PplWare Mobile

PlayStation 5 da Sony terá “ingrediente secreto” da AMD


Imagem: CNBC

Fonte: Wired

Rui Bacelar

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. José says:

    Hum por que razão tenho a impressão de estar sempre a regressar ao ponto de partida? Quando anunciaram a PS4 vi nessas apresentações um grafismo que jamais foi atingido, e tenho a Pro! E esta está distante da X-box One X. Agora vêm-me de novo com a mesma conversa. A grande novidade é ter SSD – que espero que seja mesmo grande e que permitissem a instalação de jogos em pen e carões de memória, já que existem… pois obrigam-nos a instalar os jogos e não vi nisso qualquer vantagem, muito pelo contrário. E que tal a retrocompatibilidade com todas as gerações anteriores? Dava jeito ter uma só consola na sala (bom, tenho também as X-box, outro “problema” idêntico neste sector), em vez de coleccionar equipamentos destes para jogar os mais de 600 jogos que tenho das anteriores. Até hoje só consegui isso numa na PS3, a minha que por sorte lê os jogos a um e da dois.

    • Correia says:

      Também a PS 4 pro e subscrevo o teu comentário, além de ter escrito outro comentário que acaba por ser um manifesto à publicidade enganosa que foi o upgrade da PS4 para a PS4 pro.

  2. Mateus Pinto says:

    Não vejo a dedicação da AMD à Sony neste discurso, se a AMD também tem como grande cliente a Microsoft… E se perder a Microsoft para a Intel/ Nvidia vai perder muito dinheiro.

    • JCFB says:

      Dificilmente a microsoft vai fazer uma consola baseada em nvidia/intel.
      Possivelmente uma consola com um chip arm ou uma solução amd+nvidia. Temos que ver que a intel e a nvidia nao sao a mesma empresa e na minha opiniao dificilmente a intel tem o processador ideal (e muito menos graficos) para alimentar uma consola.

      • Mateus Pinto says:

        Os melhores cpu do mundo para mercado doméstico são os Intel, daí que a Intel tem dezenas de cpu à escolha. A arquitetura da Xbox X e PS4 é x86/x64 daí que podem meter qualquer 9a ou 10a geração e são mais eficientes que os AMD. Só que a AMD faz um bom preço/ qualidade e já GPU decente integrado, a Intel faz caro com GPU para jogos de tablet.

        ARM? Lol não nos próximos anos…Os chips baseados em ARM estão a chegar à potência real total duma PS4 em cpu mas nem lá perto em gráficos, quanto mais duma PS5 …

        As próximas consolas vão apostar em lojas online sem disco físico, SSD já era até nas PS 4 de esperar e de resto o costume: mesmos jogos, mais gráficos e efeitos especiais (tal como nos filmes)

        • JCFB says:

          Tenho que discordar contigo. apesar de arm não ser tão rapido como x86 o núcleo gráfico nada tem a haver com o cpu. Podiam até criar um soc com um cpu arm e uma gpu bastante poderosa.
          Quanto à intel, eles nao sao tao poderosos assim. o zen+ tem quase a mesma performance single core que intel equivalentes e melhor multicore a um preco mais baixo. E o zen 2 é provavel que consiga ate ultrapassar a intel em single core. Alem disso a intel nao tem igpus poderosas o suficiente para alimentar uma consola e eu não estou sinceramente a ver a M$ usar uma gpu dedicada pois isso só ia aumentar o preco da consola e descer bastante a eficiência pois a consola iria gastar mais energia e produzir muito mais calor. E pelo que vi tambem acho que os ryzen ainda consomem menos que os coffee lake, por isso…

        • Pedro Fonseca says:

          Não, amigo. Não é por ter uma dezena de modelos de CPU que vai ser melhor. Quantidade não é qualidade.
          E a AMD dá 10 a 0 à Intel em termos de inovação das tecnologias. A AMD já vai para os 7nm e a Intel ainda está nos 14nm!! Uma litografia que deveria ter ficado na sexta geração de CPUs Core.
          Para não falar das Vega integradas que destroem as intel UHD. Podes ver no yt as Vega 11 do Ryzen 5 2400G a esmagar as uhd 630. Sendo numa consola, o mais importante ser compacto, gastar pouca energia e aquecer menos, é bem melhor uma solução integrada de que uma gpu dedicada. Por isso é natural que as marcas usem AMD nas consolas.
          Oh, e não não sou hater da intel. Tenho um i5 7400.
          (cumps ai para o JCFB)

  3. RM says:

    Ray tracing ?

  4. jajão says:

    “A AMD cifrou lucros de 1,27 mil milhões de dólares durante o primeiro trimestre de 2019 e manteve as suas perspetivas em 2019. Já no segundo trimestre de 2019, a estimativa é de 1,52 mil milhões de dólares em receitas. Será uma quebra de 13% atribuída à queda na venda de soluções gráficas, de acordo com a empresa.”

    Alguém que me explique se de 1,27 passa para 1,52, como pode a previsão ser de uma quebra de 13%?

  5. Correia says:

    Mais publicidade enganosa. Ray tracing? Os desenvolvedores a porem jogos a fazer jogos dinâmicos correrem sem drop frames a mais de 60 Hz e ainda a bombar dinamismo natural da luz nos objetos? Boa sorte.
    Por 100-200€ meto um SSD de tamanho generoso na minha PS pro e o upgrade está feito.
    O update da PS4 para a Pro foi uma banhada de todo tamanho e com uma TV 4K e UHD.
    Jogos Novos, a malta quer é jogos e não remasterizações de jogos da PS3 ou serviços da treta para nos por a jogar jogos da PS2.
    Acho que quem tem a PS4 pro não se vai deixar enganar mais uma vez. O produto que vai ser vendido como PS 5 tem que ser mesmo muito bom na prática e não no papel em que são sempre os melhores e teraflops , flop,flop.

    • José says:

      Subscrevo completamente! Troquei a Ps4 normal pela Pro, e fora num caso ou noutro no caso de melhor processamento do HDR, não vi diferença alguma. Se soubesse o que sei hoje, teria mantido a PS4 normal, pois a Pro não vale a diferença de preço. Pensava eu que veria a diferença que vejo na X-Box One normal para a “X”. Que erro, o que me valeu é que usei uma campanha e paguei apenas a diferença, mas mesmo assim fiquei com sentimento de ter sido burlado. Quantos aos jogos, andamos sempre à volta do mesmo, temos alguns exclusivos, já foram mais e daí não saímos. Obrigam à ligação na rede e cada vez são mais os que contam histórias, metem-nos todos aos tiros atrás uns dos outros em grupos de desconhecidos em vez de ter a possibilidade de jogar coma família no mesmo espaço – vão paulatinamente retirando funções, ou seja cada vez temos menos capacidade em decidir, sem o recurso directo à marca – basta ver a nova Xbox sem leitor de disco! Uma sobra da consola mais completa que já houve a PS3 da primeira geração onde lemos os jogos da um da dois e ainda cartões de memória, pens e até os jogos, filmes e música em formato! físico. Tanta oferta que se vai perdendo, pagando-se mais por menos! Entretanto, enchemos as prateleiras de caixas de jogos e discos rígidos dedicados que não podem continuar ser jogados dentro do seu próprio formato, o que não deixa de ser paradoxal ou um logro. Pois quando querem, têm aparecido soluções, mas obrigando-nos comprar o mesmo jogo o mesmo jogo, que muitas vezes, nem sequer é bem adaptado – é uma “martelada” como costumamos dizer -, exemplos não faltam, seria inútil elencar todos.

      • Pedro Fonseca says:

        Também não gosto nada da ideia dos meus jogos estarem lá num servidor qualquer. E dependerem desses mesmos servidores para funcionarem.
        Não tenho consolas, mas detesto isso com a Steam/Origin/Epic/whatever. Preferia ter os meus jogos em BluRay ou uma cena parecida, mas que fosse física. Que eu pudesse dizer, esta cópia é MINHA e não depende de um servidor que não é meu, e que pode ser comprometido e perco os meus jogos. E as centenas de euros que gastei neles.

  6. JR says:

    Mister X Media strikes back… Ninguém se lembra disto no lançamento da Xbox One? O “secret sauce”?

  7. andre says:

    a xbox x mostrou que e possivel 4k real… mas ainda assim e cedo para isso, mais valia 1080 com grande riqueza grafica do que resolucao e pouca riqueza grafica e baixos fps. o segredo ai sim pode fazer alguma diferenca, mas isso a microsoft ja tem a muito… software e com eles… DX, corekernel…. fora que eles ja compraram quase 20 estudios para producao de jogos…. ha rumores que crytek vai ser deles…. isso sim e uma empresa gamer e que apoia os gamers… nao como a sony que so promete que vai fazer e acontecer e depois anda a vender tudo.

  8. andre says:

    e quanto ao raytracing! foi a microsoft a primeira a desenvolver isso!!! e nao e uma tecnologia da ps5.

    • Pedro Fonseca says:

      L O L. O RayTracing é uma tecnologia aberta, qualquer empresa pode usar. O que muda á a maneira como é feita a implementação.

  9. darth says:

    sempre em vespera de lancamento ha estas declaracoes ridiculas. a ps5 deve vir com uma dose de po de unicornio maneta para dar habilidades magicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.