Quantcast
PplWare Mobile

Microsoft deteta código malicioso dirigido a redes informáticas da Ucrânia

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. ervilhoid says:

    é tipo WMD do iraque

    • José says:

      Sim, por que os EUA estão muito interessados em invadir a Ucrânia, para a integrar no seu território. Até volocaram 100 homens na fronteira e ocuparam parte do Dunbass e a Crimeia, bem como a Abcasia e a Ossetia do Sul na Geórgia ou ainda a Transnístria na Moldova, impedindo um país de exercer a sua soberania no seu próprio território, nem falo da aberração de Kalinegrado, território da antiga Prússia Oriental, e cuja capital a fabulosa Königsberg foi pátria de mentes tão celebres como a de Kant, (hoje um pardieiro tornado em base militar armada até aos dentes), nem do arquipélago das Curlias no Japão, ocupado no final da II G.M. e usado como território russo até hoje e para não terminar em “seco” não refiro o caso infame da Carelia finlandesa. De facto os russos, não eliminam regimes contrários aos seus interesses e de facto os ameaçam, têm sempre a “bondade de “libertar” pedaços do território dos vizinhos agindo imperialmente, sempre em proveito próprio. A sua “segurança”, dizem eles, está ameaçada, mas quem sofre são os vizinhos, nações independentes e, como tal soberanas. Infelizmente, há quem ame como um cão fiel os monstros que aqui e ali vão aparecendo e ameaçando a paz do Mundo.Os maus são sempre os EUA, mas ganha e se aproveita da fraqueza dos vizinhos ignorando-os como países tão soberanos e independente como a Rússia, que se afirma sempre que pode como soberana – e, forte apenas em armas e miséria, com uma economia ao nível de Espanha,só que é um país enorme, o maior do Mundo, mas à custa de muitas pátrias e, que atribuí sempre os males aos outros. Sempre houve gente que adora ser capacho dos outrém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.