não pode baixar , terá que executar tudo em tempo real, sem poder ter nenhuma queda na rede, mesmo em rede interna com 1gigabyte de intranet eu não consigo a mesma qualidade que rodar nativamente, existe perdas de pacotes no processamento de imagem, jogo perfeito mas a qualidade é inferior, na internet é impossível jogar pois tenho diversas quedas, só em rede interna consigo através do meu pc.

          • Nelson Góes says:

            A premissa continua válida. Antes do Netflix streaming de vídeo era algo que dependia de uma conexão ótima e mesmo assim ainda poderia apresentar problemas. Depois dela tudo mudou.
            Agora sim, streaming de vídeo é simples. Aí todo mundo explica.

    • Rui says:

      Stadia? Tens o MEO jogos e é tão bom como bosta! Streaming é para esquecer!

    • Fusion says:

      Para não falarmos que estamos em Portugal, quero ver como é que as pessoas das aldeias do interior de Portugal vão conseguir jogar com o stadia.

    • Ze says:

      Se escrevesses isso daqui a uns 10 anos talvez tivesses razão. Para muita gente as consolas tradicionais ainda terão um papel muito importante.

      Eu quanto ao stadia, só quando não houver mais nada à face da terra.

    • Danny says:

      Se ficares sem net ou tiveres uma ligaçao lenta, vais é passar uma boa (e)stadia no teu precioso sofá, sofrendo para o arranque do jogo.

      • Nelson Góes says:

        O trocadilho foi muito bom, mas partindo desse pressuposto deverias correr para os consoles portáteis, pois se faltar energia ficará sem o teu precioso PlayStation.
        😉

        • Danny says:

          LOL. Não confunda a falta de net ou ligaçao instavel com electricidade.

          Passo a explicar, pois sei que vai ser dificil de compreenderes se eu ficar apenas com a frase anterior.
          A electricidade tem picos altos e baixos de energia, no entanto tu dificilmente poderás notar isso e os aparelhos simplesmente adaptam-se a essas mudanças. O funcionamento desse aparelho irá decorrer normalmente.

          Já com a ligaçao a internet, tudo muda. E a explicação esta feita no meu comentário anterior.

    • RM says:

      A Microsoft e a Sony devem estar preocupadíssimas com o Stadia, que já não vão lançar mais consolas!

    • Lucas says:

      Vai achando q voce BR vai ter acesso a isso tao cedo. Ja sinto cheiro de latencia a milhas de distância

    • Gabriel0598 says:

      Cheirinho de flop.

  2. Arlindo says:

    Margem de prejuízo? Dumping? – se o fizer, é ilegal.

    • PGomes says:

      É normal as consolas serem vendidas abaixo do custo. Isto aconteceu com quase todas as gerações.
      O dinheiro é recuperado e os lucros ganhos com as royalties dos jogos publicados por empresas terceiras.
      Nunca, em lado nenhum houve processos por dumping em relação a esta prática.

    • ff says:

      dumping só é ilegal pelos retalhistas, pelo produtor do produto não. Tem a ver com concorrência desleal, nem tem a ver com margem vistos existirem acordos comerciais para além das margens dos produtos, aliás muitos têm margens negativas….

  3. Filipe says:

    meo jogos?? onde?

  4. s_junior says:

    Já disse e volto a dizer, os DVDs e os CDs na fnac diminuíram substancialmente. É a evolução da tecnologia.
    As consolas não vão desaparecer, vão fazer falta nos países subdesenvolvidos e quem quiser ter uma consola.
    Acredita que streaming de jogos vingará.

    • Danny says:

      Não sei quais as Fnac que falas, mas DVD e CD, pelo que tenho visto nao diminuíram em nada. E se diminuíram, não é perceptível. Até os disco de vinil estão em força! lol
      E se acreditas no streaming de jogos a vingar, vejo que adoras pagar…

      • s_junior says:

        Não Se trata de adorar pagar mas sim do progresso. As secções de DVDs e CDs diminuiram sim e a olhos vistos. Tens Spotify, YouTube, Netflix, Apple TV não vejo as pessoas a comprarem leitores e afins.
        Aceita é o progresso tecnológico

        • Bruno says:

          Trabalho na Fnac do Mar Shopping ( Matosinhos ) e tenho te a dizer que estas errado… É vtudo uma questão vde organização, visto termos aumenrado vendas via loja online e reservas online ou em loja de dvd, cds, e ate vinil, este último eu nunca imaginei voltar a ser usado .

        • Danny says:

          E aceito pois o progresso tecnológico! No entanto tu é que não aceitas tal progresso tecnologico, matando logo a partida tais tecnologias existentes só por causa de ….serviços streaming? Nem sequer são alternativas viáveis!LOL

          Vais descontraído no comboio ou autocarro, ouvindo musica no Spotify. Pensas que vais ter sempre internet e com a mesma qualidade de ligação? Sai de casa amigo e verás todo um mundo.
          Mas não queres sair de casa, vendo as tuas series na netflix ou youtube. Os videos tu podes ver a vontade, com pior ou melhor ligaçao, apenas tens de mexer na qualidade dos mesmos.
          Isto tudo que digo é apenas para dizer que estamos a falar de Video jogos e aqui a situaçao é completamente diferente, sendo streaming. E se vendido digital, nunca vai ser teu. Dai dizer que simplesmente adoras pagar! Ou então nem os pagas, aproveitando as gratuitidades…
          E depois o Bruno que trabalha na Fnac, disse e muito bem que tem tudo a ver com a organização. simples!

          Amigo, só tens de aceitar que estas a ver as coisas mal, muito simples.

    • PGomes says:

      Sim, o mercado digital está a tomar o lugar do mercado físico. No PC, a venda de jogos digitais representa 97% do mercado e nas consolas já representa quase 50%.
      Mas isto é a compra de jogos digitais para fazer download e jogar em hardware local. Não é para fazer streaming de jogos.
      O streaming de jogos, apesar de já existir há muitos anos, o primeiro foi o OnLive em 2003, tem uma presença mínima no mercado de jogos. O motivo é muito simples, a má qualidade de jogo, seja pela latência adicionada, que prejudica muito a jogabilidade, seja pela compressão de vídeo, que reduz a qualidade gráfica dos jogos.
      Verdade seja dita, não adianta de nada ter 10.4TFlops de poder na Stadia se depois vamos ter montes de problemas com latência e qualidade gráfica reduzida por compressão de vídeo.
      Nada bate ter o hardware local, e não há nada que vá alterar isto, pois não é possível ignorar as leis da física.

    • Nein says:

      Tal como a uber, o streaming só ébom nos grandes centros urbanos…….

  5. R!cardo says:

    499€ por 2TB só quero que seja ssd

  6. OTAVIO HENRIQUE MOREIRA says:

    Não sai por menos de 5000 mil reais no Brasil

  7. TheWayOfTheDodo says:

    Com o rumo aparente tomado por empresas como Microsoft e Google, Apenas torna a escolha mais fácil e óbvia. PS5 é compra logo no primeiro dia. A ideia de streaming não é má, mas estamos longe do ponto em que streaming será uma opção válida para a maior parte das ligações internet que temos em casa hoje em dia. Além disso também não é o que maior parte dos gamers querem. Será para o tipo de jogador casual e quem hoje em dia jogue 90% dos seus jogos em dispositivos móveis. Se for mesmo o que se tem falado ou perto, e não for uma desilusão, que venha essa PS5. O dinheiro já está de lado.

  8. Bruno says:

    Sonystas sendo Sonystas coitados, mais um playstation que vai ser inferior ao Xbox…

  9. Joel says:

    Stream?? Internet?? Nesta santa terra apanhar 2mb é excelente. E quando cá está gente em casa? É tanta a velocidade que deve sair disparada pra casa do vizinho com medo de ficar sub-carregada.
    É o que temos

    • Edexote says:

      Sub-carregada? xD Então deve ser super rápida! Se estivesse sobre-carregada é que era mau xD

    • TheWayOfTheDodo says:

      Lol! Por exemplo um serviço que podemos comparar, é o psnow que já está disponível em Portugal. A Sony diz que requer mínimo 5mbps. Mas pelo que vi mesmo numa ligação com velocidade médias a volta dos 80mbps o serviço falha. E sempre limitado a 720p. Depois há o input lag que não permite jogar todos os tipos de jogos em condições. Depois os americanos Acordam, lá vai a internet abaixo. Isso do Google reclamar 4k a 60fps, é para os empregados que jogarem no edifício da Google. Qualquer outro que tiver que usar a internet, já fostes….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.