Quantcast
PplWare Mobile

Certificado digital COVID dará “livre trânsito” para dentro e fora do país

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. C.S. says:

    Então mas se a vacina não protege e também não evita que haja transmissão, o certificado covid serve para quê?
    E se eu for infectado por uma pessoa com certificado covid?

    • Spoky says:

      É a tecnocracia a funcionar, habitua-te. É só mais uma desculpa para controlarem os seres humanos, e obrigarem a tomar a Vacina.

      É mais que obvio. Eles sabem que ao ter a Vacina podem ser infectados novamente, podem até ter menos probabilidade de morrer.

      Mas continua a ser transmissível, logo é só mais uma implementação de tecnocracia no mundo.
      E obviamente que as mentes quadradas, aceitam e concordam. Porque são meros escravos do Sistema.

      É para rir com esta gente! É tipo “ou tomas a vacina, ou então vais ter limitações até chegar ao ponto de ser obrigatório”.

      É assim que funciona o mundo, e assim vai ser.
      Ainda bem que penso out-of-box. Quem quer tomar toma, quem não quer não toma.

      O que não falta é gente ai, sem mascara nas ruas, cafés e grupos de amigos e ouve-se o tal ditado “eu já tomei a vacina por isso!”

      E depois falam dos negacionistas e dos tipos das teorias da conspiração.
      Sem olhar para o umbigo, pois estão ali armados em grandes quando não é bem assim.

      Há gente que pensa que por ter tomado a Vacina esta tudo bem, e é isso que se vê.

      Mas obvio que os que são a favor da Vacina e de esta palhaçada toda do certificado digital não falam disto e se falam, só quando alguem toca no assunto.

      Em breve, vês.

      • PM says:

        Spoky, tiro-te o chapéu… impossivel nao concordar ctg a 10000000000000 %

      • Há Cada Gajo says:

        Não leste os livros de história pois não ? Pesquisa mais sobre a Gripe espanhola. Pode ser que aprendas alguma coisa…

        • C.S. says:

          A manipulação começa logo no nome. A gripe espanhola não teve nada a ver com Espanha. Quanto ao conteúdo cada um come o que quer.

          • Há Cada Gajo says:

            Deixa-te de pormenores semânticos ridiculos.

          • C.S. says:

            Eu estou com pormenores semânticos e tu vais buscar uma gripe que houve à 100 anos.
            Não sejas ridículo.

          • Há Cada Gajo says:

            Também não leste nada. Eu queria que lesses a história da pneumónica no que ao comportamento da população diz respeito, julgas que sabes coisas, mas estás a anos-luz

        • Spoky says:

          Eu pelos vistos li, livros de história e tu leste? Recordaste do “cavalo de tróia”? É isso que o que o sistema faz, mas a diferença é que não notas. Ou melhor, notas mas ignoras e pensas que isto é o pais das maravilhas.

          Volta para o berço da mama, e depois chora que os vilões chegaram e não estavas preparado para a realidade do sistema. Fazes parte dele, tu, eu e muitos. O que acontece é que há o despertar, e há a ignorância que é a tua parte.

          O Mundo é movido como? Dinheiro, ou ainda és criança ao ponto de pensares que o mundo é algo maravilhoso, fantástico onde ninguém olha meios e ajudam-se uns aos outros!?

          Vá vá, não vamos desesperar o rapaz! Ele ainda vive num berço dentro de um armário, quando saires do armário avisa.

          Realmente esse nome encaixa-te que nem uma luva, há com cada gajo!

          • Há Cada Gajo says:

            Eu disse para leres história, não ficção. Vives infundadas fantasias porque gostas da teoria da conspiração. Acorda. A realidade está lá fora, na rua. Esta situação é grave, arrasta a economia do nosso país, arrasta vidas humanas, arrasa com tudo. Há inúmeras famílias a sofrer na pele, normalmente os menos favorecidos da sociedade e que estão no limiar, se é que não ultrpassaram já todos os limites da sua capacidade de sobrevivência porque isto arrasta-se às custas de muitos como tu que continuam a desvalorizar este caos que se instalou de repente nas nossas vidas. Quem é que ignora o quê afinal ? Sempre foste um privilegiado e agora perante um embate destes continuas a negá-lo porque achas que é tudo falso. Não é uma guerra de artilharia, mas a qualquer momento podes ser atingido. Não queiras ser aquilo que dizes que eu sou. Vai lá estudar um pouco mais estes assuntos, mas pelo lado científico e sério, não pela vertente lúdica.

        • Robin says:

          A historia repete-se quando se consome muita tv e programação mental já começo a ver atitudes idiotas por parte de gente a acusar quem não quer a vacina parece-me que daqui a fazer denuncias é um passo se existir prisão então a historia repete-se ficamos a conhecer as pessoas com quem lidamos .

      • Samuel MG says:

        Não protege e também não evita morreres de Covid!! Já foram muitos mortos pela variante delta!! Mais de 12000 pessoas com ambas as doses infetadas!!

        • Spoky says:

          O que não falta é malta ai aos pulos e a congratular-se dizendo “eu já levei a vacina por isso posso andar sem mascara”

          O problema é que os apoiantes da Vacina, não tocam nesse assunto. Pois é sensível, ou melhor causa mau estar, sabes como é.

          Roçam-se de medo, e dizem que é mentira. Mas é o que se vê em cafés, bares, escolas, trabalho e nas ruas! Pessoas que já levaram a vacina e andam com a mania que não vão ser infectados nem infectam os outros.

          É para rir, e a culpa é os negacionistas. Os covidistas não querem admitir a realidade quando são confrontados com a realidade.

          A Vacina até pode proteger, mas não impede a propagação do vírus, pode reduzir as chances de morte? Sim.

          Mas não deixa de ser transmissível e de sofrer mutações ao longo do tempo.
          Logo por si só, este certificado digital é uma palhaçada.

          • Há Cada Gajo says:

            O que tu dizes quanto ao uso da máscara é falso. Isso é desinformação, para não dizer outra coisa.

          • LR says:

            Tens razão, a culpa neste casos que apontas, não é dos negacionistas. É dos atrasados mentais irresponsáveis que não sabem o que é nem como funciona uma vacina, que se metem em ajuntamentos, todos ao molho, sem as devidas precauções e cumprimento das regras. E aí, nesses ajuntamentos, também andam os outros, que dizem que isto é tudo uma grande mentira e conspiração, compondo um lindo ramalhete de idiotas irresponsáveis.
            Quanto a este certificado, não é uma palhaçada. É algo útil para os que precisam de fazer deslocações constantes, por exemplo a nível profissional para outros países. Provavelmente, a ti não serve de nada, mas não é por isso que deixa de ser importante para outros.

      • Ace says:

        Esse comentário foi um twist mental que nem te conto.
        A vacina reduz em imenso a probabilidade de apanhar o virus, e mesmo se o apanhar os sintomas não deverão ser muito graves.
        Não é suposto andar aos grupinhos sem mascara mesmo que estejam vacinados, pelo menos até se começar realmente a ver os números baixar.
        E vão controlar a população com uma vacina como? Também acha que tem um chip na vacina e que também tem 5g? Talvez tenha um Arduino completo e uma torre da Meo.

        • C.S. says:

          Para apanhar a vacina tens de dar os teus dados. Para teres o certificado digital tens de ter a vacina. Agora somas o X e o Y e achas o resultado.
          Sabes fazer contas não sabes?

          • Ace says:

            Vai-me dizer que não tem um cartão de cidadão? Nunca foi ao hospital? Que dados é que pensas que tens que dar? O nome do teu animal de estimação e o nome de solteira da tua mãe?

          • C.S. says:

            Os meus dados médicos não podem estar acessíveis a qualquer empresa de gestão de dados.
            Como deves saber quiseram fazer isso aos doentes de sida, quando surgiu a polémica dos cozinheiros. E nunca foi avante.
            Agora fizeram a tentativa com a aplicação covid, como foi um fiasco, estão a tentar novamente com o certificado digital.
            Só não vê quem não quer.

          • rui says:

            Certificado covid é emitido pelo estado. Não por um empresa privada.

            Nota: os dados médicos já estão lá todos ( a não ser que NUNCA tenhas ido a um hospital do estado ou centro de saude).

          • Há Cada Gajo says:

            Que grande fantasia aí vai. Olha, experimenta Hollywood.

          • C.S. says:

            Os dados médicos estão lá todos mas não estão acessíveis por intermédio de uma aplicação. Se tu não te importas o problema é teu, eu importo me e não quero os meus dados na nuvem.

          • LR says:

            Não, agora sim, bateste no fundo. Porta aviões ao fundo!
            O certificado é passado pelo SNS, que já tem os teud dados há muito tempo. É passado apenas a teu pedido, portanto se nunca o pedires, não vejo onde está o problema.
            Quanto a não quereres que os teus dados andem por aí, como fizeste para abrir conta no banco? Para comprar casa? Para ter tv/internet? Para ter telemóvel? E quantos cartões de fidelização/pontos tens? E não venhas com a tanga de que não tens nenhum…

          • Rui says:

            Por acaso basta aceder ao portal da saude e aceder. Também é o proprio que da ou não autorização a quem pode aceder.
            Eu dei aos profissionais de saude.

        • rui says:

          A torre da Meo devem querer noutro sitio. 🙂

      • ToFerreira says:

        Ainda não entendeste que a força da vacina não está na proteção individual, mas na proteção de grupo?
        Pensas “ou-of-box”, mas se adoeceres, vais parar à mesma box de todos (hospital), certo? Ou curas-te em casa com cházinhos e vitamina C do sumo de limão?
        Se todos pensassem como tu, tinhamos um SNS virado só para os doentes mais urgentes, deixando de fora as doenças crónicas e provavelmente já nem para os doentes urgentes havia resposta, como acontece nalguns países, e já aconteceu cá, mas porreiro pá, és diferente dos outros… Parabéns!

        • C.S. says:

          Deixa-te de moralismos e pensa um bocadinho pela tua cabeça.
          Morrem 3 pessoas de covid e no mesmo dia morrem 300 de outras doenças, estás a querer dizer que essas 3 pessoas são mais importantes que as outras 297?
          Parem um bocado com a loucura.

          • Há Cada Gajo says:

            Meu caro, não queiras ter esta pandemia descontrolada. Mas nã ote chegou o mes de janeiro e fevereiro. Estavas onde nessa altura ? Em marte ? A questão é a proporção que tudo isto pode atingir se não for controlado. E só porque nunca tivémos um total descontrolo é que achas que isto é tudo fantasia. Precisas de ver para crer ? Caramba !

          • Robin says:

            O mès de janeiro e fevereiro esteve um frio danado quais a condições de conforto das maior parte das casas em Portugal, não foi por acaso o mes de janeiro e fevereiro foi inverno e rigoroso, mas depois o covid é que paga as favas todas.

          • ToFerreira says:

            E que tal começares tua a usar a cabeça?
            Eu falei de mortos, ou de internados?
            Quem quer deixar de fora os outros doentes és tu, que quer saturar o SNS para ficar sem resposta para estes.

          • rui says:

            Voltamos as mortes por outras doenças?
            Já não há argumentos ?

            A seguir vais dizer que morre mais gente de acidente que de Covid.
            Depois que a Suécia é que é bom!

            Como não sabes mais que falar, vais buscar tudo e mais alguma coisa para seguir a tua narrativa.

          • rui says:

            Robin?

            As mortes Covid de janeiro e Fevereiro foram falsas? Forma por causa do frio?
            Daqui a pouco vais dizer que foram suicidio.

            Não sei o que andas a fumar, mas tens de colocar mais tabaco.

        • C.S. says:

          Estás a esquecer-te que foi por altura do Natal que também começaram as vacinações. E estás a esquecer-te que a maioria das mortes foi em lares. E estás a esquecer-te que os velhos dos lares não tinham visitas. Pois, não convém não é?

          • rui says:

            – Havia poucas vacinas!
            – Vacina não protege a 100% (nenhuma)
            – Alguns idosos apenas tinham a primeira dose (e deves saber que não chega), mas isso não interesa. O importante na tua ideia é que a vacina não funcionou.
            – Algumas pessoas não desenvolvem anticorpos (felizmente são poucos)

          • rui says:

            E os lares estavam fechados a sete chaves.
            Nem os empregados podiam sair e irem para casa.

            Achas que apenas os familiares do utentes de lares podem levar o virus?

          • Há Cada Gajo says:

            Quando é que começou a vacinação????? Caramba, são umas atrás das outras. Informa-se como deve ser e deixa de brincar com coisas sérias. E os velhos dos lares são autosuficientes? Quem é que trata deles? Ò tanta barbaridade consecutiva.

      • Sergio says:

        Misturas coisas.. idiotice com evolução

        Fica lá com a tua tecnocracia, que eu fico com o meu avô mais uns anos 😉

        Espero tambem que um dia tenhas a opotunidade de ir de lua de mel, e rejeites a vacina contra a febre amarela, malaria ..etc.. vais ter que ser coerente elas tambem nao sao 100% eficazes e tambem quase te obrigam a tomar 🙂

        Para pessoas como tu é tudo negacionistas/ aceitadoristas .. lê um pouco sobre a evolução da ciência nos últimos 100 anos e diz me se a esperança media de vida aumentou ou baixou lol

        • C.S. says:

          É evoluímos muito. É por isso que o exame à próstata ainda continua a ser com a introdução de um dedo no cu.

          • rui says:

            Errado!
            Esse é o mais rápido.
            Podes fazer exame a próstata por ressonância magnética. Demora é mais tempo (seja a marcação seja o próprio exame).
            O dedo no traseiro é feito na hora na consulta… e nem todos os urologistas tem uma RM no consultório.
            🙂

            Informa te antes de falar!

    • jorge santos says:

      A vacina não protege? Desde quando?

      • C.S. says:

        Vai ver quantos apanharam covid depois de estarem vacinados.

        • GroundZero says:

          exacto!mas a desculpa logo usada é de que foram infeCtado por uma outra CEPA e que têm de tomar mais uma “BÁQUECINA”…é um ciclo interminável!

          • C.S. says:

            Imagina a nível mundial os milhões de vacinas, os milhões de frascos, os milhões de agulhas, os milhões de seringas, os milhões de testes. Como dizia o outro é só fazer as contas.

          • rui says:

            – Vacina não protege a 100% (nenhuma)
            – Alguns idosos apenas tinham a primeira dose (e deves saber que não chega), mas isso não interesa. O importante na tua ideia é que a vacina não funcionou.
            – Algumas pessoas não desenvolvem anticorpos (felizmente são poucos)

        • Hugo Nabais says:

          Muito mas muito poucos, e esses que apanharam tiveram sintomas ligeiros.
          É o que dizem as estatisticas!

          • Samuel MG says:

            Mais de 5 mortes cá !! Agora imagina em todos o mundo 🙁

          • Spoky says:

            Estatísticas, são meras estatísticas, não podes ter estatísticas a 100% em todo o mundo, aprende…

            Estatísticas = Estimativas.

            Estatísticas são variáveis, que podem alterar a qualquer momento. Não são algo irrefutável.

          • ToFerreira says:

            Spoky, não fazes a minima ideia do que são estatisticas, intervalos de confiança, etc., pois não? Caladinho fazias melhor figura.

          • Hugo says:

            Não vale a pena. São sempre os mesmos a dizer asneiras. Estatísticas são estatísticas, sim. Mostrem as vossas que contrariam as existentes e podemos ter uma conversa produtiva. Até lá estão apenas a destilar ignorância.

          • Há Cada Gajo says:

            É óbvio que os teus dados e informações é que estão corretos.

          • rui says:

            Spoky…..
            Não fazes a mínima do que falas….
            Negacionista até ao fim

        • ToFerreira says:

          E vai tu ver quantos apanharam sem estarem vacinados, depois diz-me qual é a diferença.

      • Zé Fonseca A. says:

        lol, desde sempre, desde que existem vacinas..

    • Vivas says:

      Axo que tiems dereito a umha indemnizaçom.

    • ToFerreira says:

      Não evitar a transmissão, não há certezas, mas não proteger?! Vives debaixo de que calhau??

    • Mig-21 says:

      “E se eu for infectado por uma pessoa com certificado covid?”
      Ficas certificadamente infectado

  2. jorge santos says:

    Bíblia só há uma. A dos loucos iludidos e mais nenhuma.

  3. Miguel says:

    The covideyres Bible!

  4. Shout says:

    E como é que as autoridades ou entidades é que se certificam que os certificados são verdadeiros?….vão ter leitor de QR? 😉

  5. honorato says:

    Quê tenho de ter certificado para ir a outro distrito é isso ??????

  6. Hugo says:

    Ao fim de 1001 restrições e imposições, agora é que vai ser…
    Já agora, para um site de conteúdo tecnológico, quanto é que o pplware recebe pelos botões e noticias covid na pagina? isto da propaganda politica dá dinheiro? é que como independe estou a precisar…

  7. Luis says:

    Estes negacionistas pensarão que a vacina é infalível? Não não é. Nenhuma vacina o é. Mas é a única arma, pois sem vacina os casos de infecção agora seriam muito mais, já para não falar dos internamentos…. Será que é preciso fazer um desenho.
    Em relação ao controlo etc… sempre houve e sempre vai haver, ainda para mais por motivos de saúde pública.
    E temos por fim os chalupas das teorias da conspiração. Esses que não se querem vacinar será por selecção natural, até é bom, o pior é que no caminho infectam outros, e por vezes nas próprias famílias.
    No resto é uma excelente medida para abrir a economia.

  8. Miguel says:

    E não reclamem agora só com livre passe se pode ser “livre” neste país…metam o certificado num sítio que eu cá sei!

  9. Douglas Charles Cunha says:

    E assim vão criando maneiras de controlar forçadamente o cidadão. Ditadura, pra quem não viveu, começa assim com cortes de liberdade.

  10. A.F. says:

    O mundo ficou tão estranho desde que tu te falaste
    Foi num beco sem saída que escondeste a Liberdade
    Tomara que abandonasses a força de antanho
    Que não alimenta a esperança, da antiga pujança.

    E o maluco sou eu, de tempos atrás ter dito que a nossa, vossa LIBERDADE estava a acabar.

    • ToFerreira says:

      Agora já podes ir embora. Se fores de carro, não te esqueças de apertar livremente o cinto de segurança e de cumprires todas as regras de trânsito com toda a liberdade!

  11. SPIRIT says:

    AS PESSOAS QUE FALAM AQUI NAO PERCEBEM NADA.
    O FACTO DE ESTAR VACINADO QUER DIZER QUE SE APANHARES O COVID NAO VAIS TER SINTOMAS TAO GRAVES COMO SE NAO TIVESSES A VACINA.
    LOGICO QUE QUEM TEM A VACINA TEM QUE CONTINUAR A TER AS PRECAUÇÕES QUE TINHAM ANTES DA VACINA, COMO O USO DA MASCARA, ALCOOL GEL, ETC.
    PASSEI PELA 1 VAGA, 2 E 3 VAGA DO COVID E COMO TRABALHO NA SAUDE, VI E MUITOS QUE NAO USAM MASCARA DEVIAM VER OS CUIDADOS INTENSIVOS DE UM HOSPITAL QUE TEVE MUITOS CASOS COVID E VEREM COMO AS PESSOAS ESTAO E FICAM DEPOIS DE CURADAS CLINICAMENTE.
    SE NAO TIVEREM CUDADO ESTE VIRUS NUNCA MAIS VAI DESAPARECER POR CAUSA DE PESSOAS IRRESPONSAVEIS

  12. Antonio says:

    Começam a constatar que as vacinas valem pouco.

    • ToFerreira says:

      As vacinas nunca valeram muito para o tratamento, como os tratamentos também valem pouco para a prevenção.

    • rui says:

      Porque?
      Não sei se já reparaste mas desde que começou a vacinação as mortes diminuiram sobretudo nos idosos, que foram os mais infectados.
      Uma coisa é vacina, outra a tratamento.
      Vacina serve para evitar ou diminuir a possibilidade de apanhar a doença ou pelo menos a grave
      Tratamento serve para tentar curar a doença (que já tens)

  13. Andre Ferreira says:

    Uma pergunta:

    Posso fazer um teste (sem ter a vacina), que se o mesmo der negativo, dão- me o certificado na mesma?

    Alguém me explica como é que isto vai funcionar, para quem não teve covid, e não tem a vacina?

    Obrigado

    • Há Cada Gajo says:

      Isto é um certificado de vacinação, logo, tens de estar vacinado.

    • LR says:

      @André: sim, este certificado é para pessoas que tenham a vacina, tenham feito um teste com resultado negativo (PCR) ou tenham recuperado da doença. Essas hipóteses estão bem claras no páginas do pedido do certificado.

    • rui says:

      No site esta “certificado de testagem”

      A emissão dos certificados de testagem à COVID-19 é efetuada de acordo com a orientação 007/2021 de 15 junho de 2021 da DGS.
      O certificado de testagem de testes rápidos de antigénio (TRAg) estará disponível a partir de 1 de julho de 2021 (data da produção integral de efeitos dos Regulamentos (UE) 2021/953 e 2021/954, ambos de 14 de junho).

  14. honorato says:

    as pessoas tomam a vacina uns reinfectados outros morrem outros ficam com coágulos e morrem os jovens na américa que tomaram ficaram com inflamação no coração . prefiro andar de mascara do que ir com os anjinhos com a vacina. tenho 24 anos ainda tenho muita vida pela frente não vou tomar nao confio nelas sei la nao manda com o carago.

  15. ferseb says:

    Eu sou cidadao portugues mas fui vacinado nos estados unidos.
    Como posso obter este certificado?
    Pretendo viajar pela europa.

  16. TJ says:

    recusem a implementacao, so depende de voces!
    “Will EU health passes be mandatory to travel?

    No. The European Commission has been clear about the EU’s position regarding this issue: the COVID certificates in Europe will not act as a new barrier for international travel, but instead they aim to facilitate and ease the freedom of movement.”

  17. Redin says:

    Como é que as autoridades estão a confirmar a veracidade desse documento?
    Se eu fizer um PDF com nomes e IDs diferentes, mostrar esse PDF no telemóvel ou vender e fazer lucro com isso estou a cometer um crime.
    Como estão as autoridades a prevenir isso?

  18. Fernando says:

    Se nada foi feito os recuperados da covid que só têm direito a uma dose nunca conseguirão descarregar o certificado e mesmo que consigam aparecerá sempre com inoculação incompleta, sem qualquer menção que só precisam de uma dose. Como é possível criarem regras e depois esquecerem-se? Pior, vão prejudicar esses cidadãos que não tiveram culpa nenhuma e nem o certificado de recuperação podem pedir passado 6 meses. Antes de avançarem com isto deviam primeiro pensar, planear e corrigir essas falhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.