Quantcast
PplWare Mobile

Moedas digitais poderão substituir o dólar dentro de cinco anos

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. Secadegas says:

    Prefiro dinheiro na mão…

    • SANDOKAN 1513 says:

      Ora mais nada.É cá dos meus. 🙂

    • paulo says:

      dinheiro que desvaloriza!

      • Str says:

        E as cripto só valorizam? Perceba, se um dia as cripto passarem a dinheiro corrente, não vai ser nada parecido com o que são hoje, ou acha que bastará comprar uma gráfica e ficar sentado a ver o dinheiro nascer do nada? Quando esse dia chegar, se é que algum dia chegará, as cripto vão ser controladas, só serão aceites aquelas que foram mineradas pelos bancos centrais/governos, todas as outras cripto sejam btc e afins serão rapidamente ilegalizadas e banidas. Mas até esse dia chegar, repito se é que vai chegar, ainda há um longo caminho a percorrer, mais longo que 5 anos certamente.

        • Alvara says:

          Ninguém precisa de autorização para utilizar uma crypto moeda, qualquer crypto que nao for, imutável, resistente há censura, aberta, descentralizada e colaborativa, nao terá qualquer valor e morrerá.

    • TiGaSPT says:

      +1, ponham essas “CrYpToMoeDaS” naquele sitio, nada melhor que dinheiro na mão

    • Test User says:

      Se tens o dinheiro no Banco, já é digital.

    • Elsa Santos says:

      O dinheiro na mão não pode acabar. Se isso acontecer é o fim das liberdades individuais e mais vale chamarem-nos escravos, por será isso que as pessoas passarão a ser.
      Ter dinheiro no banco e vir um governo roubar é basicamente andar a trabalhar de borla….

      Dinheiro fisico é algo fundamental. Mas dinheiro digital é algo que será bastante usado no futuro….. mas não será diferente da actualidade, com cartões e transferências bancárias.

    • eu2 says:

      Não poderão haver moedas e notas de Bitcoin?

      • rjSampaio says:

        Destruía um dos conceitos do Bitcoin.
        A malta que anda a falar de lavagem de dinheiro é afins não sabe o que fala.

        Tu com o Bitcoin, qualquer pessoa sabem quanto dinheiro uma carteira qualquer têm, de onde recebeu ou enviou e quanto.

        Se a transferência não for digital, perdes esse tracking, podias forjar notas falsa, etc.

    • TRaveller says:

      Os gajos da Venezuela também num dia compravam uma casa no outro dia nem um pão compravam com o mesmo dinheiro que tinham na mão.
      Ou ainda não sabes que o dinheiro que tens não mão não é mais que papel impresso que hoje podem valr x e amanha valer 0.

  2. Joao Ptt says:

    As moedas digitais só se tornarão comuns se forem geridas centralmente por alguém que assuma a responsabilidade e que não deixe o valor variar do 0 ao 1000 só porque sim, e sim que consigam manter o valor estável e +/- previsível… e que seja mais fácil de utilizar e seguro que as actuais… que estão constantemente a ser furtadas dos dispositivos com as maiores das facilidades.

    • eu2 says:

      Se toda a gente a utilizar no seu dia a dia o valor não vai variar do 0 ao 1000 só porque sim.

    • Asiuol says:

      Uma moeda digital controlada centralmente não tem qualquer valor, é uma base de dados com um nome giro.

    • Carlos Oliveira says:

      Se não entendes o funcionamento da oferta e da procura (não estou a criticar pois não é fácil de perceber na intangibilidade destes ativos não estando totalmente informado) começa por perceber que existem as chamadas stablecoins. 1 criptomoeda é sempre = 1$. Por exemplo. E a tecnologia blockchain é igual. E a não centralização e transparência das transações é algo bonito que as massas têm que se começar a mentalizar que isto é o futuro meus caros.

    • Carlos Oliveira says:

      E apenas acrescentar que de hoje para amanhã ninguém se vai lembrar de dizer “afinal não quero que valha 1$ a partir de agora vai variar” – como já ouvi dizer – isto não vai acontecer! Os smart contracts são algo imutável. Daí a não centralização em nada nem ninguém.

  3. sayWhat says:

    Computador infectado => Ficas na miséria

  4. Eu sei lá says:

    Moedas digitais não são o mesmo que criptomoedas. Comvém não confundir.
    A China tem em desenvolvimento o seu projecto de criptomoeda, ligado aos seu banco central, ao mesmo tempo que está a atacar a mineração de criptomoedas e a utilização do sistema financeiro para transações de criptomoedas.
    Outros países têm em desenvolvimento projetos de criação de moedas digitais.

    Quem olha para as criptomoedas como o futuro do sistema financeiro entrou numa ilusão perigosa. As criptomoedas foram criadas pelo capitalismo selvagem para explorar os desesperados. Caso entrem nisso tenham em atenção que é pura especulação.

  5. SANDOKAN 1513 says:

    Só se for na ficção,numa realidade alternativa distópica !! Era bom,era.Tá quieto !! 🙂

  6. fm says:

    se os t´tós que fazem estas previsões tivessem de pagar multas quando nada do que eles dizem acontece… não havia estes magnificos artigos de caca

  7. O Pensador says:

    Moedas digitais fazem parte de uma agenda maior que visa erradicar a privacidade em vendas e compras feitas de forma anónima com dinheiro físico e proporcionar um controle ainda mais totalitário a governos, Big tech e agências de segurança… Estas instituições ficarão com o poder de excluir os cidadãos por qualquer motivo que inventem e são uma ferramenta de submissão totalitária. Leiam e reflictam sobre este texto do escritor e jornalista Daniel Estulin…

    “Antes de abraçarmos a ideia de uma sociedade sem numerário (notas e moedas), temos de pensar que todo o dinheiro digital é um passo para um objectivo maior – um objectivo que tem em vista a destruição da liberdade humana. Esperem até que os grandes bancos e as agências de espionagem tenham o poder de cancelar a nossa capacidade de fazer transacções (eliminando o dinheiro físico e implementando um sistema monetário digital) ou aceder aos nossos fundos se por acaso eles não gostarem de algo que pensámos ou dissemos esta manhã na “privacidade” do nosso lar. A guerra ao dinheiro é uma guerra contra a humanidade – não deixem que tal aconteça.”

    • Toyti says:

      Concordo em absoluto mas infelizmente é inevitável o avanço tecnológico. Isso vai acontecer porque as pessoas vão aceitar a conveniência das moedas federais, governamentais centralizadas e o controlo e extorsão serão cada vez maiores. Mas há alternativas se as pessoas quiserem.

    • João Machado says:

      hmm….não sei se será bem assim, não tens nada que te conecte à tua wallet digital. Ou seja, o teu nome, email, nr de telefone, morada, etc. Portanto, se te quiserem bloquear a conta (wallet) não sei como vão fazer para associar o teu nome a determinada wallet. E podes ter 100 wallets, são todas grátis de criar. E se quiseres dificultar mais a coisa, podes usar Monero que não dá para rastrear as transações.

    • Test User says:

      Tens Monero se queres privacidade

    • Gallu says:

      Google e Facebook sabem mais de tu que o governo.

  8. Ricardo says:

    Da forma como podem roubar e lavar o dinheiro, não me parece.

    • Nhaidk says:

      Já nos roubam e lavam o dinheiro nos bancos e ninguém se queixa. Acho que por ai ninguém vai criar problemas ahah

    • rjSampaio says:

      Deves estar a falar quando deixas o dinheiro numa Exchange ou algo parecido, como o BES…

      Visto que ainda ninguém consegui roubar dinheiro de uma carteira privada de Bitcoin por exemplo, diria que é seguro, e melhor, podes ir tu ver se é ou não seguro, open source e tal…

  9. Carolina Costa says:

    ainda há quem nao saiba que são criptomoedas, para quer servem, como funcionam e a sua tecnologia pro traz. Enquanto isto continuar a não ser bem explicado vai haver sempre alguem contra as criptomoedas.

    • Sardinha Enlatada says:

      Saber ou nao saber o que sao criptomoedas isso nao muda nada. Ja foi explicado ali em cima por um comentador qual o objectivo que querem fazer com as moedas digitais.

  10. alt.menino says:

    O Pensador foi o único, que se aproximou da realidade.

  11. Redin says:

    Primeiro estranha-se. Depois entranha-se.
    Exército venezuelano começa a minerar bitcoin para obter ‘renda desbloqueável’
    https://news.bitcoin.com/venezuela-army-mining-bitcoin-for-unblockable-income/

    • Eu sei lá says:

      Para o exército venezuelano não há falta de dinheiro, mas quer mais.
      Também não lhe faltará eletricidade para minerar, que falta à população.

  12. Elektro says:

    Hum… Não obrigado, se alguém perder uma carteira com Bitcoins é dinheiro que já não dá para substituir, se alguém morrer que tenha Bitcoins é outra vez dinheiro que não dá para substituir.

    Com o poder que a computação quântica promete terá capacidade para adulterar várias tecnologias entre elas Blockchain e deixa de ter o seu ponto mais positivo garantido que é a integridade.

    Portanto, irei preferir as moedas que alguns chamam de estúpidas no meu bolso ($, €….)

    • Test User says:

      Se tens o dinheiro no Banco, já é digital.

      • Elektro says:

        Sim, mas se me acontecer alguma coisa ele flui para outro sitio ou herdeiros ou o próprio estado ou mesmo o banco, e enquanto isso parece uma coisa má, não é, porque permite que o dinheiro flua.

        • Test User says:

          Se tiveres dinheiro físico em casa ou num cofre , não flui.
          Se por algum motivo ele for destruído, ele desaparece.

          Carteira com Bitcoins tens fazer uma distinção:
          -> maioria são nas exchanges, cliente não têm chaves. Na pratica é
          comparável com um banco, estas a depositar o dinheiro em forma moeda
          digital.
          -> Se tiveres uma chaves privadas de uma carteira. Sim nesse caso pode
          desaparecer e não flui. Tens os mesmos riscos no dinheiro físico.

  13. ervilhoid says:

    A Interoperabilidade Vira através da Quant (qnt)

    dyor

  14. R!cardo says:

    É só rir com ignorantes do “dinheiro em mão”. Metam os olhos em El Salvador

  15. Samuel MG says:

    Se as criptomoedas substituir a moedas fiat será a maior asneira já alguma vez feita!! Basta cair e começarem a valer €0.10 cêntimos e lá vai a economia mundial para… Resultado se avançarem mas vale começar a comprar barras de ouro!!

    • João Machado says:

      Stable Coins? já ouviste falar?

      • Samuel MG says:

        “as stablecoins são lastreadas em ativos reais, concretos, como o ouro, o petróleo ou as moedas fiduciárias nacionais (euro, dólar, etc.).”
        e agora

        “De acordo com um inquérito recente dos executivos da indústria financeira, através da consultoria da Deloitte, os ativos digitais (como é o caso das criptomoedas) irão, provavelmente, substituir as moedas fiat – segundo o Observador, este é o nome dado à moeda emitida pelos Estados quando não é convertível num metal precioso -, dentro de cinco a dez anos.”

        A palavra chave é substituir as moedas fiduciárias (fiat) nacionais. As stable coins não substituem as fiats pois são anexadas a elas.

    • Rui says:

      A substituição não acredito q aconteça pelo menos tao rápido.
      As criptomoedas continuam a ser muito voláteis mas não até esse valores. Pelo menos as mais estáveis.

    • BragaFly says:

      A todos os CriptoCegos…
      Gostamos ou não, se os bancos Centrais não tivessem controle na moeda, hoje a maioria estava á fome.
      Vejam a ginástica necessária para conseguir fintar a treta deste covid19.
      Endividados, sim, mas ainda vivos.

      • Samuel MG says:

        Se os bancos Centrais não tivessem controlo sobre a moeda agora estarias a comprar um quilo de massa por 30 euros. “Pior que um cego é aquele que não quer ver”!! Reza para que as tuas criptomoedas não passem a valer menos de €0.20

        • Test User says:

          Tudo muito bonito. Dividas são pagas nalgum momento.
          Se tiveres inflação pagas mais caro. Se tiveres desvalorização cambial pagas mais caro.
          Alguns dizem que verdadeira crise não chegou, bancos centrais são estão adiar.

  16. Rui says:

    Para as pessoas que dizem que preferem dinheiro em mão refletirem um pouco.

    – o ordenado vem e fica guardado no banco
    – pagam as compras com cartão débito / crédito
    – fazem transferências ou pagamento de serviço no multibanco ou pela app/site do banco

    Nestas operações onde são usadas as notas e moedas físicas?

    E neste ponto de vista a comparação entre € e bitcoin não é mt diferente.

    • Samuel MG says:

      Almoçar num café que não tem MB, comprar linhas numa retrosaria que não tem MB, ir ao mercado de Santana onde apenas 1 comerciante tem MB, Ir comprar pregos de qualidade na loja onde não há MB. Achas que chega de exemplos ou queres mais?

      • SANDOKAN 1513 says:

        Ó “Samuel MG”,deixe lá isso.Eles pensam que o mundo real anda à volta totalmente do mundo virtual.Não sabem o que é o dia a dia.Não se incomode que eu também não. 🙂

  17. Miguel Real says:

    Boas, Quando se diz no inicio do artigo:”alerta foi dado pelos proprios bancos” pouco mais á a acrescentar porque ja é hipocrisia a mais !!! mais anonimo que o dinheiro vivo na mão não conheço !!! pelos menos sem isenso trabalho ou falcatrua !!! Claro que aos bancos, (e a reserva federal dos EUA é um banco privado.), agora adoram ‘o algoritomo’ dos bitcoin dás-lhes imenso jeito !!! aida ontem apareceu mais uma ‘bug’ na Azur e nas outras ??? que de direito não deixa que o novo hardware e software sejam devidamente produzidos TESTANDO AFINCADAMENTE, logo dá sempre problemas exmemplo: Lembram-se que a ‘guerra das estrela” foi ‘cancela por problemas de software???

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.