Quantcast
PplWare Mobile

Pagar mais por pacotes sem fidelização? Portugueses dizem Não!

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Joao Ptt says:

    De notar que os operadores são muito espertinhos, sem fidelização eles obrigam a pessoa a pagar os custos todos, que supostamente justificam o ter de ficar durante os tais 24 meses (ou quanto tempo for), mas não reduzem a mensalidade como fazem aos que estão com contrato, apesar de já terem recebido o dinheiro todo investido… e portanto não terem a justificação do dinheiro investido. Nisto é que o estado deveria obrigar os operadores a mudar, se a pessoa pagou os custos todos iniciais, deve usufruir de condições de serviço similares às melhores condições oferecidas a quem tem contrato por tempo prolongado, para o mesmo tipo de serviço, onde na pratica for apenas a duração do contrato a diferença.

  2. Benedito Clair says:

    Que estranho. Um estudo encomendado pelos operadores diz o quê?

  3. HUGO SANTOS says:

    Eu percebo a primeira fidelização, pois houve um investimento do operador no cliente, um operador chega a investir cerca de 300€ num novo cliente entre pagamento ao comercial, técnica e logistica de equipamentos. O pior são as seguintes. Aumentas 1 gb do cartões ou passas de 100 para 200, sem qualquer intervenção técnico e 0 custo para o operador e aguenta lá mais 24 meses.

    • R!cardo says:

      E depois ficas uma vida inteira a pagar 5€ pelo “aluguer” da box da operadora.

      • Rui Costa says:

        Sou cliente da NOS há quase 6 anos. Em abril mudei o titular do contrato de uma empresa para o meu nome.
        Resultado? Do nada, surgiu uma fatura de 2€ / mes pelo aluguer do router.

        Tendo ou não de pagar esta estupidez, uma coisa é certa. Daqui a mes e meio termina o contrato…….

        • Aj says:

          antes de terminar o contrato, deve saber que na nos ao terminar um contrato de 24 meses, o preço/descontos são mantidos sem necessidade de novo PF. na meo e Vodafone para continuar com o mesmo preço / descontos tem que ter novo período de fidelização.

          • Ferreira says:

            Quando se fala com conhecimento de causa é outro patamar.
            Aqui em casa, com Vodafone, faltam menos de 2 meses para fazer 4 anos, e sem nunca renovar a fidelização e mantemos as mesmas condições e preços de quando fizemos o contrato

          • Fak says:

            @AJ
            A fidelização renova na mesma porque a menos que o cliente se oponha, o contrato renova automaticamente, sem aviso prévio, foi o que me aconteceu a mim na NOS em 2017, renovou automaticamente, renovando a fidelização mais 2 anos.
            A cena das operadoras ligarem, digo eu que seja para apresentarem serviços novos ou assim.
            Mas lá está tou a falar de 2017, pode já ter mudado a regra.

        • Samuel MG says:

          Mudar de empresa para cliente privado é uma alteração de um serviço empresarial para um serviço privado ou seja é o mesmo que perder a isenção do router 🙂

        • NotMe says:

          mudou o titular, renovou a fidelização, pelo menos antes era assim.
          Reveja o que assinou.
          E se foi rabiscado à mão pelo porta-a-porta, esqueça, não vale nada.

      • someone says:

        Nunca paguei pelos meus equipamentos/instalação…
        Já estou há 3 anos e tal com o mesmo serviço, só houve uma vez que faturaram a mais…mas depois creditaram…

      • Miguel says:

        É como o contador da água e da electricidade!

    • Carlos Oliveira says:

      Sim, o mesmo ocorreu comigo (Vodafone)
      Aumentei o pacote de dados do telemóvel associado, e o período de fidelidade foi renovado “sem nenhum benefício em troca”

      • Fak says:

        A fidelização renovou porque foi feita uma alteração contratual.
        Infelizmente é assim nas operadoras, basta aumentares sequer a velocidade ou adicionar mais 1gb de net que renova logo a fidelização.

  4. Aj says:

    claro que dizem não, os preços são propositadamente tão altos que ninguém no perfeito juízo vai escolher pagar muito mais. E eles sabem isso.

  5. Artur Peralta says:

    Estudos à “fact checkers”… do tipo:
    – “Os consumidores não encaram um Ferrari como um carro fiável nem com qualidade superior pois preferem o Renault clio”
    – “Um sapo sem pernas é surdo”

    Os silogismos são lógicos, mas correspondem realmente à verdade?

  6. David Guerreiro says:

    “Quando questionados sobre se estariam disponíveis para renovar/prolongar o período de fidelização se lhe forem oferecidas melhores condições de serviço e/ou descontos” o pior é que normalmente quando é para renovar a permanência aumentam os preços. Dificilmente dão a alguém melhores condições ao renovar.

  7. Pedro says:

    Depois da instalação estar feita uma vez, a operadora não tem mais gastos com o cliente. Deveria, pelo menos, manter o preço promocional, depois de terminar a fidelização.

  8. JF says:

    Cuidado com os ‘estudos’ da APRITEL. Trata-se de uma associação de empresas de telecomuniações e, como já foi óbvio em outras intervenções desta associação, a seriedade destes ‘estudos’ é muito duvidosa!!!

  9. Manuel da Costa says:

    Ora um exemplo simples: cliente tem pacote 3P (internet, telefone e tv), recebe 600 chamadas a perguntar se quer incluir o telemóvel “por mais 9 euros mensais”, sendo que é anunciado como recebendo mais velocidade (na realidade 99% dos clientes nem metade da velocidade contrata tem disponível) e mais 100 canais (que são os mesmos, em versões UHD e HD).
    Ora se for meter o telemóvel noutra operadora, para o mesmo que lhe apresentam, o preço é de 19 euros, na melhor das melhores hipóteses.
    É aqui que Portugal está muito muito longe do resto dos países europeus. Em Espanha, Alemanha e França é possível ter um cartão pré-pago com 10gb de tráfego e 500 minutos de chamadas, por 15 euros, válidos até 90 dias. Sem qualquer ligação à operadora, é comprar o cartão pagando os 15 euros, depois é usar. Quando acabar pagar o mesmo valor para o mesmo serviço ou deitar o cartão para o lixo.
    Cá em Portugal, sem contrato, 1gb são 8 euros (mais barato, são 17 euros na média do tarifários pré-pagos das operadoras), válido por 30 dias. Era isto que esta porcaria de estudos da Apritel deviam usar como base… não os 1024mbs de velocidade e tráfego ilimitado (depois são 200gb mensais) ou os 5000 minutos/sms que 0,00001% dos clientes usa mais de 20%.

    • PTO says:

      “Era isto que esta porcaria de estudos da Apritel deviam usar como base”

      A Apritel é a representante das operadoras de telecomunicações, estavas à espera de quê? Do Pai Natal?

  10. Pe@ce says:

    A minha leitura é diferente deste Pedro Mota Soares, para mim os consumidores acham que já pagam mais do que o suficiente para o serviço que lhes é prestado. As fidelizações são sim um entrave à mudança, quer se queira quer não, mas o preço é mesmo o factor pelo qual os consumidores aceitam as fidelizações.

  11. Samuel MG says:

    Pior que a fidelização é quando és cliente da NOS e estas a ser lixado pela Vodafone. Só pela simples razão da NOS e a Vodafone terem acordo para partilha das caixas de fibra!! A NOS facilita isso mas a Vodafone não 🙁 Resultado mais uma semana à espera da fibra x(

  12. Pintor says:

    Para a primeira Fidelização de 24 meses podemos até aceitar mas a partir daí o argumento já não encaixa.
    No entanto o estado, o regulador nada diz e o cliente continua a ser fidelizado sem obter nada em troca.

  13. darksantacruz says:

    Estudos encomendados pela APRITEL? Para mim valem zero

  14. contacto says:

    É 24 meses pq se não fôr paga-se uma pipa de massa ! É do tipo >> se não quer 24 meses vai pagar muito mais se fôr 12 meses ! É claro que o estudo diz que maior parte tem 24 meses. Se não fôr 24 meses paga sempre mais!

  15. Cláudio Andrade says:

    isto só vem mostrar que em Portugal é tudo uma treta.. já não basta o “cartel” para os preços serem iguais e ainda te querem “obrigar” a ficares lá no minimo 24 meses… aquelas leis só porque tem que ser feitas…

  16. Cláudio Andrade says:

    benefícios para o consumidor ?? ZERO

  17. PTO says:

    A sério?
    Um estudo encomendado e gerido pela associação representante das operadoras ?
    Para mim tem valor nulo.

  18. Pedro L says:

    a Apritel é uma maravilha – Gostam sempre de fazer as contas vendo o que custaria o serviço oferecido em Portugal comprado em outros países . O serviço em Portugal inclui sempre telefone fixo e 5,000,000 de minutos ou o raio que ninguém quer ou usa ou alguma vez compraria se vivesse no estrangeiro.

  19. Joaquim says:

    Estudo encomendado pelos 3 amigos Vodafone altice e nos… Que é tudo igual até os preços combinam…. Treta de concorrência,isso não existe.
    Quanto a fidelização, mas quem é que quer estar fidelizado? Eu não.. Só estou porque pagava muito mais se não estivesse, aldrabices que fazem de preoisito… Se fosse sem fidelização ao preço da fidelização é que era negócio. Agora és obrigado a fidelizar, e se não estiveres ao fim de 2 anos aumentam o preço porque já não estás, e obrigam a fazer outro contrato por mais 2 anos para manter os preços… Ou como já me aconteceu… Baixar não baixam. .Mas também os lixei cancelei e fiz um novo a seguir.. Fidelizar de novo ficava a 49. Cancelar e fazer um contrato novo a 35 e ainda papei uma televisão de oferta…
    Bem feita que é para não serem mamoes.

  20. Samuel MG says:

    Ainda não perceberam as vantagens de estar fidelizados 🙁 Não pagas pelos dispositivos, substituição grátis se os dispositivos avariarem, promoções boas (vou pagar 30.29 em vez de 30.99 ou mais).

  21. Carlos Pinhal says:

    Haaa liberdade de mercado… O operador tem custos com o serviço que vende(preços que já são bastante caros) e ainda quer que seja o consumidor a pagar de antecipação esses supostos custos. (Sim, porque ativação é da responsabilidade do operador e instalação a maioria das habitações já tem a instalação feita)

  22. Luis says:

    Uau que surpresa…..!!!
    Como se não tivesse tudo feito para ficar tudo na mesma…
    O país das fidelizações….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.