PplWare Mobile

Windows 8 – Novas imagens e mais novidades


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Pedro Silva says:

    Não gostei muito dessa interface. Acho que isto vai dar confusão.

    • ciclone says:

      Estou de acordo consigo!
      Vamos lá ver se não é mais um caso falhado. visto dar a ideia que a interface é identica ao do OFFICE 2007, e como todos sabemos causou bastante confusão.

    • Guilherme says:

      Concordo plenamente consigo, acho que o Windows 7 é bastante bom. Eles podiam era melhorar algumas questões, e preocuparem-se menos com um novo sistema operativo.
      Mas ele querem vender sempre mais e melhor, é a ideologia deles.

    • O Office 2007 causou confusão no inicio, mas a experiência de usabilidade é incomparavel com as versões anteriores.

      Quem usa não volta pro 2003.

  2. Ecchin says:

    Ver tantas coisas numa simples pasta deu-me um arrepio a início. Mas acho que consigo habituar-me à ideia.
    Uma coisa que gostava bastante é que a Microsoft desponibilizasse alguma forma mais simples de modificar temas para o sistema sem que tivessemos de andar a modificar ficheiros sensíveis…

  3. LMSS says:

    Muita boa informação para o começo de um bom dia e mais uma semana 🙂
    Pplware 4Ever 😀

  4. Pedro Pinto says:

    Muito bom aspecto e excelente novidades :

  5. Ruaben says:

    renasceu o win longhorn das trevas e colocou um nome menos mirabolante “8”, podiam, pela 1º vez na historia da microsoft, dar win 8 de borla :P(versão home premiun é suficiente pra mim).

  6. RF says:

    É isto o Windows 8? Espero que aquelas bolas laranjas desapareçam e dêem entrada a novos Icon’s bem melhores!

    • Vítor M. says:

      Obviamente que não serão bolas laranja! 😀

      É fácil de ver que estão ainda a ocultar toda uma interface gráfica onde terão outros elementos a colocar no template. 😀

    • Emannxx says:

      As “bolas laranjas” estão lá pois os icones ainda não foram desenvolvidos/implementados.

      Estas mesmas “bolas laranjas” apareciam também na primeira beta do Windows Live Essentials 2011.

  7. K says:

    Este tipo de menu já deu problemas quando veio com o office. Maioria dos meus clientes queixa-se por ter “perdido” funções rápidas e que de uma forma geral, é pouco intuitivo.

    A titulo pessoal, embora não me incomode por aí além, não posso dizer que goste. Acho que reinventar menus deste género é tentar reinventar a roda, já havia um modelo muito funcional, não há necessidade desta reestruturação. Nada muda realmente, só tem outro aspecto o que obriga a uma reaprendizagem desnecessária por parte das pessoas.

    Dito isto, fico para ver como a coisa vai correr. De certeza que um windows novo não se resume só a isto.

    • Daniel Ramos says:

      Discordo totalmente.

      As funçoes estao todas la a mesma, podem eventualmente estar em sitios diferentes.

      Pralem disso, esse tipo de “queixas” apenas vêm de quem estava habituado ao antigo, até porque está provado que a curva de aprendizagem neste formato é mto mais simples e rápida!

      • K says:

        Opiniões são opiniões. A curva de aprendizagem é uma coisa relativa.
        Eu tenho ao meu cargo mais de 30 empresas muitas delas com mais de 50 funcionários que também trabalham com office.

        Posso-te dizer que o desagrado por vários motivos é unânime entre todos.
        Quanto a mim, o que mais me desagrada é ter de os ouvir a queixarem-se por algo que não posso resolver

        “Onde !?%$ está X agora?!” é MUITO recorrente 😛

        • dajosova says:

          Com esse tipo de comentários só me apetece arreliar-te e dizer-te para parares de trabalhar com organismos da função pública, eheheh! :p

    • Ecchin says:

      Desculpa, mas não concordo nada.
      É óbvio que, depois de imensos anos a lidar com menus no Office uma pessoa demore imenso tempo a de re-adaptar. Mas agora pensa lá nos velhinhos menus. Pensa no quanto tinhas de andar para aceder à maioria das funções do Office. Eram menus com menus e janelas com janelas. Em troca de umas poucas funções que cairam no esquecimento, ou que é preciso dar uma volta maior para encontrar, muitas outra agora são de fácil acesso e numa única barra.

    • kekes says:

      Deu problemas no inicio mas de facto agora não quero outra coisa, e muito mais pratico e as funções estão muito mais a mão… O que me preocupa não e o seu uso mas sim o facto de usar muito ecra em espaço vertical, o que para ecras widescreen será um pouco aborrecido. Mas se tiver possibilidade de ser configurado eu estou in.

  8. Fábio Ferreira says:

    Que explorer tão feio 😐

    Pode ser bem mais prático que o actual, mas é muito mais feio.
    O explorer deve ser dos poucos “programas” do windows em que o ribbon fica mesmo mal.

  9. iOCHO5 says:

    Também concordo com o “K”.
    Mas há que esperar mais algum tempo e ver o que nos aguarda.
    Pessoalmente e para já não gostei muito do que vi…

  10. Jose says:

    Que coisa mais feia e confusa, fico-me pelo o 7.

  11. Sérgio says:

    O problema de uma nova interface é que as pessoas estão acostumadas a conhecer os cantos à casa e depois é complicado chegar aquelas coisas mais simples. Vou dar um exemplo que muitos de vós entenderão. Quando eu era mais novo era muito desarrumado. Quando a minha mãe me arrumava o quarto eu desesperava porque não encontrava nada. As coisas estavam onde deveriam estar, eu é que estava habituado à bagunça.
    Muitos icons só aparecem de acordo com o contexto, portanto tb não é tão confuso assim. E o aspecto, bem esse não estão à espera que o revelem já. Uma casa quando é construída não começa pelos acabamentos.
    O importante aqui não é ver pormenores, mas sim tendências.

  12. Shikai says:

    Eu não sei se este novo Ribon é ou não já a pensar nos tablets e se é por isso q é enorme, para facilitar no touch.

    De qualquer forma espero que permitam trocar para uma barra mais pequena, sendo q os Eee pc’s e tablets não têm monitores propriamente grandes para este tipo de barras

    • damnation says:

      Shikai…

      O Windows 8 está claramente a ser desenvolvido com o objectivo de criar uma forte implementação no segmento de tablets…. um pequeno aparte… será no fundo a saída das trevas no mercado tablet e phone, uma vez que por exemplo o Windows Phone 7 foi um fracasso, visto que a grande “vendibilidade” desse software se deve a grandes acordos comerciais realizados com grandes empresas como por exemplo o caso da Nokia, que finalmente (e bem) abandonou o Symbian.

      Indo ao que realmente interessa, a GUI do sistema não é de todo importante, apesar de os olhos serem gulosos. Certo é que para os NERD’S (sem ofensa, também o sou nerd) da GUI, têm sempre aplicações freeware que vos permite alterar o look da GUI. Quanto a mim, importa é saber quais as novidades no que respeita a funcionalidades que permitam dar uma vida “útil” ao PC, e que facilitem a vida ao utilizador, tornando a utilização do sistema simples e aptecível.

      Para mim, seria grandioso algumas coisas, que apesar de neste novo sistema já não ser possivel implementar, mas que num futuro proximo pensassem nisto:

      – Desistirem do Registo (Inferno do Windows)…

      – Alternativas a DLL’s

      – Anulação do page file, por exemplo criando uma swap partition como tem qualquer distro de Linux

      Se estas pequenas peculiaridades fossem resolvidas, talvez a Microsoft entrasse realmente em modo LongHorn, e todos nós diríamos com todo o prazer…. Microsoft? Sim! Eu quero!

      Cumps

      Damnation

  13. Eduardo says:

    É uma clara evolução face à interface anterior. Para que acha “feia”, não sabe o que está a dizer. A interface actual já está mais que ultrapassada, e estava a precisar de uma evolução para melhor em termos de usabilidade.

    Não se esqueçam que quem faz isto são profissionais, e por detrás desta interface estão centenas de estudos relacionados com interactividade.

    Espero ansiosamente pelo windows 8.

  14. Hristiyan says:

    sendo assim…menos gráficos, menos RAM necessaria, menos RAM, menos GPU, menos GPU, menos CPU e por ai fora…

    como podemos ver os computadores de hoje em dia, são qualquer dia um rato, teclado, e monitor (sem caixa)!
    O que é algo positivo e claramente economico!

  15. Emannxx says:

    Pessoalmente, adoro a interface/conceito da Ribbon. No entanto, após ver estas imagens, fiquei com a sensação de que haverá muito pouco espaço de “janela útil”, ou seja, ficará demasiado preenchida.

    Penso que se o tamanho dos ícones/botões deverá ser um pouco reduzido, mas até lá ainda falta muito. Veremos.

  16. Canelas says:

    Estou satisfeito com o windows 7. Está mt melhor k o Vista.

  17. jYkA says:

    Sinceramente, a microsoft em vez de evoluir no aspecto grafico tem andado para traz constantemente.

    A boa evolução do Sistema Operativo Windows tem sido traida pelo aspecto grafico cada vez mais complexo e a requisitar maquinas cada vez mais potentes, não faz o mínimo sentido.

    O segredo ta em tornar o aspecto grafico cada vez mais sobrio e simples como no OSX e no Gnome.

    Ha uns anos o KDE batia tudo mas como a evolução é na simplicidade o GNOME ta cada vez mais a ganhar terreno, e tem razoes para isso.

    • Canelas says:

      Em vez de apostarem no menor consumo ram e que esse consumo resultasse num maior rendimento do pc, estão a fazer o oposto.

      • kekes says:

        Por essa ideia agora estariamos todos ainda a usar a linha de comandos para aumentar a resposta do PC.

        • jYkA says:

          @kekes

          Justificação totalmente descabida

          Já nem no osx nem no linux se usa linha de comando para poupar no desempenho da maquina.

          A questão é mesmo sobrecarregar a maquina só para ofuscar os olhos.

          O W7 é um bom sistema operativo, não precisa de brilho nas janelas para ser melhor.

          • carlos says:

            Desculpa lá, mas estás a falar de quê? Eu tenho W7 instalado num laptop velhinho (um Pentium M380) com 2GB de RAM e com uma placa gráfica fraquita (uma Intel GMA950) e funciona perfeitamente. Só o Aero é que não funciona.

            Queres melhor que isso?

          • kekes says:

            E o Linux que cada vez usa mais recursos? Não sabes disso? Um dito sistema leve as vezes nao é assim tão leve.

            É a ordem natural das coisas quanto mais se tem mais se pode usar a abusar.

          • jYkA says:

            @kekes

            Epa até te podia explicar uma coisa simples mas ias levar muito tempo a perceber.

  18. jpng81 says:

    Eu até apostava dinheiro na borrada que o windows 8 que vai ser. Vai ser um windows 7 mas as únicas melhorias vão ser a nível gráfico apenas.
    Mas vocês acham normal vindo desta empresa que leva 5 a 6 anos para fazer um sistema operativo ter já um windows 8 a caminho, lololololooloololl rebentem lá o vosso dinheiro numa skin do windows 7, lololololol o que eu me vou rir de ver gente a rebentar dinheiro no win8, muhahahahhah. VIVA a pirataria, porque só tenho win7 por causa da porcaria dos jogos, mas ainda bem que não fico dependente de chulos como a microsoft.

    • Vítor M. says:

      Não me parece… já não há margem para uma empresa como a Microsoft fazer “borrada”. Vai sair um sistema operativo seguro, robusto, tecnologicamente avançado e abrangente.

      Há claramente uma base de trabalho, suportada na experiência conseguida com o Windows 7 e o Windows 2008 R2. Depois haverá uma vertente modelar para o adaptar aos dispositivos multi-touch (arm).

      Pelo que tenho visto haverá também uma unificação gráficas das interfaces, isto fará com que o aspecto deixe de ter disparates entre aplicações Microsoft e leve a que os developers tenham, como acontece hoje em dia no Mac OS, uma linha gráfica estática.

      Haverá uma maior interacção com os serviços cloud e auxilio remoto e haverá uma aposta maior no trabalho colaborativo. Penso serem estes os pontos de fuga do novo sistema operativo.

  19. vis says:

    Acho que faltou referir no artigo que o menu pode ser oculto, e manter o mesmo aspecto minimalista de antes, ou seja só usa esta interface quem quiser, eu sinceramente não me tou a ver a usar, mas quando experimentar-mos é que vamos ver o que vale)))

  20. Osvaldo G. says:

    Infelizmente a Microsoft está a ir pelo caminho errado, sem duvida alguma, e estão a perder mais do que ao que ganham.

    Interface, ok….e???? Basicamente só se preocupam com o interface da “janela” e não com os vidros partido que ela apresenta quer a nível de segurança, que são muitos, quer ao nível de desempenho.

    Aquele sistema de registo mete dó!!! Até dói!!!

    • Vítor M. says:

      Permite-me que discorde totalmente de ti. Com todo o respeito pela tua opinião mas acho-a totalmente descabida e fora do contexto real.

      Querem viver num meio com verdade ou querem acreditar num cenário hipotético e de ilusão?

      No dia-a-dia, nas empresas, nas faculdades, nas escolas básicas, nas colectividades, nos institutos, nos serviços estatais, nos serviços de segurança, nos serviços de emergência e em todo o lado tens Windows.

      Tens Windows num PDA de um técnico do INEM, tens Windows num UMPC de uma unidade de comando dos bombeiros, tens Windows nos servidores das maiores empresas nacionais e tens isso tudo ao nível mundial. Tudo funciona, tudo rola sempre sem parar.

      É uma ilusão que existem sistemas operativos melhores que o Windows… simplesmente não há. Não podemos somente olhar para a performance ou segurança, não podemos comparar somente as interfaces gráficas ou a acessibilidade… não! Tens um “bolo” que te serve nos mais variados serviços.

      É pura demagogia, é pura utopia pensar que de uma hora para a outra algum sistema poderá substituir na plenitude o Windows… nem pensar.

      Se formas honestos com o que pensamos e dizemos, se formos honestos e tivermos objectividade para avaliar iremos ter a noção que não sendo perfeito, não sendo o mais lindo, não sendo o mais seguro é, no global, o que mais serve, o que mais tem feito o mundo tecnológico evoluir.

      Obviamente que os restantes agentes deste mercado não são cegos e sabem explorar o que falha no Windows… mas mesmo assim são para nichos de mercado.

      Iremos, contudo, assistir a uma “conquista” progressiva do mercado doméstico por parte dos outros SO’s e mesmo no mercado empresarial já há casos de sucesso. Isto sem falar ao nível dos servidores.

      • jYkA says:

        O ideal é todos os sistemas terem quotas diferentes de mercado para que possa haver verdadeiras inovações.

        Em tempos a microsoft distribuía pelo mercado o standard do que se deveria usar.

        Agora no mercado de consumo as tendencias são impostas pela apple, veja-se o caso dos smartphones, olhar para um smartphone com android em termos graficos e quase de funcionamento é uma tendencia vinda do iOS .

        Os tablet são exemplo disso tambem, são tendencias seguidas do ipad com muito pouca vontade de disfarçar pela concorrência.

        E as novidades que virão nos tablet vão ser “paste” das novidades vindas do ipad2. Tentam apenas disfarçar pondo mais memoria e anunciando melhores performances (anunciando!!! não comprovando)

        estarei assim tão enganado?????

        • Vítor M. says:

          Claramente que o paradigma do consumo doméstico mudou. Aliás é como refiro, há uma alteração nos padrões dos consumidores, o netbook deixou de ser uma opção, o desktop está moribundo e os tablets são a novidade.

          Esta é a realidade e está a atingir proporções gigantescas, basta ver a procura pelo iPad 2… numa altura de crise e de contenção. As pessoas preferem gastar mas querem gastar bem.

          Nesse sentido a Apple tem sido importantíssima no evoluir do mercado mobile e isso impulsiona todo o leque de produtos da marca.

          Esse comportamento influência inclusive o mercado dos sistemas operativos onde a própria Apple tem apostado fortemente. Sinal disso é o entusiasmo pelo Lion, que, segundo consta, vem alterar as regras do jogo e dar um novo aspecto, uma nova mecânica ao que chamamos de sistema operativo.

          Os vírus deixaram de ser problema, o malware está identificado e é hora de moldar os SO’s às necessidades das pessoas… qualidade nos equipamentos, porque as pessoas são consumistas e “amam as coisas”, qualidade no software para ser transversal em termos da idade do utilizador e atendimento personalizado próximo.

          Quem conseguir estes requisitos tem o mercado doméstico na mão.

          • jYkA says:

            Epa, Vitor foste quase poetico.

            Assino por baixo.

            Não interessa marcas, fabricantes etc

            Interessa o consumidor e o que o consumidor quer.

            E podem ter a certeza que o consumidor não quiser será um fiasco total.

            O consumidor pode não ter ainda despertado para o que quer mas so vai aceitar se realmente o quiser.

          • Vítor M. says:

            jYkA se reparares e temos de dar o braço a torcer é uma “visão” com mais de 3 décadas, isto já se ouvia na voz de um senhor que hoje, para muitos, é um visionário.

            Se não fazem tecnologias que se adaptem às pessoas, não podem certamente esperar que sejam as pessoas a adaptar o seu modo de viver a essas tecnologias… isto actualmente claro.

            Não tem nada de poético.. é pura realidade.

          • jYkA says:

            mais uma vez assino por baixo

  21. JMCS says:

    Foi o Passos Coelho que encomendou os “donut”s laranjas? Que desperdício de área de trabalho, é uma tendência “fashion”…

  22. Serva says:

    Boas , hoje estou muito interventivo , são temas quentes , até escaldam , de facto este Win 8 , só deverá trazer algumas novidades ao nível gráfico , que se saiba até ao momento nada estruturante no SO vai ser mexido e isto é grave para a microsoft , porque enquanto anda a brincar com grafismo como foi com o vista e não se dedicar a fazer um SO novo de base , moderno , com capacidade para interagir com o utilizador é só de facto queimar dinheiro por parte de quem adquire .

    vou vos dar só um exemplo , sabem a percentagem de pessoas em todo o mundo que ainda usa o 98 SE e sabem quantas e que usam o internet explorer 6 , é de loucos quando somos confrontados com estes nrs .

    Mais confusão a Microsoft coloca ao nível empresarial como sabem muito poucas empresas migraram para o Vista e para o 7 também ainda muito poucas , as que estavam a pensar em mudar para o 7 vão certamente esperar e o esperar significa pelo menos uns 18 meses até que se começe a dizer no mercado se é estavel os próprios Deptºs de Tis terão de se adaptar ao produto portanto na melhor da hipoteses 2 anos para que uma empresa tome a decisão de migrar , porque tudo o que o 7 faz o XP também o faz , basta actualizar o pacote do Office e esta-se nas sete quintas .

    Resumindo para parafrasear um post colocado por um dos nososs blogueiros a Microsoft não tem mais margem de manobra para erros , mas segundo ele isso significa que este vai ser um excelente produto , eu diria a ver vamos como diz o cego no passado quanto estavam sozinhos com o Millenium fizeram bosta da grande depois veio o 2000 (pesado mas já em plataforma NT) que era reltivamente estavel , depois foi o lançamento desastrousso do XP que só conseguio alguma esabilidade após o seu pimeiro pack , depois demoraram 8 anos para fazer o Vista e deu no que deu nem com o SP2 funciona , agora têm o 7 que nasceu bem , pacífico sem grandes problemas , mas que de facto traz muito pouco de novo após o lançamento do XP a 11 anos atrás, não concordam ?.

    Cumprimentos

    • Vítor M. says:

      Bom, ainda bem que estás participativo, interessa trocar ideia.

      Na verdade a comparação com os tempos idos do Windows Millenium é um pouco descabido, no entanto percebo o teu ponto de vista.

      Claramente vemos a Microsoft a não facilitar, desde o problema Windows Vista. A gigante norte-americana gastou o equivalente a enviar o space shuttle ao espaço para “limpar” o Windows Vista e chegar ao Windows 7. Além disso desenvolveu numa linha mais profissional o R2, um Windows Server com qualidades garantidas e estes dois “mundos” serão a base do Windows 8.

      Segundo o que se tem “lido” e tido como rumor é que este Windows 8 será modular. Provavelmente será pela necessidade de ter um sistema optimizado para os sistemas ARM, trazendo assim todo o suporte para a área tablet.

      Além disso a Microsoft tem uma grande vantagem, a meu ver, tem grande experiência na tecnologia cloud computing e será de todo conveniente que o mercado das tecnologias siga esse caminho.

      O Windows 7 não nasceu, ele é um Windows Vista limpo… a ideia de que é um SO novo de raiz e que quebrou uma série que terminou no Vista é errada.

      Para terminar faço minhas as tuas palavras, vamos esperar para ver.

  23. carlos says:

    Vós sabeis que até sair a versão beta o interface não está “fechado”, certo? E mesmo depois da beta provavelmente ainda haverá acertos até à RC…

  24. Arcadiy Kulchinskiy says:

    Sou daquelas pessoas que utiliza Chrome porque é bem compactado e poupa-me espaço, Venerei o ubuntu 11.04 com Dolphin por mesma razão de serem compactos e adorei o Windows 7 por ter tudo bem organizado e ter bastante espaço.

    Windows 8 rouba lol 1/3 da janela, what the ****?!

    É desta que passo para ubuntu! ou então fico no 7.

    • Arcadiy Kulchinskiy says:

      Por cima, tudo o resto é igual ao vista e 7, onde está a evolução visual? Acho que vou enviar o meu cv para microsoft a ver se me dão lá um cargo de Designer de ui.

  25. João Campos says:

    Comentários absurdos alguns, “prefiro o 7”, “é igual ao 7 e ao Vista”. Claro que é igual, são evoluções, como todos os SO’s, não muda assim tanto. Além disso, o que vemos aqui são “protótipos” de uma pequena parte do SO.

    Eu gostei da ideia, reunir o máximos de funções num único sitio. Eu sou daqueles que também não gostou muito do “Ribbon” no Office no início, mas agora não consigo viver sem ele.

  26. Pensamento Positivo says:

    Boas!…

    1. Concorrência faz sempre bem e a MS já não se pode dar ao luxo de ter 95% do mercado a seus pés. Imaginem os tablets, os smartphones, mesmo o cada vez mais falado Ubuntu… Por aí temos de certeza boas notícias e quem sai a ganhar é o consumidor final!…

    2. As interfaces evoluem, mas era bom que a acessibilidade de todos aos computadores não fosse posta em causa. Coisas básicas como pôr transparências ou menus dinâmicos entre outros “facilitadores” como a Ribon em todo o lado é muito bonito para uns 85% dos utilizadores, mas imaginem certos deficientes, ou mesmo as pessoas mais idosas. Quando os primeiros da era da massificação das TI, aqueles que hoje têm 45 ou 50 anos, chegarem aos 75 as coisas vão ter de ser talvez um pouco diferentes…

    3. Não duvido que nos próximos tempos vão aparecer grandes novidades no mundo informático, mas é bom estarmos cientes de 1 coisa: Não há sistemas perfeitos. Há é sistemas que evoluem!…

    Tenham uma boa noite!…

  27. dajosova says:

    Eu cá gostei… mas o que gostava mesmo é que finalmente não fosse necessário reiniciar o pc ao instalar certos programas! E o que espero do Win8 e das próximas versões são mesmo alterações de fundo por forma a simplificar a avançada tecnologia dependente de sistemas informáticos. A interoperabilidade com outros sistemas tecnológicos e audiovisuais é que vai ser de suma importância, bem como os dispositivos móveis.

    Lá para o verão pode ser que já possa pôr as “garras” em cima duma versão Alpha…

  28. Serva says:

    Vitor ,

    Obrigado pelo que escreves-te eu concordo basicamente com o que escreves , chamo-te só a atenção que a Microsoft e a Apple estão sobre fogo cerrado da Google versus Linux .

    Hoje instalar um Ubuntu é mais fácil que instalar em nossas casa um sistema da Microsoft ou da Apple , o So detecta tudo ou quase tudo , haverá certamente excepções como é evidente , mas o simples facto de um sistema gratuito fazer os updates e não tres de reiniciar o Pc excepto quando são actualizações de Kernel ou não teres calvario de instalares todos os codecs no Windows mais as Drivesde cada periferico isso vale ouro , e depois háoutra coisa os sistemas windows tens de andar sempre em cima do registo dafragmentação do disc , corrigir os erros os virus iso não falo porque não é argumento , e depois de teres umas tantas aplicações instaladas mesmo sendo um utilizador avançado que tenhas cuidado a escolher como fazes as instações e até dizeres quais os pogramas que vão arrancar , o que é que te acontece ?!……lentidão e o disco sofre e por muito recente que seja o processador mais Ram etc , naa aguenta esta lentidão .

    Eu uso 99,90 % do meu tempo Linux , instalo tuo e mais alguma coisa e o sistema arranca sempre rápido e as aplicações estão imediatamente disponiveis para arrancarem quando aparece o hambiente de trabalho .

    Clro que o sistema nõ é perfeito e já algumas vezes me dei mal com algumas experiencias , mas sabes uma coisa Vitor , entrei com o Live Cd fiz mount ao disco e voilá toda a informação ali estava a minha disposição , com o Windows já tiv pessimas experiencias no inicio da informatica , mas ainda hoje existe muita dificuldade em recuperares toda a informação , claro que depende dos casos hámuitas ferremantas mas por vzes não tens solução e isto tudo em SO que custam uma fortuna e têm supostamente dos melhores Engºs do mundo a trabalharem , é inadmissivel assim como teres que continuamente reiniciar o pc sempre que instalas um programa , mais grave mesmo com uma actualização ese não dissees nada o querido reinicia por ti e se estiveres a fazer algo no pc e não estiveres ao pé dele provavelmente quando chegares a casa tens uma decepção .

    Eu defendo o Software livre como já te apecebeste certamente mas não sou facioso tento ser pragematico e apesar de tudo fico-me pelo software livre sem Cracks sem chatices ou sem 1.500, 00 Euros só para Software .

    Mas sim a concorrencia é boa para os consumidores , vamos ver como tudo isto termina , qualquer dia temo a Microsoft a lançar SOs a velocidade que a Apple lança Ipads .

    Fiquem bem a diversidade numca fez mal a ninguém só assim e que pudemos objectivamente analisar todas as propostas que estão ao nosso alcance .

    Cumprimentos a todos e um bom resto de dia

    Serva

    • Vítor M. says:

      Sim é uma verdade que hoje Linux tem distros bem preparadas e mais amigáveis em termos de instalação e configuração… mas ainda não são úteis para o consumo em geral e é esse que define um mercado.

      Esse mercado pode ser influenciado pelas tecnologias intrínsecas na experiência de cada utilizador, onde todo o percurso foi nesse sistema operativo e onde profissionalmente e mesmo academicamente sempre usou e conheceu, onde ao usar esse SO terá total compatibilidade em todos os patamares de utilização e isso aponta-se ao Windows.

      No caso Mac a influência aparece na qualidade dos equipamentos, na facilidade de abrir e usar um sistema operativo que tem grandes ferramentas nativas e tem uma estrutura pró-utilizador por trás, onde tem um marketing brutal que incentiva ao consumo mas em troca tem tecnologia de ponta e design vanguardista.

      As pessoas comem com os olhos e isso a Apple sabe bem, mas as pessoas não são estúpidas e nisso a Apple também sabe e oferece o que elas querem… equipamentos que se destacam, tecnologias que se adaptam ao utilizador, conteúdos ricos em aspectos lúdicos e divertidos, estilo e segurança.

      Esses são os pressupostos do mercado actual. Não seria de esperar que com esta crise a Apple perdesse mercado?

      Na verdade vincou o seu poder de inovar, vendeu muito mais, implantou uma cultura, propagou uma imagem em todo o mundo… que importa se Linux é gratuito, que importa se Windows ér multifacetado… oq ue importa é ter tecnologia agregada a qualidade de equipamento, o que importa é ter uma empresa que cuide do utilizador, que se importe com as suas escolhas.

      É caro…ahh pois é… mas há dias tive um problema na app store do meu Mac OS X e reportei o problema à Apple e recebi ajuda até o problema estar resolvido… a custo ZERO… vai vai se tens isso nalgum outro SO.

      Mas claro, cada SO tem o seu mercado e cada um é melhor para cada utilizador, conforme as suas necessidades. Na minha vida profissional era impossível ter Linux ou Mac, tendo em conta que o mundo comercial onde opero é Windows, seja ela dentro de portas seja com as maiores empresas nacionais que tenho como parceiros. Por isso os outros são nichos e Windows é a força do mercado.

      Agora… acredito que cada vez mais Linux atrairá utilizadores, mas acredito que na vida profissional poucos (face ao todo) são os que usam linux exclusivamente.

      Repito, o melhor sistema operativo é aquele que melhor nos serve.

      • Vítor M. says:

        Quanto à facilidade de instalação e tal… cuidado que instalar um Mac OS X é do mais simples que pode haver… temos é de pelo menos fazer isso uma vez na vida.

        Depois, Linux ainda é bem mais “trôpego” que qualquer outro SO em termos de compatibilidades a diferença não é tão pequenas como referes 😉

        • Pensamento Positivo says:

          Boas…

          Se o Mac não fosse o mais fácil de instalar de todos eu estranhava, porque a Apple vive exactamente… De um produto completo composto de hardware e software!…

          Quanto ao Linux ainda tem a meu ver 2 problemas: Convencer os fabricantes de hardware a desenvolver ainda mais e melhor para ele… E arranjar um server gráfico melhor que o velho X11 que já não “responde” ás “solicitações” de uma industria cada vez mais complexa e competitiva. Bem sei que pelo menos quanto à parte gráfica já há quem ande a tratar disso (Wayland, não é como se chama o projecto?…) para virmos a ter menos notícias como as que ainda se vêm ainda em alguns fóruns do tipo: Actualizei a distro X (Ubuntu, Mint, etc.) e quando fiz login não deu nada… Confesso que esse ainda é o único “medo” que me leva a não partir já para uma máquina nova só com Linux lá dentro…

          Quanto ao Windows é a força do mercado como já aqui foi dito… Mas terá de se “fazer à vida” se não quiser ter mais sustos como os dos iPhone/iPad!!!…

          Boa noite!…

          • Pensamento Positivo says:

            …E já agora deixava-vos um conselho para um tipo de artigos inovador neste tipo de sites no que ao Linux diz respeito: E que tal de X em X tempo, por exemplo 6 meses ou outro que considerem adequado fazerem um artigo sobre uma “configuração ideal” para quem queira montar ou comprar uma máquina nova e não ter “chatices” ao instalar e o menos possível ao actualizar?…

            Muito obrigado!…

  29. Serva says:

    As minhas desculpas pelos erros o teclado está sem pilhas , vou ter de as recarregar .

    Mais uma vez os meus cumprimentos

    Serva

  30. dajosova says:

    Como disse o Vitor e bem o melhor é o que melhor nos serve, tendo em conta que cada um tem vantagens e desvantagens. Assim, e já fui utilizador de multi-boot, atualmente o Windows 7 serve todas as minhas necessidades, apesar de apreciar as vantagens tanto do Linux como do Mac OS.

    Já no que diz respeito à integração dos serviços da Microsoft no seu SO, acabo por prescindir porque existem outros com os quais me identifico mais, como é o caso dos serviços Google… o que é pena porque a integração seria quase total. Ainda assim a empresa de MountainView sabe adaptar-se a vários cenários.

  31. Serva says:

    Bom dia a todos ,

    Como diz o Dajova e o vitor e também outros prezados blogueiros do Pplware , de facto no mundo empresarial é dificil usar outro sistema que não seja Microsoft , porque basicamnte as aplicações financeiras e tal …. correm em Windows isso eu sei e é um facto insufismavel , alguns gabinetos de Arquitectos têm Mac , mas como disses são nichos .

    Agora mais uma vez afirmo a informatica está a mudar a um ritmo avvasalador eeu penso que o facto de mais de 90% das empresas ainda terem o XP com SO diz muit da politica errada que a Microsoft resolveu enveredar , temos de levar em conta que dentro de muito pouco tempo vamos ter a Cloud a funcionar a todo o vapor e aí a Microsoft vai perder essa vantage qu afirmas , e certamente serão as empresas que primeiro farão esta migração , porque não vao ter de estar preocupados se vão ou nao perder informação porque sempre poderão dispensar um batalhão de malta que se dedica a manter a rede a funcionar e por último vai dar uma versatilidade em termos de mobiliade de acesso aos dados .

    E aí Vitor o Linux por mão da Google mas também de outras distros que não vale a pena estar a mencionar têm vantagem , sim por serem gratuitos sim porque são tão estaveis como o SO da Mac ( nota que pela diversidade de distros existentes em Linux tens de configurar bem que tipo de programas vais instalar num linux , mas está lá escrito clarinho como a agua ao adicionares outras fontes se queres ou não incluir fontes não suportadas pela tua distro e se não o fizeres muito poucos problemas ou nenhuns terás com um SO Linux ) , já reparaste que a Google tem praticamente pronto o seu SO que tem assento praticamente na ” Cloud ” , claro que tens de ter uma ligação a net isso está intrinseco , mas já não é isto que temos com os Smartphones ou com os tablets .

    Depois a questão de linux ser mais tosco , desculpa mas é o sistema mais custumizavel que tens , podes mudar tudo só num click , olha para teres uma ideia eu todas as semas mudo todo o Look do meu SO Linux desde as pastas as cores das caixas as decorações das janelas a mudanças na dock ou manter a mema dock mas com outro tema posso mudar o meu wallpaper em slide em suma faço tudo o que quero sem chatices e encontro sempre a aplicação que necessito e gratuita .

    Quanto a qestão do gestor gráfico ” X ” de facto está ultrapassado e é urgente mudar o gestor para que as distros possam ainda ganhar mais notabilidade .

    Por fim , claro que a Apple apresenta um produto acabado que nem de longe nem de perto se esgota no seu SO que eu na minha perspectiva acho muito limitado e muito fechado a Apple store, e isso claro que é uma vantagem porque de facto o produto final e bem acabado e dá gosto até tocar num portatil em aluminio da Apple , contrariamente ao Linux porque e desonvolvido por milhares de pessoas em todo o mundo tem mais dificuladade em impor-se na area do produto acabado e tem muita dispersão essa é também uma area que finalmente as Distros finalmente pareçem estar de acordo e irão (tudo indica que sim) usar um único formato para os seus pacotes em ves de termos pacotes em ” RPM outros em Deb , Yas etc ” passaria-mos a ter um unico format qu também facilitará terceiros a produzirem mais pacotes para Linux .

    Não tenho de qualquer das formas ilusões que o Linux assim com a Mac nos próximos anos serão sempre um nicho de mercado na area dos PCs , já que nos Smartphones , são os sistemas Lunux que pareçe estão a levar a dianteira , este é um tema mito interessante e como em tudo na vida faz parte da tua forma de estar nela e ainda bem que é assim que existe diversidade e todos os sistemas existentes deveriam estar equiparados e depois cada um faria as suas escolhas .

    Um grande abraço a todos , gostei destes Posts , é sinal que o nosso Blog está bem vivo e claramente é o reconhecimento do excelente trabalho que tem sido desenvolvido plos moderadores colaboradores participantes que não excluiem qualquer SO ou qulaquer noticia que seja relevante para este nosso mundo cada vez mais tecnologico .

    Cumps , hoje assino com o meu nome e não com o meu Nick

    Carlos Carvalho

  32. Serva says:

    Mais uma vez o meu teclado a trair-me , mas não é do Linux e mesmo do teclado que está sem bateria e de vez em quando lá falha uma letra .

    Cumps

  33. Serva says:

    Caros moderadores ,

    Bom dia , gostava de postar uma imagem do meu Desktop , isso é possivel ?…. se sim digam-me sff como o farei .

    Aceitem os meus sinceros cumprimentos

    Carlos Carvalho

  34. Axys says:

    Para mim esse visual Ribbon é muito estranho para usar num sistema operacional como o Windows. Acho que eles poderiam fazer algo melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.